Nosso Cupido Particular escrita por lininhaaa


Capítulo 11
Capítulo XI




 

*~*~*~*~*~*~*~*

 

Sasuke e Hiro desceram  rapidamente as escadas e o moreno foi avisado por Lyn que Naruto o esperava no escritório.  

Com um gesto, ele agradeceu e direcionou-se para o escritório, deixando o filho com a senhora Haruno. Ao abrir a porta, deparou-se com uma figura nada agradável a sua espera, juntamente com o Uzumaki.

- O que você quer aqui?! – perguntou entre os dentes. – Essa é a droga do assunto que era do meu interesse, Naruto?!

O sorriso falso, o ar de superioridade, a simples presença de Sai irritava o Uchiha. Ofendia-se em ter que respirar o mesmo ar que o ex-amigo.

- Teme, calma! Sai tem algo a lhe dizer...

- Eu não quero ouvir nada vindo desse verme! – exclamou cerrando os punhos.

Sai soltou um suspiro desapontado. Retirou de sua maleta um envelope e um CD.

- Esqueça, Naruto... – murmurou Sai. – Ele não quer conversar...

Naruto interveio.

- Teme, ouça o que o Sai quer lhe contar. Tem relação com o seu casamento... e com o escritório!

Sasuke fitou o amigou por um longo tempo.  

- Espero realmente que seja importante, Naruto!

Sai estendeu o envelope ao Uchiha, que o pegou com uma certa raiva. Ao abri-lo, deparou-se com as mesmas fotos que Sakura provavelmente recebera de alguém.

- Que merda é essa?! – perguntou irritado.

- Não se lembra dessas fotos? – comentou Sai apontando exatamente para a foto do beijo de Karin e Sasuke.

- Claro que me lembro! Como as conseguiu?! – perguntou o Uchiha jogando as fotos na mesa.

- Teme... Karin contratou Sai para te seguir e tirar essas fotos!

Sasuke sentiu o sangue ferver por todo o corpo. Ao ouvir tais palavras, avançou por cima de Sai, prendendo-o contra a parede.

- Não acredito que tenha sido você! – resmungou ele entre os dentes.

Naruto teve tempo de segurar o punho de Sasuke, antes que o soco do moreno acertasse Sai em cheio.

- Sasuke...

- Cale essa maldita boca! – gritou. – Minha família foi destruída por causa dessas fotos! Sakura adoeceu e perdeu a criança que nem ela mesma sabia que esperava... – Sasuke empurrou  Naruto e o fitou. – E você sabia de tudo isso e mesmo assim permitiu que ele entrasse aqui?

- Chega! – Naruto gritou batendo a mão na mesa. – Você não ouviu uma palavra do que eu disse, não é?! Pois então eu vou repetir... Karin contratou Sai! A culpada é a Karin, Sasuke!

O Uchiha andou de um lado para o outro, tentando processar todas as coisas que ouvira nos últimos minutos. Primeiro, ouve a conversa de Hiro com Sakura, e agora, Sai vem com todas aquelas coisas...

- Não percebeu que foi ela que destruiu sua vida e não ele?! – perguntou Naruto. – Se Sai fosse uma pessoa tão imprestável quanto você diz, ele nunca faria essas coisas por você, Sasuke! Por que não se toca e não percebe que é você que não quer enxergar a verdade?

Naruto estava coberto de razão... Ele sempre foi avisado sobre Karin. Todos o avisaram e Sasuke não deu ouvidos a ninguém... Nem mesmo à Sakura.

- Tem mais...- disse Sai. – Espero que dessa vez se aquiete, Sasuke!

Naruto colocou o CD no computador e virou o monitor até que os olhos do Uchiha enxergassem  as imagens que lhe interessariam.

- Agora veja! – ordenou o loiro,

O que Sasuke viu foi um vídeo. Nele, continha o mesmo material das fotos... Só que com a verdade. Continham as cenas depois do beijo que Karin deu no moreno, inclusive com as frases que Sasuke dissera a ela.

- Mas...

- Karin sempre quis te destruir! – exclamou Sai. – Ela tem uma paixão doentia por você Sasuke e sempre fez de tudo para destruir seu casamento. Ela me contratou justamente para tirar essas fotos e depois, enviá-las a Sakura.

- A Sakura-chan sempre esteve certa, Teme! Karin sempre foi uma víbora. Ela se passou por mim no dia em que as fotos foram tiradas... foi tudo planejado!

- O que você vai ver agora, tem a ver com o escritório... ela está te roubando, Sasuke. – Sai se voltou para Naruto. – Naruto, coloque o arquivo seguinte...

O loiro assentiu e ao abrir, as imagens mostravam o escritório de Sasuke e Karin revirando os papéis da mesa e mexendo em seu computador depois do horário do expediente.

Em seguida, Sasuke avistou Hiro nas imagens. “Era verdade...” concluiu o Uchiha. Seu filho contou exatamente o que tinha acontecido. 

- Como conseguiu essas imagens? Não temos câmeras de segurança no escritório...

- Foi ele quem invadiu o escritório, Teme. Lembra-se da invasão que o suposto bandido não levou nada?

Sasuke assentiu. Realmente era muita sorte alguém ter invadido um escritório tão caro e não levar absolutamente nada. 

- Karin deixou-o ciente das coisas que queria fazer, então Sai entrou e instalou essas câmeras...

- Sei que não deveria ter feito isso, afinal também sou advogado e sei que invasão de propriedade é crime... -  explicou-se. -  Mas esse foi o único jeito de te provar que ainda tenho consideração por você!

Sasuke permaneceu calado por longos segundos, apenas fitando Sai. Queria descobrir se realmente tudo aquilo era verdade, ou se não passava de mais um jogo sujo do moreno. 

- Você nunca acreditaria em mim se eu viesse de cara limpa... sem nenhuma prova!

- Por que não me mostrou essas coisas antes? – perguntou irritado.  

- Porque precisava vir em um momento oportuno, quando eu tivesse provas suficientes para denunciá-la. – retrucou Sai. - Ela sempre quis destruir sua vida com a Sakura, e conseguiu.

- A Sakura precisa ver isso! – exclamou o Uzumaki.

- Ela ainda não está bem... – murmurou o Uchiha sem retirar os olhos do monitor do computador. – Ela ainda está muito abatida e...

- Ver o que, Naruto? – perguntou uma voz atrás dos rapazes.   

Os três viraram-se para a porta, encontrando Sakura e Ino. Os gritos e os barulhos fizeram com que ambas viessem ver o que tinha acontecido.

- A Sakura não está bem e deveria estar descansando e vocês ficam fazendo esse tremendo barulho! Será que poderiam pelo menos respeitá-la e falarem mais baixo?! – ralhou Ino. – Vamos, Sakura...

Ino segurou a amiga pelo braço e a puxou para que Sakura voltasse para o quarto, mas ela resistiu e se desvencilhou das mãos da loira.

- O que eu preciso ver, Naruto? – perguntou estática. Depois, olhou para Sasuke e em seguida, para o outro rapaz presente. -  Sai? O que está fazendo aqui?!

- Sakura... – Sai cumprimentou-a. – Sinto muito ter incomodado, mas há algumas coisas que você precisa saber.

Sakura e Ino andaram mais para dentro do aposento, encarando-os.  

- Pode falar, Sai... estou ouvindo.

- Acho melhor você se sentar, Sakura-chan... – comentou o Uzumaki.

Sakura nunca tinha visto Naruto tão sério. Algo realmente importante estava acontecendo... e suas suspeitas foram confirmadas quando a rosada desviou seus olhos para Sasuke, que estava recostado na parede e com a cabeça baixa.

Ino ajudou-a a se acomodar e foi então que Sai, juntamente de Naruto revelaram toda a verdade a ela. Sai mostrou os mesmos vídeos que Sasuke viu e a cada palavra, Sakura ficava cada vez mais nervosa.

Finalmente, resolveram mostrar o vídeo que Sai gravou da suposta “traição” de Sasuke. Sakura já soluçava compulsivamente, sendo amparada por Ino.

- Chega... Por favor! Eu não quero. – balbuciou aos soluços. – Eu não quero mais ver isso... p-por favor.

Sasuke  e Naruto aproximaram-se da rosada e o loiro agachou-se na frente da mesma.

- Sakura-chan... agüente só mais um pouco! Seu casamento depende disso! – Naruto viu os orbes marejados da amiga o fitando. – Eu imagino o quanto é difícil para vocês, mas só quem está de fora da situação pode ver o quanto  vocês dois estão sofrendo separados um do outro...

Ela fitou Sasuke que lhe deu um discreto sorriso. Em resposta, Sakura assentiu e Naruto fez um sinal para que Sai continuasse o vídeo. O beijo de Karin em Sasuke cortou o coração de Sakura, mas ela precisava agüentar. E finalmente apareceu o “pós-beijo”, mostrando a verdade.

Os olhos de Sakura focalizaram o empurrão  violento que seu marido deu na ruiva, e em seguida, falou em alto e bom som: 

Você já passou dos limites, Karin! Não abuse da minha paciência! Eu amo a Sakura e formei uma família com ela... Portanto, acho melhor você parar com essa palhaçada ou, da próxima vez, não responderei pelos meus atos! Contenha-se!”

Sakura olhou incrédula para Sasuke, que aproximou-se  e a  abraçou. Sentia-se horrível por não ter acreditado nele, mas ao mesmo tempo feliz que tudo, realmente, tinha passado de um engano.

- Me desculpa... – murmurou Sakura abraçada a ele.

Ele afastou-se um pouco dela e sorriu. 

- Eu que devo pedir desculpas... você estava certa o tempo todo! Você sempre teve razão em relação a ela.... Karin está me roubando, Sakura! Chegamos a esse ponto por minha causa...

- Sasuke-kun... eu... eu senti tanto sua falta! – confessou em meio a soluços. – Eu tinha tanto medo de te perder...

- Vou dar um jeito na Karin e nada  nem ninguém vai nos separar. – murmurou ele em seu ouvido para em seguida, lhe beijar.

Os amigos presentes deram um suspiro de alívio. Era terrível ver aqueles dois sofrendo daquela maneira por causa de Karin. Finalmente, tudo seria resolvido.

 

*~*~*~*~*~*~*~*

 

Depois de todos os ânimos acalmados, os dois rapazes esperavam Sasuke descer para seguirem direto para a delegacia. Antes tiveram o cuidado de checar se Karin estava no escritório... Porém ela não se encontrava. Provavelmente tinha descoberto os planos de Sai e fugiu com medo das conseqüências dos seus atos.

***

Enquanto isso, Sasuke estava no andar de cima, esperando que Sakura dormisse um pouco. Ela precisou de alguns remédio fortes, tamanha era sua agitação.

- Cuide dela, Ino! – murmurou o Uchiha para a loira. – Ela passou por coisas demais hoje.

- Tudo bem, Sasuke! Não se preocupe... – sorriu. – Fico feliz que vocês se resolveram...

- Eu também...

Sasuke retirou-se e desceu as escadas onde encontro Naruto e Sai o esperando. Assim como os amigos, Hiro e Lyn estavam lá.

- Lyn, a Sakura está descansando. Eu vou sair um minuto e já volto...

A senhora apenas assentiu, mas Hiro continuou olhando para o pai.

- Você vai embora de novo? – perguntou tristonho. – Você prometeu q...

- Não vou embora, Hiro. – Sasuke sorriu e aproximou-se do filho. – Preciso resolver um pequeno problema, mas eu voltarei ainda hoje.

- De verdade?

- Sim... de verdade! – Fez um carinho rápido nos cabelos negros do menino – Comporte-se.


 ...Continua...

 



Notas finais do capítulo

Feliz Ano Novoooooo! o/

Ok! Talvez um pouco atrasado, mas os votos são sinceros! >.
Queria avisar que a fic está em sua reta final! Talvez tenha mais dois capítulo... no máximo três! T.T
Eu não quero que acabee! :(
Eu amooo o Hiro-kun, e vou me congelar e esperar ele crescer... afinal não sou pedófila igual o Titio Orochi-Jackson! >.
E um agradecimento especial a Lokis e Uchiha Manu, que recomendaram essa fic!
Fico tão feliz quando eu tenho alguém para agradecer!! 10 recomendações com 11 capítulos!?
Assim vocês me matamm!! xD
Obg de verdade gente!
Alguns recadinhos importantes:

— A fic "Mais do Que Irmãos" também serã atualizada em breve! Estou apenas dando os últimos retoques!

— A Camila-chan e eu fizemos uma fic: "Snow tears". Só para variar é SasuSaku (jura?! ¬¬'). Se vcs se interessarem o link é: http://fanfiction.nyah.com.br/historia/54813/Snow_Tears


— Em breve, estaei postar duas novas fics. Já estou com três capítulos feitosem uma e outra com um capítulo e meio!


— Esse aqui não é nada... é que eu gostei de colocar os
tracinhos! ¬¬'

Não se esqueçam dos reviews! :B
Mil beijos gentee!!



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Nosso Cupido Particular" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.