Uma Garota Nada Popular escrita por Nansu


Capítulo 2
Primeiro dia de aula


Notas iniciais do capítulo

Espero que gostem :D



Acordei ao som do despertador que tocava The World abertura de Death note, no meu celular. Levantei preguiçosamente, desligando o alarme e seguindo para o banheiro onde tomei um longo banho quente e vesti a farda. – Saia azul um pouco abaixo do joelho, camisa social branca e uma gravata. - Sai do banheiro seguindo para frente do espelho enorme que ficava num canto do meu quarto me avaliei dando algumas voltas. – Mais estranha impossível. Pensei enquanto continuava a observar a figura refletida no espelho, coloquei meus óculos e peguei a mochila em cima a cama. – O cabelo. - Lembrei e corri para o guarda-roupa procurar uma touca cinza bastante fofinha. Era o presente de despedida que Ino havia me dado. Olhei meu longo cabelo no espelho, prendi o escondendo dentro da touca.

Peguei uma carona com a minha mãe. Enquanto ela estacionava o carro próximo ao meu mais novo colégio, inúmeras duvidadas se formavam na minha mente. De longe observei os poucos alunos que se encontravam no gramado. Alguns, na sua maioria reunida em grupinhos conversavam animadamente e se podiam ouvir perfeitamente os gritos histéricos das garotas ao se reencontrarem como se não tivessem se visto ou conversado durante as ferias.

Despedi-me rapidamente da minha mãe.

Respirei fundo e atravessei os portões ignorando todos os olhares direcionados a mim. Coloquei meus fones e segui pelo corredor principal cantarolando baixo a musica.

– Se você fosse um chiclete, mastigaria todo dia. Cantei uma parte observando o corredor vazio. – Cuspia se não te quisesse. Fechei os olhos e aproveitando o corredor vazio arrisquei alguns passos.

Qualquer um que passasse por ali e visse aquela cena trágica diria que estou louca, mas foda-se.

Alguns passos e cai no chão com força.

– Olha por onde anda garota.

Uma garota de cabelos vermelhos estava caída a minha frente e era rodeada por algumas garotas que a ajudavam a se levantar.

– Desculpa.

– Desculpa? Olha o que você fez com a Karin. Falou uma das garotas irritada.

– Eu sinto muito. Gaguejei.

Peguei meus óculos que haviam caído.

– Garotas, - A garota que havia caído junto a mim já estava em pé com ajuda das outras garotas. – não se importem, para a sorte dela eu e meus saltos estamos bem. Mas da próxima vez talvez você não tenha tanta sorte.

Ela sorriu e apontou para a touca cinza que escondia meu cabelo.

– Onde você comprou essa coisa? Sinto em lhe informar, mas isso é ridículo. Falou a ultima parte lentamente enquanto era acompanhada por alguns risinhos.

Sai rapidamente de perto dela rapidamente, sem responder nem uma palavra. Conseguir uma advertência no primeiro dia de aula não deixaria meus pais muito felizes.

Peguei meus horários na secretaria e fui diretamente para a sala, sorri ao ver que esta se encontrava vazia. Como de costume me sentei na ultima cadeira da fileira ao lado direito junto à parede. Tempo depois a sala começou a encher, o que não me deixou nada feliz e por brincadeira do destino a garota ruiva pertencia à mesma sala que eu.

Ela estava sentada na mesa se beijando com um garoto muito bonito.

– Isso sim é ridículo. Murmurei.

– Concordo, mas até que ela tem bom gosto já ele, tadinho. Assustei-me ao perceber que havia falado um tanto alto.

Ao meu lado havia uma garota de longos cabelos azulados presos em duas Marias Chiquinha um tanto infantis, mas que ficavam muito bem nela, e olhos que pareciam duas perolas.

As cadeiras da sala eram divididas de modo que duas pessoas sentassem juntas. Por ser o primeiro dia de aula eu esperava ter a sorte de ficar sozinha. Pedido esse que eu percebi que não seria atendido quando ela jogou um mangá de nome que eu não pude ler dentro da mochila e se sentou ao meu lado.

– A proposito eu me chamo Hinata, e você? - Ela perguntou amigavelmente sorrindo.

– Sakura.

– Ei saky, posso te chamar assim, certo? Você gosta de animes?

Afirmei balançando a cabeça e fui surpreendida por um forte abraço. Mal sabia eu, que aquilo era o inicio de uma nova e grande amizade.



Notas finais do capítulo

Desculpa pela demora, pelo capítulo curto e um tanto estranho. =)
A música da Sakura é - Bonitinha né? Fiz pra você - da banda Soul Stripper.
Essa é uma das musicas que eu amooo cantar com as minhas super loucas amiga Gabi e Dani. Beijos da tia Tary.



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Uma Garota Nada Popular" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.