Mirrors escrita por Miau


Capítulo 1
Radioactive


Notas iniciais do capítulo

(Música do Imagine Dragons)Oi gente >< Mais uma fic. E essa eu vou terminar, ok? kk Boa leitura.



Pov Percy

“Sei que todos você me amam como eu sou, e sei também que vão respeitar a minha decisão. Peguei todo o dinheiro que eu havia guardado e estou partindo para Nova York. Fiquem tranquilos, pois estarei na casa do Tio Hades. Sinto muito que a minha despedida seja assim, mas mãe eu sei que a senhora iria chorar muito e Tyson não me deixaria ir.

Se não der certo eu voltarei. Não se preocupem comigo. Amo todos vocês.

Com amor, Percy.”

Li o bilhete mais uma vez e coloquei-o na porta de geladeira. Uma hora alguém iria encontra-lo. Peguei minha mala e sai de casa indo em direção ao ponto de ônibus. Eu iria sentir saudade, mas ficar não era uma opção.

Sentei na janela e coloquei o fone de ouvido. Agora era só esperar e ignorar os olhares das pessoas sobre minhas tatuagens. Não sei por que não haviam se acostumado, afinal, hoje em dia é muito comum ter tatuagens.

Horas depois eu já estava caminhando em direção ao metro como meu primo havia me explicado. Sentei-me sozinho e comecei a folear meu livro “Harry Potter e a Câmara Secreta”, apesar de ser o livro que eu menos gostava da serie eu não iria quebrar a ordem de leitura desta vez.

—Potterhead? —perguntou uma garota.

—Sim. —respondi sem tirar os olhos do livro.

—Posso me sentar ao seu lado? —perguntou e eu assenti. —Obrigada. —Agradeceu e se sentou.

Assim que ela pegou da bolsa um exemplar do livro “Em Chamas” eu não pude deixar de olha-la. Era ela linda. Seus olhos cinzentos não desgrudavam da pagina.

—O que esta olhando? —ela perguntou pra mim.

—Nada. —respondi e voltei a minha leitura.

Minutos depois ela se levantou.

—Tchau. —ela disse pra mim e eu sorri.

—Adeus loira. E a propósito o livro termina com o Peeta na capital e o distrito 12 destruido. —falei com a esperança de deixa-la nervosa por causa do spoiler.

Não ouvi resposta, pois a porta se fechou e eu procegui a viagem por mais uma estação.

—Perseu. —saldou meu primo que estava me esparando na estação.

—Nico. — cumprimentei.

—Como foi a viagem? —perguntou.

—Foi tranquila. —respondi e subi os degraus. —Tinha uma loirinha muito bonita sentada ao meu lado. —ele riu.

—Vejo que você vai gostar muito de Nova York. —falou. —Você quer conhecer o pessoal da banda e fazer um pequeno ensaio ou esta muito cansado? —perguntou.

—Ensaio. —falei e nós entramos no seu carro.

Pov Annabeth.

O que dizer daquele mentecapto que me contou o final do livro? Odeio. Se eu me encontrar mais uma vez com ele é morte. Por que meu senhor? Tantas pessoas para eu conhecer no metro. E eu nem sabia seu nome.

—Ok. Quer parar de me olhar assim? —pediu Piper assustada.

—Um idiota me contou o final do livro no metro. —falei e ela riu.

—Calma Annie. Lembre-se que segunda começa as aulas e eu poderei ver Leo. —falu sonhadora.

—Onde ele esta? —perguntei.

—Nico encontrou um novo vocalista para a banda. Parece que é primo dele ou alguma coisa assim.

—Eles nunca vão desistir não é mesmo? —questionei rindo.

—Não. Espero que desta vez não tenha gritos. Eu partirculamente não gosto deles. —Piper falou e eu deixei pra lá.

—Vamos ver Thalia? —perguntei e ela sacudiu a cabeça.

—Ela esta “agenciando” os meninos. Sabe como é. Ela quer acompanhar o trabalho do namorado de perto.

—Entendo. Se você quiser ir pra assistir, eu não vou me importar. —falei e ela sacudiu a cabeça.

—O que? Nós temos que assistir esse filme. —ela disse pegando o controle. —Eu realmente amo o Charlie e a Sam.

—Eu sei que você ama As Vantagens de Ser invisivel. —afirmei e ela sacudiu os ombros.

Estávamos na melhor parte. O Charlie ia bater nos carinha que estavam batendo em Patrick quando Thalia empurrou a porta do meu quarto e começou a dar pulinhos.

—Educação mandou lembranças. —reclamei e ela continuou a pular. —O que aconteceu?

—O novo vocalista. É muito bom. Ele é ótimo! —exclamou.

—O que tem de tão bom nisso? —perguntei.

—Que sabado eles vão fazer uma pequena apresentação. —ela afirmou.

—Mas sabado é amanha. —falei

—Eu sei. Isso é otimo. E você vai. —ela disse.

—Eu? De jeito nenhum.

—Por favor Annie. —Ela pediu.

—Ta bom.

—Amanha eu passo aqui as sete. —falou e saiu.

Depois eu não terminei de ver o filme e Piper foi embora. Não peguei o livro para concluir a leitura. Aquele carinha estragou a surpresa e eu não conseguiria ler com a raiva que eu estava.

Pov Percy

Eu estava contente. A banda era perfeita e logo nós nos adaptamos. Pra falar a verdade a minha voz combinava perfeitamente com a de meu primo. Jason e Leo eram bem maneiros e simpaticos, logo ficariamos amigos. Quando cantei a primeira música com eles Thalia, que é a namorada do Nico, começou a pular e dizer que nós eramos perfeitos.

—Isso significa que você pode cantar com a gente amanhã no barzinho. —Leo falou empolgado sem largar as baquetas.

—Não sei. E as músicas? —perguntei.

—Elas são simples e fáceis de aprender. —Jason falou.

—Mas em um dia não da. —rebati.

—Certo você canta só a música de entrada e depois o Nico canta, mas quando tivermos mais apresentações você vai ter que cantar. —Jason falou serio.

—Ok. Eu estou exausto. Podemos ir? —pedi a Nico.

—Claro. Até amanha pessoal. —se despediu.

—Foi bom conhecer vocês. —falei e dei um toquinho na mão de cada um.

Sai e entrei no carro de Nico. Ele come contou que tio Hades, que era irmão de meu pai Poseidon, já havia me matriculado na escola em que Nico estudava.

—Espero passar de ano. —falei rindo e ele me encarou.—Cara eu sou um ano mais velho que você e estou na mesma serie. Serio que você não desconfiou?

—Não. Eu pensei que você tinha 17 anos. —ele falou.

—Eu tenho 18 mano. —disse e ele parou o carro.

—Chegamos. —falou e eu saltei. A casa era comum, nem muito grande nem pequena. Eu ia dividir o quarto com ele.

—Meu pai chega do trabalho só mais tarde e Bianca deve estar na faculdade. —avisou.

—Acho que só poderei vê-los amanhã. Eu realmente estou cansado.

—Tudo bem. Descanse, pois amanha teremos que ensaiar bastante. —Falou e eu não ouvi mais nada.

–x-

Acordei na manhã seguinte ansioso para a apresentação. Eu estava ali a apenas um dia e já ia ter uma apresentação. Não sabia se ia dar certo, mas mesmo assim eu estava contente.

Conversei com Hades no café da manhã e ele disse que eu poderia ficar o tempo que eu quisesse morando com eles.

O ensaio foi perfeito e estava tudo planejado. Eu iria cantar a ultima música e encerrar a apresentação.

—Tudo certo Percy? —perguntou Nico.

—Tudo. —falei.

—Quando for a hora de ocê entrar o Nico te anuncia. Beleza? —perguntou Leo.

—Beleza. Enquanto isso eu vou assistir vocês em uma mesa.

—Ta bom cara. Até logo.

Pov Annabeth.

—Thalia. Você esta acima do limite de velocidade. —falei e ela sacudiu os ombros.

—Se você não tivesse se atrasado a gente já tinha chegado. —disse irritada.

—Desculpa. —pedi e ela estacionou.

Entramos no barzinho e tinha algumas pessoas. No canto estava Nico na guitarra e vocal, Leo na bateria e Jason no baixo se apresentando.

—Ué cade o novo vocalista? —perguntei.

—Ele só vai cantar a ultima. É dificil aprender todas as músicas de um dia pro outro. —explicou.

Ela se aproximou deles e eu me sentei mais atras para acompanhar o show.

Algumas músicas depois Thalia se aproximou de mim.

—Agora você vai conhecer o novo vocalista.—avisou.

E então Nico chamou um cara com nome de Heroi. Procurei para encontra-lo e quando vi cutuquei Thalia.

—Esse é o novo vocalista?—perguntei e ela confirmou com um aceno.— Ele é o babaca que me contou o final de Em Chamas.—falei, mas ela me ignorou quando Perseu começou a cantar.

Radioctive- Kboing

Radioactive - youtube

Estou acordando em meio a cinzas e poeira

Enxugo minha testa e suo minha ferrugem

Estou inalando os produtos químicos

Sua voz era linda. Nico continou

Estou invadindo e tomando forma

E então verifico o ônibus da prisão

É isso, o apocalipse, oh

E cantaram juntos o refrão.

Estou acordando, sinto isso em meus ossos

O bastante para explodir meus sistemas

Bem-vindo à nova era, à nova era

Bem-vindo à nova era, à nova era

Oh, oh, sou radioativo, radioativo

Oh, oh, sou radioativo, radioativo

O resto da música foi perfeito exceto o grito dele. Piper levou susto. Ela acha que Rock não deve ter gritos. Thalia discorda completamente.

No final todos aplaudiram e Nico pareceu descer para nos apresentar o tal vocalista. Me virei e fui em direção da saida. Não queria que ele me visse. Por quê?

Não sei explicar. Só sei que eu não queria.

Pov Percy.

Nunca em toda minha vida fui tão bem recebido. Todos me aplaudiram e eu fiquei super contente, mesmo não sendo muitas pessoas.

—Vem. Vou te apresentar meus amigos. —ele disse e nós descemos do pequeno palco e eu pude ver de relance a loira do metro. Sem dar explicações para Nico eu sai correndo atras dela. Ela saiu pela porta e eu a segui, mas quando cheguei lá fora ela já havia desaparecido.

—Por que você foi lá fora? —perguntou Nico abraçado a Thalia.

—A menina. —eu disse e eles me encararam sem saber. —A garota do metro.

—Você deu spoiler pra ela? —perguntou uma menina de cabelos marrom-chocolate.

—Como você sabe? —perguntei.

—Eu á conheço. —ela falou. —A proposito me chamo Piper.

—Prazer. —falei estendendo a mão. —Gostaria muito de conhecer sua amiga. —falei e ela riu.

—Todos querem.

Trevor Wentworth: Percy Jackson.



Notas finais do capítulo

Oi e.e Espero que tenham gostado. Ta chato, mas todo primeiro capitulo é assim.Acompanhem também se quiserem uma fic original que eu escrevo com minha mãe e com a Isa e.e http://fanfiction.com.br/historia/462694/O_Pecado_Mora_ao_Lado/Tchau.