Matilha Villanueva - Para Sempre Meu

Esta história é imprópria para menores de 18 anos. Para acessar histórias com esta classificação, é preciso alterar suas preferências em controleparental.fanfiction.com.br. Separamos outras histórias que podem te interessar, veja a lista abaixo ♥

Família escrita por SomeKilljoy

Família
Em um mundo onde tudo é uma abertura para ser julgado, ser gay e realizar a proeza de constituir uma família pode ser considerado trabalho árduo por muitos. No entanto, Daniel e Gabriel conseguem transpor todas as barreiras em prol de seu sonho. E, por maiores que sejam as dificuldades impostas, eles provam que a felicidade não é necessariamente tão difícil de se encontrar assim.
Categorias: Originais
Gêneros: Comédia, Romance, Shounen-ai, Yaoi

1 recomendação   19 favoritaram   24 acompanhando  

 

Taro e Capa escrita por Sandra SO

Taro e Capa
[One-shot]

O famoso fotógrafo de guerra Robert Capa se vê em seus últimos suspiros. Morto ao pisar em uma mina em Indochina, 25 de Maio de 1958, Robert emerge em seus pensamentos e lembranças de sua amada Gerda Taro, também fotógrafa de guerra que havia morrido anos antes, em 1937.
Apesar de muito orgulhoso, em seus derradeiros momentos Robert liberta sua mente para finalmente vagar em direção à Gerda, provando então dos doces momentos juntos e logo depois os amargos.

Inspirada na música Taro da banda britânica Alt-J.
Categorias: Originais
Gêneros: Death Fic, Romance, Songfic

5 favoritaram   1 acompanhando  

 


Amor Proibido escrita por Giovanna Regiolli

Ágatha, uma menina do primeiro ano do ensino médio, assim como toda menina dessa idade, quer se formar e sonha encontrar alguém. Mas as coisas não acontecem como nos contos de fadas, isso aqui é a vida real, e nem tudo é o que parece ser, e nem todo mundo é quem parece ser. Ela conhece o misterioso Henrico, que guarda um segredo que poderá mudar sua vida. Ou acabar com ela.
Categorias: Originais
Gêneros: Aventura, Ficção Científica, Romance

1 favoritou  

 

O que você está pensando? escrita por Unwise

O que você está pensando?
Esse é um pequeno texto contando sobre uma situação inusitada e engraçada de um belo casal apaixonado.
Categorias: Originais
Gêneros: Romance

4 favoritaram  

 

Turbilhão de Memórias escrita por Melody

Turbilhão de Memórias
"Tudo começou tão de repente... Lembro das primeiras conversas, dos primeiros sorrisos, dos primeiros olhares. Não imaginava que seria assim, mas agradeço aos céus por ter sido. 2015 ficará, com certeza em minhas memórias. Gostaria que eu lhe contasse um pouco mais sobre o que me aconteceu este ano?"
Categorias: Originais
Gêneros: Romance, Yuri

1 favoritou   1 acompanhando  

 


Morte na Biblioteca escrita por Elyon Somniare

Morte na Biblioteca
Em 1922 a euforia americana despertava pelas luzes da reestrutura social, do avanço tecnológico, das modas ousadas, das inovadoras notas de jazz e de uma ânsia esfomeada por vida e identidade. Os horrores da Primeira Grande Guerra vincavam apenas o dourado do presente, e nem a proibição do álcool sombreava a loucura dos anos vinte.
Numa moldura em que a mortalidade não parecia ter lugar, o homicídio faz-se presente nas vidas de Jay e Nath. E, todavia, ninguém é livre de segredos.
Categorias: Originais
Gêneros: Mistério, Yaoi

8 favoritaram   12 acompanhando  

 

Ana escrita por J R Mamede

Ana
Pedro é um garoto que adora provocar uma colega de turma, Ana. Ele faz de tudo para humilhá-la em frente aos outros colegas, expondo-a ao ridículo. Quando ele percebe que fora longe demais, é tarde para pedir perdão.

Com o tempo, Pedro vai percebendo o quão irracional foram suas atitudes para com Ana, mostrando-se arrependido e vivendo de forma mais sensata e responsável.
Categorias: Originais
Gêneros: Drama

7 favoritaram   2 acompanhando  

 

A Garota Da Confusão escrita por Evil Princess

A Garota Da Confusão
Emely Watson andava tranquilamente nos corredores do super-mercado arrastando seu All Star de cano alto azul marinho. Ela nem desconfiava que o destino lhe pregaria uma peça! A loira lembrou do pacote de Ruffles que ficava no outro corredor e foi diretamente para la a ponto de pegar. O corredor estava vazio, e Emely já estava na metade do corredor quando avistou o garoto. O garoto aparenta ter uns 17 anos, cabelos castanhos e grandes a ponto de tampar seus olhos azuis meio cinzas. Emely percebeu que o garoto estava indo na direção da mesma pratilheira que ela. Olhou na pratilheira e percebeu que só tinha um pacote de Ruffles! O garoto seguindo o olhar dela também notou isso. Os dois trocaram um olhar e Emely sem mais esperar saiu correndo em direção ao saco de batatinhas e o garoto também. O último saco de Ruffles!

"Droga! Era o último saco de Ruffles! Eu não poderia perder por nada! Sinto muito garoto da juba castanha mas esse saco de batatinhas já é meu! Corri e ele correu também! Merda! Dei um pulo monstro e consegui chegar na pratilheira e agarrei o saco de batatinhas com toda minha força, mas o infeliz também!

—Solta!!! -Ele gritou tentando tirar o saco de mim, a voz grave.

—Nem pensar! Solta você eu vi primeiro! -Eu gritei de volta ainda agarrada com as batatinha.

—Solta logo pirralha! Eu vi primeiro! -Ele não largava o saco de batatinhas.

—Viu primeiro uma ova! Solta logo garoto! -Eu agarrei o pacote com mais força.

Ninguém merece! Pleno sábado de manhã e eu já estou metida numa confusão! Dessa vez você se superou Emely Watson! Eu pensei ainda agarrada com o saco de batatinhas... "
Categorias: Originais
Gêneros: Comédia

19 recomendações   130 favoritaram   167 acompanhando  

 

A casa do medo escrita por Ninna

A casa do medo
Confie em você, não deixe a casa te enganar, controle sua mente. Alice era uma garota comum, com paixões, manias e hobbies como de qualquer outra, tinha uma família amorosa, e um lar estável. Tudo começou quando ela se mudou para aquela casa, onde vultos e vozes eram inofensivos, havia algo maior lá e Alice precisava descobrir antes que fosse tarde demais. Medo é a melhor coisa que a casa vai te fazer sentir.
Categorias: Originais
Gêneros: Terror

4 recomendações   20 favoritaram   10 acompanhando  

 

Pingos de Amor escrita por TimeLady

Pingos de Amor
Amor é realmente uma coisa muito estranha. Amor às vezes só serve para quebrar seu coração em mil pedaços. Você pode amar alguém, mas nunca saberá se essa pessoa também te ama.
Categorias: Originais
Gêneros: Drama, Romance

1 favoritou