O passado sempre vem A tona escrita por juremmão


Capítulo 13
Capítulo 13


Notas iniciais do capítulo

oiii desculpem ter sumido assim problema pessoais, acho q esse cap é bem esperado por vcs e espero q eu tenha aproveitado bastante dele e espero q vcs gostem dessa minha versão haha bjjj boa leitura. ♥



Stella começa, mas não consegui terminar, pois ela é impedida pelos lábios de Mac que estão sobre os dela, Stella solta um gemido, mas não param de se beijar uma das mãos de Mac esta na cintura de Stella e a outra esta em sua nuca já subindo para os cabelos onde ele os prende nos dedos impedindo Stella de se afastar dele enquanto mantém suas boca cativa a vontade dele, se afastam pela falta de ar, mas os lábios de Mac são rápidos e logo esta devorando o pescoço de Stella e sua mão que ainda prende o cabelo dela puxa-o levemente apenas para ela dar mais acesso a ele, e dessa vez Stella geme o nome dele “Maaaaac...”. É tudo que Stella é capaz de falar quando mais uma vez ele prende a sua boca na dela, ele empurra a porta com pé já que as mãos estão sobre o corpo de Stella, explorando, reivindicando como dele, ele a preciosa contra a parede e a junção das coxas dela a pega no colo e Mac vai em direção ao quarto Stella devora o pescoço de Mac como ele tinha feito com ela a segundos atrás. Os lábios de ambos continuam a atacar um ao outro e as línguas duelam pelo controle enquanto as mãos removem as roupas com total impaciência, se separam por um tempo apenas para poder apreciar a vista que cada um estava tendo, seu abdômen é totalmente definido e Stella passa os dedos de leve sobre seus gominhos e sente sob seus dedos que Mac esta arrepiado, Stella vai subindo os dedos junto com os olhos para vê esse banquete que esta á sua frente e finalmente chega ao seu peito e vê a cicatriz, mas antes que ela possa tocar ele se afasta e a olha como se tivesse algo para se envergonhar por causa disso, ela da um passo a frente e ele vai caminhando para trás ate que fica encurralado entre ela e a parede e então como ela fez com seu abdômen a alguns segundo atrás ela passa as ponta dos dedos levemente sobre sua cicatriz antes dela se encostar por completo nele e ter a sua língua substituindo seus dedos e senti o corpo de Mac responder a ela e um gemido sai de sua garganta, ela traça toda a cicatriz com a língua lentamente e começa a sentir que ele esta perdendo um pouco de controle que ele ainda tem e ela sorri internamente, Mac finalmente parece voltar a ter controle do seu corpo, ele coloca as mãos no rosto de Stella e à beija como se houvesse amanha e então Stella suspirar e gemer no seu beijo, ele coloca suas mãos na bunda de Stella e aperta levemente antes de uma das suas mãos deslizar pelas coxas e puxá-la para cima de forma que a coxa de Stella esta na altura do seu quadril e ele alisa e aperta enquanto sua outras mão ainda esta na bunda de Stella e então de repente ele inverte nossas posições e agora quem esta presa é Stella, e então ele começa a atacar o seu pescoço e a mão que estava na bunda de Stella se perde nos cachos dela e mais uma vez ele da uns puxões apenas para ter mais acesso ao seu pescoço, ele chupa a clavícula dela e nesse momento Stella sabe que terá que usar alguma maquiagem para esconder isso, mas agora o que ela mas quer é que ele à marque como dele, isso é totalmente incoerente com a personalidade de Stella, mas não consegui evitar, ela quer ser dele, totalmente dele, apenas dele. Stella esta tão perdida nos pensamentos e nas sensações que ele esta dando a ela que, que ela se assusta ele a segura pela junção entre a bunda e coxas de Stella e de repente á levanta como se não pesasse nada e a pressiona ainda mais contra a parede e automaticamente Stella cruza as pernas na cintura de Mac, ele devora o pescoço de Stella mais uma vez e ela coloca a mão no cabelo dele, o que so serve de combustível para ele, ele a gira e a beija enquanto caminha ate a cama com Stella nos braços, ela senta na borda e começa a se arrastar ate estar totalmente deitada e Mac vai junto com ela sobre ela, como um animal seguindo sua presa, é incrível como os olhos de ambos transbordam luxuria, desejo e ao mesmo tempo cuidado e amor, nunca tinham visto isso antes, Mac deita sobre ela com uma das pernas entre as delas e enquanto se beijão Mac roça seu membro na sua coxa ela arranha suas contas com as unhas, a outra perna de Stella esta dobrada e Mac começa a apertar a parte de trás sem machuca - lá e vai descendo ate chegar a bunda e então ele fica entre suas pernas e roçam os sexos e gemem juntos. Ele desce pelo corpo de Stella e finalmente fica entre as pernas dela, mas apenas para a contrariar ele evita tocar onde ela quer e ao invés disso ele morde e beija a parte interna da sua coxa, Stella puxa seu cabelo para direcioná-lo e então ele simplesmente sopra sobre a região intima de Stella que já esta em brasa “aaaaahhh Maaaac- Stella diz arcando as costas para ele” Mac rir para a pressa de Stella e com total paciência fala “tudo no tempo certo Stella” Stella iria responder a ele mas sem aviso Stella sente sua língua à acariciando, à tocando, à amando. Uma das mãos de Stella solta seu cabelo e aperta os lençóis ao seu lado e então Stella tem seu primeiro orgasmo da noite, Mac deita sobre ela mantendo seu peso fora do corpo dela e à beija apaixonadamente e Stella é capaz de se provar no beijo dela e então Mac começa a penetrá-la lentamente e quando ele esta totalmente dentro dela ele para de mexer para que Stella se ajuste ao seu tamanho, Stella olha nos olhos de Mac os olhares de ambos é tão profundo, tão intenso e eles podem vê a alma um do outro e aparte desse momento sabem que pertencem um ao outro. Ele começa lentamente, mas não conseguem manter o ritmo lento e logo tudo que é possível escutar no são os gemidos e respirações, alem do baque surdo da cabeceira da cama na parede.



Notas finais do capítulo

COMENTARIOS SOBRE A OPINIÃO DO CAP DE VCS BJJJJ



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "O passado sempre vem A tona" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.