Uma Garota Nada Popular escrita por Nansu


Capítulo 4
Maldita Educação Física


Notas iniciais do capítulo

^-^ Espero que gostem!



A educação física é um tédio provavelmente ela era legal e até mesmo divertida para todos quando éramos crianças, mas hoje é a matéria que eu mais odeio.

Nada contra quem gosta, mas correr por uma quadra pra lá e pra cá durante um jogo ou só um exercício e ficar toda suada não serve pra mim.

Infelizmente para o meu azar hoje era aula dessa maldita matéria e ser arrastada para a aula não estava nos meus planos eu preferia fingir alguma dorzinha e dormir um pouco na enfermaria, primeiro porque como eu já disse essa matéria é muito entediante e segundo porque o meu querido professor é um maluco que espera que coloquemos o “fogo da juventude” para fora. Eu poderia usar a desculpa de conversar com a minha antiga amiga, mas a morena se torna totalmente irritante quando não consegue o que quer.

– Vamos, mais rápido - Gritou Hinata enquanto me arrastava para o inferno mais conhecido como a quadra. - Se eu perder a aula, eu te mato.

– Porque você não vai na frente, eu te alcanço, daqui a pouco. Dei um sorriso forçado para ela.

Recebi um não como resposta e fui arrastada pela gola da camisa horrível de educação física. Outra coisa que eu odeio na aula de educação física são as roupas, um short curto e colado que parece transparente e uma camisa branca, sem mangas com o simbolo do colégio. As vadias da minha turma gostam de usar essa roupa, eu não e é por isso que eu sempre uso um casaco enorme do meu pai por cima dela.

Para o meu alivio o professor sempre chegava atrasado, então encontramos a quadra praticamente vazia.

– Sua louca, você me fez correr por metade da escola. - Falei ofegante

– Os meninos do time de futebol treinam esse horário até o professor chegar. - Ela falou sorrindo. – Eu só queria ver.

– Sua tarada, eu me recuso a... - Palavras me faltaram ao ver um garoto ruivo e sem camisa passar por nós. Eu estava babando por aquele tanquinho, com esse eu lavava roupa todo dia, toda hora. Mas infelizmente a morena me tirou dos meus pensamentos.

– Você vem comigo ou vai ficar babando pelo senhor gostoso? - Falou ela.

– Talvez só um pouquinho. - Respondi ao ver um par de olhos verdes de tirar um folego que completavam aquele espetáculo.

– Vocês precisam colocar o fogo da juventude para fora. Gritou o professor alguns minutos depois enquanto a equipe que havia perdido saia do campo.

Minha equipe entrou no campo e a cada saque de bola eu me abraçava a parede cada vez mais forte. – Sabe que ela é até bonitinha. - Pensei alisando a parede azul da quadra.

Um minuto desligada do jogo e acabei sendo acertada em cheio por uma bola arremessada pelo meu próprio time.

Eu te amo, sua linda. Declarei em voz alta enquanto via tudo ao redor escurecer e alguns alunos se aproximando.

Ficar "namorando" a parede realmente não foi uma boa ideia.



Notas finais do capítulo

Espero que tenham gostado capítulo.
Capitulo dedicado a garota que namora a parede ( Gabi )
Beijos da tia Tary. :D