Uma nova chance -Hayffie escrita por District 8


Capítulo 14
Capítulo 14


Notas iniciais do capítulo

Capítulo curtinho pra hoje mas o próximo vai ser enorme,prometo ;)



Haymitch saiu sem nem olhar para trás.A raiva que ele sentia dela não era nem comparada a que sentia de Plutarch.Queria matá-lo com as próprias mãos só de imagina-lo tocando no corpo delicado de Effie.Mas aonde estava com a cabeça afinal?”Fica comigo,Effie”,é lógico que ela não ficaria,já que só pensava na sua maldita vingança.

Haymitch Abernathy não sabia exatamente o que sentia por Effie Trinket.Atração com certeza,mas em amor... Ele se recusava a pensar nessa possibilidade.Já tinha amado uma vez mas ela foi tirada da sua vida e sofrera tanto com a sua perda que recusava a amar de novo para não passar pela mesma dor.Foi por causa disso que começou a beber e tornou-se o bêbado inconsequente de hoje.

O engraçado era no que Chaff diria se o viesse aos beijos com Effie Trinket,a “Capital Girl”(como as revistas a chamavam na época da Turnê da Vitória) Você sempre teve uma quedinha por ela,ele dizia.Haymitch negava,mas Chaff implicava com ele toda vez via Abernathy conversando com ela.

“-Vai lá, dá um beijo nela.Prova que você não gosta dela - dizia Chaff,aos risos

– Cala a boca e me passa a garrafa. – Haymitch estava mal-humorado.Chaff estendeu uma garrafa para ele e continuou:

– Ah,por favor,Haymitch,é só ver o jeito que você olha pra ela que todo mundo sabe,cara.

– Todo mundo quem?

– Eu,Seeder,Cinna,Finnick Odair...

– Finnick Odair é um otário.

– É verdade,mas ele tá certo.Anda,me ajuda a subir nesse troço logo – Haymitch o ajudou a ficar em pé na carruagem.Estavam no Segundo Massacre Quaternário e Chaff iria desfilar metido em uma horrível roupa de agricultor.Haymitch não tinha muitas esperanças para que Chaff saísse vivo daquela arena,mas o tributo do Distrito 11 não parecia se importar com isso.

– Você acha mesmo que eu ia gostar de alguém da Capital?Ainda mais Effie Trinket?Eu esperava mais de você,Chaff – falou e entornou a garrafa na garganta.

– E se você estivesse no meu lugar?E se você estivesse indo pra esses Jogos de merda sem saber se ia voltar?Não ia falar nada pra ela?

– Claro que não,eu não suporto a Effie e ela não me suporta.Ponto final – Haymitch olhou para o lado e viu uma figura de vestido e peruca dourados vindo em sua direção -Agora cala a boca que ela tá vindo. – Chaff soltou um risinho,mas ficou quieto.

– Haymitch,cadê o Peeta e a Katniss? – disse ela,sempre segurando sua prancheta com o cronograma.

– E eu sei lá,não sou babá de ninguém – sacudiu os ombros e bebeu a vodca do gargalo.Effie bufou após a sua resposta e foi para perto da carruagem dos tributos do Distrito 12.Assim que ela saiu,Chaff começou a rir.

– O que foi, idiota? – rosnou Haymitch

– Eu falei,eu falei – riu – Só acredito em você se você fizer uma coisa.

– O que?

– Vai lá e dá um beijo nela.

– Você vai parar de encher o meu saco?

– Vou,prometo – Chaff estava se segurando para não rir de novo.Haymitch virou as costas pra ele e andou decidido na direção de Effie.Já tinha beijado-a uma vez e beija-la outra vez não seria má ideia.

– Effie?

– Sim? – ela tirou os olhos do cronograma. Foi quando Haymitch a puxou para si e a beijou.Effie ficou estática e sem reação até notar que estavam num lugar público e que todos estavam olhando para eles.Ela começou a socar o seu peito com força.

– Me solta!Me solta!Você tá bêbado! – ela se debatia – Eu não acredito!Eu tenho nojo de você,Haymitch! – Effie deu um tapa na cara dele e saiu marchando.Haymitch ignorou os olhares e voltou ao seu lugar de antes.

– Satisfeito? – disse Haymitch quando voltou para a carruagem do 11

– Claro,porque se você não gostasse dela mesmo aí é que não teria beijado – e caiu na gargalhada.

– Vai á merda,Chaff – pegou a garrafa e saiu.”

Haymitch mal percebera que estava no balcão do bar que costumava frequentar enquanto pensava sobre tudo isso.

– Sua namoradinha te deu um trato,hein? – alguém ao seu lado falou.Era a mulher que o beijara-a com um arranhão bem grande no rosto inchado por conta do tapa.Haymitch nem percebera que a sua camisa estava completamente desabotoada e amassada,além da sua boca estar toda suja de batom vermelho e seu cinto estar aberto. – Ei,deixa assim – ela disse quando o ex-mentor começou a abotoar a camisa.

– O que você quer? – rosnou Haymitch

– Te conhecer melhor,só não sabia que você tava comprometido com a garota da Capital...

– Eu não tenho nada com ela – disse ele,limpando a boca com o guardanapo – nem nunca tive.

– Jura?Então com certeza podemos nos conhecer melhor...

– Posso te pagar uma bebida antes? – Haymitch sorriu.Não seria nada mal fazer ciúmes na Effie com essa mulher.Ela não andava pra lá e pra cá com Plutarch?Agora provaria do próprio veneno.



Notas finais do capítulo

Espero que tenham gostado



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Uma nova chance -Hayffie" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.