Mini cupido escrita por Malu


Capítulo 7
Uma revisão do caso




P.O.V Stella

Já estava quase no fim do nosso turno o Mac nos convocou em uma reunião.

MT- O que temos até agora?- Pergunta Mac olhando para o Danny.

DM- Achei três tipos de pegadas: as da vitima,salto alto e de um par de botas. São muito comuns esses sapatos,é difícil de isolar.

LM- As digitais da cena do crime eram apenas das vitimas,dos filhos da Jo e do irmão do Flack

SB- Mas também achamos uma digital “deformada”

JD- Achamos um papel com sangue em um tumulo próximo onde Alex estava.

AR- O sangue era das vitimas.

MT- Não temos nada.- Disse Mac desanimado

DF- Temos um pista do assassino.- Anunciou Don entrando na sala de reuniões.

SB- O que temos?- Perguntei quando ele fechou a porta

DF- Uma testemunha afirma ter visto um homem sair do cemitério de madrugada ele não viu o rosto,mas diz que era um homem alto,pele clara e estava vestindo uma camisa toda ensaguentada,e detalhe era uma camisa do time de futebol da faculdade que Alex estudava e o Tyler estuda.

JD- Isso confirma a hipótese que a Alex conhecia o assassino.

LM- E Alex por u vez conhecia nossa primeira vitima, Robert Monkey.

MT- Danny, amanhã você e Flack fação uma visita aos jogadores e ao treinador do time.

JD- Não dá, durante o período de provas eles treinam de noite.

DM- Eu e o Don poderíamos ir hoje.

DF- É podemos,mas eles estão ainda no treino,Jo?

JD- Devem ter começado agora.

MT- Vão,amanhã nos falamos.

DF/DM- Tudo bem.

O Don e o Danny foram para a faculdade.A Lindsay me deu uma carona.Marquei com o Don dele ir na minha casa depois.

P.O.V Danny

Eu e Don fomos para a faculdade no carro dele já que Lindsay tinha ido com o nosso para casa.

TD- Detetives,o que fazem aqui?- Pergunta Tyler parando de treinar

DF- Tem certeza que está bem o bastante para jogar?

TD- Ainda doí o meu braço,mas não é nada que afete o jogo.

DM- Todos os jogadores vieram hoje para o treino?

TD- Sim,porque?

DF- A camisa do time de futebol é apenas para o jogadores,não é?

TD- Não só para os jogadores,mas também para o treinador e o assistente do time.

JH- Ouvi treinado?- Se aproxima um homem de meia idade,com cabelos claros e um shortinho ridículo

DF- E você é...- Diz Flack se segurando para não rir do short

JH- Jones Holmes,treinador Jones Holmes.

DF- Jones Holmes, sério?- Continua se segurando para não rir,mas percebo que depois do treinador falar seu nome era mais difícil se segurar

JH- Podem me dizer a razão de atrapalhar o meu treino, quererem rir da minha bermuda, e além do mais caçoarem do meu nome?

DM- Sou o detetive Messer e este é o detetive Flack,uma aluna desta faculdade foi morta.

JH- O que me importa? Eu ensino para garotos, não para menininhas.- Fala de um modo rude e frio.

DM- Um dos seus garotos era namorado dela, e um dos seus garotos á matou.

DF- Ou o treinador.

JH- Foi uma indireta?

DM- É a logica, se não é nenhum jogador só pode ser o treinador.

JH- Eu?

DF- Tem outro?

JH- É melhor parar com esse sua joguinho,detetive.- Fomos interrompidos por uma vós

TF- Júnior!

DF- Thomas,o que faz aqui?-Pergunta surpreso

TF- Vou estudar aqui.

JH- E quer fazer o teste para jogar,garoto.

TF- Não,credo.

TD- Por que “credo”?

TF- Porque prefiro permanecer na faculdade pelo meu cérebro,não pelo os músculos.

DF- Thomas,para.

JH- Vocês são parentes?

TF- Somos irmãos.

DF- Vai para casa.

TF- Eu estou procurando o meu dormitório.

TD- Não me diga que o 24 do segundo andar.

TF- Droga,você é meu parceiro de quarto.

Logo em seguida mandei todos os jogadores e o treinador irem no dia seguinte para a delegacia. Flack me levou para casa e foi levar Thomas.

P.O.V Flack

Depois de levar Thomas em casa,fui em direção á casa de Stella, ela estava me esperando, passei a noite lá já que a Andie e o Thomas estavam em casa com a Charlote.

DF- Bom dia!- Disse eu quando ela acordou, nós ainda estávamos na cama dela.

SB- Bom dia.- Diz quando eu lhe dou um selinho.- Está acordado faz muito tempo.

DF- Não muito.- Respondo e ela me olha como se dissesse: “E você ficou ai me olhando?” -Eu gosto de vê-la dormir,está bem.

SB- Você é muito fofo,sábia?- Elogia-me me dando outro selinho.

DF- Eu te amo,muito mesmo.

SB- Eu também.

DF- Vamos, vou fazer o café e nós vamos trabalhar.-Me levanto e ela também sem me deixar sair do quarto.- O que foi?

SB- Na minha cozinha, quem vai cozinhar sou eu, entendeu?- Me olha como se estivesse e castigando.- Você vai tomar banho,já.

DF- É, eu também estava querendo provar da sua comida.- Falo entrando no banheiro. -Tenho certeza que vai ser a melhor comida que eu já comi, só atrás da comida da minha mãe.

SB- Vai logo. - Joga um toalha para mim. Na cozinha

DF- Como eu disse,só não passa da minha.- A elogio dando um garfada nas panquecas que ela fez.

SB- Não é pra tanto.- Fala sendo modesta

DF- É sim.

SB- Eu não vou direto para o laboratório.-Avisa-me levando os pratos sujos na pia DF- Onde você vai?- Pergunto ajudando-a á lavar os prato.

SB- Eu e Andie vamos comprar nossos carros junta hoje.

DF- Então eu te levo para minha casa,você e Andie vão juntas,e eu levo a Charlote para o colégio e o Thomas para a faculdade.- Dou a ideia

SB- É, e se der vai no laboratório e avisa que eu vou que chegar mais tarde.- Fala limpando as mãos de sabão

DF- Claro,vamos?

SB- Vamos.- Ela pega as chaves e a bolsa e nós saímos.

Fizemos como eu disse. Logo em seguida, fui no laboratório avisei á Mac,eu e Danny contamos á ele da nossa conversa com o treinador, e fui com o Danny e a Lindsay encontrar com Lovato, Jo e Sheldon que nós estavam esperando na delegacia para interrogar o treinador e os jogadores, inclusive Tyler.

JD- Todos tinham um álibi.-Fala Jo quando terminamos de interrogar todos.

JL- E nenhum tinha motivos para mata-la. - Diz Jamie também desanimada.

DM- A Alex era líder de torcida,não?- Pergunta Danny com uma ideia na cabeça.

JD- Sim. -Responde Jo

DM- Pode ter sido uma parceira dela, já tivemos muitos casos como este.

SH- É poderia mata-la,mas uma garota não mataria Robert Money, e também não são dois casos isolados. -Afirma Sheldon desanimando Danny

JD- Vocês viram o Tyler? -Pergunta Jo olhando para os lados.

LM- Eu o vi atendendo o telefone e depois saindo.-Fala Lindsay quando chega Thomas.

TF- Júnior, estou ferrado.



Notas finais do capítulo

O que será que houve com o Thomas?



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Mini cupido" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.