O passado sempre vem A tona escrita por juremmão


Capítulo 3
Capítulo 3


Notas iniciais do capítulo

Oee vocês, obgg pelos comentários, to adorando escrever acho que ta me deixando mais leve esta compartilhando isso com vocês, meu namorado esta com ciúmes por causa disso ele disse que estou trocando ele, quase brigamos por causa disse kk, mais enfim, um cap noviiiinho pra vocês, bjjs de luz e boa leitura



Passa uma, passa duas horas e todos da equipe já estavam por lá, e nada de notícias de Stella, Flack já estava impaciente com tanta demora, quando vê um médico se aproximando.

Médico: acompanhante da Det. Stella Bonasera?- diz olhando por cima dos óculos um papel que havia em sua mão. Mac que ainda mantinha sua cabeça abaixada levanta-se rapidamente.

Mac: sim sim, onde ela esta, como ela esta?- pergunta sem parar.

Médico: calma, eu sou o Dr. Civil, Sten Civil.- diz estendendo a mão para Mac

Mac: Det. Mac Taylor!- diz cumprimentando-o

Flack: Det. Flack, Don Flack- diz o cumprimentando também, e assim por um.

Dr. Civil: bom Stella teve um pouco de perda de sangue, a bala se alojou no osso do braço dela e tivemos um pouco de dificuldade de retira-la, ela esta agora no quarto sedada, ela estava cansada.

Flack: e ela pode receber visitas?- pergunta esperançoso

Dr. Civil: não ainda não, quando ela acordar, talvez. Bom tenho outros pacientes ate mais- diz virando-se.

Sheldon: doutor e a bala?

Dr. Civil: sabia que iam perguntar, já estou providenciando isso para vocês, e logo logo a bala estará nas mãos de vocês detetives- vira-se e some nos corredores daquele hospital.

Mac apenas ouvia calado. Senta-se novamente.

Mac: alguma suspeita?- pergunta de cabeça baixa.

Danny: eu achei um celular onde Stella foi baleada, tinha algumas digitais mais não estava no banco de dados então dei ao Adam para que ele ache o dono.

Mac levanta a cabeça e olha para Flack que esta em pé a sua frente...

Mac: quero a pessoa que fez isso preso hoje mesmo!- diz autoritário, Flack ia falar algo mais foi interrompido pelo celular de Danny.

Danny: Messer... Ok, já estou indo!- e desliga- Adam achou o dono do aparelho.- Mac levanta-se rápido.

Mac: vamos- disse ja saindo.

Lindsay: Mac, espera...- diz tocando o braço de Mac e o segurando- não é melhor deixar isso para os policiais resolverem, você esta muito exaltado e sabe se lá oque você pode fazer nesse estado.- tentando o impedir.

Mac: Lindsay obrigado pela preocupação, mais é que eu tenho que ir.- diz tentando se soltar do aperto de Linsay.

Lindsay: Stella vai precisar de você quando acordar.- soltando o braço dele. Mac olha para Lindsay e seus olhos marejam.

Mac: prometo que não vou fazer nada que fuja da minha responsabilidade, e quando tudo isso acabar volto pra cá, você ficara aqui quando ela acorda diga que estou bem e que não precisa se preocupar.- diz e sai acompanhado por Flack e Danny.

Sheldon: bom, vou saber com os enfermeiros sobre a bala retirada e depois vou indo, ate mais- diz e da um beijo na cabeça de Lindsay que da um sorriso falso tentando esconder a preocupação.

Casa do suspeito...

Mac: quero homens em todos os elevadores, em todas as escada e ao redor do prédio, se ele tentar escapar atire nele- gritava ele para os policiais.

Flack: Mac não acha que esta indo muito depressa?!- Mac o olha de modo diferente.

Mac: depressa?- ele pergunta- ele atirou na Stella, ele atirou numa pessoa da minha equipe, minha melhor amiga. E você acha que estou indo depressa?

Flack: Ok Mac, retire oque eu disse! Vamos lá pessoal, sigam as instruções de Mac- gritava ele, e assim fez os policiais.

Mac, Danny e Flack vão ate o andar do suspeito, Mac anda um pouco na frente dos outros e é ele que bate na porta.

Mac: policia de Nova York, abram a porta- diz e alguns segundo se passam e a silencio total, então Mac manda arrombar a porta, eles entram e Mac é o primeiro a vê uma pessoa correndo e corre logo atras.

Flack: Don ele esta fugindo- eles correm atras.

Flack: perseguição ao lado do prédio, repito perseguição, o suspeito esta indo para o lado oeste do prédio.- ele gritava ao radio acompanhando Mac que corria atras do suspeito.

O suspeito entra no beco sem saída e Mac consegue o impedir de pular o muro de cerca, Mac o joga no chão com toda sua força e da um, dois, três socos no rosto dele, Flack chega e o impedi de dar mais socos, Flack o vira de costas e o algema.

Flack: Responsabilidade Mac.- fala apenas e sai com o suspeito para por na viatura. Mac fica alguns estantes no beco e logo sai entra no carro e vai direto para a delegacia.

Hospital...

Stella estava se acordando aos poucos e logo a enfermeira percebe.

Enfermeira: Sta. Bonacera, esta se sentido bem?- pergunta se aproximando.

Stella: não sou estou um pouco zonsa, minha boca esta seca.- diz e olha para a água que esta numa mesinha ao lado de sua cama. A enfermeira logo bota um pouco de água e da para Stella.

Enfermeira: esta melhor?

Stella: sim.- olha ao redor e percebe que esta no hospital- o que aconteceu, por que estou num hospital?- pergunta confusa.

Enfermeira: você levou um tiro!

Stella: ah sim, agora lembro- diz lembrando-se do que tinha acontecido.

Enfermeira: alguém de onde você trabalha esta esperando você acorda, posso deixar entrar?

Stella: ah sim, claro pode deixar sim

Enfermeira: ok- diz e sair.

Em poucos instantes Lindsay entra, ao ver Lindsay, Stella sorrir e Lindsay não como não sorrir. Lindsay se aproxima de Stella e a abraça.

Lindsay: que susto em Stell!- diz ainda no abraço, ao poucos vão se afastando.

Stella: e os outros cade?

Lindsay: ahn... eles estão no laboratório, me deixaram aqui cuidando de você- força o riso

Stella: e Mac, onde esta?- pergunta a olhando

Lindsay: não consigo mentir pra você Stella, eles foram atras de quem atirou em você, ele disse que era pra me dizer pra você que ele estava bem, mais Stella ele saiu do hospital com raiva nos olhos, não sei oque pode acontecer se ele encontrar que fez isso com você.- diz e suspira fundo.

Stella: o meu Deus, tomara que ele não faça nada que ele não deve- fala preocupada.

Lindsay: Stell fica calma, ele disse que não iria fazer nada que saia da responsabilidade dele.

Stella: esta bem, eu confio nele- diz tentando se acalmar.

Delegacia de Nova York

Mac: David Colins, não tem passagem pela policia. Qual o seu envolvimento com o advogado Richard Lawens?- diz num to de voz normal. David permanecia calado como ele chegou a delegacia- ok, vou perguntar novamente. Qual o seu envolvimento com o advogado Richard Lawens?- David ainda calado, Mac já estava sem paciência, levanta-se e anda pela sala- olha se você colaborar com a gente prometo que vai ser bem melhor pra você.- diz no ouvido dele.

David: isso é uma ameaça?- diz pondo um saco de gelo no olho roxo que Mac deixou.

Mac: você pode entender como quiser, e então me responda, qual o seu envolvimento com o advogado- diz e mostra a foto do advogado morto por cima da mesa.

David: Quero um advogado!- diz somente, Mac sai da sala bufando de tanta raiva e logo seu telefone toca.

ligação on

Mac: Taylor!

Danny: Mac é o Danny, Lindsay ligou e pediu pra avisar pra você que Stella acordou! ...



Notas finais do capítulo

iai curtiram a adrenalina?, espero que tenham gostado. Comentem Obg e fiquem com Deus♥



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "O passado sempre vem A tona" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.