Um amor inesperado e.. inesquecível escrita por Babydoll


Capítulo 3
Valentine


Notas iniciais do capítulo

Tai, mais um pedacinho da minha historia.. as ideias estão a mil aqui hoje, haha. Beijocas



Povs. Narrador

Após Estelar sair da sala, seus amigos ficaram sem entender o que tinha acabado de acontecer.

Mut- Mas o que foi isso?

Cyb- É, achei que a Estelar ia ficar uma fera, após o passarinho aqui dar uma de “Romeu” nas ruas.

Robin ficou nervoso com o comentário, mas não podia negar. Ele foi o errado da historia.

Povs. Robin

“Flashback” (uma semana antes)

Eu estava andando pelo centro de Jump City, queria me distrair um pouco, ficar longe da torre... e de Estelar, ainda tinha sentimentos fortes por ela. Andava sem rumo ate ouvir o barulho de pessoas correndo de gritando. Um assalto estava acontecendo em uma loja.

Eu, como herói, fui correndo para ajudar os policiais. A ação foi muito rápida, porque sem muito esforço, peguei os assaltantes com meu bastão de ferro e os entreguei a policia. Não pude deixar de perceber uma linda garota, assustada que estava escondida atrás do balcão.

Ofereci minha ajuda, e ela aceitou.

Rob- Qual o seu nome?

Val- Valentine... Já esta seguro? – Ela dizia com a voz tremula.

Rob- Esta sim. – Dei um sorriso para que ela se sentisse melhor.

Assim, fomos a uma lanchonete para ela comer alguma coisa. Estava pálida e tremendo pelo susto do assalto. No decorrer da conversa, fui me sentido atraído por ela. Ela era bem diferente de Estelar. Não era ingênua, era mais sabia e madura. Gostei dela.

Quando saiamos da lanchonete, ela escreveu em meu braço o numero dela de telefone, e pediu para ligar pra ela mais tarde. Eu pensei de cara em não ligar, mas foi mais forte que eu. Saímos algumas vezes mais durante a semana, e quando vi, estávamos namorando.

Apresentei Cyborgue e Mutano para ela e queria que ela conhecesse a torre. Cyborgue me disse em particular, que não era bom eu leva-la a torre por enquanto, por causa de Estelar.

Cyb- Cara, pensa direito. Você e a Estelar ainda podem se acertar. Mas mesmo se não quiser, levar a Valentine para a torre não vai ajudar em nada na amizade sua com a Estelar.

Rob- Estelar é crescidinha Cyborgue. Vou conversar com ela mais tarde e explicar que meu namoro com Valentine é diferente do que era o meu com ela. Valentine é mais experiente com essas coisas, e Estelar não é. Não quero magoar a Estelar, mas quero ser feliz também.

Eu havia dito a Estelar que não estava pronto para namorar ainda, mas com Valentine era diferente, porque ela era diferente. E decidi ir assim mesmo.

Cyb- Você pode ser feliz cara, mas sabemos que isso vai magoar muito a Star.

Chegando a torre, eu não imaginei como seria difícil ver a Estelar tão triste daquele jeito. Quando entrei de mãos dadas com Valentine, o olhar que ela me lançara foi um olhar de desprezo.

Depois, quando fomos assistir TV, vi que Star não estava mais na sala, e talvez nem na torre, mas continuei a conversar com meus amigos.

Todos pareceram ter gostado muito de Valentine, e estavam se divertindo.

Val- Gente, eu sempre fui muito fã de vocês, serio. Haha

Mut- Que bom então Valentine, teve a enorme honra de me conhecer pessoalmente.

Val- Mas cadê a Estelar? Ela estava aqui não estava?

Todos se entreolharam, eu sabia que Estelar não iria querer conhecer Valentine.

Rav- Ela saiu.

Val- Haa ta.

Quando Valentine foi embora, devia ser umas dez e meia da noite. Eu a deixei em casa e voltei para a torre. Sabia que ia ter muito o que escutar. Mas algo me incomodava, por que Estelar ainda não tinha saído do quarto?

Cyb- Robin, precisamos conversar- Cyborgue disse assim que entrei na sala.

Dei um suspiro e disse:

Rob- Sei que vocês estão com raiva por eu ter trago Valentine para ca. Mas tentem entender, ela é importante pra mim.

Rav- Robin, o que você fez de errado foi o fato de ter conhecido essa garota, iniciar um relacionamento com ela e te trago ela para ca sem o nosso consentimento, e ainda sabendo que Estelar estaria aqui. Você poderia ter pelo menos explicado para ela que você tava partindo pra outra.

Ravena tinha razão. Estelar estava esperando o nosso relacionamento voltar. Mas eu não tive culpa, o meu coração agora queria Valentine.

Mut- É cara. A Valentine é gente boa, mas Estelar é nossa amiga, e sua ex-namorada. Devia ter contado pra ela.

Rob- E eu vou conversar com ela hoje, serio. Vou chama-la no quarto. Espero que não esteja dormindo.

Cyb- Ela não esta dormindo Robin, porque ela não esta no quarto.

Rob- O que? Ela saiu? E onde ela esta? Porque não voltou ate agora?

Rav- Foi dar uma volta para esfriar a cabeça. Não sabemos onde ela esta.

Rob- Então vamos atrás dela.. – Fui interrompido por Ravena

Rav- Não Robin, eu disse a ela para voltar quando ela se sentisse melhor.

Mut- Pelo jeito então, ela não vai voltar nunca mais... ai – Ravena deu um cutucão em Mutano. Mas ele poderia estar certo.

Rob- Mas e se ela não voltar Ravena ? Sabe como Estelar é emotiva.

Cyb- Também já esta tarde Ravena, chame-a pelo comunicador.

Ravena pegou o comunicador e chamou por Estelar

Star- Oi?

Rav- Estelar, você esta bem?

Star- Sim Ravena

Rav- Esta tarde, volte pra ca Estelar.

Star- Não se preocupe comigo, estou bem. Vou embora daqui a pouco.

Mut- Ta fazendo o que ai?

Star- Estou apenas passeando, daqui a pouco estou em casa. Cambio, desligo.

Todos se entreolharam quando Estelar encerrou a conversa.

Mut- Passeando a essa hora da noite?

Cyb- Ela parecia meio apressadinha para conversar né?

Rav- Deve estar só chateada. Robin vai conversar com ela quando chegar não é?

Rob- Claro que vou Ravena.

E assim, nós esperamos na sala, ate Estelar voltar. Eu me senti como um garotinho pequeno tendo que pedir desculpas a uma amigo, só porque a mãe estava mandando. Mas eu sabia, que a culpa daquilo tudo era minha. E como líder do grupo, eu tinha que fazer o que era certo.

Quando ouvimos Estelar chegar, meu coração acelerou. Não por paixão, eu acho, mas mais por medo da reação dela.

Ninguém sabia o que ela iria fazer quando me visse, mas ninguém esperava o que viria a seguir.

Para a surpresa de todos, e ate a minha, Estelar me abraçou e disse:

Star- Eu te perdoo Robin. Não quero rancor entre nós.

E saiu.

Me perdoar? Como assim. Todos ficaram espantados. Será que Estelar era tão madura assim? Eu acho que havia me enganado sobre ela.

Mut- Mas o que foi isso?

Cyb- É, achei que a Estelar ia ficar uma fera, após o passarinho aqui dar uma de “Romeu” nas ruas.

Rav- Gente, já chega por hoje. Bom que tudo isso acabou.

Rob- Mas eu ainda nem conversei com ela Ravena.

Cyb- E nem vai. Pelo jeito, Estelar pôs um fim nisso do jeito dela. E duvido que vai querer conversar com você.

Mut- É cara, aproveita agora que ela não ta com raiva de você e vive sua vida com Valentine.

Mutano tinha razão. Mas mesmo assim, por que o fato de Estelar não estar com raiva de mim, me incomodava?

Fomos todos dormir depois, e enquanto eu ainda não pegava no sono um pensamento, que me deu ate frio na barriga, me veio a mente: será que cometi um erro terminando com a Estelar?



Notas finais do capítulo

HAHAHAHA, amei o final do capitulo. Ate o próximo gente... beijos