Choices escrita por Kuchiki Hiruno


Capítulo 13
Festa parte 2- Medo de Amar


Notas iniciais do capítulo

Peço desculpas mais uma vez pelo atraso e peço que leiam as notas finais deste capitulo. Há coisas importantes la ( além de uma pequena prévia do capitulo que está por vir )
Boa leitura !



A lua com toda certeza tinha atingido seu ápice. Uma música lenta havia tomado todo o salão e ecoava pelo jardim . A festa estava bem bonita , isso o azulado tinha que admitir, mas ela seria um fracasso total para ele se Erza não estivesse ao seu lado . Ele ainda estava um pouco confuso , pois nunca havia sentido nada parecido por garota alguma. Sentia um pouco de medo por não saber onde estava pisando e muito menos por não ter a menor ideia do que pode acontecer . Temer o desconhecido é algo natural para a maioria dos seres humanos, afinal, é sempre mais cómodo – e seguro- saber onde se está pisando.

– Porque você gosta tanto do meu perfume?-Erza estava agradecendo silenciosamente por Jellal não está olhando diretamente para ela por causa da dança. A última coisa que a ruiva queria era que ele visse o rosto envergonhado dela.

– Não tem explicação lógica- explicou- apenas gosto – ambos dançavam lentamente, guiados pela música –diga-me, além do vestibular da universidade dos Estados Unidos, fez alguma prova para tentar entrar em alguma mais perto ?

–Sim, mas não sei se vou conseguir passar, estava muito nervosa- respirou fundo- principalmente a dos Estados unidos.

–Você precisa confiar mais em si mesma. Nem parece a garota metida a sabe tudo que adora me irritar .

–Idiota... – ambos pararam de dançar . Erza quis afastar-se um pouco para poder olhar o garoto e perguntar o motivo de terem parado , mas o azulado a manteve , usando a força , no mesmo lugar – Algum problema? – indagou a ruiva , confusa.

–E se eu pedisse para você não ir?- ambos ficaram em silencio por alguns segundos , até Erza conseguir responder.

–Eu perguntaria o que te levou a pedir uma coisa dessas- Jellal inclinou-se, posicionando a boca bem próxima do ouvido da ruiva .

–E se eu dissesse que estou apaixonado por você ? – sussurrou . Erza ficou sem reação ao ouvir aquelas palavras, mas logo voltou ao normal quando convenceu –se de que era mais uma brincadeira idiota do azulado .

–Eu com certeza perguntaria a você se doeu quando bateu a cabeça .

–Como eu havia pensado – ele delineou um sorriso discreto- não poderia esperar menos do que isso.

–Você não deveria brincar com essas coisas – Erza tentou afastar-se, mas Jellal ainda a prendia com suas mãos que estavam em volta da cintura da ruiva .

–E quem disse que eu estou brincando?- sussurrou novamente. O coração de ambos estavam disparados .

–Jellal...- ela levantou o rosto para poder fita-lo . Ele com toda certeza foi longe demais com aquela brincadeira idiota mas.... a expressão dele estava tão séria e os olhos transbordavam sinceridade e determinação. Erza levantou uma das mãos e começou a acariciar o rosto do azulado que fechou os olhos por alguns segundos, mas logo tratou de diminuir ainda mais a distância entre os seus lábios e os lábios da garota a sua frente quando...

–Jellal!!! - a garota, mesmo mancando, correu em direção ao azulado e jogou-se em seus braços , separando –o de Erza- estava te procurando por todo salão! Porque está aqui ?

–Ultear, vou falar apenas uma vez – Jellal respirou fundo para não gritar com a garota de cabelos negros que havia interrompido um momento bastante importante – solte-se , agora.

–Mas eu ...

–Você está atrapalhando !- as últimas gotas de paciência do garoto estavam evaporando .Toda vez que resolvia dar um passo importante , que conseguia, por alguns segundos, resolver o conflito que existia dentro da sua cabeça e tentava admitir o que sentia , a garota de cabelos escuros chegava . Parecia até que Ultear sentia quando algo entre ele e a ruiva estava prestes a acontecer . Estava especialmente irritado com essa interrupção visto que , desta vez, Erza estava totalmente envolvida na atmosfera que ele havia criado. Se Ultear não tivesse aparecido, ele e a ruiva com certeza teriam ...

–Atrapalhando o quê? – Ultear encarou Erza , que revirou os olhos e fitou o jardim.

–Acho que não lhe devo satisfação – cruzou os braços.

–Olha aqui sua ruiva de farmácia – Ultear apontou o dedo para Erza- se eu ver você tentando agarrar ele novamente eu...

–Quem está tentando me agarrar aqui é você !- gritou o azulado - Solte-me de uma vez!!!

–Chega !- Mystogan chegou e puxou Ultear, que gemeu de dor por causa do machucado- eu sou seu acompanhante ! Vamos – Mystogan saiu mais rápido do que havia chegado e deixou tanto a ruiva quanto o azulado bem surpresos .

–Mas o que aconteceu aqui? – indagou Erza.

–Não tente entender , já fritei metade dos meus neurônios tentando imaginar o que se passa na cabeça dela ,mas nunca cheguei a nenhuma conclusão.

–O amor...- começou a ruiva, chamando a atenção do garoto – nem sempre é uma coisa boa. As vezes destrói a pessoa por dentro .

–O amor também pode salvar as pessoas que já estão destruídas por dentro – Jellal aproximou-se novamente da ruiva .

–Vou pegar bebidas para nós – disse , dando alguns passos para trás – já volto – e sumiu salão a dentro .

***

Mira estava sentada em um banquinho que havia no jardim, admirando o céu estrelado . Tinha dançado bastante com Freed e teve a ideia de sentar no jardim para descansar um pouco , enquanto o garoto pegava algo para beber.

– Elas estão especialmente bonitas hoje- comentou Mira ao notar que o seu acompanhante já havia voltado – não acha?!

–Sim – Freed sentou ao lado da garota e ofereceu um dos copos que havia trazido –o brilho delas está especialmente bonito hoje.

Mira pegou o copo que lhe foi oferecido . Ambos ficaram em silencio por alguns minutos, descansando e sentido a brisa fria que tocava suavemente a pele dos adolescentes

–Lembra quando eu te perguntei o que era uma pessoa única para você?- indagou Freed.

–Lembro!- Mira o fitou e sorriu – Mas você não disse a sua resposta ! Fiquei muito curiosa.

–Você disse que:cada um tem suas qualidades e seus defeitos . Ninguém é igual a ninguém” . Foi a sua “definição” de “ser uma pessoa única “ .

–Sim – a garota riu . Freed não havia esquecido da sua resposta e isso a deixou impressionada. Um bom tempo havia passado desde que ele fez a pergunta e mesmo assim lembrava perfeitamente o que ela havia respondido .- e para vocês , Freed –kun ?Vai finalmente me dizer ?

–Para mim , não há uma resposta lógica ou que faça muito sentido sentido, pois é algo que eu sinto – parou e admirou as estrelas antes de dar segmento – talvez na alma...

–Alma?

–Meu coração vibra em resposta .

–Do que está falando , Freed –kun? – Mira estava muito confusa. Será que o garota estava falando do mesmo assunto que ela?

–Quando estou perto de você- a olhou – minha alma vibra e grita para mim o quão encantador é o seu jeito único de ser . Seu sorriso , sua voz, seu jeito de encarar a vida... – tocou no rosto da garota com uma das mãos- não sei se você acredita em alma ou nas coisas que acabei de falar , mas caso não acredite , peço que confie em apenas quatro palavras, que acredite em apenas quatro palavras - respirou fundo- estou apaixonado por você.

–Freed-kun...

–Sei que sou um pouco estranho- interrompeu - que não demonstro muito o que sinto e acredite, travei várias batalham dentro de mim para conseguir dizer o que eu acabei de dizer . Não estou esperando algo recíproco de você , Mira – sorriu – mas precisava falar . Estava sufocando por dentro e ...

O garoto foi interrompido , mas de uma maneira totalmente inesperada . Seus olhos ainda estavam arregalados do susto que levou, quando Mirajane resolveu silencia-lo com um beijo seguido de lágrimas. Lágrimas de felicidade .



Notas finais do capítulo

Bom, sei que o capitulo ficou um pouco curto, mas tinha planejado parar nessa parte a um bom tempo atrás. O próximo será maior xD
Sei que disse que com as férias ( que já acabaram hsuahs ) , conseguiria escrever mais . Porém, o problema que eu tenho no pulso piorou e não estava conseguindo ficar muito tempo no computador digitando . Escrevi esse capitulo muito devagar ( não porque queria , mas por causa das dores que estava sentindo ) . Peço desculpas pelo atraso ,mas eu realmente não estava conseguindo difitar por muito tempo .
Minhas férias acabaram ,mas vou me organizar para postar pelo menos duas vezes por mês ( como inicialmente eu fazia ). Farei o máximo que puder ! E agora , para compensar um pouco o atraso e o capitulo curto , ai vai uma pequena prévia do próximo capitulo! Um personagem novo irá aparecer ! Obrigada a todos que acompanham , mandam suas reviews



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Choices" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.