A semideusa e o Deus escrita por Sayuri Hyuga


Capítulo 1
O vigia


Notas iniciais do capítulo

Por favor, comentem se devo continuar ou não



~Beth~

Eu não sou filha de Hypnos, mas as vezes acho que sim. Não é que goste de acordar cedo, e tecnicamente, não preciso. Mas como gosto de ficar sozinha na clareira, e acho que iam estranhar eu indo para a floresta, acordava às seis, antes de todos, assim ainda conseguia ver o nascer do sol.

Mas hoje foi diferente, muito estranhamente um filho de Ares, Nate, estava acordado. Ele estava aos beijos com uma filha de Afrodite, provavelmente haviam passado a noite juntos. Revirei os olhos, quando ele me viu deu um sorrisinho de canto, e parou com os beijos.

-E aí, Bethany? O que faz acordada tão cedo?

A filha de Afrodite parecia muito enciumada, com a atenção que ele estava me dando, não que eu me importasse.

-Oi, Nate, vim dar uma caminhada pela floresta.

Podia mentir mas não o fiz, sabia que ele tinha tanto a esconder quanto eu. Desde que o pinheiro de Thalia havia sido envenenado, de novo, Quiron havia proibido os namoros, ele achava que assim todos iam ficar mais “focados na aprendizagem”.

-Na floresta? Quiron ia gostar de saber disso, não é querida?

Ele olhou para a filha de Afrodite que sorria como se me dissesse “se ferrou” mentalmente. Sorri ironicamente para eles.

-Quiron também ia gostar de saber desses agarramentos, não?

Eles pararam de sorrir, e me encaravam.

-Se você não contar, eu não conto.

Ele sorriu de novo, e eu me peguei sorrindo para ele.

-Bem que você podia ficar né? Afinal três é sempre melhor que dois...

Fiz uma cara de nojo para eles, e voltei a caminhar, pude escutar ele reclamando.

-Aposto que ela é a única filha de Perséfone que não gosta de namorar...

Aquilo era verdade, não sou muito chegada em namoros, primeiro que normalmente não encontro meninos que não queiram somente o meu corpo, e segundo que não tenho boas experiências com namorados.

Passei pelo chalé de Atena, que tinha papeis higiênicos espalhados pelo lado de fora da casa, provavelmente feitos pelos filhos de Hermes. Sorri, eu provavelmente não me arriscaria fazendo isso, mas achava engraçado o fato dos filhos de Hermes terem esse tipo de coragem maluca. Cheguei a trilha que iria me levar a clareira, quase ninguém ia até lá, porque era quase na fronteira onde o campo de força anti-monstros e o Acampamento se encontravam, mas é realmente bonito. Por ser filha de Perséfone, amo flores, e lá tem muitas, e como só tem eu lá, posso mudá-las para qualquer cor ou espécie.

Estava meio frio, para um outono, também não havia escolhido a roupa certa para usar. Estava usando um short jeans, e uma blusa de manga comprida bege, com pequenas flores desenhadas, estava de All Star pelo menos, se fosse como minhas meias irmãs, estaria de salto, provavelmente preto com muito glitter.

Finalmente cheguei a clareira. Eram flores do campo amarelas, eu havia as escolhido ontem, mas hoje como o clima estava diferente, optei por transforma-las em Dentes-de-Leão, fui tocando em cada flor ao meu redor, e elas se transformaram magicamente. Escolhi um lugar no meio das flores, e me deitei, observando as estrelas sumirem com o sol prestes a nascer. Quando estava lá, quase sempre conseguia ver a carruagem de Apolo passar, bem rápido e bem alto.

Dessa vez, ele passou bem baixo, como se fosse pousar no Acampamento, tomei um susto com a rajada de vento, mas logo me recuperei. Consegui escutar os gritos de felicidade das meninas do chalé de Afrodite, e percebi, que Apolo realmente havia pousado no Acampamento.

~Apolo~

(Flashback Olimpo)

Zeus havia me chamado para conversar, o que provavelmente significava que eu estav ferrado.

-Você vai para o Acampamento Meio-Sangue.

-Háá que bom, faz um tempo que não vejo os meus filhos e tem as garotas...

-Você não vai de férias, Apolo. Você vai vigiar as fronteiras do Acampamento, desde o ultimo ataque, andamos preocupados com a segurança.

(Autora:Onww!)

-Sim, mas já colocaram o velocino, não tem mais o que se preocupar...

-Devo lembrar que o seu chalé é um dos mais próximos da fronteira?

-Esquece... já estou indo!

Fiz continência para ele, e saí para pegar a minha carruagem.

~Beth~

Me levantei e peguei minhas coisas, saí correndo, para não chegar atrasada e também porque não queria que me vissem saindo da floresta. As meninas estavam ao redor de Apolo, coloquei a mão na testa de vergonha, porque consegui ver Jules e Cindy lá também. Jules e Cindy são gêmeas e minhas meias irmãs, acho que houve algum problema na hora da sua reclamação, porque elas se parecem mais com filhas de Afrodite do que com filhas de Perséfone. Elas são muito bonitas, tem cabelos loiros (artificialmente) e quase sempre usam vestidos colados e saltos.

Apolo parecia estar gostando da atenção, ele sorria lindamente, e eu revirava os meus olhos. Apolo é bonito, não posso negar, mas com a beleza, normalmente vem o orgulho e a vaidade,e essas não são características chamativas para mim. Apolo terminou de posar para as garotas, e começou a dar oi para seus filhos. Jules e Cindy vieram em minha direção, estavam com um sorrisos meio idiotas no rosto, e pareciam estar babando.

-Não acredito que vocês pagaram de filhas de Afrodite...de novo.

-Mas o Apolo é lindo! Não entendo porque você não foi junto com a gente!

Cindy parecia chocada, e continuou falando.

-Afinal, onde você estava?

-Eu...

Estava prestes a inventar uma desculpa, mas Jules me interrompeu.

-Gente.. um filho de um Deus com um Semideus é 75% deus?

Rimos por um tempo da piada, até que Quiron chamou os Campistas para uma reunião.

-Então, como vocês sabem, a arvore de Thalia foi atacada novamente. Até conseguimos descobrir quem e porque desse ataque, devemos ficar preparados para uma luta. E como os deuses também estão preocupados com vocês, eles nos mandaram um reforço. Apolo vai vigiar as fronteiras, e gostaria de pedir que as pessoas, especialmente as garotas, não o distraiam.

Ouvimos um “ah” coletivo, obviamente Cindy e Jules participaram. Apolo estava parado ao lado de Quiron, sorrindo.

-Bem acho que todos estão dispensados para as suas aulas respectivas.

Quiron e Apolo se retiraram, e nós fomos para as nossas aulas.

-E então?

Jules estava caminhando ao meu lado, Cindy havia ido conversar com um filho de Hefesto. Olhei para ela confusa.

-O que o que?

- Ai você realmente não entendeu? Como vai ser o nosso plano para conseguir pegar o Apolo!?

Olhei para ela, que começou a rir. Tinha certeza que isso ia virar um campo de batalha com Apolo no Acampamento.





Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "A semideusa e o Deus" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.