Dreams, Nightmares And Blood escrita por flamelissa


Capítulo 13
Guerra


Notas iniciais do capítulo

Capitulo parado, mas que inicia o momentos da guerra e com isso, os capitulos finais da fic!!
Bem... Falta pouco para minhas provas finais e tenho muitos trabalhos, então demorarei bastante para postar os outros. Desculpem, mas isso não significa que abandoi a fic em!!!



– Naruto-kun... – Chama Hinata ao lado de seu amado sem suas vestes. – Temos que voltar para o grupo.


– Eu sei, mas aqui tá tão bom... – Diz Naruto abrindo um sorriso para a Hyuuga, que o corresponde. – Vamos só esperar suas feridas se cicatrizarem.


– Agora que eu percebi! – Exclama a Hyuuga para a surpresa e desentendimento do Uzumaki. – Meu corpo está menos cansado e com menos machucados!


– Isto é ótimo! – Grita Naruto mostrando sua felicidade enorme. – Significa que somos mesmo feitos um para outro!


– Acho que logo, poderemos ter um relacionamento sexual sem se preocupar com minha saúde. – Fala a Hyuuga abraçando Naruto com carinho e alegria. – Mas agora, é melhor colocarmos nossas roupas.


– Sim... – Concorda o Uzumaki se levantando e dando as roupas de Hinata para ela.


Eles logo se vestiram e retornaram para o grupo. Não podiam mais perder tanto tempo assim com coisas desnecessárias para o momento. Naruto e Hinata finalmente se juntam com os outros.


– Vocês demoraram... – Diz Tsunade com um sorriso irônico, só para irritar, mas ao passar os olhos em Hinata ela ficou séria.


– Eu estava conversando com a Hinata-chan! – Diz Naruto vermelho de vergonha.


– Tá! – Exclama Sasuke já irritado. – Não importa nada, é hora de comer!


– Ah! – Grita Sakura com sua boca cheia de saliva, a fome era muita.


– Vocês já sabem o esquema que combinamos. – Fala Tsunade apontando para a cidade logo abaixo. – Não ataquem ninguém, só roubem o sangue dos postos de doação.


– Pode deixar! – Grita Sakura já correndo para a cidade, junto com Sasuke.


– Eles devem demorar um pouco... – Diz o Uzumaki logo se sentando e chamando a Hyuuga para se sentar ao seu lado.


– Eu sei o que vocês fizeram... – Fala a Hokage olhando para os dois seria. – Vocês agiram como uma criança sabe no que isso vai atrapalhar não é?


– Tsunade! – Chama Naruto ao ver a cara triste de hinata. – Nós estamos nos sacrificando por todos, acho que chegou o momento de ao menos uma vez, todos se sacrificarem por nós.


–Iisso é um pensamento infantil e que não justifica seus atos. – Responde a Hokage seria. – Vou esperar... Dependendo de o que vocês façam não irei me intrometer.


– Obrigada... – Responde Hinata, mas é logo cortada.


– Mas, se eu achar que os seus atos irão atrapalhar nossa missão, eu irei intervir! – Fala por fim a Hokage com o olhar mais serio de toda a sua vida. – Fui clara?


– Sim... – Responde os dois em uni som.


Foi apenas questão de horas, Sasuke e Sakura agora já estavam alimentados e juntos ao grupo novamente. Então todos continuam suas viagem para encontrar Shikamaru e os outros.


– Lá estão eles! – Grita Naruto abrindo um sorriso ao já conseguir enxergar os amigos depois de uma viagem cansativa.


– Olhe lá! – Diz Gaara olhando para todos chegando. Ele tinha um sorriso pequeno em sua face.


– Eles conseguiram... – Fala Shikamaru abrindo um enorme sorriso de satisfação. – Assim como nós...


– É isso ai! – Grita Bee com um enorme sorriso para o grupo. Ele era um vampiro grande, com cabelos brancos e usava óculos escuros, sem contar que carregava oito espadas e ninguém sabia o porquê disso.


– Shikamaru! – Grita Sakura abrindo um sorriso gigantesco ao ver o velho amigo.


– Finalmente vocês chegaram... – Fala ao Nara assim que Naruto e os outros chegaram até eles. – Agora temos que pensar no resto do plano e...


– Descobrimos coisas interessantes... – Diz Sasuke cortando logo Shikamaru. – Contarei tudo que descobrimos e o plano que formamos.


– Então diga Uchiha. – Fala Gaara serio.


Depois que Sasuke contou tudo descoberto sobre a Akatsuki, todos estavam surpresos e com um olhar de derrotados. Seria impossível derrotar um vampiro original, eles não teriam nenhuma chance.


– Então tudo que fizemos foi em vão? – Pergunta Shikamaru irritado com isso.


– Não, ainda podemos vencer! – Diz Hinata abrindo um sorriso para todos. – Se um pequeno grupo de mestiços e vampiros não pode derrotar eles... – Nisso todos olham para a cara de Hinata, Naruto abria um sorriso gigante para sua amada. – O que acha de um exército mundial de vampiros e mestiços?


– O que?! – Grita Shikamaru surpreso. – Essa é a idéia mais absurda que eu já ouvi!


– Mas no momento é a única coisa que pode nos salvar! – Diz Sasuke serio olhando para o grupo reunido.


– Vamos nessa então! – Diz Killer bee com um enorme sorriso.


– Mas como vamos chamar um exercito mundial – Pergunta Neji serio.


– Eu sei como! – Diz Gaara abrindo um enorme sorriso. – Eu sou o Kazekage, todos os vampiros me conhecem bem...


– Você não pode correr o mundo todo chamando vampiros e mestiços! – Exclama Naruto. – Não vai dar tempo!


– Então vamos usar a Televisão! – Diz Shikamaru abrindo um sorriso. – Vai dar para chamar bastante gente de uma vez só...


– Acho que está decidido! – Diz Hinata abrindo um sorriso, mas ela logo coloca sua mão na barriga por um segundo.


– Hinata, você está bem? – Pergunta Gaara olhando a Hyuuga desconfiado. – Você me parece estranha e seu cheiro... Está tão diferente!


– Verdade! – Diz Neji olhando a prima. – Você agora a pouco me pareceu enjoada, você não pode comer muito sangue.


– Deve ser só sua impressão. – Diz a Hyuuga olhando para Gaara, ela não pode deixar ninguém descobrir.


– Eu sei o porquê! – Diz Tsunade chamando a atenção de todos. – Vocês não podem mentir sobre isso Hinata e Naruto!


– Não é nada de mais! – Grita Hinata tentando converter a situação. – Como Neji falou, só comi mais do que devia!


– Mas você não se alimentou nenhuma vez! – Diz Sakura começando a achar isso estranho. Então ela chega perto da Hyuuga e cheira bem ela, assim ficando muito surpresa. – Você está grávida!


– Não! – Grita Naruto tentando converter toda a situação. – É só impressão de vocês!


– Ela está com o seu cheiro por dentro dela! – Grita Gaara já ficando irritado, como eles puderam ser tão irresponsáveis.


– Deve ser porque nós fizemos sexo, nada de mais, isso passa! – Grita Naruto tentando inutilmente converter a situação.


– Seu material genético não estaria mais lá se ela não estivesse grávida! – Grita Tsunade irritada. – Isso significa que está se formando um bebê ali! Eu sei! Eu sou médica!


– Mas... – Tenta converter a situação mais uma vez o Uzumaki, entretanto é cortado pela Hyuuga.


– Não adianta mais... – Diz Hinata encarando todos. – Sim... Eu e Naruto-kun estamos esperando um bebê...


– Quanta irresponsabilidade! – Grita Neji decepcionado com sua prima. – Estamos em luta contra a Akatsuki e vocês dois, resolvem ter um filho!


– Entenda que... – Tenta dizer algo Naruto, mas todos o cortavam com frases de decepção.


– Chega! – Grita Hinata cortando todos e chamando a atenção mais uma vez para si. – Não me importa se foi ou não irresponsabilidade, se o Naruto-kun morrer nessa luta, eu quero ter o meu maior sonho! Ter um filho dele!


– Isso é um pensamento falho! – Grita Tsunade para a Hyuuga. – Você não pensou na hipótese de você morrer!


– Eu não vou morrer... – Diz Hinata seria. – Porque vou sair dessa batalha...


– Como pode! – Grita Gaara. – Vai abandonar tudo só por causa de um sonho sem significado!


– Eu sei que foi loucura, mas ao menos quero passar os últimos dias de minha vida, com está criança em meu ventre... – Diz Hinata começando a chorar. – Só assim terei forças para enfrentar algo que será impossível de vencer...


– Então essa é a sua luz e sua força... – Diz Sakura abrindo um sorriso para a Hyuuga. – Não tem problema, eu lutarei ao lado de Hinata. Assim vou proteger ela e o bebê.


– Eu vou junto! – Grita Tenten abrindo um sorriso. – Se essa é a força de Hinata, vou proteger essa força que no momento me dá esperança!


– Eu aprendi que o maior símbolo de vida e esperança, é uma mãe em formação... – Diz Killer bee abrindo um sorriso e indo até a Hyuuga. – Você fez um ótimo trabalho, virou a esperança do grupo. Agora eu irei com certeza lutar com tudo!


– Isso mesmo! – Grita Sasuke abrindo um sorriso. – Uma mãe em formação, isso te da uma esperança e desejo de viver nessa batalha... A final... Eu vou querer ver esse bebê!


– Então vamos começar... – Diz Shikamaru indo até sua mochila e pegando várias capas. – Já está chegando a hora do almoço, momento perfeito para invadir a maior rede de televisão do mundo!


– Sim... – Diz Tsunade olhando para a cidade. – Konoha...


– Vamos nessa! – Grita Killer bee.


Era a hora do almoço, várias pessoas comiam pela cidade. Nos lugares onde ainda não era a hora de almoçar, pessoas ligavam diversas televisões para ver o programa favorito. Até onde era noite, independente da hora, ligavam a televisão para ver o programa mais visto do mundo todo.


Todos olhavam com tremenda felicidade o seu programa. Mas então a imagem trocou sem aviso. Um homem estranho e ruivo estava logo ali interrompendo o maior momento de diversão.


– Olhe a teve, que estranho! – diz o menino para seu pai.


– O que?! – O homem estava surpreso assim como todos do restaurante.


– Atenção todos os humanos, vampiros e mestiços. – Diz ninguém menos que Gaara pela televisão. – Ouçam bem o que eu tenho a dizer e se preparem para uma guerra!


– Do que esse maluco está dizendo! – Grita o homem no restaurante.


– Humanos... Vampiros... Mestiços... Que porra é essa? – Grita outro homem no restaurante.


– Acho que ele se refere ao atentado estranho na cidade aqui perto. –Diz outro homem no restaurante. – Onde testemunhas dizem existir vampiros no mundo. Não sabia que isso era verdade.


– E não é! – Grita o homem. – Isso é historia pra criança dormir!


– Meu nome é Sabaku no Gaara, sou o Kazekage dos vampiros de Suna... – Diz Gaara abrindo serio. – Para os humanos que estão vendo isso e não acreditam, eu vou mostrar...


Então a câmera vai até Sasuke que tinha um sorriso em seus lábios. Ele abre a janela e na frente de todos, o Uchiha mostra sua verdadeira forma.


– Sim vampiros... – Diz Gaara assim que a câmera voltou para ele. – O sol não nos mata e sim nos faz ficar mais fortes e com nossa verdadeira forma. Mas não vim aqui para dizer sobre nossa existência, nem como podemos ficar mais fortes. Eu quero unir os vampiros humanos num só, pois acredito que possamos viver juntos e em paz!


– Isso é loucura! – Grita o homem com um tremendo medo.


– Mas o mais importante. – Diz Gaara serio. – Uns grupos de vampiros muito fortes querem dominar tudo, seu líder é um vampiro original. Se você não quer morrer Mestiço e você, vampiro completo, não quer ser subjugado aos pés dele, juntem-se todos na grande floresta de Suna ante do deserto maçante, vamos nos unir e matar esses desgraçados!


– Ola! – Diz um homem aparecendo do nada com uma máscara para a surpresa de todos. – Eu sou o vampiro original... Meu nome é... Uchiha Madara!


– Madara... – Diz Sasuke irritado o olhando, mas no momento não se podia atacar.


– Gostei de sua iniciativa Kazekage. – Diz Madara olhando para a câmera. – Daqui a dez anos, será o dia prometido. Quando eu irei transformar todos os humanos em escravos, matarei todos os mestiços e dominarei todos os vampiros. Eu serei o dono do mundo! É assim que irá se ter o equilíbrio!


– Você está louco! – Grita Gaara irritado, mas ele tinha medo.


– Dez anos... – Diz Madara rindo muito. – Aproveitem suas vidas, pois quando eu tomar o poder será o fim para todos!


– Droga... – Diz Gaara irritado, nem conseguiu o ver ir embora. – Viu! Precisamos de sua força! Vá para a floresta de Suna em dez anos! Por favor...


Então a programação normal logo volta.


– Isso é loucura... – Diz o homem do bar se sentando.


– Eu vou lutar! – Se levanta das sombras um homem tirando seu capuz no restaurante. Os raios do sol bateram em sua pele e ele logo se transformou. – Eu... Hatake Kakashi irei salvar este mundo, como foi o sonho que tivemos Obito, Rin!


– Não acredito... – Diz o homem surpreso ao ver Kakashi voar em seus olhos para longe. – É verdade...


Por todo o mundo se via vampiros voando para Suna, os humanos olhavam tudo surpresos. Mestiços corriam por todas as cidades indo para Suna. Para os humanos parecia que o apocalipse chegava aos poucos.


– Todos estão indo... – Diz Sasuke vendo a quantidade absurda de vampiros sobrevoando por sua cabeça.


– Significa que conseguimos o que queríamos. – Diz Gaara olhando para Hinata. – Agora temos que decidir tudo.


– Por que olha para mim Gaara? – Pergunta Hinata sem entender aquilo.


– Temos dez anos, significa que você tem tempo suficiente. – Diz Gaara serio.


– Isso mesmo! – Fala Neji abrindo um sorriso. – Seu filho pode nascer e você poderá lutar sem problemas!


– Mas não é tão simples assim... – Diz Tsunade. – Uma vampira grávida precisa se alimentar constantemente. Hinata será um problema no campo de concentração...


– Então vamos embora! – Diz Naruto abrindo um sorriso. – Eu e Hinata vamos ter o bebê e em dez anos, vamos nos rever antes do dia prometido.


– Por que dez anos!? - Grita Sakura já sentindo saudades dos dois. – Só é necessário cinco meses para se ter um filho vampiro!


– Sim... – Diz Naruto abrindo um sorriso. – Mas eu e hinata queremos aproveitar o tempo que teremos com ele...


– Naruto... – Sakura estava surpresa e lágrimas caiam de seus olhos. – Você tem que lutar e...


– Eu concordo! – Diz Sasuke entendendo os sentimentos daquele casal. – Vocês irão treinar nesse tempo e se juntaram a nós!


– Isso mesmo Sasuke! – Diz Naruto abrindo um sorriso, seu melhor amigo sempre entendia.


– Eu vou junto! – Diz Tsunade. – Eu quero fazer o parto desta criança! Em cinco meses me junto a vocês!


– Tudo bem... – Diz Gaara serio. – Agora temos que ir.


– Quando vocês voltarem. – Diz Shikamaru com um sorriso. – Se preparem, pois a equipe de frente, será vocês... Sasuke, Sakura, Naruto, Hinata, Killer Bee e Gaara.


– Pode deixar! – Diz Hinata abrindo um sorriso enorme.


– Tem certeza de tudo isso? – Pergunta Sakura triste.


– Temos que fazer isso! – Diz Tsunade com Naruto e Hinata ao seu lado.


– Entendo... – Diz Sakura com um olhar triste.


– Temos dez anos... – Diz Sasuke serio. – Esse foi o tempo que Madara nos deu.


– Enquanto vocês vão reunir todos. – Diz Naruto com um olhar confiante. – Eu, Tsunade e Hinata, ficaremos bem. E no dia prometido, vamos nos reunir com todos.


– Até! – Diz todos se despedindo.


Cinco meses se passaram, estava na hora do parto de Hinata...


– Ah! – Grita hinata sentindo a maior do mundo. – Tsunade se apresse!


– Estou fazendo o máximo que posso Hinata! Se acalme! – Grita a Hokage abrindo um sorriso ao ver parte do bebê já fora. – Pronto, ele nasceu! É um menino lindo!


– Meu filho! – Grita Naruto abrindo um sorriso gigante.


– Que estranho... – Diz Tsunade dando o bebê ensangüentado para a Hyuuga, que lambia o sangue para limpar seu filho. – Ele tem um ar estranho...


– É... – Diz Naruto já do lado de Hinata a ajudando a limpar seu filho.


– Temos que escolher um nome para ele. – Diz Hinata abrindo um sorriso enorme.


– Eu deixo você escolhe Hinata... – Diz Naruto abrindo um sorriso para a Hyuuga e indo limpar as pernas dela.


– Meu trabalho terminou... – Diz Tsunade com nojo. – Por isso que nunca fiz muitos partos, é nojento ver a ordem natural... Vocês lambendo o bebê e depois o marido ter que lamber o sangue de lá...


– Pare de ser chata! – Grita Naruto irritado. – Se eu não fizer isso logo, Hinata não poderá mais ter filhos! E se tudo terminar bem, vou querer ter mais filhos!


– Tsunade, você sabe como a parteira, tem que ver tudo até o final, se não dá azar! – Diz Hinata encarando a Hokage. – Eu quero ter mais filhos depois e com sorte viu!


– Tá! – Fala a Hokage vencida. – Mas qual será o nome dessa criança?


– Eu já sei... Um nome forte que dará para ele grandes possibilidades... – Diz a Hyuuga abrindo um forte sorriso e levantando seu bebê.


Dez anos em fim se passaram...


– Estamos prontos para essa guerra! – Grita Shikamaru fazendo todos berrarem em respostas.


– Onde estão Naruto e Hinata? – Pergunta Sasuke com seu, sobretudo já no lugar assim como todos.


– Eu não sei, mas o sol já está para nascer... – Diz Gaara respirando fundo.


– Já captei o cheiro deles. – Diz Kakashi ali com todos.


– Bom trabalho Kakashi. – Diz Neji serio. – Temos que confiar que eles chegaram...


– Ei! – Grita um vampiro. – Onde está os outros dois que vocês falaram que vai liderar tudo?


– É! Como vou ir para o ataque se eles não chegaram! –Grita outro vampiro. – eles que lideram meu grupo, com vou lutar?


– Droga Naruto cadê vocês? – Sakura já estava ficando irritada com isso. Ela se vira e se abaixa para uma criança. – Lica, se abrigue onde falamos que a luta já vai começar.


– Sim Okaasan... – Diz a menina com os cabelos pretos de seu pai. Ela abraça Sakura e Sasuke. – Estou esperando vocês...


– Nós voltaremos meu bebê. – Diz Sasuke agarrando sua filha. Ao soltar ela, Lica corre para onde estavam as outras crianças. – Vamos para o ataque!


– Não! – Grita vários vampiros. – Como vamos atacar se dois dos principais fugiram?


–É! – Grita todos em resposta. – Isso é uma bagunça, eles nunca apareceram em dez anos e...


– Chega! – Grita Gaara chamando a atenção. – Kakashi vai liderar o grupo de Naruto e de Hinata por enquanto. Eles devem estar chegando! Agora vamos para a luta! O sol nasceu!


– Gaara isso não vai adiantar... – Diz Tsunade. – Eles não estão confiando em nós!


– Não vamos lutar! – Grita todos irritados. – Já perdemos!


– Nunca desistam! – Grita uma voz estranha. - É hora da luta, não é hora de fazer pirraça!


– Se estão com medo, parem de por a culpa em nós! – Diz uma voz feminina logo ao lado da primeira.


– Naruto! Hinata! – Grita Shikamaru com um tremendo sorriso vendo os dois e um menino logo ao lado deles.


– É hora do show! – Grita Naruto abrindo um tremendo sorriso em seus lábios.


– Vamos acabar com eles! – Grita Hinata se virando para a cidade logo abaixo, onde se sentia o cheiro de Madara. – Vamos nessa Jiraya!


– Claro Okaasan! – Grita o menino correndo para a cidade. Nisso todos correm atrás deles.


– Só eles mesmo para estragarem uma formação criada durante dez anos... – Diz Neji.



Notas finais do capítulo

Canas do próximo capitulo:
— Sejam bem vindos ao seu funeral... – Diz Madara abrindo um sorriso para aquele enorme exercito em sua frente. – Deidara, Sasori, Zetsu, Kabuto, Kisame... Matem todos que se oporem a vocês, só não matem os inteligentes que irão fugir...
— Claro! – Diz eles abrindo um sorriso.
— Droga! – Grita vários vampiros com medo deles.
*********************************************************************
— É agora que tudo vai terminar! – Grita Naruto encarando Madara com um tremendo sorriso.
— Discordo Uzumaki... – Fala o Uchiha se levantando de sua cadeira.
— Vamos matar você! – Grita Hinata ao lado de seu amado.
**********************************************************************
— Neji! – Grita Tenten vendo seu amado sem um braço.
— Matem ele! – Grita o Hyuuga agarrando com apenas um braço Kabuto.
— Esse é o seu fim! – Grita Kakashi indo para o ataque.
**********************************************************************
— Chegou o momento prometido! – Grita Madara jogando Hinata para longe. Seus braços estavam abertos recebendo os últimos raios do sol. – Os planetas estão alinhados perfeitamente, eu sou o único original!
— Não acredito... – Diz Naruto vendo o poder de Madara crescer.
— O momento prometido para um original como eu! – Grita Madara abrindo um sorriso enorme, nisso todos os vampiros e mestiços começam a fugir com medo. – O meu tão querido...
— Ah! – Nisso para a surpresa de todos, Jiraya começa a gritar sentindo uma dor horrível.
— Ocaso! – Grita Madara mostrando agora suas asas de esqueleto.