Home escrita por Daiana Caster


Capítulo 6
Voltando pra casa


Notas iniciais do capítulo

E ai gente ? tentei ser mais rapida dessa vez. e não demorar tanto pra postar. tentarei manter o ritmo .espero que gostem




No dia seguinte eles levantam cedo. Giane faz os exames, Fabinho não sai um minuto do seu lado, eles voltam para o quarto.
– E ai, voce ta bem ?
– To sim Fraldinha.só um pouco cansada,não esquenta.
– Dorme um pouco.diz ele a arrumando na cama e colocando sua cabeça no colo.
– Não.nossa familia ta vindo né ? Quero esperar,pra agente contar a novidade.diz ela com a cabeça no colo dele.
– Tudo bem.responde ele fazendo carinho na cabeça dela.
A familia chega com surpresas, Jonas e Lucindo vão visitar Giane tambem.
– Bento voce veio ? Diz Giane sorrindo e levantando.
– Vim sim. voce acha que eu não ia vir ajudar a cuidar de voce ?
–Voce sempre se acende quando ve esse ai né ? Diz Fabinho com a cara fechada.
Bento ri .
– Larga de ser bobo Fraldinha. diz ela lhe lançando um olhar e sorrindo.
– Bobo né ? A disputa é dura com esse ai.
– Não existe disputa idiota. amo voces de formas diferentes.agora para de ciume besta Fraldinha.
Ela bufa e revira os olhos .
Ele sorri e beija ela.
– Bento conta pra ela que voce não veio sozinho.diz Fabinho ao lado da esposa.
– É ? Quem veio com voce ?
Jonas e Lucindo entram .
– Galera ! diz Giane com um sorriso enorme no rosto.
– Voce em mina, é mó da licença ,deu mo susto em nois ai.
– É Giane, agente ficou preocupado pra caramba com voce. diz Jonas.
– Ah gente, eu to bem e o Fraldex aqui tambem. diz ela colocando a mão na barriga.
– Giane virando mulherzinha,casada e mãe. esse mundo ta acabando mesmo. ri Jonas .
– Haha. mais a mulherzinha aqui, ainda consegue te encher de porrada.diz ela rindo.
– Não adianta não muda. ri Jonas .
– E voce tinha alguma esperança ? frasco de mulherzinha, conteudo o moleque de rua de sempre. diz Fabinho rindo.
Todos riem.
– E voce ? Frasco de playboy conteudo o fraldinha de sempre. ela ri pra ele.
– Voces sempre um doce um com o outro.diz Jonas .
– É assim que eles são felizes. diz Malu.
Eles riem e se beijam.
–E voce zoião, é bom cuidar bem da mina ai, ta ligado, senão te arrebento.
–Eu tambem. emenda bento.
– E eu diz Jonas.
– E melhor eu contratar uns seguranças, e comprar um carro blindado.ri Fabinho - não se preocupem vou cuidar bem deles.
– Ah mina, trouxe um presente pra o moleque ai.
Ela sorri.
– Agente não sabe se é menino ainda.
– Sendo seu filho, vai ser moleque de qualquer jeito.
Fabinho cai na gargalhada.
– Boa cara. diz Fabinho batendo na mão de Lucindo - Nem eu bolaria uma dessa.
–Calem a boca.diz ela dando tapas nos dois. - Vamos parar de ficar me zuando né ? E ai lulis cade o presente ?diz ela.
– Ah ta aqui,acho que voce vai pirar mina,eu mesmo escolhi.
– Deixa eu ver.diz ela abrindo o presente,ela desembrulha, é um bonezinho do corinthians.
– ah, não acredito,é lindo cara, po adorei lulis ,brigado. diz ela abraçando o amigo .
– Deixa eu ver. diz Fabinho.- Ah cara, se ta louco se acha que o meu filho vai usar isso ai né ? Diz Fabinho a Lucindo.
– Louco ta voce, se acha que não vai usar.diz ela.
–To perdido mesmo. meu filho alem de maloqueiro vai ser corinthiano.diz Fabinho.
–Ele vai ser maloquero e corinthiano.ri ela.
– Ah Malu,agente tem uma novidade pra voce.diz ele.
– O que ? Diz Malu sorrindo intusiasmada.
– Na verdade, é pra todo mundo, é que voce que deu a ideia,entao.diz Giane.
– Vai fala logo.
Giane e Fabinho riem.
– Agente ainda te mata de curiosidade, né Malu.
– Mata mesmo,vai fala logo.
– Agente escolheu o nome do bebe. diz Giane.
– Na verdade um dos nomes.diz Fabinho.
– Jura ? Já ?
– Ué, voce disse que agente ja tinha que pensar.
– Pensar,não decidir.
– Ah,mais voce não conhece seu maninho aqui,e esse pivete ai.
– Ah, agora ja foi Malu.
– Voces são os maiores estraga prazer.eu ja tava aqui, com um monte de ideia,comprar uns livros, ver o significado e tal.
– As vezes eu acho que ela que vai ter o bebe.ri Bento.Malu faz uma careta pra ele.
– Ah Bento,to feliz,eu amo criança voce sabe.
– É eu sei,só espero que seja assim,quando for os nossos.
– Vai ser sim.diz ela dando um selinho nele.
– O nene salve a natureza.ri Fabinho.
– Cala a boca Fabinho.diz Bento.
– Nem tudo ta perdido ainda Malu,falta o nome de menino ainda.
– Aé ? Que bom,menos mal,mais e ai qual e o nome que voces escolheram ?
Giane e Fabinho se olham sorriem e falam juntos.
– Ana Luisa.
Malu os olha com os olhos lacrimejados.
– Voces vão dar o meu nome pra ela ?
É vamos.voce é a pessoa mais especial pra gente Malu,eu sinto carinho por voce desde antes de agente saber que era irmão,desde o namoro fake.diz ele.
– E eu Malu me arrependo do que fiz com voce quando nos conhecemos, por ter sido rude e tal, hoje voce é minha melhor amiga te amo de verdade, e sei que apesar de ser a unica, vai ser a melhor tia do mundo.
Malu se emociona e chora.
– Ah gente, eu to muito honrada e feliz de verdade.
Eles a abraçam.
– Eu prometo que serei a melhor tia do mundo.
–Agente sabe que voce vai ser.diz Fabinho.
– E não acabou Malu,agente quer que voce e o Bento sejam os padrinho dele. diz Giane.
– É na verdade eu quis voce, só que o Zé florzinha é pacote né, e a maloquera ainda faz questão, sou obrigado a aceitar. zomba Fabinho. - Só não vai transformar o meu filho no bebe salve o mico leão dourado.
Bento ri
– Cala a boca Fabinho

– É muita sina, sou cunhado duas vezes e ainda voce compadre do ze florzinha. mais eu cometi muito pecado mesmo.
– Larga de ser babaca Fraldinha.diz Giane.
– Ai gente,não acredito que alem de tia, vou ser dinda do meu fofucho tambem.diz Malu emocionada.
– E voce vai sim,ta vendo encheu tanto nosso saco, que agora tudo que agente tiver que te dar em relação ao piralho agente vai dar.diz Fabinho.
–Pode dar,o dia que voces quiserem sumir e deixar ele um mes comigo pode deixar.diz Malu.
– Ai Fraldinha, guarda essas palavras, um dia agente vai precisar.diz Giane.
– Mais com certeza.quando ele tiver chato e pentelho agente vai lembrar.
– Podem lembrar.pra mim ele nunca vai ser um chato pentelho.
– Ha,voce diz isso agora.quero ver quando ele te acordar de madrugada querendo brincar ou mamadeira.diz Fabinho.
–Se isso é um truque pra me fazer desistir, pode parar voces ja me deram é meu.
– Ei,voce é só a madrinha ,não vai dar uma de nazare e roubar nosso filho né ?
– Cala a boca seu bobo,claro que não.
– Que bom.ri Fabinho.
– Haha maninho como voce é bobo.

– Com licenca ! Diz o medico batendo, e com a confirmação entrando no quarto.
– Oi doutor.diz Giane.
– Vim comunicar que a mamãe pode ir pra casa.
– Jura ? Gracas a Deus,não aguentava mais esse hospital,sem ofensa doutor.
– Imagina.voce não é a unica,ninguem gosta de hospital, e nem nos gostamos que voces fiquem,por motivos de saude queremos sempre que venham,mais não que fiquem.
– Ja podemos ir embora doutor ?
– Podem sim.eu ligo quando os exames ficarem prontos,talvez ela precise voltar e ficar aqui .eu ja te comuniquei não é ?
– Ja sim.ela tambem ja sabe,assim que os exames ficarem prontos nos voltamos.
– OK.
– Nem to acreditando que vou pra casa,ainda bem,hospital é um saco.
– É ,mais talvez tenhamos que voltar pivete, não se anima não.
– Que saco,tomara que não precise.
– Agente deixa voces em casa, vão pra casa de voces ?
– Não sei.acho que ta uma bagunça da mudança la ainda.
– Não, agente vai sim. ou voce prefere ir pra casa dos meus pais ou do seu pai pivete ? voce escolhe .
Pergunta Fabinho a Giane

– Não vamos pra casa .mais ta vazia não ta ?

– Vai fazer quase um mes que agente ta fora né? Liguei pra minha mãe, ela falou que ta tudo la ,tem que só da uma arrumada em algumas coisas .
– Que bom. então vamos pra casa .
– Nos podemos deixar voces la se quiserem. Diz Bento .
– Brigado ,to dispensando Zé florzinha.naquela van cheia de plantas e caixas, não vou deixar a minha mulher gravida andar naquilo .diz Fabinho debochado .
– O babaca a sua mulher gravida ,andou a vida toda 'naquilo'. não lembra não ?
– É, mais ela era um moleque de rua e não tava gravida.diz Fabinho .
– Ah Fraldinha ,da um tempo. diz Giane .
– Voce não ve Giane ,que a alegria dessa peste é infernizar o Bento. diz Malu rindo .
– E voces acham que ia ser diferente ? é assim desde criança, não tive a ilusão de que agora, ainda sendo meu cunhado ia mudar ,só piorar .
– Duas vezes. Diz Fabinho revirando os olhos e bufando .- Sina. diz Fabinho dando uma ombrada em Bento .
– Idiota. diz Bento devolvendo a ombrada.
– Oh amiguinhos de infancia, da pra voltar o assunto ai ? ou as meninas vão ficar ai namorando ?
– Giane avisa o babaca do seu marido que eu tenho carro .
Fabinho o olha com ar de surpresa e deboche.
– Mais ate que enfim ,aquela lojinha te rendeu uma grana pra comprar algo que não fosse mais planta .diz Fabinho rindo.
– É segui o sei conselho de investir na loja.diz bento fazendo uma careta.
– Meu Deus, não. eu não to ouvindo isso. o zé florzinha ,o perfeitinho, seguindo conselho do bandidinho aqui .ri Fabinho.
– Ah Fabinho na boa, eu sei que a Giane deve te falar muito isso, mais eu vou fazer coro ,voce é bem mais legal de boca fechada .
Giane ri .
– Ta ai Bento, disse isso pra ele esses dia ,que dormindo é a hora que ele é mais bonito. porque é a unica que ele cala a boca. Ri ela .
– Ah ,mais com certeza. diz Bento.
– Ta vendo Malu ? como tratam seu irmão ? mais eu sei que no fundo isso tudo é amor. esses dois ai me amam. ri ele .
– Mais é metido mesmo. diz Giane com um sorriso balançando a cabeça.
– E eu sei que voce me ama mesmo assim .diz ele se aproximando dela.
– Tem certeza. Não confia muito nisso não .diz ela rindo. ele da um tapinha nela que segura seu rosto e a beija .
– Hum hum. diz Bento interrompendo o casal .
– Mais tu é um mala mesmo Zé Florzinha.diz Fabinho. - beija a minha irmã, eu não ligo não .
– Eu interrompi pra saber se voce vai ou não aceitar a carona babaca. diz Bento.
– Sera ? Ou voce ta com cuimes. Provoca Fabinho.
– Do que idiota ?
– Da Giane.
– Mesmo que eu tivesse ciumes da Giane, eu sei que infelizmente ela tem mal gosto e te ama babaca .
– Po bento, não da essa moral não. o babaca ai ja se acha ,voce ainda falando uma coisa dessas .
Fabinho sorri .
– E voce acha que eu preciso que o ze florzinha fale isso ? eu sei que voce me ama. sorri ele beijando ela .
– Ai Bento não falei, agora é que fica podre de metido mesmo .
– Cala a boca pivete .
– Vai te catar Fraldinha.
Eles se beijam .
– É muito amor né ? diz Malu beijando Bento.
– E ai oh, vai aceitar a carona ou não ?
– Ah ja que e num carro decente .
Bento balança a cabeça
– Ai Zé Florzinha ,arrebentou em, carrão .acho que vou largar a chash midia e plantar flor tambem.diz Fabinho rindo.
Giane bufa.
– Voce ? Ah ta, essa eu pago pra ver .
– Qual é pivete ? não dei duro aquela epoca na loja com voce ? aprendi um bocado de coisa. se o zé florzinha ai ta ficando rico, aposto que eu ficava mais .
– Voce nunca vai acabar com essas disputas ? diz Bento.
– Hã, que disputa amigo ? Eu vencia. sou rico, tenho uma irma linda, e ganhei a garota mais gata e legal que ja gostou de voce. sem ofensa maninha . diz Fabinho com um sorriso sacana
– Imagina maninho.eu tambem acho .diz Malu.
– É, vendo por esse aspecto. diz Bento.
– Tá vendo, assumido.eu só te provoco mesmo,por que é meu hobby.ri Fabinho.
– Quem disse que eu assumi ? voce só esquece um detalhe .sua mulher é minha irmã, sua irmã é minha mulher .ou seja ,metade do que te da a vitoria é meu tambem . então estamos empatados. diz bento devolvendo o sorrisso de deboche.
– E voce faz questão de sempre me lembrar isso né ? Diz Fabinho de cara amarrada.
– Voce é muito metido. precisa de alguem que corte seu barato.ri Bento
Fabinho bufa e da um tapa em Bento que devolve .
– Oh ali ze florzinha ,as duas rindo. - voces tão amando né ? ver agente brigar por voces ?
Malu e Giane se olham.
– É agente ta amando. diz Malu .
– Com certeza .diz Giane .
– Culpa nossa Fabinho .
– É cara ,agora essas duas ai vão se achar ,dois galas brigando por elas .diz Fabinho.
Elas riem .
Culpa nossa. diz Bento .
– Verdade zé florzinha. ri Fabinho.
– Vamos embora logo pode ser ? Diz Giane.
– Vamos então. diz Fabinho ajudando Giane .
Bento e Malu dão carona ao casal .
– Tchau gente. Ate mais tarde .diz Malu quando eles chegam .
– Tchau maninha, valeu pela carona.diz Fabinho.
– Valeu Malu Bento brigado mesmo por tudo .diz Giane .
– Tchau Ze Florzinha. valeu. diz Fabinho estendendo a mão para Bento que revira os olhos .
– Cuida bem do moleque ai viu. diz Bento sorrindo pra Giane .
– Não esquenta ze florzinha, ela sempre cuida de mim. e que preocupação é essa comigo ?
Bento bufa .
– Não to falando de voce idiota. to falando do bebe .
Fabinho sorri .
– Não esquenta cara, eu cuido bem deles. diz ele apertando a mao de Bento .
– Mais tarde agente volta diz Malu .
– Caramba mais ja ? voces não vão nem dar um descanso .ri Fabinho .
Giane o estapeia .
– Cala a boca idiota. pode vir gente ,o babaca aqui não manda nada não .
– Ah é não mando ?
– Não eu mando .
Bento e Malu riem .
– Tchau gente. diz Malu. atirando beijos de mãos dadas com Bento.
Eles observam o carro sair. fabinho olha para Giane e sorri .
– Enfim sós.Vem pivete, vamos entrar .diz ele puxando ela.
– Voce só pensa besteira.diz ela sendo puxada.
– Não to pensando nada .diz ele com um sorisso maroto . - Só quero ficar deitado, agarradinho com voce.
– Te amo Fraldinha melosinho.diz ela beijando ele.
– Tambem te amo pivete .voce e esse maloquinha ai .



Notas finais do capítulo

Seguinte quero comentarios. e apesar de a historia ser minha e eu tambem fazer pra mim, faço por voces tambem. e queria muito saber o que tão achando ,nem que seja só em uma palavra .como não sou adepta de chantagens, vou pelo lado contario, o incentivo é o seguinte se o capitulo tiver 10 comentarios eu posto um spoiler no proximo ok ? então estamos combinados bjos.



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Home" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.