Acontecimentos da vida escrita por Mari Taylor


Capítulo 7
Capítulo 7


Notas iniciais do capítulo

Gente desculpem-me não ter postado ontem, estava com uma preguiça...
Obrigado pelos 24 comentários, no começo pensei que você nem iam gostar da história! (Prometo que a próxima fic mina será bem melhor rs) Bom sem mais... Boa leitura!



No outro dia Stella foi ao trabalho, ela não iria contar para os amigos sobre o estado de Rafael por pedido dele. Não queria que ficasse preocupados, apenas queria curtir seus últimos meses, semanas ou até mesmo dias! Apenas viveria os dias como se fossem o último !

Laboratório de Criminalistica de Nova York 8:00 a.m

Sala de Descanso ~

SB: Bom dia -disse forçando um sorriso para os amigos não perceberem que acontecia algo errado mais que não passou despercebido por Mac

TODOS: Bom dia!

SB: Algum caso?

MT: Não !

SB: Ok, qualquer coisa estou na minha sala ! -disse retirando-se

MT: Já volto ! -disse retirando-se atras dela

Sala de Stella Bonasera

MT: Stell, posso entrar? -disse com a cabeça na porta

SB: Sim -disse com a cabeça baixa olhando para os papeis na sua mesa

MT: Ei, olha para mim !

SB: O que você quer? -disse olhando-o - desculpa, pode falar -concertou-se depois que percebeu que foi um pouco rude

MT: Tudo bem, pode compartilhar?

SB: Compartilhar o que? -disse fazendo-se de desentendida

MT: O que você tem, ta tão distante e tristinha !

SB: Ah não, não tenho nada não. Só estou com um pouco de cólica, sabe como é né? Coisas de mulher !

MT: Aham !

SB: Está duvidando de mim Taylor? -disse tentando brincar

MT: Claro que não, porque sei que você não está mentindo! Certo?

SB: Sim, agora com licença preciso terminar meus relatórios

MT: Ta me expulsando é?!

SB: Sim, agora sai!

MT: Vou sair, mais se você quiser pode ir pra casa descançar. Tomar um remédio, e ficar deitada. Vai ser melhor!

SB: Não, não to bem aqui ! Tenha um bom dia!

MT: Você também! -disse e retirou-se não acreditando muito em Stella.

A manhã acabou, e Rafael foi buscar Stella para eles almoçarem e conversarem.

Ele também queria aproveitar todo o tempo possível para passar com a esposa!

Sala de Descanso

RF: Com licença! -disse entrando

DF: Procurando a Stell? Rafael assente

MT: Passou a manhã inteira dentro da sala dela!

RF: Tudo bem obrigado ! -disse retirando-se mais voltando - Ah Mac, ela te disse o motivo de estar desse jeito?

MT: Não o verdadeiro!

RF: Como você sabe?

MT: Eu conheço a Stella a bastante tempo, e ela nunca conseguiu mentir para mim ! Seus olhos a entregam ! -disse saindo em direção a sua sala Rafael balançou a cabeça sorriu e se retirou da sala.

RF: Com licença amor, atrapalho? -disse com a cabeça na porta

SB: Oi, não pode entrar! -diz, ele entra e dá-lhe um selinho demorado

RF: Um passarinho azul, ou melhor de olhos azuis me disse que você parecia não estar bem !

SB: Aquele Mac ! -disse e riu abafado

RF: Ele disse que você também não contou a verdade para ele!

SB: Ah é, e como ele sabe?

RF: Bom, me disse que seus olhos te entregam!

SB: Esses traidores - disse e os dois começaram a rir

Mac do outro lado do corredor (as salas deles ficavam uma a frente da outra) observava os dois e sentiu um aperto no coração lembrando que antes era ele que arrancava seu sorriso quando ela estava triste...

RF: Vamos almoçar então?

SB: Não amor, eu não to com fome!

RF: Vamos sim , sem reclamações!

SB: Eu não vou e ponto !

RF: Amor eu preciso de você bem para ficar comigo até chegar meu dia!

SB: Eu sei, mais e depois. Quem fica comigo?

RF: Presta atenção, eu quero que depois que eu morra que você arrume outra pessoa e seja feliz, ok?

SB: Não Rafael, eu não quero outro eu quero você meu amor. -disse já derramando lágrimas

RF: Meu amor, eu também gostaria muito de ficar aqui com você, construir uma família linda ao seu lado ter filhos e ficar ao teu lado até ficarmos velhinhos e morrermos juntos, mais não tem como. Esse foi o destino que Deu traçou pra mim, eu já aceitei isso você também tem que aceitar! -disse secando suas lágrimas

Stella ficou em silêncio.

RF: Vamos estão almoçar? -disse abrindo um sorriso

SB: Vamos, você venceu! -disse e forçou um sorriso

Lanchonete

SB: Amor, vou tirar férias para ficar com você!

RF: Claro que não, você vai ficar trabalhando!

SB: Mais tá difícil, Mac não vai me deixar em paz enquanto eu não lhe contar a verdade!

RF: Então conte!

SB: Ãn?

RF: Nós vamos contar a verdade para eles Stella!

SB: Tem certeza que quer isso?

RF: Sim, eu quero viver o resto dos meus dias ao lado das pessoas que eu goste e também vive-los como se fossem o último!

SB: Tudo bem! E quando contamos?

RF: Hoje! Terminaram de comer, Rafael pagou a conta e voltaram para o laboratório

Sala de descanso

Stella e Rafael chegaram de mãos dadas.

RF: Pessoal, precisamos contar-lhes uma coisa!

JA: É boa?

MT: Não! -respondeu olhando nos olhos de Stella e depois olhando para Jess

LM: Como você sabe, eles já te contaram?

MT: Não, só deduzi!

LM: Ha...

SB: Podemos falar?

TODOS: Sim!

SB: Então gente, lembra que Rafael estava fazendo tratamento contra leucemia? -disse e todos assentiram - então ontem o dr. disse a nós que... -não consegui terminar pois havia começado a chorar

RF: Que, o meu caso não tem mais volta! Eu irei morrer! -disse aquilo e todos ficaram chocados, como aquele homem bonito e aparentemente forte poderia estar com uma doença assim que o levaria a morte?!

RF: Eu só queria pedir a vocês, que não fiquem com dó. E sim me ajudem a ser alegre todos os dias! Por que a qualquer momento posso partir e quero partir feliz!

Ficaram todos inconformados. Mais mesmo assim, continuaram "felizes" tentavam por mais que seja-se difícil, rirem, brincarem e fazer coisas boas alegres por pedido de Rafael... Passaram algumas semanas, cada semana veio um sintoma mais forte da Leucemia...

Na 1ª semana: Ele começou a ter febre e suores noturnos. Na 2ª semana: Veio as Infecções frequentes.

Na 3ª semana: Sensação de fraqueza ou cansaço.

Na 4ª semana: Dores de cabeças.

Na 5ª semana: Sangrar e fazer nódoas negras (hematomas) facilmente: gengivas que sangram, manchas arroxeadas na pele, ou pequenas pintas vermelhas sob a pele.

Rafael não estava aguentando mais, ele não conseguia sair mais da cama. Ele começou a perder muito peso, ter dores nas articulações e ossos, Inchaço e desconfortos no abdomem (causado pelo aumento do baço) e Gânglios inchados, especialmente os do pescoço e das axilas.

A equipe ia visita-lo no mínimo 1 vez por semana. Todos viam o estado dele, não demoraria muito tempo para ele partir. Mais ninguém falava isso para ele, como se não soubesse !

Era uma sexta-feira a noite, Mac foi visitar Rafael.

Chegando lá escutou um choro, era o da Stella!

Ele apertou a campainha e esperou...

Stella abriu a porto com os olhos inchados de tanto chorar e abraçou fortemente Mac, que retribuiu o abraço no mesmo momento...

MT: Ei, o que aconteceu? -disse abraçando-a e passando a mão em seus cabelos

SB: E-Ele... ta...ta...morrendo...Mac. Ele ta morrendo -disse e chorou mais ainda

MT: Ei calma, vamos lá! -disse e eles foram em direção ao quarto

RF: Stella... venha... até... aqui -disse tentando não fazer muita força

SB: Oi, meu amor. -disse ajoelhando na frente da cama

RF: Eu.. te..amo muito... e quero -parou e respirou - quero.. que.. você... encontre alguém.. que.. te ame.. assim como... te amei!

SB: Eu já te disse que não quero ninguém, meu amor! -disse chorando e Mac estava na porta só olhando para cena

RF: Stella.. me promete!

SB: Rafael... - foi interrompida

RF: Me.. promete !

SB: Tudo bem, eu prometo!

RF: Mac... venha até aqui! Mac se aproximou...

MT: Sim?

RF: Por.. favor.. cuide bem dela... ela foi a pessoa que eu...mais amei e... quero ela bem!

MT: Claro, vou cuidar dela sim! -disse e a abraçou de lado - Vá em paz ! -disse, sorriu e deixou uma lágrima cair !

RF: Eu.. te.. amo.. Stella. -disse e apagou

SB: RAFAEL, NÃO. MEU AMOR... VOLTA PRA MIM POR FAVOR... NÃO. -disse chorando e tentando traze-lo de volta !

MT: Stella, venha comigo!

SB: Não, Mac! Eu quero ficar aqui!

MT: Stella, vamos! -disse carinhosamente

SB: Mac, eu não quero ir. Eu quero ficar aqui com ele!

MT: Stell, ele não volta mais. E quer que você fique bem! Vamos?!

Stella olhou para Rafael e lembrou de tudo o que ele pediu a ela desde o dia em que descubriu a doença, e depois olhou para Mac e assentiu!



Notas finais do capítulo

Desculpem-me por esse capítulo não ter saído muito bom, mais os próximos serão melhores (para quem quer ver Smacked juntos) Com 5 comentários posto o próximo capítulo! Beijos