Uma Nova Guerra escrita por Naylliw Freecs


Capítulo 4
O irmão do Caos e agarramento na floresta





POV CAOS
Quando recitei a profecia seus rostos ficaram cansados, como se já tivessem ouvido:
–O que ouve?
–Nós já recebemos duas profecias senhor, e agora você nos revela uma terceira-falou Zeus.
–Que profecia vocês receberam?-eles recitaram a profecia e eu fiquei preocupado os últimos versos falavam claramente dos primordiais Érebo, Nix, Hemera, e Éter, já o terceiro, não podia ser verdade eu o aprisionei no vazio:
–Senhor Caos, você está bem? Faz muito tempo que o senhor está ai fazendo caretas como se algo o abalasse-disse Perseus
–Você está certo Perseus uma coisa me preocupa- eu digo e mentalmente chamo os quatro primordiais da profecia
–Em um flash de escuridão pura aparecem Érebo e Nix, e em um flash de luz pura saem Hemera e Éter, os casais já iam começar a brigar quando eu chamo suas atenções, eles se curvam e falam ao mesmo tempo:
–O que quer meu senhor?-ficaram com mais raiva ainda por falarem juntos, vai entender
–Chegou ao meu conhecimento que uma profecia que fala sobre vocês foi dada aos olimpianos, e essa profecia diz que inimigos juntos devem lutar e a guerra infinita cessar, sabem o que significa?-vi seus rostos ficarem horrorizados com a expectativa de trabalharem juntos:
–Como assim a profecia fala sobre eles-pergunta Atena
–Não só sobre eles mais sobre todos os primordiais, mais os últimos versos falam sim sobre eles, Nix, por favor, conte a história.
–Pois bem quando Caos nos gerou eu e Érebo nos apaixonamos e tivemos dois filhos gêmeos esses são Éter e Hemera, como nosso domínio era as trevas esperávamos que os seus fossem algo relacionado, mas tamanha foi nossa surpresa quando escolheram a luz como domínio e como sabem as trevas e a luz sempre foram inimigas e há muitos anos nos foi dada uma profecia pelas parcas que dizia que os primordiais da luz e das sombras entrariam em guerra não para decidir o mais poderoso, mas sim por causa dos domínios, passaram-se muitos anos em guerra e tanto tempo assim nos fez ficar um contra o outro sempre estamos insultando o outro, quando o conselho primordial fez Éter o deus do céu superior e Hemera a deusa do dia nós tivemos uma briga feia e a partir daquele dia sempre discutimos sempre ameaçando fazer guerra-falou Nix.
–Vocês quatro trabalharão juntos nesta guerra e sem mas!
–Agora o terceiro e o quarto verso falam sobre nosso inimigo
–Como assim?-pergunta Atena
–O nosso inimigo é muito antigo mesmo, tão velho quanto eu, eu também quase esqueci ele, na verdade ele é meu irmão.
Todos pareciam surpresos então eu continuei:
–Quando eu fui criado eu não fui criado sozinho, meu irmão estava comigo nos éramos muito felizes no vazio até que um dia fizemos uma promessa, sendo os únicos seres do universo nunca devíamos ir um contra o outro, mas um dia enquanto nos divertíamos, acidentalmente criamos o seu universo, surpresos com nossa criação nós resolvemos continuar, criamos planetas, estrelas e por fim eu criei os primeiros seres vivos, surpreso eu parei de passar tempo com meu irmão e comecei a estudar os seres que criei um dia em um acesso de raiva meu irmão Ordem os destruiu e declarou guerra contra mim, ele havia se esquecido de nossa promessa, mas eu não, quando ele veio duelar comigo eu usei um encantamento que avia criado e aprisionei meu irmão no lugar que ele um de chamou de lar, eu fui burro ao pensar que poderia conte-lo afinal ele era meu irmão temos a mesma quantidade de poder.
Ao terminar pude ver os rostos de todos pálidos:
–Se preparem olimpianos como a profecia disse seus esforços não irão adiantar e gaia irá se levantar, primordiais já tomaram partido ao meu lado ficaram Nix, Érebo, Éter, Hemera, Ponto, Thalassa, Eros, Chronos e Urano.
Dizendo isso convoquei um portal e desapareci para o vazio, não iria checar se Ordem já havia escapado à profecia dizia que iriamos lutar de todo jeito.
POV PERSEU
Quíron chamou os deuses, lideres de cabine e eu para a casa grande para discutir sobre a profecia, chegamos lá e ficamos ao redor da mesa e Atena se pronunciou:
–Bem, o primeiro verso da profecia é o mais claro, a deusa da caça é obviamente Ártemis, e escolheremos um herói que irá acompanha-la.
–Eu vou, eu sou o herói mais poderoso aqui- Falou o arrogante do meu meio-irmão que descobri se chamar Mark.
–Você não irá me acompanhar semideus uma de minhas caçadoras sim!
–Ártemis a profecia fala ‘herói’ e não heroína, você terá que ir acompanhada por um semideus.
–DE QUE LADO VOCÊ ESTÁ ATENA EU NÃO VOU COM UM SEMIDEUS E PRONTO, SÓ IREI SE FOR COM UMA DE MINHAS CAÇADORAS!
–Ártemis você pode ir com Perseus lembre-se que ele a ajudou a derrotar Gration e salvar sua tenente que tinha sido capturada pelo mesmo e não ficou se gabando por isso
–tudo bem você está certa ele pode vir- ela disse a contra gosto
–O que? Porque eu não posso ir? Eu sou muito mais poderoso que ele e qualquer fraca caçadora que Ártemis treinou!- ele disse isso apenas para ter duas facas de caça na garganta
–Fale de minhas caçadoras novamente e você vai ter a lua como inimiga, apenas não te mato agora por que seu pai ficaria muito aborrecido por ter matado um de seus filhos
–Para mim ele não faz a menor falta, pode matar ele logo- eu disseEu saí da casa grande e fui em direção a floresta, não me preocupava ter monstros ou não, comecei a ouvir um barulho um pouco a minha frente e o que vi quase me fez rolar de rir, na minha frente estava a filha de Zeus e o Filho de Hades se agarrando ferozmente contra uma árvore, eu não aguentei e comecei a rir feito um louco
, eu não aguentei e comecei a rir feito um louco, eles se viraram num flash e perguntaram ao mesmo tempo:
–O que faz aqui?
–Bem eu só vim dar um passeio e encontrei dois jovens se agarrando ferozmente contra uma árvore
–Você fala de nos como se fosse muito mais velho, quantos anos tem?
–bem, por volta de mil e quinze anos- eu digo e vejo as expressões de seus rostos era impagável, comecei a rir de novo só para ter uma lança apontada para meu coração.