Despedida escrita por Marguerite Willows


Capítulo 2
Embarcando para Nova Iorque


Notas iniciais do capítulo

Quero agradecer aos comentários e aqui esta a continuação, realmente estava pensando em matar a Stella mas a pedidos ela vai sobreviver.

Boa leitura.



Stella já tinha resolvido seus casos pedente, assinado todos os relatórios estava tudo em ordem para sua viagem para Nova Iorque seu voo estava marcado para as 23:00 horas assim daria tempo para se despedir do pessoal do laboratório no fim do turno todos iriam se reunir num bar. Stella resolveu não avisar que estava indo para NY queria fazer uma surpresas para seus amigos fazia mais o menos um ano e  que não se via deste o último natal mas se falavam por telefone toda semana estava super animada e ao mesmo tempo triste pois passaria seus últimos dias de vida com eles passaria suas tarde com Lucy de quem mais sentia falta depois de Mac e finalmente conheceria Christine, pelo que Linds falava parecia ser um boa pessoa e o mais importante fazia Mac feliz isso era o mais importava vê-lo bem e também conheceria a Jo pelas conversa com Mac parecia ser uma mulher admirável. E também tinha a nova namorada de Don a Jamie.

Agora vendo que não tinha muito tempo percebeu que talvez sair de NY não tenha sido a melhor solução apesar de amar muito a família que a vida  lhe deu  precisava se afastar de Mac para tentar colocar seus sentimentos em ordem e com essa distancia só pode comprovar que era completamente apaixonada por ele, seu primeiro impulso foi contar para ele mas pensou melhor e achou melhor guardar seus sentimentos só para ela pois poderia acabar com sua amizade de anos com ele pois revelando seu sentimentos as coisas entres eles poderia ficar estranhas e não seria legal preferiu preservar sua amizade e pensar que amanha vai estar frente a frente com todos sentia falta das piadas do Don e do Danny, as historia de Sid companhia de Sheldon as trapalhadas do Adam e a sua amizade com Linds e Mac e da sua princesinha.

Stella resolveu caminhar pelo laboratório para ver se estava tudo em ordem,  estavam todos trabalhando conforme ia caminhando seu coração doía pois poderia ser a última vez que estivesse ali, não queria ficar triste mas era inevitável as pessoas daquele laboratório também se tornaram pessoas importante em sua vida e só tinha a agradecer por conhece-los.

Era oito horas quanto o turno deles acabou cada um foi para sua casa tomar um banho pois as nove horas se encontraria num bar perto do laboratório para se despedirem da Stella de lá iria para o aeroporto por isso Annie  passaria na casa dela para pega-la. Chegando em casa tomou um banho relaxante vestiu uma calça jeans e blusa vermelha três quarto e uma sandália preta salto médio fez uma maquiagem básica pegou sua mala casaco e foi para sala esperar sua carona. Quando foi vinte para nove Annie mandou um mensagem para ela descer que já estava esperando em frente ao prédio no carro. Stella olhou em volta não poderia negar deve bons momentos nesse lugar foi feliz na metida do possível saiu trancando as portas desceu colocou a mala no porta malas e entrou no carro.

AP - Como esta se sentindo.

SB - Muito bem e animada por ver meus amigos.

AP - Stell pensou a respeito da cirurgia.

SB - Agradeço sua preocupação Ann mas minha decisão  já esta tomada e não tem volta.

AP - Tudo bem Stell não quero brigar com você mais saiba qualquer coisa e só ligar que vou correndo.

SB - Sei que posso contar com você e nem sei como agradecer.

AP - E nem precisa e para isso que serve os amigos para nos apoiar.

SB - Vamos se não vamos nos atrasar.

Apesar de não concordar com Stella Annie não queria bater de frente com ela mas quem sabe outra pessoa poderia convence-la a mudar de ideia sabia do amor que Stella sentia por Mac quem sabe ele pedido conseguiria faze-la mudar de ideia. Era nove horas chegaram no quando chegaram avistaram seus amigos sentados numa mesa estavam todos lá Steven, Angela,  Aaron, Jonh, Sandra e Michael.

SK- Pontual como sempre.

SB - Eu tenho que dar o exemplo.

AF - Quanto tempo vai passar em NY.

SB - Vinte dias.

JS - Nossa Stell você nunca passou tanto tempo longe assim.

SB- Também vou sentir a falta de vocês mas preciso resolver uns negócios em NY e aproveito para passar um tempo com meus amigos.

MW - Não esquecendo desses amigos aqui ta bom.

AB- Pelo visto tem alguém aqui com ciumes.

MW - Não e ciumes e apenas uma observação.

SA - O coração da Stell e grande e cabe todos nos.

SB - Verdade não saberia mais viver sem vocês saibam que todos são muito especial para mim e que cada um ocupa um lugar no meu coração que ninguém pode roubar.

AB - Nos também te amamos muito Stell.

SK - Nossa Stell parece ate uma despedida.

SA - E impressão sua ela vai ficar apenas vinte dias fora não e mesmo Stell.

SB - Com certeza Sandra ou pensam que vão se livrar assim de mim.

AP- Não saberíamos viver sem você.

JS - Agora vamos beber.

Eles conversaram animadamente ate as dez e quinze mas a Stell precisa ir para o aeroporto para fazer o Check In. Se despediu de todos com um forte abraços e ela e Annie fizeram o caminho do aeroporto em um profundo silencio chegando lá Annie estacionou ambas entraram no aeroporto Stella fez o check in e sentaram para seu esperar seu voo ser anunciado.

SB - Cuide de tudo.

AP - Pode deixar vou manter a ordem.

SB - Qualquer problema ou duvida e só me ligar.

AP - Não se preocupe Stell tudo vai ficar bem.

SB - Alem do mais você tem que aprender pois com minha partida você vai assumir.

Nessa hora não aguentou e começou a chorar e abraçou a Stella que vendo ela daquele jeito não conseguiu conter as lagrimas também depois de uns minutos Stella quebrou o abraço e começou a secar as lagrimas de Annie.

SB  - Não fique assim.

AP- A vida e muito injusta você não merecia isso.

SB  - Talvez eu já tenha cumprindo minha missão na terra e chegou a hora de descansar.

AP  - Deus não pode te me dá uma irmão para depois tira-la.

SB - Não pense assim pense em tudo que vivemos juntas.

AP - Você não tem noção de como foi sentir sua falta de hoje sou um pessoa melhor foi por tudo que você me ensinou eu era tão amarga por ter uma família desequilibrada ai eu conheci você tinha tudo para odiar o mundo por ter sido órfã e tem uma doçura e uma amor pela pessoas e apesar da nossa profissão ver as barbaridades que vemos ainda tem fé nas pessoas como você consegue.

SB - Eu sou uma otimista.

AP- Você e admirável nunca conheci alguém assim apaixonado pelo que faz e sempre fazendo a diferença, se eu for a metade da mulher que você e Stell já serei muito feliz.

SB - Você e uma ótima pessoa Annie e se continuar   nesse caminho vai ser extraordinária.

AP - Graças a você eu não quero que você morra, quem vai brigar comigo me colocar na direção certa.

SB - Você não precisa mais de mim.

AP - Eu sempre vou precisar quantas coisas passamos juntas quem me ajudou a superar meu aborto estava entrando em depressão mas com seu apoio e carinho consegui superar.

SB - Você se tornou uma mulher forte e vai conseguir aguentar qualquer provação que vier pela frente.

AP - Por favor faça essa cirurgia.

SB  - Nos já conversamos sobre isso.

AP - Mas eu tinha que tentar.

Voou para Nova Iorque embarque no portão 14.

SB - E o meu tenho que ir.

Stella abraçou Annie que retribuiu com abraço bem apertado.

AP- Vou sentir sua falta e não se esqueça que te amo.

SB -Também amo você e sentirei sua falta.

AP  - E para me ligar todo dia.

SB - Pode deixar nos falaremos todo dia mas agora eu tenho que ir senão vou perder o voo.

Eles se separaram e Stella embarcou e Annie foi embora a Stella poderia odiá-la mas tinha acabado de tomar um decisão entraria em contado com Mac e contaria tudo.



Notas finais do capítulo

Me digam o que acharam criticas construtivas são bem vindas e ajuda a melhorar.