You Got Me Forever escrita por LS Valentini


Capítulo 3
Capítulo 2


Notas iniciais do capítulo

Estou adorando os comentários...
Esse capítulo é pequeno, mas espero que gostem :)



JD: Bem... depois eu te conto, porque agora temos trabalho.

AR: Ok chefinha...

JD: Chefinha???

P.O.V Narrador

Mac, Jo e Adam voltaram ao NYPD; Christine foi para o restaurante; Stella ficou em observação por mais um dia.

As coisas haviam mudado, isso era evidente até aos desconhecidos...

P.O.V Mac

Eu já não tinha o mesmo pensamento sobre Stella, eu até pensei que a nossa grande amizade se tornasse algo mais, o que foi apenas uma bobagem. Fiquei o resto da tarde pensando sobre um assunto que surgira na minha mente...

P.O.V Adam

Eu estava esperando a identificação de uma digital ficar pronta, o que demoraria um pouco, e tinha que entregar alguns relatórios a chefe, por isso fui até seu escritório.

AR: Posso entrar?- perguntei batendo na porta- tenho uma papelada gigantesca pra você

JD: Claro! Ah... mais relatórios!- ela exclamou com as mãos na cabeça- tem alguma ideia?

AR: Sobre Smacked? - eu perguntei e respondi-Nenhuma

MT: O que é Smacked?- disse Mac entrando no escritório.

JD: É...é

Vi que nosso plano iria por água abaixo se eu não inventasse algo, olhei para a camiseta da Jo e tive uma ideia:

AR: É uma nova banda de rock.

P.O.V Mac

Aqueles dois eram muito estranhos, e eu nunca tinha ouvido falar numa banda que se chamava Smacked. Assim que saí do NYPD, fui comprar algo essencial para uma nova mudança. Depois, fui até o restaurante de Christine.

P.O.V Christine

CW: Mac?- eu perguntei- não devia estar no trabalho?

MT: Devia- ele me respondeu- vem comigo?

Eu olhei à minha volta, o restaurante estava lotado, mais e mais pedidos...

CW: Mac, eu não posso, estou atarefada.

MT: Por favor. Pensei por um instante, como dizer “não” pra ele??? Por isso respondi:

CW: Ok, mas preciso de 5 minutos.

P.O.V Stella

Eu fiquei observando o teto por 3 horas seguidas, mas não pensava em nada, era como se uma barreira me impedisse de ser “a racional”.

Uma pessoa abriu a porta do quarto, e por sorte era um amigo.

DF: Stella -Flack falou- você está bem, nem acredito!

SB: Desculpa por tudo- eu falei.

DF: Mas, o que aconteceu lá pra você fazer isso?

Ah como eu queria contar para alguém, mas não pra ele, apesar de ser um grande amigo e tal. Mas ele é muito amigo do... do... daquela pessoa.

SB: Estresse do dia-a-dia- eu falei dando um sorriso meia boca.

DF: Ok- ele falou- eu vou fingir que acredito enquanto vou em direção à porta...

SB: Por quê?- eu perguntei.

DF: Porque somos muito amigos, e você não quer me contar nada.

SB: É pessoal- eu disse- mas não vai embora, preciso conversar sobre outras coisas com você.

DF: Tipo?

SB: Quais foram os últimos crimes inusitados em NY por exemplo.

Ele se posicionou ao meu lado e começou a contar aquela história, totalmente sem pé nem cabeça, mas eu sabia que era verdade... Sentia falta de casos como esse em Nova Orleans.

Enquanto isso no NYPD...

P.O.V Adam

JD: Adam, você é um gênio! - ela exclamou.

AR: Agradeça aos Ramones- eu disse apontando para a camiseta dela.

JD: O Plano B vai ser perfeito!

AR: Meu Deus, o que será que vem por ai?- eu disse levantando as mãos por alto.

JD: Eu só preciso do Central Park, de uma desistência, e do nosso casal, mas temos que convencê-los a ir até lá.

AR: Eu convenço o Mac e você a Stella, ok? - falei rápido.

JD: Mas eu nem conheço ela!- Jo exclamou.

AR: Se vira- eu disse indo embora do escritório com minha risada fatal.

P.O.V Jo

Só não contava que eu teria de convencer a Stella! Eu nem conhecia ela, o que era impossível de convencê-la a ir no Central Park à noite. Eu mesma não iria. Por isso teria que usar minhas habilidades... E o Plano B seria um sucesso.

P.O.V Narrador

Mac havia convocado todos até seu escritório, e até a Lindsay e o Danny estavam vendo a cena através do computador.

MT: Eu convoquei todos vocês de imediato porque eu gostaria de pedir uma coisa...

DM: Fala logo Mac!- exclamou Danny, e Lindsay deu um soco no braço dele.

Mac se ajoelhou aos pés de Christine e começou:

MT: Eu sei que esse não é o momento, muito menos o lugar- e fez uma pausa, tirando uma embalagem pequena do bolso, e havia um anel lá - mas... quer se casar comigo?

...



Notas finais do capítulo

Estão gostando?
Qual será esse tal de Plano B hein? Comentem!