Saint Seiya: A batalha dos deuses escrita por Eleus


Capítulo 4
O labirinto de luz e sombra




– Que grande explosão foi essa na casa de touro? Sinto que o cosmo de Heracles explodiu e agora começou a diminuir. Será que esses gênios são tão poderosos assim? – Disse Durden de gêmeos.

– Então, enfim chegamos à casa de gêmeos, onde reside o mais poderoso cavaleiro de ouro dessa geração. Temo que todos teremos que lutar com ele de uma só vez.

– Não seja tão precipitado Horcus, Eu Ninianne de Ilusão darei um jeito nele.

– Talvez nem seja preciso. A casa de gêmeos parece estar vazia. Não sinto nenhuma cosmo-energia aqui. Muito menos a presença de um cavaleiro. -Iremos até a próxima casa então.

Mesmo correndo durante muito tempo, os gênios de Hermes não achavam a saída da casa.

– Mesmo depois de andarmos tanto ainda estamos aqui. Como isso é possível? - Então, é verdade. Esse é o lendário labirinto de luz e sombra que o cavaleiro de gêmeos pode criar em sua casa. Fomos enganados! Estamos dentro de um golpe dele! Mas não será por muito tempo! Dizendo isso, Dan de benção explodiu sua cosmo-energia e conseguiu acabar com a ilusão.

–Ali está à saída vamos!

–Esperem! Não deixarei que deem nem mais um passo dentro do santuário! Vermes como vocês merecem a morte, e se esse for o desejo de Atena, que isso aconteça pelas minhas mãos!

– Ah! Então você é o cavaleiro de gêmeos? Parabéns por nos ter feito cair em seu golpe. Agora que se revelou não espere sobreviver!

–hihihhehahaha, Você espera fazer isso sozinha? Mesmo se vocês quatro atacassem não conseguiriam ferir minha pele imortal!

– Interessante, parece que como os seus antecessores, o cavaleiro de gêmeos dessa época também sofre de algum transtorno de personalidade. Vejo que agora ele se desvencilhou daquele cavaleiro justo e humilde que encontramos quando chegamos nessa casa.

– Morram seus vermes! Vaguem para sempre no caminho entre o tempo e o espaço.

“Outra Dimensão”

– Nossos corpos estão sendo atraídos para aquela fenda! Ele quer nos arrastar para uma dimensão diferente. Aaargh!

– Isso mesmo! Caiam no meu golpe e desapareçam de uma vez da face da terra! - Não ache que será assim tão fácil cavaleiro!

“Imersão na agonia”

– Esse golpe o levará direto para o rio do esquecimento do mundo dos mortos!

–hihihehehaha.

No mesmo instante em que o golpe de Ninianne foi lançado, a armadura de gêmeos revelou estar vazia.

– Como assim? Onde está o cavaleiro de gêmeos? Por que só resta agora essa armadura vazia? Impossível! Fomos novamente enganados por aquele maldito! Onde será que ele está?

– Não importa! Vamos até a próxima casa! Não temos mais tempo.





Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Saint Seiya: A batalha dos deuses" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.