Confronto 2ªtemporada escrita por Gabszinha FerCosta


Capítulo 55
Capítulo 54-Quarto do bebê/ Jantar com amigas/ Mal estar




Isabella Marie Swan Cullen

Acordei com barulhos vindos do lado de fora do quarto.

Me levantei com dificuldade e saí do quarto, vi Emmett e Jasper carregando um monte de coisas pelo corredor, inclusive latas de tintas.

–O que é que vocês estão fazendo? –Perguntei.

–Eles vão me ajudar com o quarto do nosso bebê, amor. –Edward disse, vindo logo atrás.

–Você? E como vai fazer com essa tala na perna? –Perguntei.

–É por isso que o Emmett e o Jasper estão aqui. –Ele respondeu.

Balancei a cabeça.

–Está bem, só não destruam a minha casa, onde estão os meninos? –Perguntei.

–Lá embaixo, jogando vídeo game. –Ele respondeu.

–Ta.

Desci para a sala de estar, encontrando Seth e Kris jogando vídeo game com os gêmeos.

–Olá, crianças. –Disse.

–Oi. –Eles disseram.

–Kris, Seth, posso pedir um favor pra vocês? –Perguntei.

Eles me olharam.

–Claro.

–Eu vou jantar com a Alice e a Rose, e como os meninos estão aqui, as crianças não tem com quem ficar, não teria como vocês irem com Thony e Marie pra casa da Rose e cuidar das crianças?

Kris assentiu.

–Claro, por mim tudo bem. –Ela disse.

–E você Seth? Se precisar ir cuidar da sua mãe, não tem problema, Kris pode cuidar das crianças sozinha. –Disse.

Ele negou.

–Não, ta tudo bem, minha mãe está sobre os cuidados da minha irmã, eu posso ficar para ajudar a Kris. –Ele disse.

Assenti.

–Tudo bem então, obrigada meninos. –Disse.

–De nada.

Fui pra cozinha e peguei meu celular, mandei uma mensagem pra Rose.

De: Bella

Para: Rose

Está confirmado o nosso jantar?

B.C

Ela respondeu.

De: Rose

Para: Bella

Sim, está. Eu já falei com a Alice e ela já confirmou. O único problema, é que Emm e Jazz estão aí na sua casa e as crianças não podem ficar sozinhas.

R.C

Respondi.

De: Bella

Para: Rose

Com isso não terá problema. Pedi para Kristen e Seth cuidar deles na sua casa, tudo bem?

B.C

Ela respondeu.

De: Rose

Para: Bella

Tudo bem então, pedirei para Alice trazer os meninos pra cá, nos vemos a noite.

R.C

Guardei meu celular e fui preparar alguma coisa pra esse pessoal comer.

(…)

Terminei de me arrumar para jantar com as meninas.

Quando estava pronta, saí do quarto e fui até o quarto que seria do meu bebê.

Entrei lá, e vi Emmett e Jasper trabalhando nas paredes e Edward sentado com a perna quebrada esticada.

–Oi pedreiros. –Olhei para o Edward. –Oi amor.

Ele sorriu.

–Oi.

–Não deveria ajudar? –Perguntei.

–Olha para minha perna, eu ajudo repondo a tinta. –Ele disse.

Comecei a rir.

–Está bem. Estou indo jantar com as meninas. –Disse.

–Ok, tenha cuidado. –Edward disse.

–Ta. –Ele meu deu um selinho.

–Ta.

–Manda um beijo pra minha gata. –Emmett disse.

–E pra minha. –Jasper me olhou. –E pega leve com ela, eu sei exatamente o porquê desse jantar.

Assenti.

–Não se preocupe. –Soprei um beijo pra ele.

–Aí, traz pelo menos um jantar pra gente do restaurante. –Emmett pediu.

–Claro, não destruam a minha casa, vocês ficarão sozinhos, e trabalhem, nada de pornografia. –Disse.

–Engraçadinha.

Saí do quarto e desci, fui pra garagem e entrei no meu carro, dirigi direto para o restaurante onde eu marquei com as meninas.

Cheguei ao restaurante e elas já estavam lá.

–Oi meninas. –Disse, me sentando de frente pra elas.

–Oi, você demorou. –Alice disse.

–Foi mal, parece que hoje essa barriga está pesando mais que o necessário. –Disse.

–Parece que ela está começando a ficar baixa, a hora deve estar chegando. –Rose disse.

–Não, ainda falta um mês. –Disse.

–E por falar nisso, como está indo por lá com os meninos? Eles estão fazendo muita bagunça?

–Olha, até a hora que eu saí de lá, eles estavam se comportando.

–E o quarto está ficando bonito? –Rose perguntou.

–É, Emm e Jazz estão trabalhando muito e Edward, estava sentado por causa da perna. –Disse.

Elas riram.

–Vamos pedir o jantar? Eu estou morrendo de fome. –Disse.

–Vamos.

Pedimos o nosso jantar e comemos conversando sobre o projeto de dia das mães e os vários ensaios que faríamos para esse projeto.

Depois do jantar, pedimos uma sobremesa.

Rose e eu nos entreolhamos, Alice nos olhou.

–Querem me dizer alguma coisa? –Ela perguntou.

A olhei.

–Na verdade sim. –Respondi. –Allie, nós somos suas amigas não somos?

–Claro que são, minhas melhores amigas. –Ela respondeu.

–E você não nos esconderia nada, esconderia? –Rose perguntou.

–Claro que não.

–Então por que não nos disse que estava passando por uma fase difícil por causa de um aborto espontâneo? –Perguntei.

Seu rosto perdeu a cor, os olhos começaram a ficar tristes, ela suspirou.

–Jasper não tinha esse direito de falar pra vocês. –Ela disse.

–Ele não tem culpa, nós o encurralamos. –Rose disse.

–Alice. –Ela nos olhou. –Por que não quis nos contar nada?

–Ah Bella, estava acontecendo tanta coisa com você, Carlisle estava com a Renée quando eu fiquei grávida, e quando eu perdi, você estava presa, não queria que isso fosse mais um problema. –Ela disse.

Peguei em sua mão.

–Alice, você deveria ter nos contado, nós teríamos te ajudado a passar por isso, você e o Jasper não podem fazer isso, ficarem se escondendo, guardar tudo pra vocês, nós somos seus amigos. –Disse.

Ela começou a chorar.

–Nós somos amigos Alice, nós sempre estaremos ao seu lado, não importa qual seja o problema. –Rose disse.

–Tanto é que eu fui confrontar os seus pais. –Disse.

Ela me olhou.

–Sério?

Assenti.

–Sim, eles tentaram me bater quando os julguei péssimos pais, dei uma boa lição na sua mãe e quase deixei seu pai estéril. –Disse.

Ela riu.

–Você é louca. –Ela disse.

–Sim eu sou, quando é pra defender alguém que eu gosto. –Disse.

Ela sorriu.

–Obrigada. Vocês sim são minha verdadeira família. –Ela disse.

–Claro que somos.

–Já viu família melhor que a nossa? –Rose disse.

Começamos a rir.

–Nada de segredos, ok?

Ela assentiu.

–Sem segredos. –Ela disse.

Rose pegou na sua mão.

–Isso é só uma fase, você vai engravidar e vai ter muitos mini Jasper. –Rose disse.

Alice riu.

–Obrigada.

–Agora vamos comer a sobremesa. –Rose disse.

Começamos a comer a sobremesa.

Depois da sobremesa, pegamos o jantar dos meninos e fomos para o nosso carro, tirei meus sapatos.

–Tudo bem, Bella? –Alice perguntou.

Assenti.

–Ta, eu só com um pouco de dor nas costas. –Respondi.

–Rose, você ir sozinha? Eu vou com ela e mais tarde eu vou buscar os meninos com o Jazz. –Alice disse.

Ela assentiu.

–Tudo bem, tchau Bella. –Rose me deu um beijo na bochecha.

–Tchau.

Rose foi para o seu carro e foi embora.

–Me dê as chaves. –Alice pediu.

Entreguei as chaves pra ela e fomos embora.

Chegamos em casa e encontramos os três, as roupas sujadas de tinta e sentados no sofá.

–Eu não acredito! Pode levantando do meu sofá com essas roupas todas sujas de tinta, anda, anda.

Eles se levantaram.

–Até parece a dona Esme. –Emmett disse.

Edward me deu um selinho.

–Cadê a Rose? –Emmett perguntou.

–Foi pra casa. –Respondi.

–Nós trouxemos o jantar de vocês.

–Ôba! –Emmett disse, pegando as sacolas da nossa mão.

–Vão comer lá na cozinha. –Disse.

Eles foram pra cozinha e Alice me olhou.

–Sobe, vai descansar, eu fico de olho neles. –Ela disse.

Sorri.

–Valeu. –Dei um beijo em sua bochecha e subi.

Entrei no quarto e troquei de roupa, coloquei uma blusa do Edward mesmo, me deitei na cama, e encarei os meus pés, inchados.

Respirei fundo.

Acho que os mal estares de final de gravidez iriam chegar, justo agora que o Edward estava assim, com a perna quebrada, sobraria pra minha querida filha mais velha.





Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Confronto 2ªtemporada" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.