Discreto escrita por VILAR

Discreto

A poesia mais estranha que alguém já leu ou lerá.


Classificação: Livre
Categorias: Poesias
Personagens: Indisponível
Gêneros: Poesia, Tragédia
Avisos: Nenhum

Capítulos: 1 (125 palavras) | Terminada: Sim
Publicada: 01/03/2014 às 16:28 | Atualizada: 01/03/2014 às 16:28

Notas da História:

~ "Poesia" criada totalmente por mim.



Plágio é Crime


Capítulos

1. Discreto
125 palavras