Jily - How I met you escrita por ChrisGranger


Capítulo 9
A "brilhante" ideia do professor Slughorn


Notas iniciais do capítulo

GENTE, DESCULPA!!! EU TÔ AQUI, EU NÃO SUMI!!! hahaaha eu NUNCA vou abandonar esses meus leitores maravilhosos que eu tenho e essa história que eu me empenho tanto para escrever! Mas eu devo à vocês uma explicação. Eu viajei para fora e eu já imaginava que não daria para escrever lá, porque eu não ia parar em casa nunca! Mas eu pretendia escrever mais um capítulo antes de viajar! Só que o aconteceu? O capitulo estava grande! E eu não consegui terminar antes de viajar! Fiquei realmente MUITO triste! Mas eu consegui escrever um pouco lá fora, sim. Nas horas que eu podia e tinha internet e estava em casa eu sempre escrevia um pedacinho da história. Bom gente, eu voltei e terminei o capítulo. Acho que vocês vão gostar! E como eu disse aqui em cima eu NÃO vou nunca parar de escrever essa fic enquanto não acabar! Mais uma vez, desculpem-me! E vou tentar escrever mais rápido da próxima vez!



– Você está bem mesmo? - perguntou Severo mais uma vez.

Lílian e Tiago haviam parado na enfermaria. A garota havia quebrado o braço direito e estava cheia de arranhões no rosto. Fora isso estava bem.

– Já disse que está tudo bem, Sev! - exclamou Lílian virando seu olhar para Tiago que estava do outro lado da enfermaria. Os dois discutiam tanto, que Madame Promfrey os havia separado.

– É que você já passou um dia inteiro aí… - disse ele baixinho. - Se não fosse aquele Potter...

– Eu estaria bem pior - completou Lílian o olhando. - Escuta, está tudo ok, amanhã eu já posso sair daqui, de acordo com a Madame Promfrey.

– Certo...então eu… - Severo olhou para a porta da enfermaria e franziu a testa. - Eu vou indo.

– Obrigada Sev. Até mais! - disse Lílian sorrindo.

O garoto saiu e Lílian se reencostou nos travesseiros macios. Seus amigos haviam ficado muito preocupados. Abbey e Belle exigiram ficar o dia todo na enfermaria, mas Madame Promfrey as obrigou a irem embora. Chad Iaw também aparecera trazendo uma caixa de chocolates para a garota. Frank e Alice a elogiaram pelo seu primeiro voo na vassoura, que, de acordo com eles, fora excelente, apesar de não terem presenciado. Remus também viera. O garoto fora visitar Tiago, principalmente, mas perguntou à Lílian se ela estava bem. Severo a visitara cinco vezes no dia, mesmo diante das reclamações e provocações de Tiago Potter.

Ela fechara os olhos feliz. Sua primeira semana em Hogwarts fora incrível.

***

– Conte-me de sua vida agora, Líly! - disse o Professor Slughorn animado.

Lílian estava tendo seu primeiro jantar com o “Clube do Slug”, depois de semanas desde a primeira aula de voo. Outubro se passava com rapidez e a garota, fora convidada para o jantar do professor, assim como Severo, Anabel Lovegood e Sirius Black. Alguns outros estudantes dos anos acima também estavam lá e encararam Lílian, diante da pergunta do professor.

– Meus pais são trouxas… - disse Lílian simplesmente, sorrindo.

Slughorn deu uma gargalhada e bebeu um pouco mais de vinho. A maioria dos alunos reviraram os olhos e encararam seus pratos preguiçosamente.

– Bem, isto nós sabemos, não é mesmo? - perguntou Slughorn gentilmente. - Mas, gostaria de saber como é a sua vida diária ao lado de…sua família.

Lílian pensara por um momento. A garota se afastara muito de sua irmã nos últimos tempos. Ela gostava de ficar com sua mãe lendo livros ou ajudando seu pai no trabalho.

– Bem…eu tenho uma irmã mais velha, meu pai é advogado e minha mãe não trabalha, ela prefere ficar em casa comigo e com Petúnia, minha irmã - respondeu Lílian bebendo um pouco mais de suco.

– Advogado, hein? - perguntou o professor, pensativo e interessado.

– Ele defende as pessoas, alguns casos, ou atua contra outros - disse Lílian.

– Oh, ele deve ser um podicial ! - disse o professor, animado.

– Er...bem, não exatamente… - disse Lílian, rindo.

Depois de algum tempo, os alunos comeram a sobremesa e pareciam bastante satisfeitos. O professor então, retomou a palavra.

– Eu estava pensando em fazer...alguma atividade… - falou ele pensativo. - Como vocês sabem, falta pouco tempo para o Halloween, e eu estava pensando em fazermos alguma festa ou comemoração festiva, além do grande banquete…

Lílian franziu a testa. Uma festa para o Halloween? E havia um banquete? Os alunos em volta também pareciam confusos e encaravam o professor de poções.

– Vocês sabem, o professor Dumbledore teve esta ideia de integração entre as casas, e acho que esta comemoração pode ajudar-nos a nos estabelecer bem em grupo - falou o professor.

– Mas professor… - começou Lílian, devagar. - Que tipo de integração?

– Um baile! - Lílian olhou assustada para o lado. Quem falara foi uma garota da corvinal, que estava sentada ao seu lado, dois anos mais velha que Lílian, Abnara Chang, ela tinha cabelos lisos e escuros e olhos pretos alegres.

– Como disse, Srta. Chang? - perguntou o professor Slughorn.

– Um baile, professor, no dia do Halloween - disse Abnara, animada.

– Ora, esta é uma ótima ideia! - exclamou o professor, parecendo feliz.

Sirius Black parecia indignado e Anabel Lovegood encarava o professor alegremente.

– É claro que é! - sussurrou Abnara no ouvido de Lílian. - Se Ben Steves me convidar para ir com ele, acho que eu morro!

Lílian deu um sorrisinho amarelo e se virou novamente para o professor. Esquecera-se completamente que num baile garotos e garotas iam juntos e agora, queria não ter perguntado que comemoração iriam fazer.

– Muito bem…naturalmente os alunos do primeiro e do segundo ano não poderão ir para Hogsmeade, comprar roupas para a festa - disse o professor, fazendo Lílian suspirar aliviada. - Sim…irei falar com Dumbledore, se ele deixar liberarmos os alunos para suas casas em um fim de semana para comprarem as roupas…conhecendo Dumbledore, acho que ele não negaria - Slughorn falava mais para si mesmo do que para os alunos.

Lílian queria cavar um buraco no chão. Ela não tinha muita especialidade com garotos...com quem ela iria?

– Certo, depois falo com Dumbledore, mas agora preciso saber quem está disposto a me ajudar na preparação do baile! Precisamos de ajudantes! - o professor parecia mais animado do que nunca.

Ninguém se manifestou. O professor olhava para os lados, esperançoso. Lílian levantara a mão, estava com tanta pena do professor que mais gostava que se dispôs a ajudá-lo na preparação do baile. Anabel e Abnara também levantaram a mão.

– Certo...amanhã falarei com as turmas e com Dumbledore… - disse Slughorn.

Mais tarde, Lílian contara à Belle e Abbey sobre o baile e as duas não se cabiam de tanta excitação. Parecia que só quem não estava excitada para o baile, era Lílian.

–---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

– Sendo assim, falei com Dumbledore hoje e ele permitiu aos alunos do primeiro e do segundo ano irem no próximo fim de semana para casa, para poderem comprar as roupas de Halloween - disse Slughorn, terminando a aula de poções.

– Isto não é coisa de trouxa? Festa de Halloween? Fantasia? - perguntou Sirius de cara amarrada.

– É perfeito! Vou poder convidar a Evans! - exclamou Tiago com um sorriso.

– Estou perdido! - disse Pedro, olhando para o vazio.

– É, eu também… - disse Remus enfiando seus livros na mochila e se direcionando para a porta com os amigos.

– Perdidos? - perguntou Sirius, confuso.

– Você acha que alguém vai querer ir à festa comigo? - perguntou Pedro, olhando para o chão.

– Ou comigo? - disse Remus.

– Ah, qual é! Vocês vão arranjar pares, podem ter certeza… - disse Tiago, tentando animá-los.

– É, e você vai com a Líly ao baile, com certeza! - disse Remus, sarcástico.

Os meninos sentaram-se à mesa da Grifinória para a hora do almoço, ainda conversando sobre a festa de Halloween.

– Como assim? - perguntou Tiago com um sorriso frouxo. - Já disse que vou com ela!

– Só ela que não sabe disso, não é? - perguntou Sirius risonho.

Tiago revirou os olhos e encarou a entrada do salão, Lílian estava vindo em direção à mesa da Grifinória com Abbey e Belle. Como ele faria para convidar Lílian? Será que o ranhoso iria convidá-la? Não, pensou Tiago, ele não tem coragem…

– Pelo menos eu a salvei na aula de voo… - disse Tiago, pensativo.

– Sim, mas ela age do mesmo jeito que antes… simplesmente te ignora! - disse Sirius. - Nós arrumamos muita confusão com o ranhoso, acho que é por isso que ela deve te odiar.

– Ela não me odeia, está bem? - disse Tiago com raiva.

Lílian sentara-se perto deles e lançava olhares nervosos por todo o salão. Pedro encarava Emily Gills, uma garota do segundo ano da Corvinal, esperançoso. A única coisa que Sirius e Remus encaravam era o prato, cheio de comida.

– Com licença… - os meninos se viraram e deram de cara com duas garotas do segundo ano - Sou Stacy Laurentis e esta é minha amiga Riane Mills…

– Oi… - disse Sirius rapidamente e voltando a comer.

– Tiago Potter - disse Tiago.

– Nós queríamos saber se vocês já têm… par para o baile - disse Stacy, parecendo envergonhada. ela tinha cabelos cacheados escuros e era morena.

– Sim… - respondeu Tiago, recebendo olhares incrédulos de Sirius, Remus e Pedro.

– Eu não tenho! - exclamou Pedro rapidamente.

– Eu também não! - disse Remus.

As garotas fizeram uma careta e viraram-se para Sirius, que ainda comia sem olhar para as meninas.

– E quanto a você, Sirius? - perguntou Riane, ela tinha cabelos castanhos e lisos e um nariz achatado.

– Acredito que não seja possível… - disse Sirius formalmente, dando uma piscadela rápida para Tiago. - Já tenho um par, também.

– Humm… certo, então tchau! - disse Stacy rapidamente, puxando Riane consigo.

Os meninos se encararam e de repente, começaram a rir. Remus e Pedro não pareciam tão animados, mas pareciam ter achado graça da situação.

– Então quem é o seu par Sirius? - perguntou Tiago, quando eles voltaram a comer.

– Eu que te pergunto! - exclamou Sirius.

– Mas vocês já sabem! - disse Tiago sério. - Vou convidar a Evans hoje mesmo!

Os meninos pareceram surpresos mas não disseram nada.

– Ela - disse Sirius apontando para a entrada do salão. Sing Jell entrava junto com Jane Gray e outras garotas. - Vou convidá-la.

– Sing Jell? - perguntou Remus com as sobrancelhas erguidas.

Sirius confirmou com a cabeça e deu um sorriso maroto.

– Ei, Remus, acho que você já tem um par para o baile, não é? Somos seus amigos você pode contar! - disse Tiago, de repente.

– Do que você está falando, Tiago? - perguntou Remus, parecendo confuso.

– Nessas últimas noites você tem estado fora, não é? - perguntou Tiago, erguendo as sobrancelhas - Você sai escondido, mas nós percebemos que você só aparece de novo na manhã seguinte!
Remus derrubou o suco de abóbora por toda a mesa e ficou ligeiramente vermelho e nervoso.

– Hãm… é que… - dizia Remus tentando limpar o líquido na mesa.

– Tudo bem, cara! - disse Sirius conjurando um feitiço para limpar a mesa - Por que você está tão nervoso?

Remus não respondeu e continuou comendo como se nada tivesse acontecido, apesar de franzir a testa como se estivesse preocupado.

Depois do almoço, os garotos teriam aula de Defesa Contra as Artes das Trevas com o professor Augustus, com quem Tiago se dera muito bem e fizera o professor elogiá-lo de seu talento logo na primeira aula. Tiago e Sirius se davam muito bem nas aulas, apesar de Tiago ter uma pequena dificuldade em Poções e Sirius em Herbologia.

Remus e Pedro tinham problemas com muitas matérias, apesar de Remus ter um talento nato em Feitiços. Pedro era bastante desastrado, mas não parecia ligar muito pra o fato, pois na maioria das aulas, o menino ria junto com os amigos da bagunça que ele provocava.

Para Tiago, as melhores aulas eram as de voo, apesar dele não fazer mais dupla com Lílian, era ótimo voar e se sentir livre. Ele estava excitado para poder fazer logo parte do time da Grifinória.

– Quando você vai convidar a Evans? - perguntou Sirius na hora vaga entre o almoço e a próxima aula. Eles estavam mais uma vez de frente para o lago em baixo de algumas árvores.

– Ainda não sei… - murmurou Tiago.

Ele estava tranquilo e despreocupado. Lílian iria aceitar, Tiago tinha certeza. Apesar de que uma pequena parte dele falava o contrário, esta pequena parte sabia que ela sentia raiva de tudo que ele havia feito à ela. Mas, Tiago ignorava esta parte pois, ele a havia salvado no quadribol!

Tiago deu um sorriso maroto para o nada.

–---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

– Nossa isso é tão cansativo! - exclamou Sing Jell ajeitando os cabelos, depois de ter dado o fora no quinto garoto do dia que a veio pedir para ir ao baile com ele.

– Concordo… - disse Jane, seus olhos azuis faiscando em direção ao grupo de quatro garotos sentados em baixo de algumas árvores, encarando o grande lago.

Sing Jell, Jennifer Lawcrew, Jane Gray e Heloisa Rowl estavam sentadas perto de Tiago, Sirius, Pedro e Remus.

– Já disse que não quero ir ao baile com perdedores! - disse Jennifer revirando os olhos verdes escuros e ajeitando os cabelos escuros do mesmo jeito que a amiga fizera - Mas eles continuam pedindo…

– Hmmm… é... - disse Heloisa constrangida. A garota ainda não havia recebido nenhum convite.

– Eu acho ridícula essa ideia de que alunos do primeiro ano não podem ir para Hogsmeade! - disse Jane - Marta Jons disse que lá tem uma loja que vendem fantasias perfeitas!

– É, agora eu tenho que voltar para casa aturar a pirralha da minha irmã me perguntando como é estudar em Hogwarts… - disse Jennifer. A família de Jennifer era puro sangue e também muito rica. Seu pai era assistente do ministro da magia.

– Pior vai ser ter que aturar minha mãe falando na minha cabeça o fim de semana inteiro! - disse Sing encostando-se numa árvore. - Para quem você está olhando Jane?

– Hã? - Jane estivera encarando Tiago Potter distraidamente. - Ninguém...

– Você está afim do Potter, Jane? - perguntou Sing com as sobrancelhas erguidas.

– É claro que não! - exclamou Jane rapidamente, vermelha.

– Você estava olhando para ele! - disse Heloisa, risonha.

– É verdade! - concordou Jennifer.

– Não estava! - disse Jane. - Todo mundo gosta dele, não é mesmo?

– Na verdade, as pessoas gostam mais de Sirius Black - comentou Sing - Eu aceitaria na hora ir ao baile com ele!

– Eu também! - exclamou Heloisa vermelha encarando Sing.

Sing deu de ombros e deu um risinho para Heloisa.

– Só acho que tem mais chances dele me convidar do que te convidar! - disse Sing maldosamente, fazendo Heloisa abaixar o rosto de vergonha.

Jane estava aliviada por as meninas terem mudado de assunto. Ela já estava a algum tempo se sentindo atraída por Tiago Potter e sentia ciúmes de Lílian Evans ter ele nas mãos. Jane achava muito injusto uma sangue ruim como Lílian ter um bruxo de verdade gostando dela. Porém, ela não teria Tiago em suas mãos por muito mais tempo. Jane tinha certeza disso. Ela sim era uma bruxa de verdade, pensou ela.

– Por que nós tínhamos que ser logo do primeiro ano? - perguntou Jennifer, irritada - Somos os mais novos! Os garotos mais velhos não nos chamam facilmente!

– Na verdade eu soube que a Evans já foi convidada por vários garotos, inclusive mais velhos!

– Mas como? O professor Slughorn só avisou hoje sobre o baile! - disse Jane, incrédula.

– Os garotos estão loucos por ela… - disse Jennifer, revirando os olhos verdes escuros - E falando sério, o que ela tem demais? Olhos verdes? Cabelos Ruivos? Por favor! Ela é uma sangue ruim! Pior é que o Potter gosta dela… eu até gostaria de ir ao baile com ele!

– Shh! Olha só quem está vindo aí! - exclamou Heloisa apontando para Tiago, Sirius, Remus e Pedro que vinham em direção às garotas.

– Oh meu Deus! - exclamaram Jane e Jennifer ao mesmo tempo, encarando Tiago.

– Será que o Sirius vai me convidar? - perguntou Heloisa, ansiosa.

Sing revirou os olhos para ela. Tiago e Remus estavam rindo e olhando para Sirius que olhava o jardim, parecendo despreocupado. Pedro estava mais atrás parecendo concentrado em alguma coisa. Os meninos pararam em frente à elas.

– Oi… - disse Sirius calmamente encarando as garotas - Sou Sirius Black.

– Eu já te conheço! - disse Heloisa rapidamente.

– Ah… é… Heloisa, não é? - perguntou Sirius arqueando as sobrancelhas.

– É, e vocês também me conhecem! - disse Jane dando um sorriso.

Jennifer bufou e Tiago encarou Jane parecendo meio desgostoso.

– Era vocês que estavam falando mal da Evans! - disse Tiago simplesmente, cruzando os braços.

Jane se sentiu ficar vermelha e fez um biquinho.

– Ah meu Deus! Você fez isso Jan? - perguntou Jennifer inocentemente - Falou mal de uma pessoa que você mal conhece?

– Cala a boca! Você estava agora mesmo com raiva porque vários garotos acham ela bonita e chamaram ela para ir ao baile! Você disse que é ridículo uma sangue ruim receber tanta atenção! - disse Jane com raiva.

Jennifer parecia ter levado um tapa na cara. Estava vermelha e olhava para Jane com ódio.

– Nenhuma de vocês prestam, mesmo. - disse Tiago revirando os olhos e virando-se para Sirius - Anda logo Sirius...

– Certo. - respondeu Sirius olhando agora para Sing - Tudo bem, Sing? Eu queria saber se você quer ir ao baile comigo.

Sirius parecia realmente muito calmo. Sing deu um grande sorriso e olhou rapidamente para Heloisa que estava cabisbaixa.

– Tudo bem! - disse Sing encarando Sirius com um sorrisinho de lado e ajeitando um pouco os cabelos loiros.

Sirius deu um sorriso maroto e os garotos começaram a ir embora.

– Espera! - gritou Jennifer, parecendo incrédula. Os garotos viraram para trás assustados. - Tiago… você não tem nada para dizer? - perguntou ela com os olhos arregalados.

Tiago pareceu confuso e fez uma careta.

– Na verdade não… - disse ele - Eu não tenho nada para dizer à vocês… - terminou ele com desprezo olhando para Jennifer e para Jane.

Os meninos então viraram-se e subiram o grande jardim, sem olhar para trás.

–---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

– Você é bem disputada, hein? - perguntou Alice dando uma piscadela pra Lílian.

Lílian deu um sorrisinho amarelo. A verdade é que ela estava muito assustada. Ela só tinha onze anos e não conhecia muita gente em Hogwarts. Mas parecia que muita gente a conhecia.

– Na verdade eu… - começou Lílian - Eu não conheço metade dos meninos que me chamaram para ir ao baile.

Elas estavam no salão comunal depois de um dia cheio. Lily se sentia triste e desconcertada. Ela não gostara nada de falar às pessoas que não poderia ir ao baile, no caso, com elas. A garota também não entendera como tantos meninos poderiam chamar uma garota do primeiro ano. Comparada aos outros anos Líly era quase uma criança, apesar de ter uma maturidade muito grande.

– Você já aceitou algum? - perguntou Alice olhando para Frank, do outro lado da sala em volta de alguns amigos.

Lílian balançou a cabeça e também olhou para o lado. Tiago Potter e Sirius Black conversavam com alguns meninos que jogavam para o time de quadribol da Grifinória. Remus Lupin estava um pouco mais longe, lendo um livro e lançava olhares nervosos para seu relógio de pulso à toda hora. Lílian gostaria de saber o que estava acontecendo, pois Remus, durante esses dias havia ficado bem diferente, apesar de Lílian não andar mais com ele, ela se preocupava com o garoto. Pedro Pettigrew estava sentado numa mesa encarando um dever (que o professor de Feitiços pedira), ainda em branco.

Abbey e Belle também faziam os trabalhos, mas davam espiadas à toda hora para os meninos e cochichavam. Nenhuma das duas havia par ainda, Abbey queria ir com Tiago e Belle não tinha nenhuma “preferência”, mas falava coisas do tipo “Ele é alto, mas também tem pés muito grandes!”, toda vez que via um menino.

– Você já? - perguntou Lílian a Alice.

– Não… alguns meninos já me convidaram, mas eu não quero ir com eles… - disse Alice tristemente ainda encarando Frank, desapontada.

– O Frank já tem par? - perguntou Lílian.

– Não… ele disse que está avaliando as possibilidades… - disse Alice sarcasticamente, revirando os olhos.

– Você devia aceitar ir com um dos outros garotos… tentar fazer ciúmes nele! - disse Lílian risonha.

Alice deu uma gargalhada.

– O Frank não gosta de mim, Lily! - sibilou Alice ainda rindo - Ele não teria ciúmes!

– Quem disse? - perguntou Lílian - Ele pode gostar, só não quer admitir…

Alice, depois disso, percebeu Lílian, ficou mais animada.

– Eu ouvi dizer que você vai ajudar o professor Slughorn na organização do baile. - comentou Alice. - Eu não aguentaria ficar muito tempo com o professor Slughorn… ele só fala das pessoas famosas que ele conhece

– Ah, eu gosto bastante dele! - protestou Lílian. - Ele é tão engraçado!

As meninas continuaram conversando sobre os professores, até que numa hora alguns meninos começaram a rir de Tiago Potter, que vinha decidido na direção das garotas.

– O que o Potter quer dessa vez? - perguntou Lílian, nervosa.

– Eu tenho um palpite… - sussurrou Alice.

– Ei Evans! - chamou Tiago, parando em frente à ela e Lílian foi obrigada a encará-lo - Tudo bem?

Lílian ergueu as sobrancelhas.

– Sim… - disse ela, desconfiada.

– Hãm… que bom! Escuta, você hum… - começou Tiago, parecendo pela primeira vez, desconfortável - Você está afim de ir ao baile comigo?

Lílian foi pega de surpresa. Ela já estava desconfiada de que Tiago iria convidá-la, mas esquecera-se completamente disso até ele vim falar com ela. Lílian deve ter feito uma careta bem grande, pela grande surpresa e por também, não querer nem um pouco ir ao baile com Tiago.

– Desculpe, mas não obrigada… - disse Lílian com dureza. As discussões entre Tiago e Severo haviam aumentado brutalmente e em um dia, Tiago tinha o dom de implicar tanto com Severo, que Lílian chegara ao ponto de ter muita raiva do garoto.

Se Lílian ficara surpresa com o convite do garoto, não era nada comparada à surpresa de Tiago ao receber a resposta da garota. Ele ficou uns dez segundos encarando Lílian como se ele tivesse ouvido errado ou ela tivesse algum problema. Toda a sala comunal olhava de Tiago que era idolatrado por todos e para Lílian que todos sabiam que despertava interesse em Tiago.

– O quê? - perguntou Tiago, soltando uma risada nervosa e abafada.

– Você ouviu, Potter. - disse Lílian, calmamente.

– Mas eu te salvei… na aula de voo! - protestou Tiago.

– E eu lhe agradeço por isso. Mas nada vai mudar o fato de que você é um convencido e implica todo o tempo com Severo, mesmo ele não tendo feito nada à você.

– Mas Evans, é ele que é um convencido! Ele que se acha o melhor e você sabe o que ele fez à você quando estávamos no trem! - falou Tiago.

– Sim, mas eu já o perdoei! - disse Lílian, um pouco mais alto - Ele se arrependeu! Ele teve remorso pelo que fez!

– Ah qual é! - disse Tiago - Eu não te fiz nada Evans! Eu nunca faria nada que a fizesse mal, nunca!

– Engraçado você falar isso, porque você faz o tempo todo! Você pode até não me prejudicar, mas prejudica todo o tempo o Severo! E isso também é me fazer mal! Ele é meu melhor amigo! - Lílian gritou.

– Mas como ele pode ser seu melhor amigo? - perguntou Tiago, indignado.

Lílian suspirou com raiva. Ela já estava cansada do Potter e olha que só fazia um mês que ela estava em Hogwarts.

– É exatamente isso que te diferencia tanto dele… - disse Lílian - Você é tão indignado por ele ser meu amigo que nem olha para si mesmo… como eu poderia ser sua amiga? Está mais interessado em falar mal dele, do que em enxergar a si mesmo! Eu nunca iria ao baile com você, Potter! - terminou Lílian se levantando do sofá onde ainda se encontrava Alice de boca aberta e um Tiago, em frente à lareira, desapontado.

Abbey, Lílian reparou, olhava para Lílian magoada e virou o rosto quando Lílian a encarou e Belle lançou um sorriso solidário à amiga quando esta passou.

Lílian subira as escadas com raiva. Como existia alguém como o Potter? Tão irritante! A menina, ao chegar ao quarto, decidira-se que escreveria uma carta à mãe e pegaria emprestada uma coruja da escola. Se tinha uma coisa que Lílian precisava naquele momento era de alguns conselhos.



Notas finais do capítulo

Espero que vocês tenham gostado pessoal! Vou tentar ao máximo postar logo o próximo capítulo! Deixem os reviews perfeitos que vocês sempre deixam para eu saber o que vocês acharam!!! Muitos beijinhos!!!