Uma Vida fora do Normal escrita por ClaraLautner


Capítulo 6
Entendimentos





                                                 Entendimentos 

 
Restava apenas uma semana para o baile e lá na escola estava o maior fuzue. Havia cartazes para todos os lados, meninas desesperadas atrás de um par, incluindo Ann e Larissa.
O meu vestido já estava pronto, só tive que levá-lo novamente para a costureira para ajeitar a barra. Bruna havia o aprovado e dito que a cor deveria ser azul para realçar meu olho.
Mas o melhor era, minha mãe havia permitido que eu fizesse o intercâmbio , eu iria duas semanas depois do baile pois assim teria tempo de arrumar todas as coisas e o mais difícil seria ter que criar coragem para... sabe, ajeitar as coisas com o Pedro.

È claro que isso pra mim ainda estava longe , e andei pensando muito sobre a proposta que ele ofereceu em indo comigo para lá, eu o amo muito e seria dificil uma perda dessas para mim, pois esse amor é de infância e logo quando eu o consigo vou desperdiçando , bom pelo menos eram as palavras de Bruna brotando em meu pensamento.
Minha cabeça está dando reviravoltas e sempre me deparo pensando nesse mesmo assunto e ...

* TOC TOC TOC

- Entra – eu disse, olhando de volta para o televisor do ipod procurando o nome da música que estava ouvindo agora.

- Oi pequena – disse Pedro entrando no quarto.

Tirei correndo os fones de ouvido e sorrindo pulei da cama direto para seus braços , beijando -o levemente.

- Oi amor – respondi – Estava pensando em nós dois agora sabia ? - falei saindo de seus braços e andando de volta para a cama .

Ele rapidamente pegou na minha cintura, me fazendo virar para ele novamente , nos deixando bem próximos .

- Ah é ? E o que você estava pensando ? - ele disse fazendo um biquinho .

- Segredo – respondi colocando meu indicador nos seus lábios e depois dando-lhe um selinho

Logo o puxei para sentar na cama comigo , não estava com pique de ficar conversando em pé, mesmo tendo passado a manhã inteira na frente do computador.

- E ai , o que fez hoje ? - perguntei

- Bom , EU , fui para a escola né pequena, não como certas pessoas – respondeu ele dando aquele sorriso de me fazer derreter.

Eu ri – Como se você fosse todo dia ! Eu tenho direito – falei fazendo uma cara de brava – e além do mais só faltam 5 dias de aula, contando sexta , aonde ninguém vai fazer nada .

Sorri satisfeita, pelo menos essa batalha eu tinha ganho. Era raro quando eu ganhava uma discussão com ele . Como era mais velho , normalmente pensava e argumentava mais , não que eu fosse burra, é claro . Mas simplesmente eu tinha preguiça de ficar descutindo com ele , mesmo ele sendo POP era muito inteligente e sempre usava palavras dificeis as quais eu sempre tinha que perguntar o que significavam, e ele sempre ria de mim e depois me beijava , era rotina já.

- Claro , claro – ele disse pensativo – Ah, passei na sua sala para pegar lição e ...

- De novo ? Mas deixe, o que deve ser estranho mesmo é você passando na 8 ª série para pegar lição , parece mais que você é meu irmão, e olhe que o meu nem faz isso ! - fiz uma cara brava
Ele riu - Não é estranho nada , eu te amo e faço isso sem ligar para o que os outros pensam, e teu irmão não faz isso pois tem a mim – disse ele apontando para si mesmo e fazendo uma cara de convencido.

Começei a rir de sua cara, estava tão engraçada que não resisti. Mas logo lembrei que , ainda tinha que ficar a tarde fazendo lição , ainda que seja com Pedro, era horrível. Então logo fechei a cara e perguntei

- Mas então , qual é a lição ?

- Não tem – disse ele abrindo um largo sorriso.

- Não ? - MEU DEUS , NÃO TEM LIÇÃO , ALELUIA ... eu te amo amor .

- Ahm, só assim para você me amar né ? - replicou ele rapidamente om uma expressão triste .

- Não amor – falei segurando seu rosto com minhas duas mãos – eu te amo por tudo , mas esse é só mais um motivo – disse rindo

Ele riu junto . Sabe , eu me sinto muito bem perto dele, é como se todos meus medos, meus problemas não existissem mais . Eu queria poder ficar com ele para sempre , sem nada para me atrapalhar . Me sinto muito segura ao seu lado, e quando o vejo é como se fossem só nós dois e mais ninguém ao meu redor e quando fico longe dele não importa o lugar me sinto insegura , é o sentimento de amor brusco que fica guardado dentro de mim . E olhe bem, eu ainda sou muito nova para pensar nisso, mas .. eu só queria ele perto de mim para sempre.
Uma lágrima caiu no meu rosto e acho que ele percebeu isso pois foi logo me abraçando e dizendo :

- Ei Gio , tá tudo bem ?

- Uhum , tá tudo ótimo – disse virando para ele, enxugando a lágrima e abrindo um sorriso – mas e ai ? O que vamos fazer hoje ? Já que eu não tenho lição !

- Na verdade , eu vou jogar boliche com os meninos.

- Como assim ? Pensei que você ia passar a tarde comigo .

- Eu já passo todos os dias pequena, e meus amigos ficam reclamando então eu achei melhor ir com eles , antes que me matasse – disse ele rindo

- Tá certo , vou ver se falo com as meninas então, ir em um cinema ou sei lá, assistir filme romantico já que você não topa ir comigo – respondi

- Ein, eu topo ir sim – respondeu ele rindo – é so muito meloso, mas é uma ótima idéia ... bom vou indo então – disse ele se levantando.

- Espera , não acabei – puxei-o novamente para sentar – ficou sabendo da Bruna e o Tiago né ?

- Não ! Eles se beijaram ? - disse ele fazendo uma cara de nojo

- Não seu bobo – disse rindo – que ele convidou ela para o baile !

- Ah , isso eu já sabia ! Claro.

- Mas ele comentou alguma coisa em relação a ela ?

- Sim ,ele disse que ela é muito legal, simpática , bonita... talvez role alguma coisa .

- Amém – disse eu aliviada – ela vai desencalhar !

- Agora posso ir madame ?

- Nããão , espera ! E o Paulo, ele tá sem par né ?

- Sim , porque ? - ele olhou desconfiado – Vai me trocar por ele é ?

- Nunca né amor – olhei para ele com cara de assustada – eu pensei que você poderia falar pra ele convidar a Ann sabe ...

- Nossa , nem preciso viu ! Ele é muito gamadão nela, vai pedir pra ela amanhã !

- Amanhã ? Nem tem aula, ele vai marcar um encontro ? - disse eu com os olhos brilhando

- Não Gio . Tem o churrasco amanhã lembra ?

- Nossa, eu tinha esquecido ! Que horas você vem me buscar ?

- Lá pelas 10 horas , assim da tempo para você se aprontar – disse ele me dando um selinho

- Então tá ! Agora está dispensado amor, até amanhã

Ele me deu mais um beijo e se foi. Estava a caminho da sala , procurando o telefone para poder ligar para a Ann e a Larissa marcando um cinema hoje de tarde , pois como o Pedro mencionou ele estava passando todos os dias em casa e nem estava saindo com os amigos e era a mesma coisa comigo , acabei achando o telefone ia discar o número da Ann quando me passa um Fred revoltado batendo a porta de seu quarto.
Olhei duas vezes e achei melhor ir conferir o que havia acontecido.

* TOC TOC TOC ... Fred, posso entrar ? - disse eu calmamente .

Demorou alguns minutos para ele responder , mas também não era a resposta que eu esperava.

- Não, sai pra lá mulher !

E eu revoltei imediatamente , meu pavio é um pouco curto demais e pensei , quase deixando escapar :

- Vai para aquele lugarzinho que nunca toma sol você também , não tento ajudar em mais nada – e sai batendo o pé em direção ao meu quarto.

Mas logo fui impedida pois o Fred abriu a porta de seu quarto e me chamou rapidamente para dentro. Corri imediatamente e fechei a porta .
O quarto dele para variar estava uma bagunça , roupas jogadas pelo chão, a cama ainda dessarumada e o laptop ligado com todas aquelas páginas de estudo abertas, por sinal , o único lugar arrumado daquele quarto era seu canto de estudo , pelo menos isso ! - pensei

Dei uma olhada rápida pela parede para conferir os posteres que estavam na parede , mas não havia nenhum diferente , só o dos Beatles que estava emm outra posição do lado do The Kooks e o resto era todos de mangás “ desconhecidos “ , mas havia um buraco entre dois deles , então fiquei ali matutando para saber que poster estava ali antes, até que me veio na memória a imagem de uma foto dele com a namorada no parque, tamanho sei lá qual , a foto era linda mas sem ofença , aquilo era brega.
Quando então, eu ia comentar sobre a foto , ele mais rápido que eu falou :

- Eu terminei com a Gabi .

Paralisei , ele o que ? Acho que não escutei direito

- Hãn ? O – o – o que você disse ? - falei eu nervosa e gritando praticamente

- Fala baixo mulher ! E é bem isso que você escutou .

- Tá , mas você não pode terminar com ela , quero dizer , poder você até pode , mas não pode ! Vocês se dão tão bem , ou se davam , sei lá, pareciam dois pombinhos e você ama ela né ? - disse eu meio confusa

- Eer, acho que sim – respondeu ele também confuso

- Como assim ,
você acha que sim ?

- Gio , o nosso namoro não está mais dando certo , a gente mais discute do que qualquer coisa , então eu resolvi dar um passo a frente.

- Tá né, mas coitada

- Cara, eu não devia ter lhe contado ! Você está do lado dela Gio , sério ... saia daqui.

- Ei , calma, eu nunca estaria do lado dela ! Você é meu irmão , eu faria tudo por você e sempre estarei aqui – disse abraçando- o

Ele me abraçou de volta e ficamos ali. De vez em quando eu conseguia parecer mais velha que ele, por incrível que pareça

- Eu te amo Fred

Ele riu – Eu também te amo garota !

- Sério , eu vou sentir sua falta lá seu chato

- Eu dou um jeito de ir lá – disse ele dando uma piscadinha gamante – prometo !

- Mas então , me conta o que aconteceu entre vocês – falei sentando em sua cama desarrumada e procurando seu IPHONE que sempre deixava debaixo de seu travesseiro.

- Então Gio , eu nem sei direito , só sei que há umas duas semanas ou um pouco mais a gente não vem se falando e quando nos falamos sempre sai em briga , ela quer sair , quer beber , quer curtir a vida ! Ela nunca foi assim .

- É , ela andou mudando muito, principalmente com a galera que ela anda agora

- Pois é, eu também achei, mas só sei que ela começou querer me levar para essa onde também e acabamos brigando , e então a última coisa que vi depois foi ela beijando outro garoto.

- Outro garoto ? Minha nossa senhora , a menina ta com minhoca no cabeça – disse eu com uma cara de espanto.

- Pois é , mas então eu terminei com ela, porque na verdade eu também estou um pouco afim de outra menina, mas eu nunca a trairía .

- Epa , espera aí , você namorando a Gabi , mesmo estando a fim de outra ?

- É , eu também sou um ser humano sabe !

Eu rindo falei – Por incrível que pareça, você é .

Então sai correndo , pois estava sendo atacada pelo meu irmão jogando almofadas em minha cabeça ! Depois de alguns minutos de correria , sentamos no sofá da sala para respirar e então perguntei

- Mas e agora ? O que você vai fazer da vida ?

- Uai, continuar novamente a vida que eu tinha e chamar alguem para ir no baile comigo

- Ah é né, tem o baile... mas então , convida a menina que você é afim uai !

- Ah , como se fosse simples, você nem fala dela pra mim – disse ele baixinho

- Como é que é ? - respondi eu encarando – o com cara de desafiadora

- Nada , esqueçe , você vai ter um surto se souber

- Que isso , so vou ter um infarto , parar no hospital , ah e quero o meu tumulo roxo tá ? - Brincadeira – disse eu rapidamente – mas fala aí !

- Tá, é a Larissa ! - disse ele me olhando pelo canto

- Larissa , que Larissa ?

- A Larissa – falou ele revoltado

- Mas que Larissa , Fred ? - disse eu sem entender

- A sua melhor amiga Gio ! - respondeu ele entediado

- A LARISSA ! Minha nossa – e então começei a rir sem motivo – imagine que fofo , ah, que fofo – e então desatei a falar – vou ser a madrinha do casamento , dos filhos.. vou poder ver ela todo dia !
Vai ser lindo , meu irmão com minha melhor amiga , nossa eu tenho sorte e ...

Fui interrompida por um tapa na cabeça que meu irmão me deu, bem forte por sinal, mas continuei falando .

- Sabe , eu acho até que pode ser possível vocês juntos , ela nunca olhou para outro menino depois daquele meio encontrão- beijo como vocês disseram que aconteceu entre vocês – falei rindo e lembrando da cena – toda vez que vocês se vem ficam constrangidos , não é a toa – disse eu rapidamente .

- Será mesmo o que você disse Gio ? - falou Fred com os olhos brilhando , mas tentando esconder isso

- Se acha que eu vou saber, só estou imaginando aqui , mas então você quer ver ela ?

- Uhum , pode ser .

- Vai ter aquele churrasco do terceirão amanhã , eu sei que vai toda a galera que você não gosta , mais ela vai estar lá !! - disse eu toda feliz

- È sim , e com que eu vou ? Chegar lá na maior cara de pau ?

- Claro que não , leva teus amigos e pronto . Eu vou estar lá la pelas 11 horas . O Pedro vem me buscar, quer carona ?

- Não , obrigado – disse ele fazendo uma careta – eu vou, mas só por causa dela tá ?

- Tá , tudo bem – respondi saindo da sala sozinha com o maior sorriso no rosto.

Só queria ver a cara da Gabriela quando ver meu irmão com a Larissa , muito mais bonita e legal do que aquela não- vamos – comentar – o que !



                                                                                                       end of chapter



Notas finais do capítulo



—________________________________________________________________
Espero que gostem , agora as coisas vão se agitar mais : D'