Seus Olhos. escrita por Pinguim Anã


Capítulo 3
Despertar. - Magos.


Notas iniciais do capítulo

Vocês acharam mesmo que aquele despertar era de verdade o despertar? Pera isso ficou embolado não é? O capítulo ira explicar.
Boa Leitura e Aproveitem.



A única coisa que eu me lembro e de ter dormido em algum tipo de caverna ou vulcão, mas eu estava em um lugar completamente diferente. A onde estava era uma pracinha comum e eu estava logo na entrada, quando dei meu primeiro passo um vento melancólico passou as gramas brincavam umas com as outras e a árvore ao meu lado deixava suas folhas caírem em cima de mim como se fosse um ''Bem-Vindo''. Sorri e comecei a caminhar pela pracinha e logo vi o balança e lá estava um criança nos seus 11 anos de idade se balançando devagar com seus pés sujos de terra, usava um vestido branco com detalhes rosa claro e tinha babados no final dele. Seus cabelos loiros quase brancos balançavam em um ritmo animado mas ao mesmo tempo triste, a criança estava de cabeça baixa olhando com interesse seus pés, me aproximei e me sentei no outro balanço ao seu lado.

- Oi.. Você sabe onde estamos? - perguntei para criança ao meu lado que logo levanta o rosto com um sorriso de orelha a orelha seus olhos eram azuis claros.

- Você chegou Naruto. - sua voz me fez tremer, acho que tudo ali tremeu, não era uma voz de criança, parecia mas uma voz de quem já viu de tudo e ouviu tudo. - Sou a Deusa da Criação.. Não lembra mais de mim? - perguntou ela fazendo um bico.

- Mas você estava..

- Grande? Era só para me apresentar de um jeito formal, mas essa forma.. Eu gosto dela, representa a uma criança e todas crianças são puras até mesmo as malvadas.

- Ent-então porque estou aqui?

- Você está dormindo Naruto e te chamei aqui para conversamos um pouco.

- Sobre o que?

- Digamos de assuntos sérios. - quando ela falou isso o local onde estávamos mudou de cenário e fomos parar em um porto de frente para o mar. - Quero sua ajuda.

- Ajuda? Eu acho que n..

- Por causa do seu sofrimento você se tornou sábio, claro ninguém precisa sofrer para tal coisa mas.. Naruto seu coração é mais puro que um criança, sem maldades e sem ódio. E eu quero sua ajuda para que aquilo que aconteceu não aconteça nunca mais.

- Eu não estou entendendo..

- Você se torna sábio mas continua lerdo.. - suspira a Deusa da Criação em descrença.

- Hey!

- Vai acontecer de novo Naruto o ódio está voltando, a cobiça, inveja, poder.. Tudo está voltando, isso virou um ciclo vicioso para o homem, e isso me deixa triste.. Mas você pode ajudar a combater isso. Não acabar com esse ciclo mas que coisas como a guerra ninja nunca aconteça!

- Eu não sou sábio.. Sou apenas a nova Raposa do Sol. Mesmo que eu possa ajudar não vai mudar nada.

- Claro que vai! Pelo que me lembre você era bem otimista.. Até demais, mas se eu disse algo você me ajudaria?

- Algo como?

- Quando você acorda eu dei uma chance para Hinata.. Ela vai reviver, eu fiquei com pena de você e ela.. Bem ela estava tão tranquila mas ao mesmo tempo triste.. E quando eu contei que deixaria ela reviver ela chorou tanto..

- O-o q..

- Quando você acorda Hinata nascerá um ano depois que você, claro você não saberá aonde ela vai nascer, a aparência dela vai mudar, mas suas atitudes serão as mesmas, e ela não lembrará de você.

Abaixei minha cabeça em desanimo o amor da minha vida poderá renascer mas qual o sentido de eu não poder ama-la como fizera todos esses anos? Ela nem vai me conhecer..

- Não fique assim eu posso ajudar você só mais um pouco mas você terá que me ajudar nisso e ai?

- Sim eu ajudo.. Mas o quê exatamente tenho que fazer? - perguntei e ela começou a rir.

- Nada. Você não precisará de fazer nada, não agora só mais tarde.

- Hmm

- Ahh e quando você acorda vai se passar muitos anos então eu não sei quanto tempo pode tá lá na terra.

- COMO ASSIM?

- Quando você acorda Naruto o mundo vai está muito mudado, eu te chamei aqui não pelo propósito de conversa..

- E sim de adiantar o meu trabalho..

- Isso mesmo! Mas você acordará só quando o mundo precisar de você.

- Então terei que ficar aqui? Tipo uma semana?

- Não idiota! Só algumas horas.. Eu acho.

- Você não está mais formal..

- Eu posso, e também aqui é meu reino.

Meu corpo começou a brilhar e eu fiquei sem entender nada, virei meu rosto para a Deusa da Criação que estava dando tchau para mim e repeti sua ação.

Quando acorde eu senti uma sensação estranha.. Várias imagens passaram na minha cabeça.. Isso era lembranças de outras pessoas?? Comecei a me mexer e o casulo onde eu estava foi se abrindo. Quando sai vi um senhor surpreso e crianças a minha volta, eu sabia o nome de todos ali, mas vi que o senhor estava todo acabado. Olhei para os caras que estavam com roupas estranhas e coloridas, olhei para o senhor e sorri. Balancei minhas caudas criando um ventania.. Ops, estou tanto tempo parado que nem controlo direito a força.. Mas a quanto tempo eu estou dormindo? Pelas memórias de Hasashi devo te dormindo a muito tempo.. Mas quanto tempo faz? 3 anos? 40?

- Ohayo.. Hasashi! - falei sorrindo ele ficou surpreso mais logo retribuiu emocionado.

- V-v-v-v-você..

- Está ferido Hasahi.. Crianças! Ohayo Jay e Lin! - falei sorrindo animado e eles se surpreenderam.

- Como sabes nosso nome? - perguntou Jay mostrando respeito perante a mim e dei um risadinha mas parece que ninguém percebeu.

- Tenho a memória de vocês todos.. Todo ano que seus pais, avós vieram aqui, tenho a memória deles. Mas parece que vocês me acordaram. 

Então senti um forte cheiro de algo maligno se aproximando quando vi eu vi na mão do homem estranho chamas negras.. Aquilo era Amaterasu? Não pode ser.. Todo clã Uchiha tinha morrido. 

- Isso.. Isso é Amaterasu?? Você é do clã Uchiha? - o cara estranho ficou surpreso e logo começou a rir.

- Não, mas o quê é isso? Amaterasu? Mas isso aqui é o meu poder! Black Flames.

Isso é super legal! Isso é um novo Amaterasu? Ou pode ser uma farsa.. Não tem a mesma potência do que era antes.. Acho melhor pergunta a Hasashi. Balancei minhas nove caudas fazendo o cara estranho voar para longe. 

Depois disso curei Hasashi e o ajudei a andar já que seu apoio estava quebrado. As crianças me guiaram para fora da floresta me levando para vila que estava destruída vi algumas crianças correrem, mas parece que aqueles caras foram embora, quando olhei o mar vi de longe o navio que parecia pirata voltando para onde veio. 

Ajudei os ninjas daquela vila a se recuperarem por sorte eu acho ninguém morreu, ainda bem a maioria dos adultos aqui tinha filhos e isso séria desagradável.

A mãe de Lin me convidou para ficar em sua casa, eles não ficaram com medo de mim mas quando me viram ficaram surpresos, acho isso bom até porque quem não estranharia uma raposa do tamanho de um homem com pelos dourados e nove caudas ando por ai pela sua cidade? Séria bem estranho, mas ainda bem que fui aceito, mas sabe eles sempre me veem a cada ano alguns tocavam no casulo que se formou em mim em mês e mês.

Fiquei vendo o pôr-do-sol até que de longe vejo um navio de metal de longe vindo na direção da ilha, me levantei bruscamente preparado para atacar com uma bijuu-dama no navio mas no topo vi uma bandeira branca, então eu relaxei um pouco mas mesmo assim continuei em posição de ataque, fui em direção a vila e avisei a Hasashi sobre o quê eu vi, ele disse que iria lá comigo, só que ele pediu se eu conseguisse ficar na minha forma ''normal'' e eu disse que sim.

Então eu voltei o quê eu era antes mas minhas roupas mudaram, não estava com o meu uniforme que eu estava usando antes de virar a Raposa do Sol e sim minha blusa negra, minha calça laranja e meu colar que a vovó tinha me dado. Eu pensei que tinha o perdido.. O apartei e fechei os olhos me lembrando de tudo que aconteceu a não sei quantos anos. 

 - Vamos Naruto-sama? 

- Sem sama pode me chamar só de Naruto.

- Como você quiser.

Hasashi começou a andar e eu seguia ao seu lado e quando chegamos o navio já estava começando a descarregar algumas muitas coisas. Olhei-os com um olhar mortal, eles eram estranhos para mim então eu serei um pouco ofensivo.. Ainda não sei como o mundo mudou, se foi pro lado bom ou pro lado ruim.. Se é que agora tem lado, o mundo está caindo nas trevas de novo.

- Você é o líder da vila? - perguntou um homem alto com olhos azuis escuros seu cabelos era como gelo e espetado estava ao seu lado uma mulher e uma criança. 

- Sim.

- Prazer em conhece-lo sou Dan um pesquisador e vi que aqui tem muita energia parecidas com três piramides que existem ao redor do mundo. E a energia que está aqui é exemplar as piramides sendo que muito mais forte.

- Como sabe das piramides? - ai como sou burro, eu fiz as piramides como uma mensagem para que os homens lerem e não fizessem o mesmo erro que tinha no passado, então é claro que ele deve saber das piramides.

- Bem só sei da suas existência ainda, estou tentando traduzi-las.

- Sei.. 

Então minha escrita é desconhecida? Quanto tempo realmente passou desde que eu dormi??

- Mas eu vei o navio de uma Dark Guilda saindo daqui.. Vocês estão bem? 

- Sim todos estamos.

- Eles roubaram algo? 

- Nada, nem levaram o meu..

Hasashi me deu uma cotovelada na barriga que me fez abaixar, se eu estivesse na minha verdadeira forma eu não iria sentir dor. O olhei e ele negou, mas acho que esse tal de Dan merecia saber a verdade, pelo menos ele não ficaria procurando algo que nem existe.

- Ia dizer algo?

- E que eles não roubaram nada, porque o quê eles iriam roubar acorda. 

- Como assim?

- Sou a Raposa do Sol. - ele ficou sem entender nada e então me coloquei a minha verdadeira forma fazendo ele ficar surpreso. - Venha passar essa noite na vila, você deve está cansado, sua mulher e sua filha também. - falei sorrindo para ambos surpresos e aceitaram de bom grado vi Hasashi bater a mão na testa e murmurar algo. Ri com isso.

Toda vila ficou surpresa com meu ato mas respeitaram.

***

- Dan já que você veio de fora poderia me responder uma coisa? - perguntei, estávamos no telhado da casa da mãe da Lin bebendo saque a luz da lua. 

- Pergunte. 

- O quê é Dark Guildas? E você sabe invocar algo? Algum tipo de poder? - perguntei olhando pra ele que afirmou.

Ele com uma mão formou um pássaro de gelo que voo em nossa volta e então quebrou e deixou um pouco de brilho cair.

- Incrível.

- Isso se chama magia.

- Me conte mais sobre isso!

- Bem quem usava magia e chamado de mago, e magos entram em guildas para fazer trabalhos e receberem recompensas. Existem várias guildas espalhas por ai. 

- E as Dark Guildas?

- Dark Guildas são guildas das trevas que fazem trabalhos como assassinato, roubo e essas coisas. Existem agora três Dark Guildas que comandam as outras Dark Guildas menores. 

- Ata..

- Ainda não acabou, também existem os grandes jogos mágicos onde são a competição feita pelo Rei para decidir qual é a guilda número um de todo reino.

- Nossa.. O mundo mudou bastante então isso que dizer que eu estou na era dos magos.

- De que era você veio Naruto?

- Vim da era dos ninjas. - falei invocando uma kunai na minha mão Dan se surpreendeu. Mas se estou na era da  magia.. Qual é minha magia??? - Mas se estou na era dos magos e magos tem magias então qual séria minha magia?

- Bem eu aprendi magia com minha mestra, pessoas podem aprender ou simplesmente saberem usa-la de sua forma.

Afirmei com a cabeça mesmo sem entender nada. Bem ainda estou cheio de duvidas e também quero saber como encontrarei Hinata.. 

- Você que ir comigo? Vê como é o mundo da magia? 

- Posso?

- Claro! Acho que você ainda está cheio de duvidas então, acho melhor quando chegamos a Haragon você ir para a guilda de magnolia! Fairy Tail o mestre de lá saberá te responder todas as sua duvidas.

- Mas o quê fazem mestre de guildas? Como se faz uma guilda? Como uma guilda é criada?

- Você saberá! Tenha paciência..

Afirmei e descemos para dormi mas eu senti um enorme poder vindo em cima do pico da montanha. Dei uma desculpa e fui correndo naquela direção. 

Chegando lá vi uma mulher que estava com um vestido de seda com uma criança, a mulher tinha cabelos albinos e olhos azuis como um mar congelado, ela estava descalça e quando me olhou se levantou e fez um reverencia.

- Você acordou Naruto-sama. Me chamo Tsuki sou o dragão da neve e esse é meu pupilo viemos aqui ao mando da Deusa da Criação para mandamos uma mensagem.

A criança tinha cabelos negros e olhos castanhos usa um blusa branca e uma bermuda verde e tinha uma faixa na cabeça.

- Olá velho! 

- V-velho!?

- Makoto! Tenha respeito.

- Deixei pra lá, mas me fale qual é a mensagem.

- A Deusa da Criação diz: ''Sua magia está no coração e te mandarei uma mensagem.''

- Só isso?

- Sim, ela vai mandar um mensagem para você porque disse que isso é particular. 

- Mas então Tsuki existe outros dragões?

- Sim, vários. Mas agora tenho que ir, foi um prazer em conhece-lo até outro dia, Naruto-sama. - então ela virou um enorme dragão branco gelado e a criança subiu sem medo em suas costas dando tchau.

- Até mais velhote!!

Sorri e vi eles voarem para imensidão do céu, Dan não me falou sobre dragões.. Bem depois converso com o mestre da guilda que eu vou..

***

- Está pronto?

- Mais pronto do que nunca! Mas qual é o nome do mestre da guilda?

- Makarov.

- Sei.. Bem quero chegar o mais rápido possível.

***

Naruto estava olhando firmemente ao oceano a sua frente esperando vê a qualquer hora alguma terra no mar, já tinha passado uma semana e Dan disse-rá que eles hoje eles chegariam a Horegon. Naruto foi até um bote salva vidas e levantou a lona que estava em cima fazendo aparecer Jay dali de dentro o mesmo ficou surpreso e então sua barriga roncou. Já passava três dias que tinha comido sendo que tinha roubado comida da cozinha.

- Aqui seu almoço. - falou Naruto na sua forma de Raposa do Sol entregando um pote com comida caseira.

Jay agradeceu e começou a comer rapidamente.

- Você sabia que não era pra está aqui não é?

- Eu sei mas.. Me mandará de volta?

- Não, isso daria muito trabalho para Dan, eu vou te levar comigo, tudo bem?

Jay sorriu animado e abraçando Naruto que acariciou os cabelos vermelhos de Jay que dormiu.

***

- Bem é aqui que a gente se separa.

- Sim..

Naruto já estava saindo fora de visão de Dan até que ele se vira e chama o albino.

- Dan! Tomara que entenda as minhas mensagens!! - gritou Naruto deixando um Dan sem entender nada.

Dan percebeu o quê ele queria dizer.. Então foi ele que fez as piramides? As piramides a cerda de cinco mil anos??

Algumas horas na Fairy Tail.

Como sempre a guilda estava em festa, e o motivo? Nenhum. O Makarov estava em sua sala resolvendo algumas papeladas até que sentiu aquele poder.. Poderia ser? Era possível mas logo agora?

Ele sabia.. Ela sabia que a Raposa do Sol tinha acordado e isso poderia ser tanto como bom e ruim ao mesmo tempo.

---

Enquanto isso Naruto e Jay iam em direção a guilda, Naruto queria respostas e descobrir mais sobre esse novo mundo. E Jay queria se torna seu pupilo, e estava torcendo que isso acontece-se.



Notas finais do capítulo

Então gostaram? Mereço bolo? Limão? Tijolada? Água Benta?? Me digam! u-u
Até a próxima!!!



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Seus Olhos." morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.