A Filha De Aro Volturi escrita por JuCullen


Capítulo 1
POV Aro


Notas iniciais do capítulo

vou dedicar esse cap, para vcs que comentarão antes
Mandinha Vieira
BellaCullenBlancoSalvatore
anonima
Maite Belores
bechelli
e as vocês que favoritaram
Myne Salvatore Volturi,Cmfmbifm e a LAURA DUARTE
Boa Leitura espero que gostem, ate la embaixo



estava procurando algo para me alimentar, quando vejo uma mulher do outro lado da rua, com a minha visão aguçada pude ver como ela era, os cabelos curtos ondulados e ruivos, os olhos não consegui ver , alguma rugas que suponham que seja de expressões ,uma bela comida dei um sorriso travesso
pude perceber que ela estava perdida me aproximei, coloquei a mão direita no ombro dela, estou sendo carinhoso demais do meu jeito por que já vou atacando a vitima sem me preocupar mas com ela me sinto diferente como se devesse protege-lá que pensamentos bobos protege-la a onde Puff, ela se virou assustada. nem liguei pelo os pensamentos dela sim eu tenho um dom eu consigo ler todos os pensamentos da pessoa com um simples contato físico
–Me desculpa o susto, é que percebi que a senhorita estava perdida e decidir vim ajuda-lá afinal conhece aqui que nem a palma de minha mão- disse galanteador, olhei em seu olho pela primeira vez e me apaixonei pelo olhos azul piscina
que pensamentos são esses aro se recomponha- mandou minha consciência
não sei o que deu em mim que depois daquela noite, sempre nos encontrávamos e nos amávamos sim a amava, eu a machucava via isso pelos hematomas roxos que deixava nela, mas ela sempre dizia que não se importava que me amava e aquilo não importava, quando fui reencontra-lá no nosso ponto de encontro ela não estava lá e bem nunca a mas a vi.
fiquei com uma raiva enorme dela o que eu sentia por amor se transformou em puro ódio, depois de tudo que passamos juntos e eu ter contado meu segredo ela me abandona assim sem mais nem menos e não tem nem a coragem de diz adeus claro se ela fizesse isso no mínimo estaria morta nesse exato momento mas eu fui um burro mesmo.do mesmo jeito como ela teve capacidade disso eu amava!
é aro eu bem que te avisei que ela não prestava, só queria de usar agora te deixou com a essa cara de taxo bem feito eu bem que te avisei-a merda da minha consciência disse eu bem que deveria ter ouvido ela mas eu sou um idiota mesmo e ouvi a merda do coração



Notas finais do capítulo

espero que tenham gostado, desculpa pelos erros ortográficos, ate o próximo e um beijo na bunda



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "A Filha De Aro Volturi" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.