Nosso Cupido Particular escrita por lininhaaa


Capítulo 13
Capítulo XIII




 

*~*~*~*~*~*~*~*

Passaram-se algumas horas desde todo o ocorrido. Sakura e Hinata já tinham sido avisadas sobre a tentativa de homicídio de Karin e sua prisão.

Naquele momento, todos se encontravam no hospital. A rosada estava uma pilha de nervos, pois até aquele momento não tinha recebido nenhuma notícia de Sasuke. Apesar de Naruto e Sai tentarem lhe convencer que o moreno estava bem e que tinha sido apenas um tiro de raspão, ela queria ver com  seus próprios olhos.

- Sakura-chan... acalme-se! – exclamou Naruto. – Está demorando porque os policiais precisam do depoimento do Teme!

- Mas, Naruto...

- Eu conversei com o médico e ele me disse que o Sasuke já tem alta... Hoje mesmo ele volta para casa. Tenha um pouco de paciência.

Sakura torceu a expressão, mas resolveu se calar. Se Naruto estivesse mentindo, ela o mataria com suas próprias mãos.

***

Sakura estava exausta sentada em uma das poltronas da sala de espera, acompanhada de Sai e Ino, que chegara a pouco. As últimas horas foram agonizantes para ela, e tudo o que ela realmente queria era vê-lo.

- Logo eles estão descendo, Sakura-chan... fique calma!

- Sai... obrigada! – exclamou com um sorriso. – Acho que se não fosse por você, Sasuke e eu não estaríamos juntos.

- Não diga bobagens...  Uma hora ou outra vocês voltariam! – respondeu de forma divertida. – E além disso, não fiz mais do que deveria... Vocês sempre foram meus amigos e era o mínimo que poderia fazer.

- Posso te fazer uma pergunta? – Sai respondeu com um singelo sim. – Você não vai ser preso, vai? Quer dizer... você instalou as câmeras no escritório sem permissão do Sasuke-kun ou do Naruto.

- Não se preocupe... Sasuke me livrou dessa. Pelo pouco que ouvi, ele disse aos policiais que tinha contratado os meus serviços e como eles não deram parte sobre a invasão... por enquanto estou tranqüilo.

Ambos ficaram em silêncio, quando Ino resolveu se pronunciar. 

- Olha quem está vindo ali! – exclamou.

Os orbes verdes de Sakura desviaram-se para Sasuke e Naruto. Na mesma hora, ela correu em direção a eles e abraçou Sasuke com força, sendo retribuída pelo moreno.

- Sasuke-kun... – murmurou ela aos soluços. – Graças a Kami-sama você está bem... Eu fiquei com tanto medo!

- Sakura-chan... você tá me machucando. – disse com uma certa dificuldade.

Sakura afastou-se dele com os olhos marejados. Estava completamente desajeitada. 

- De-desculpa.. eu não queria! Aonde está doendo?!

Todos os presentes deram risada da reação da rosada, inclusive o moreno. Sasuke a abraçou e encostou seu queixo no topo da cabeça dela.

- Apenas me abrace com um pouco menos de força... – comentou em tom divertido. – Eu estou bem, Sakura-chan. Não se preocupe!

- É, Sakura-chan! Parece que não era a hora do Teme mesmo! Esse daí é vaso ruim... – Naruto ao comentar isso, viu a ira nos olhos de Sakura e deu um sorriso sem graça. – Credo! É brincadeira...

- Acho melhor irmos para casa! –comentou ela se separando de Sasuke.

*~*~*~*~*~*~*~*

Chegando em casa, Sasuke e Sakura foram recebidos por Hiro e Lyn que esperavam ansiosos. O moreno sentia-se feliz por tudo finalmente estar resolvido. Estava feliz por saber que teria uma família esperando por ele todas as noites... e o melhor de tudo era saber que Karin finalmente pagaria  por todas as maldades que fez. 

***

Ele contou a Sakura tudo o que tinha acontecido. Desde a invasão de Karin pelos fundos da casa, até a tentativa de homicídio. Ela teria tentado atirar em Sasuke, porém a arma não disparou e foi aí que Sasuke aproveitou a chance e partiu para cima dela.

Os três tiros ouvidos por Naruto, Sai e os policiais foram disparados enquanto Sasuke tentava tomar a arma de Karin, sendo que foi o último tiro que pegou de raspão do lado esquerdo do peito dele.

 Ninguém podia negar que Sasuke teve sorte... Muita sorte!

Sorte ou milagre?  Talvez tenha sido um milagre que o primeiro tiro dado por Karin tenha falhado... Talvez tenha sido sorte os três tiros seguintes não terem acertado Sasuke, causando uma verdadeira tragédia...

Ninguém sabe... mas uma coisa é certa: pessoas boas, merecem coisas boas...

*~*~*~*~*~*~*~*

Hiro subiu as escadas correndo e encontrou a porta do quarto dos pais um pouco aberta. Ao empurrá-la,  encontrou Sasuke recostado na cabeceira da cama, de olhos fechados. Aproveitando aquela pequena oportunidade, o menino tirou uma pequena folha contendo um desenho e colocou-a sobre o criado-mudo.

Sasuke continuava de olhos fechados, mas já tinha visto o filho entrando  no quarto e antes que o menino saísse, ele o chamou. Em resposta, Hiro apenas virou-se para ele num pulo.

- Eu não queria te acordar, pai... – murmurou.

- Você não me acordou, Hiro. O que é aquele papel ali? – perguntou apontando para o desenho.

Prontamente Hiro pegou a folha e correu até Sasuke. Quando o moreno viu o desenho, não evitou que um sorriso de canto se formasse.

Na folha, Hiro desenhou Sakura, Sasuke e ele próprio. Todos estavam sorrindo e de mãos dadas, porém Sasuke tinha alguma coisa na cabeça.

- O que é isso, Hiro?

- Uma faixa! – respondeu. 

- Ahh... uma faixa! E por que você colocou uma faixa na minha cabeça? – perguntou em tom divertido.

- Eu ouvi a mamãe conversando e ela falou que você tava machucado...

Sasuke não conteve uma discreta risada.

- Você não gostou né? – perguntou cabisbaixo.  

- Gostei sim! Onde você quer que eu coloque?

Hiro abriu um sorriso e pulou na cama onde o Uchiha estava deitado. 

- No seu escritório! – exclamou. – Mas você não deixa aquela mulher de cabelo vermelho pegar...

- Não se preocupe, Hiro... Ela não vai mexer em mais nada!

*~*~*~*~*~*~*~*

Sakura terminou de conversar com Hinata pelo telefone. Naruto acabara de chegar e ligou para saber como Sasuke estava e perguntar quando seria a sua próxima consulta com a doutora Sakura Uchiha.

Hinata contou que Naruto havia lhe dito que Sai tinha voltado e que dera carona para Ino e ambos pareciam estar se dando muito bem... “Até demais” segundo Naruto. Era bom ver que tudo estava voltando finalmente nos eixos.

***

Sakura subiu as escadas e entrou no quarto do casal, deparando-se com Hiro deitado ao lado de Sasuke. aproximando-se da cama, percebeu que o moreno tinha sobre o peito uma folha. Ao pegá-la viu o desenho de Hiro e não teve como não sorrir.

Ao desviar seus olhos do desenho, viu um par de olhos escuros a observando e sentou-se ao seu lado. 

- Como se sente?

- Não muito bem... – murmurou o moreno. 

- O que você tem? – perguntou preocupada e em resposta, Sasuke sorriu e  a puxou para perto de si.  

- Agora está melhor! – exclamou em tom brincalhão.

- Não faça esse tipo de brincadeira, Sasuke-kun... – murmurou aconchegando-se perto dele.

Ficaram em silêncio por alguns minutos. Cada um estava perdido em seus próprios pensamentos, porém Sasuke nem se deu conta que suspirou alto demais.

- O que foi, Sasuke?!

- Desculpe... – murmurou fitando-a. – Nada disso teria acontecido se eu tivesse te ouvido desde o começo. Nunca deveria ter confiado na Karin... Mas o pior dos meus erros era achar que você estava errada, Sakura-chan! Queria que você me desculpasse.

Em resposta, Sakura sorriu.

- Não vamos falar sobre isso, Sasuke. Tudo está resolvido e você está bem... é tudo o que realmente importa.- Ela olhou para Hiro adormecido e fez um leve carinho nos cabelos negros do menino. - Tem certeza que não está doendo, Sasuke-kun?

- Tenho. Deixe-o aqui...

- Ele parece tão feliz por você ter voltado... – comentou com um sorriso.

- Só ele está feliz? – perguntou ironicamente.

- Claro que não... – respondeu-lhe. Em seguida, Sakura deu um beijo demorado nele. – Eu também estou feliz, Sasuke-kun... Você não sabe o quanto eu estou feliz por ter você de volta!

- Eu também, Sakura-chan... e devemos grande parte disso à ele, não é?! – perguntou o moreno. – Se não fosse por ele, talvez coisas piores tivessem acontecido. Hiro sempre foi nossa base! Você viu o que ele desenhou?

- Uhum. Mas ele se esqueceu de um detalhe... -  murmurou apontando para Hiro no desenho. – Aqui faltam duas asas e um arco e flecha.

O Uchiha a olhou curioso.

- Como assim?

- Hiro foi nosso cupido, Sasuke-kun... Temos sorte em ter nosso cupido particular!

Tudo finalmente tinha entrado nos eixos e finalmente a família Uchiha estava unida de uma forma que nada nem ninguém os separaria de novo.

 


.......................FIM.......................

 



Notas finais do capítulo

Perdããooo pela demora, pessoal! O Nyah não estava ajudando em nada e também... estou com dó de terminar essa fic! :(
Eu espero que vocês tenham gostado do capítulo, porque, apesar de pequeno, eu ameii escrevê-lo!
Queria agradecer IMENSAMENTE todo mundo que deixou reviews nessa fic!
Um agradecimento muitooo especial a Tutfrut, que recomendou a fic!
Bom, gente!
Tecnicamente, a fic acaba aqui, maaaaaaaaaaaas...... eu fiz um epílogo e estou apenas "betando" ele... e posso dizer, que é um epílogo bem diferente!
Portanto, não desanimem e nos encontramos no epílogo! o/
Eu pelo menos acho néé! hehehehehe!
Mil beijoooos a todos e até o epílogo! o/
Criticas/elogios? - Mande um review!!