A Maldição Do Dragão escrita por Julie


Capítulo 30
Aaminah


Notas iniciais do capítulo

Um pequenino capítulo, só para vcs ficarem mais curiosos.




POV Aurora

O ar está cheio de murmúrios misteriosos. Uma névoa tênue nos cerca, trazendo consigo o aroma doce das águas. Os sons se confundem entre cânticos de alegria e melodias tristes, adentrando a alma de cada um, como se vislumbrassem nossos medos e anseios. Kenna está parada a beira do rio, molhando seus pés nas águas douradas. Esperando.

Isso é loucura.– Élio quebra o silêncio.

Eu também acho.– Terry concorda enfaticamente.

Vocês devem confiar nela.– Eu digo a fim de acalmá-los. - Kenna sabe o que está fazendo.

Eu não tenho dúvidas.– Feo se pronuncia. Ele parece compreender melhor do que os outros. - Tenho plena confiança nela, Kenna sempre sabe o que fazer. É assim desde menina, além disso, mesmo se quiséssemos não poderíamos impedi-la.

Exatamente...– Eu falo, mas sinto algo estranho no ar. - Olhem, algo está acontecendo.– Assim todos nós olhamos para o pequeno barco negro com singelas velas brancas, que se aproxima aos poucos das margens do rio.

É só isso?– Kenna me pergunta confusa.

– É apenas o começo. - Responde uma voz delicada. E olhando para dentro do barco, vemos a pequena figura de uma menina sentada tranquilamente. - O que estão esperando? Entrem.

Todos entramos e fico curiosa, não era ela que eu esperava ver, ao não que ela seja...

Sou eu sim.– Ela diz como se lesse meus pensamentos.

Me perdoe, mas eu não esperava por uma criança.– Respondo com cuidado.

– Eu sou um ser etéreo, não me prendo a detalhes como estes. Minha aparência é um mero reflexo do interior daquele que me invoca.– Ela olha para Kenna.

Eu invoquei você?– Kenna questiona. - E quem seria mesmo você?

– Nesta forma você pode me chamar de Aaminah. E você me invocou quando se ofereceu em sacrifício, sou eu quem decidirá se você é digna ou não de navegar nestas águas.– Aaminah esclarece. E o barco começa a mexer lentamente, descendo com calma o leito do rio.

E o que acontece agora?– Kenna indaga sempre curiosa.

– É simples, vou olhar dentro do seu coração, verei se você é forte ou fraca.- Aaminah diz isso e coloca sua pequena mão sobre o peito de Kenna, no lado esquerdo, no coração. - Não se esqueça de quem você é.– Aaminah sussurra para Kenna, que cai inconsciente nos braços de Terry.

Ela está morta!– Terry exclama.



Notas finais do capítulo

Posto outro logo, não tentem me matar!



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "A Maldição Do Dragão" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.