Jily - How I met you escrita por ChrisGranger


Capítulo 10
Um simples sorriso resolve muitas coisas


Notas iniciais do capítulo

Olá pessoal!!! Não se preocupem que agora eu estou meio enrolada mas logo irei começar a postar duas vezes por semana! Aproveitem a leitura!!



Querida mamãe,

Faz um tempo que não a escrevo! Aqui em Hogwarts tudo corre bem. O castelo é imenso e maravilhoso! Todas as aulas são muito boas, mas a minha aula favorita é a de Poções! O professor Slughorn é muito engraçado e muito bondoso. Ele me chamou para o “Clube do Slug” onde ele se reúne, de acordo com ele com os melhores alunos! Acho que ele gostou de mim! Nesse ano há uma integração entre as casas de Hogwarts, temos que fazer vários trabalhos em grupo e toda aula você faz dupla com alguém de outra casa.

Lembra o que eu te contei na última carta, sobre aquele menino que causou a maior confusão comigo? Então, é o Lucius Malfoy e é com ele que eu tenho que fazer dupla todos os dias que trabalhamos com a Sonserina (uma das casas de Hogwarts). Ele tem me ignorado todas as aulas… pelo menos não brigamos mais.

Severo está me ajudando bastante, tanto nas aulas quanto em me apresentar a tudo de novo que eu não conheço. Você ficaria encantada com a biblioteca de Hogwarts, mamãe! É tão grande e tem tantos livros! Apesar de todos só falarem de magia.

Estou melhorando nas aulas de voo. Pelo menos, não cai mais nem uma vez!

Mãe, o professor Slughorn resolveu fazer um baile para o Halloween. E tenho uma novidade para te contar! Eu irei para casa no próximo fim de semana! Como tem essa festa de Halloween chegando, os alunos do primeiro e do segundo ano vão ter que comprar suas fantasias e nós não podemos ir à Hogsmeade, um povoado próximo de Hogwarts (que só podemos começar a ir no terceiro ano) para comprar as fantasias. Então, temos que ir para casa para comprar.

Voltando ao baile, estou muito confusa mamãe. As meninas e os meninos têm que ir juntos e eu ainda não tenho par. Mas muitos meninos já me convidaram… o problema é que eu não conhecia quase nenhum deles! Eu fico tão triste em não aceitar o convite de alguém… mas eu simplesmente não vou com alguém que eu não faço ideia de quem seja!

Tiago Potter me convidou. Ele, como eu disse na minha última carta, está me enchendo! Ele cismou comigo! Eu acho ele uma pessoa boa, mas é muito arrogante e convencido! Quando eu o conheci ele parecia ser tão legal… mas agora implica tanto com Severo que eu já estou ficando com muita raiva!

Então, eu não aceitei o convite. E ele pirou! Achou um absurdo eu não querer ir com ele e discutiu comigo! Argh! Ele é tão convencido!

Quem sabe alguém legal e que eu conheça, me convide? Tomara que sim, mamãe! Tenho ainda que ajudar o professor Slughorn a arrumar o salão para o baile! Nossa que loucura! Bom, tenho que fazer o dever de Feitiços que o professor passou.

Muitas saudades de todos vocês!

Beijinhos

Lílian.

– Você está bem? - perguntou Chad, erguendo as sobrancelhas para Lílian.

– Estou. - respondeu ela, pousando os livros sobre a mesa com força.

De manhã ela havia despachado uma coruja de Hogwarts para a mãe e no café da manhã, percebeu que não seria tão fácil Tiago Potter aceitar um não como resposta. Eles haviam discutido mais uma vez e Lílian havia derramado todo o suco de laranja na mesa, tamanha a raiva que estava do Potter. Ela sentou-se na cadeira ao lado de Chad e encarava num silêncio furioso, o livro de Defesa Contra as Artes das Trevas, esperando o professor chegar.

– Tudo bem… - disse Chad, desconfiado - O que aconteceu?

– Nada! - disse Lílian rapidamente - É só o Potter…

– O que ele fez agora? - perguntou Chad, parecendo levemente irritado.

– Ele me convidou para o baile ontem. - disse ela.

– E você aceitou? - perguntou Chad, espantado.

Lílian olhou para ele indignada.

– É claro que não! - respondeu ela.

– Ahh… e você já tem par? - perguntou Chad, abrindo o livro de DCAT disfarçadamente.

– Não… - disse ela, virando-se para trás e observando Tiago tentando acertar uma bolinha de papel em Sirius Black.

– Bom, eu também não tenho. - disse Chad, nervoso - O que você acha de…

– Bom dia! - disse o professor Augustus, entrando na sala de repente. O local ficara em total silêncio. - Onde paramos, mesmo?

– Em aranhas - respondeu Tiago, prontamente.

– Muito bom… - disse o professor. Ele tinha cabelos escuros e olhos azuis.

O professor, após observar um pouco a turma, virou-se para Lílian.

– Srta. Evans poderia me dar um exemplo de uma aranha venenosa? - perguntou o professor encarando-a.

– Amm… as tarântulas? - disse Lílian hesitante, lembrando-se de suas aulas de ciências, quando ainda estudava num colégio trouxa. Ela não era muito boa em DCAT e o professor estava sempre perguntando para ela diversas coisas procurando sua melhora na matéria.

O professor deu uma risada de desdém.

– Sim… essas são um grande perigo… - disse ele, fazendo Lílian suspirar aliviada - para os trouxas.

Alguns alunos riram e Lílian se sentiu ficar vermelha.

– Professor, por favor! - pediu Tiago, erguendo a mão. - As acromântulas são bastante comuns atualmente e são, ao mesmo tempo, perigosas. Seu veneno pode matar rapidamente e suas presas são extremamente afiadas.

– Parabéns, Tiago! - disse o professor sorrindo.

O resto da aula foi normal, apesar de Lílian ainda se sentir bastante envergonhada.

– E não se esqueçam do pergaminho que eu pedi sobre os diferentes tipos de venenos das aranhas - disse o professor despachando os alunos. - Srta. Evans pode vir até aqui por favor?

Lílian se dirigiu até a mesa do professor receosa, enquanto os alunos saíam. Abbey e Belle fizeram sinal de que esperariam no corredor e Líly assentiu agradecida.

– Sim, professor Augustus? - disse ela, parando em frente ao professor.

– Oh sim… eu gostaria de saber o porquê de a Srta. tem tanta dificuldade na minha aula. Eu converso com outros professores e todos me dizem que você é uma excelente aluna, Lílian!

A garota continuou encarando-o sem reação. Ela não tinha ideia do que falar.

– Tente se esforçar mais, quem sabe pedir ajuda a algum outro estudante. - disse o professor pressionando-a - que eu sei que você irá melhorar.

– Certo. - disse Lílian hesitante - Posso ir agora, professor?

– Ah claro… até mais Lílian. - disse o professor voltando a encarar sua mesa cheia de livros.

– O quê ele queria? - perguntaram Abbey e Belle, assim que Lílian saíra da sala.

– Disse que era para eu me esforçar mais nas aulas de DCAT… - disse Lílian, displicente.

Agora havia Herbologia com a Corvinal, o que fazia Belle vibrar de ansiedade. A garota havia adquirido uma quedinha por Robert Dailly e agora só pensava em ir ao baile com este.

– Estou tão animada para comprar o vestido para o Halloween! - disse Abbey, saltitando.

– É, faltam só quatro dias e já voltaremos para casa! - disse Belle.

As meninas pareciam muito animadas, mas Lílian estava desanimada para o Halloween. Provavelmente ela ficaria no salão comunal lendo um bom livro, enquanto todos se divertiam no baile.

No meio do caminho para as estufas, a garota deu de cara com Remus que parecia muito mal. Ele já estava assim há alguns dias e Lílian não parava de se perguntar o que estava acontecendo com o garoto. Nenhum de seus amigos estava com ele. Lílian disse para Belle e Abbey esperarem-a nas estufas, enquanto ela ia em direção a Remus.

– Olá Remus! - disse Lílian, tentando esquecer o que ele havia feito com ela no início do período letivo - E quanto ao nosso trato, hein? Sempre sorrir?

Remus a encarou espantado, mas deu um risinho.

– É impossível sorrir agora Líly… você nem imaginaria! - disse Remus encostando-se na porta do Saguão Principal, parecendo cansado.

– Eu imagino sim… todos passamos por dificuldades em nossas vidas Remus. Mas temos que aprender a enfrentá-las e sempre sorrir! - disse Lílian, seus olhos doces encarando Remus.

– É você tem razão… - disse Remus sorrindo. - Então, quantos garotos já te convidaram para ir ao baile?

– Nem me lembre disso, Remus! Esse baile vai ser uma desgraça! Acho que irei ficar na sala comunal lendo um livro ou algo assim…

– É… eu também não tenho par. O quê acha de irmos juntos Líly? Como amigos? Assim o baile não vai ser tão ruim… - disse Remus rapidamente, vermelho.

Lílian deu um sorriso e assentiu.

– Claro! Como amigos… - disse ela ainda sentindo um aperto no coração, ao lembrar da briga dos dois no começo do ano.

– Hãm… e me desculpe Líly… pelo que eu fiz - pediu ele, parecendo muito nervoso.

– Claro. Está tudo bem! - disse ela sorrindo, indo em direção às estufas.

Remus também sorriu. Líly era uma ótima amiga.

–---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

– É tão estranho a Evans não querer ir comigo ao baile! - disse Tiago tentando dar comida a uma dioléia bastante agressiva. - Quando é que ela vai aceitar?

Remus se sentira ficar vermelho mas não disse nada. Ele não queria que Tiago soubesse que ele e Lílian iriam ao baile juntos. Tiago nunca iria entender que eles eram só amigos. Ele ficaria chateado e com raiva. Como ele contaria ao amigo?

– O que é estranho Tiago? - perguntou Sirius com um sorriso maroto - Nós irritamos muito o ranhoso...não adianta… ela é a melhor amiga dele!

– Só que o ranhoso é insuportável! - exclamou Tiago ajudando Robert Dailly (sua dupla da Corvinal) a pegar mais comida para a dioléia.

Os meninos deram risadas.

– Será que a Emily Gills iria aceitar ir ao baile comigo? - perguntou Pedro, ansioso.

– Claro! Vai em frente Pedro! - disse Tiago, tentando incentivar o amigo.

Pedro sorriu parecendo feliz.

Na hora do almoço, Pedro disse que convidaria Emily. Os meninos deram força ao amigo, enquanto este, ia em direção à mesa da Corvinal. Mas parecera que a resposta não fora nada boa. Pedro saíra de lá com os ombros curvados e a cabeça baixa.

– Coitado do Pedro… - disse Sirius, parecendo estar com pena do amigo.

– É… - disse Remus, comendo e encarando o amigo vindo em direção à mesa da Grifinória.

– Calma Remus… você e ele vão achar um par! Eu tenho certeza! - exclamou Tiago, confiante dando um sorriso ao amigo. - E eu espero que a Evans aceite logo ir comigo…

Remus abaixou a cabeça ainda mais, se sentindo cada vez mais culpado. Ele sabia o quanto Tiago gostava de Lílian… será que era uma boa ideia ir com ela ao baile?

– Oi Remus! - disse Lílian, sentando-se em frente ao garoto junto com Abbey e Belle. Remus sentiu o olhar intrigado de Tiago e ficou vermelho.

– Ah… oi Líly. - disse ele timidamente.

– Então, Evans! - disse Tiago encarando a menina. - Já decidiu se você irá ao baile comigo?

Lílian revirou os olhos e Abbey olhara mais uma vez chateada para o próprio prato.

– Potter eu já disse que não vou com você! - exclamou ela.

Remus se encolheu, com medo de que a garota dissesse que já tinha par...que no caso era ele.

– Ahh qual é lírio! - disse insistiu ele.

Sirius, Belle e Pedro (que já havia chegado, arrasado) começaram a rir. Remus e Abbey ainda encaravam silenciosamente o prato.

– Lírio?– perguntou Lílian indignada.

Tiago ignorara isso.

– Você não tem par ainda! Por que não aceita ir comigo? - perguntou Tiago exasperado.

– Quem disse que eu não tenho par? - perguntou Lílian, erguendo as sobrancelhas.

– Eu só queria… espera aí… o quê? – perguntou Tiago, parecendo um pouco nervoso.

– Eu já tenho um par, Potter! - disse ela, o que fez com que até Abbey e Belle a olhassem intrigadas.

Remus, abaixou ainda mais a cabeça, se que isso era possível.

– Com… com quem você vai? - perguntou Tiago, parecendo um pouco chateado e desconcertado.

– Não te interessa! - disse Lílian, lançando uma rápida olhada para Remus.

Tiago ficara em silêncio por um tempo e terminara de comer. Sirius lançava olhares para ele toda hora, franzindo a testa.

– Ei, Hastins! - disse Tiago de repente - Você quer ia ao baile comigo?

Abbey se engasgou com o suco de abóbora que estava bebendo. Todos, inclusive Lílian, olharam intrigados para Tiago, que encarava Abbey com as sobrancelhas erguidas.

– Amm… claro! - respondeu Abbey, um pouco rouca.

Tiago deu um sorrisinho e chamou Sirius para irem ao campo de quadribol, para treinarem um pouco.

Depois de um tempo Pedro e Remus também saíram da mesa, Pedro ainda bastante arrasado e sendo acompanhado pelos olhos de Belle, que o encarava pensativamente.

– Eu não acredito… - começou Abbey, depois dos meninos terem saído da mesa. - Ele me convidou! Ele… me convidou…

A garota estava com os olhos puros de alegria e excitação. Já Lílian, ainda estava bastante confusa. Tiago convidara Abbey. Será que ele havia desistido de Lílian? Ela suspirou aliviada.

– E você, hein Líly? - perguntou Belle, de repente. - Com quem você vai afinal?

Lílian deu um sorriso feliz.

– Com Remus! - disse ela.

– Sério? Então era por isso que ele parecia tão envergonhado! - exclamou Abbey.

– Ele não contou para o Potter… - disse Lílian, pensativa.

– Deve estar com medo da reação dele ao descobrir que Remus vai ao baile com você, Líly. - disse Belle.

– Como é que é? - perguntou Jane, surgindo de repente, ao lado das meninas - Você já tem par Líly? Quem é? O Tiago?

A relação entre as meninas, Jane e Heloisa não era muito boa. Jane e Heloisa sempre gostavam de se gabar e Lílian, Abbey e Belle ignoravam isso normalmente, apesar de na maioria das vezes, responderem às garotas secamente.

– Não!– exclamou Lílian - E você vai ver… no baile.

– O Tiago vai comigo, Jane! - disse Abbey, olhando para a colega triunfante - Ele acabou de me convidar!

– O quê? – perguntou Jane, mais alto, parecendo espantada - Mas como?

– Temos que ir, não é? - perguntou Belle, dando um sorrisinho de lado.

– Oh sim! Vamos! Tchauzinho Jane! - disse Abbey, sorrindo também.

E assim foram em direção à Torre da Grifinória, deixando uma Jane indignada para trás.

–---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

– Ei, que loucura foi aquela? - perguntou Sirius marcando mais um gol enquanto Tiago defendia os três aros do campo de quadribol.

– Do que você está falando? - perguntou Tiago, fingindo estar confuso.

– Não finge que não sabe… - disse Sirius atirando mais uma goles, porém Tiago defendera - Numa hora você está quase implorando pra Evans aceitar ir ao baile com você e na outra você simplesmente convida a Hastins do nada!

Tiago deu de ombros. A verdade é que ele ficara arrasado ao saber que Lílian já tinha um par. Ele não tinha certeza se era verdade, mas só se sentira deixado de lado, como um lixo ao saber que ela aceitara outra pessoa. Assim no impulso convidou Abbey, que Tiago sabia que iria aceitar.

Ahh… não foi nada. Eu só convidei logo outra pessoa. Se a Evans já tem um par eu também tenho que ter um! - exclamou Tiago, lançando a goles para longe, com raiva.



Notas finais do capítulo

Espero que tenham gostado pessoal! Deixem reviews para eu saber a opinião de vocês!! Beijinhos!