Não posso dizer Adeus escrita por LúOliveira


Capítulo 1
Capítulo 1


Notas iniciais do capítulo

Mais uma história Smacked minha pra vocês, ja está pronta a um bom tempo então me perdoem se não estiver muito boa.Dedico essa história as minhas filhas do Grupo Smacked no Whatsapp: Brenda, Gaby, Rê ( pq ela não gosta que chamem de Renata s2),Flavi, Alana, Leticia, Duda e Aury... E também para as meninas que estão sumidas: Barbara, Mayara, Danny, Isah, Andreza e Vitória :)Boa leitura a todos ♥



Era fim de sexta-feira, Mac estava em sua sala lendo uns relatórios quando Stella entra, ficam se olhando, querendo que aquele olhar dissesse tudo que estava preso em suas gargantas. Eles já vinham tentando conversar fazia algum tempo, mas nunca chegavam a lugar nenhum, e Stella estava cansada daquilo, Mac também estava, mas por amá-la tanto, não quer admitir. O silencio é quebrado.
Mac: Hey – diz suave
Stella não diz nada, apenas continua olhando pra ele sem entender como tanto amor pode estar naquela situação. Ela estava aparentemente triste, nervosa, nem se sabe ao certo.
Mac: tudo bem? –

Ela se aproxima da mesa.
Stella: precisamos conversar! - ele diz segurando seu dedo mundinho, o que sempre fazia em situações nervosas.
Mac: aconteceu alguma coisa?
Stella: você sabe o que está acontecendo.
Ele entende que ela está falando da relação deles dois; ele põe os relatórios sobre a mesa e levanta se aproximando dela.
Mac: Stella, eu... – ele não tem tempo de falar pois é interrompido pelo celular.
Mac vai atender.
Mac: Taylor...agora? tudo bem, estou indo!
Ele desliga e ao olhar para ela vê desapontamento em seu rosto.
Mac: eu...
Stella: você precisa ir, eu já entendi- Diz se virando e caminhando em direção a porta.
Mac: espera...
Stella: tudo bem- ela para e se volta pra ele de novo- não é assim que tem sido nos últimos tempos.
Ela abre a porta e sai visivelmente chateada.
Mac: Stella...- chama, mas ela não volta. Mac suspira, sabia que ela estava chateada.

Ela vai para o closet e não muito depois vai para casa, cansada de tudo aquilo, cansada do trabalho, não estava bem, ela estava precisando descansar, ela estava precisando de férias. Ela deitada na cama pensa: “férias, é disso que eu to precisando, e é isso que eu vou fazer.”Ela tinha algumas férias vencidas e esse era o momento perfeito para usá-las. Era tarde e ela acabe adormecendo.

No dia seguinte a tensão entre eles continua, mas Stella decide que iria conversar com Mac, de hoje não passava. No meio do dia Stella estava com Lindsay no laboratório, e ela já havia percebido que as coisas entre ela e Mac não andavam bem.
Lindsay: você está bem?
Ela responde sem tirar os olhos do que fazia;
Stella: só to cansada de tudo isso.
Lindsay: quando você diz tudo isso...
Stella: do trabalho, do...
Ela fica pensando.
Lindsay: do Mac também.
Ela não responde.
Lindsay: eu percebi que as coisas entre vocês parecem não andam muito bem.
Stella: as coisas estão complicadas, mais eu vou resolver isso logo.
Lindsay: vocês vão saber o que fazer.
Stella: espero que sim.
Era por volta de 23:00h do sábado, Mac estava no closet com Danny quando Stella entra.
Danny: bom, vou para casa, boa noite gente!- diz saindo
Ambos respondem. Mac a olha.

Mac: tudo bem?
Stella: você já terminou aqui por hoje?
Mac; acho que sim, por que?
Stella: a gente pode sair daqui, precisamos conversar.
Mac: Stella, ta tarde...
Ela muito seria diz.
Stella: Mac, nós realmente precisamos conversar, por favor.
Mac: tudo bem.
Eles vão ate uma lanchonete perto do laboratório, sentam e ficam em silencio; pedem café, e ela impaciente com a situação, quebra o silencio.
Stella: isso não está dando certo!- diz olhando pra xícara de café a sua frente
Mac: Stella, eu sei que as coisas estão complicadas para nós, mas...
Stella: mas o que Mac...- o interrompe- eu estou cansada disso tudo e você parece estar evitando ter uma conversa decente comigo.- era notável uma certa irritabilidade na voz dela.
Mac: por que eu sei onde essa conversa vai dar.
Stella: e você acha que não conversar comigo vai resolver alguma coisa?
Mac: não...- diz passando as mãos pelo rosto cansado- é que as coisas foram acontecendo e não sei como mas chegaram onde chegaram.
Stella: eu só sei que do jeito que está não dá para continuar.
Mac: o que você quer dizer com isso?
Uma lagrima corre no rosto dela.
Stella: acho melhor pararmos por aqui.- sua voz agora estava embargada pelas lagrimas.
Mac: Stella, não precisa ser assim, eu amo você. – diz segurando as mãos dela e olhando sem seus olhos
Stella: eu também amo você, mais nossa relação chegou a um ponto que não dá mais, eu não estou feliz com isso e eu sei que você também não...– ela limpa algumas lágrimas e depois continua a falar, e ele a ouve atentamente.
Stella: a gente ta sufocando um ao outro, o nosso trabalho está consumindo a gente, e eu acho melhor pararmos aqui do que continuar com isso e sofrer mais ainda.
Mac fica calado, seu coração parece que iria parar só em pensar na possibilidade de perdê-la, mas sabia que ela tinha razão, e que no momento era o melhor a se fazer.

Stella: você sabe que eu estou certa.
Mac: eu sei – diz em suspiro choroso - mas não sei viver sem você!
Stella: nos últimos dias a gente está vivendo um sem o outro, nossa relação ficou só profissional- ela aperta suas mãos nas deles- e eu sei Mac, e você também sabe que no momento é o que a gente deve fazer.
Mac: eu não queria admitir, mas eu sei que você tem razão. – diz de cabeça baixa e apertando os olhos, nem acreditava que aquilo estava acontecendo.
Ficam em silencio por alguns minutos.
Mac: ainda somos bons amigos?- nesse momento ele a olha, seu olhar tinha um misto de medo e tristeza, e nos dela não eram diferente.
Stella: sempre...- o sorriso que ela deu nem sequer alcançou seus olhos- bom, ta tarde, eu vou pra casa. – diz e bebe seus últimos goles de café.
Mac: eu te levo.- fazendo o mesmo
Stella: não precisa, vai para casa descansar.
Mac: eu vou, mais vou te levar em casa primeiro.
Ela ri, o conhecia muito bem para saber que não o convenceria do contrario.
Stella: tudo bem, então vamos.
Vão para o carro e se dirigem a casa dela. Logo chegam...
Mac: está entregue. – diz olhando para o volante, era hora de se despedirem, no dia seguinte não seriam mais um casal.
Mas é inevitável não se olharem e ficam assim por um tempo, ate que Mac acaricia o rosto dela; ela, por sua vez, com as duas mãos toca o rosto dele e quase que inconscientemente o traz para mais perto dela. O beijo veio naturalmente. Um beijo longo, intenso, tinha tudo pra ser perfeito, mas la no fundo tinha um sabor de despedida, que só aumentou quando ele sentiu ela se afastando, mas precisavam desse beijo, pois não sabiam quando ou se voltariam a beijar um ao outro novamente. Se separam, mais ficam próximos o bastante para roçarem seus narizes.
Stella: Eu amo você! – diz ofegante, e de olhos ainda fechados tocava o rosto dele com mãos, como se quisesse gravar cada expressão dele naquele momento.
Mac: Também amo você. – ele diz segurando seu rosto e finaliza dando um leve selinho nela e depois um beijo leve em sua testa, uma demonstração de cuidado que sempre tivera com ela.
Se afastam e ela sai do carro

Stella: Boa noite Mac – diz ainda com a porta aberta, ela não queria, mas sua sua voz soou embargada o suficiente pra mostrar a ele que ela também estava sofrendo e que só demoraria o tempo de entrar em casa pra desabar em lagrimas...

Mac: Boa noite Stella – Ele tenta lhe dar um sorriso suave, mas falhou drasticamente, seu sorriso saiu tremulo, afinal, era impossível sorrir quando os olhos se inundavam em lagrimas e o coração se afundava de tristeza.

Continua...



Notas finais do capítulo

Esse é o primeiro capítulo, leiam e me digam o que acharam. Beijos :)