Confronto 2ªtemporada escrita por Gabszinha FerCosta


Capítulo 5
Capítulo 4-Novos acontecimentos




Isabella Marie Swan Cullen

Cheguei em casa com Kristen e ela foi tomar banho para jantar,também fui me arrumar,desci para preparar o jantar,quando meu celular tocou,sorri ao ver o nome: Bebê piscando.

–Oi amor.-Atendi.

–Oi linda,como está?

–Morrendo de saudades de você,bebê.-Respondi.

Ele riu.

Também to,linda,e as crianças? Estão bem?

–É estão.-Respondi.

–E a Kris,ta se comportando? Se ela não tiver,fale com meu pai.

–Não se preocupe Ed,Kris está bem,nós já nos entendemos.-Disse.

–Sério?

–Sim,foi depois que você viajou,ela foi para o nosso quarto dizendo que teve um pesadelo,de quando fomos seqüestradas por Charlie e Renée.-Expliquei.

–Pensei que ela nem se lembrava disso.

–Pois é,mas ela lembrou,e graças a esse sonho.-Disse.

–Fico feliz que tenham se entendido.

Sorri.

–É,eu também fiquei,mas e por aí? Como anda?

–Bem,ainda não jogamos,só treinamos.

–Ok, boa sorte no jogo então.-Disse.

–Valeu amor,eu tenho que ir,se cuida,e cuida das crianças.

–Tá,você também,se cuida,eu te amo.-Disse.

–Eu também,tchau.

–Tchau.-Disse e desliguei.

Kristen desceu as escadas de dois em dois degraus.

–Já falou com meu pai?-Ela perguntou.

–Não,estava falando com o Edward.-Respondi.

Ela se aproximou e assentiu.

–E como ele ta?

–Bem,e morrendo de saudade da gente.-Respondi.

Ela sorriu.

–Também estou com saudade dele.-Ela disse.-Falou da Tanya?

Respirei fundo.

–Não,é melhor eu falar quando ele voltar.-Respondi.

Ela me olhou.

–Eu não quero que ela volte a infernizar nossas vidas,eu não vou admitir.-Ela disse.

Fui até ela e peguei em sua mão.

–Querida,Tanya não vai voltar a nos infernizar,eu prometo.-Disse.

Ela sorriu.

–To com fome.-Ela disse.

–Vá chamar seus irmãos.-Disse.

Kristen me deu um beijo na bochecha e foi procurar os irmãos.

Ela tinha razão sobre Tanya voltar a infernizar,não iria ser bom pra ninguém.

Alguns dias depois…

Hoje era domingo e almoçaríamos na casa da Esme e do Carlisle,como fazíamos todos os domingos.

Eu sabia que Edward voltava hoje,só não sabia o horário,então iríamos para o almoço e esperaríamos sua chegada.

Terminei de me arrumar e fui até o quarto da Kristen.

–Já ta pronta,Kiki?-Perguntei,parando na sua porta.

–Quase.-Ela respondeu.

Cruzei os braços e a olhei.

–Por que não chama o Seth pra almoçar com a gente?-Perguntei.

Ela me olhou,os olhos azuis completamente assustados.

–Tá maluca mãe? Imagina o Emmett conversando com ele.-Ela disse.

Emmett sentaria com ele e perguntaria tudo sobre ele,e quais as intenções dele em relação a Kristen.

–É,você tem razão,Emmett seria triste.-Disse,e começamos a rir.

–OH MÃE!-Thony e Marie me gritaram,e tive que correr para o primeiro andar,pois eles estavam brigando.

Desci para a sala de estar.

Marie estava chorando.

–O que esta acontecendo aqui?-Perguntei.

–Mamãe,o Anthony quebrou minha boneca.-Marie choramingou.

–Anthony!

–Ela quebrou meu carrinho!-Anthony se defendeu.

–Por que você pegou minha boneca!

–Foi o tio Emm que me deu esse carrinho.-Anthony disse.

–E foi o vovô que me deu essa boneca.-Marie disse,e Anthony mostrou a língua pra ela.

–Tá legal,Anthony e Marie,já chega! É melhor pararem de brigar,depois compramos outro carrinho e outra boneca.-Disse e eles se aquietaram.-Já estão prontos?

–Sim!

–Por que não saímos logo?-Anthony perguntou.

–Kristen ainda ta se arrumando,Mah vá ver se ela já ta pronta.

Marie assentiu e subiu.

Olhei para Anthony,que sentou no sofá,meio triste.

–Hei,o que foi?-Perguntei,me aproximando dele.

Ele me deu um sorriso triste,igual ao sorriso triste do Edward.

–Eu to com saudade do papai.-Ele disse.

Sorri.

–Meu amor,todos nós estamos,e hoje mesmo ele volta.-Disse.

–Esse almoço não vai ser o mesmo sem ele.-Ele disse.

Acariciei seus cabelos acobreados.

–Oh meu amor,não se preocupe,semana que vem ele irá no almoço.-Disse.

Ele respirou fundo.

–Vamos garotão,faça um esforço e dá um sorriso lindo pra mamãe.-Pedi.

Anthony me deu um sorriso torto perfeito,como o do pai.

–Ótimo.-Disse,dando um beijo na bochecha dele.

Kristen e Marie desceram por fim.

–Demoraram,hein?-Disse.

–Estava maquiando sua filha.-Kristen respondeu.-Olha como ela ta linda? Queria ver a cara do Edward,se a visse assim.

Olhei para Kristen.

–Ele vai te matar por ficar maquiando uma garotinha de 7 anos.-Disse.

Kristen começou a rir.

–Vamos logo.-Disse.

Fomos para o meu carro,e eu dirigi direto pra casa dos Cullen.

(…)

Estávamos na casa dos Cullen,as crianças corriam pela casa,Mellanie e Kristen estavam sentadas na escada,conversando. Rose e Allie estavam na cozinha ajudando Esme,e Carlisle estava sentado no sofá,observando as crianças.

Fui até o sofá,e me sentei ao seu lado.

–Oi Carlisle.-Disse,me sentando ao seu lado.

–Oi Bella,tudo bem?

–Tudo sim.-Respondi.

–E o Edward?-Ele perguntou.

–Não falo com ele a alguns dias,então não sei se eles ganharam o jogo.-Respondi.

–E quando ele volta?

–Hoje.-Respondi.

Carlisle assentiu.

–E Kristen? Melhorou no comportamento?-Ele perguntou.

Assenti.

–Sim,ela melhorou e me pediu desculpas,depois de sonhar de quando a gente foi seqüestradas pelos meus pais.

Ele me olhou.

–Achei que ela não lembrasse mais disso.-Carlisle disse.

–É,foi o que todos achamos.-Disse.

Carlisle assentiu.

–Pelo menos ela ta melhor.-Ele disse.

–E com uma paquera nova.-Disse.

Ele me olhou.

–Como assim?

–Ela conheceu um garoto que é novo na cidade,e acho que ela gosta dele.-Disse.

–Ela ta muito nova pra namorar,e esse garoto? Eu nem sei se ele é decente.-Carlisle disse.

–Pode ficar tranqüilo,eu o conheci,ele é um garoto de família.-Disse.

Carlisle respirou fundo.

–Já conversou com ela,sobre sua festa?-Ele perguntou.

Neguei.

–Ainda não.-Respondi.-Kris foi na agencia outro dia comigo,eu tinha uma sessão de fotos para fazer,e Mary a chamou para fazer um book,mas fiquei de conversar com você.

–Não sei Bella,ela é tão nova para essas coisas.-Ele disse.

–É só um ensaio Carlisle,nada demais,e você sabe que isso é o sonho dela.-Disse.

Ele sorriu.

–É,seguir os passos da mãe.-Ele disse.

Comecei a rir.

–É.-Disse.

Ele respirou fundo.

–Tudo bem,se são apenas fotos,ela pode fazer.-Carlisle disse.

Sorri.

–Ela vai ficar muito feliz.-Disse.

–Essa é a minha intenção.-Carlisle disse,sorrindo.

Thony e Marie correram até a gente.

–Oi.-Carlisle pegou Thony no colo,e Marie se sentou em meu colo.

–Vovô,sabe o que o Thony fez?-Marie perguntou.

–Não,o que meu anjo?

–Ele quebrou a boneca que você me deu.-Marie disse,fazendo biquinho,como do Edward.

–E ela o carrinho que o tio Emm me deu!-Anthony disse.

Revirei os olhos.

–Eles estão nessa,desde manhã.-Disse.

Carlisle riu.

–Tudo bem crianças,depois eu dou uma boneca nova e um carrinho novo.-Carlisle disse.

–Mamãe,eu to com fome.-Marie disse.

–Vou ver como que ta o almoço.-Disse,me levantando e deixando Marie com Carlisle e Anthony no sofá.

Fui pra cozinha,onde Esme cozinhava,Rose e Allie cortavam alguma coisa no balcão e Emm e Jasper estavam sentados,bebendo cerveja.

–Olá.-Disse.

–Bells,quer sentar com a gente e beber um pouco?-Emmett perguntou.

–De jeito nenhum,ela vai nos ajudar aqui.-Rose disse.

Olhei para os meninos.

–Mais tarde.-Disse,peguei a garrafa das mãos do Emmett e tomei um gole,depois o devolvi.-Valeu.

Me aproximei das meninas.

–E aí?-Perguntei.

–Termina essa salada.-Rose me entregou uma tigela cheia.

–Então Bella? E o Edward?-Emmett perguntou.

–Não falo com ele a alguns dias,não sei se seu time ganhou o jogo,mas sei que ele volta hoje.-Respondi.

–Estou com tanta saudade do meu filho.-Esme disse.

–Eu também,principalmente o Anthony,ele não vê a hora do pai voltar.-Disse.

Elas riram.

–Ele é muito apegado ao Edward.-Esme disse.

–Eu sei.

Terminei de fazer a salada e Rose,Allie e eu fomos colocar a mesa.

Estávamos na sala de estar,colocando a mesa e fazendo piadas,quando Carlisle entrou.

–Bella,Anthony ta febril.-Carlisle disse.

O olhei.

–Como? A pouco tempo ele tava bem.

–É,mas agora ele ta com febre.-Ele disse.

Corri pra sala de estar e lá estava o meu menininho,deitado no colo da Kristen.

–Meu bebê.-Acariciei sua testa,que estava muito quente.

–Ele ficou assim de uma hora pra outra.-Kristen disse.

–O que você está sentindo,meu amor?-Perguntei.

Ele negou.

–O almoço está pronto!-Esme entrou na sala.

–Anthony está com febre.-Carlisle disse.

Esme se aproximou e colocou a mão na testa dele.

–O que está acontecendo,Anthony?-Esme perguntou.

–Nada.-Ele respondeu.

–Anthony,eu sei que está mentindo.-Disse.

Ele me olhou.

–Estou com saudade do papai.-Ele respondeu.

Respirei fundo.

–Meu amor,seu pai volta hoje,quem sabe quando voltarmos pra casa,ele já não esteja em casa lá?

–Então vamos embora.-Ele pediu.

–Thony,vamos almoçar e depois iremos pra casa,ta bom?-Kristen dise.

Ele assentiu.

–Então levantem-se e vamos almoçar.-Esme disse.

Kristen se levantou com Anthony e fomos pra sala de jantar.

O almoço,como todos os domingos foi divertido,Emmett como sempre fazia piadas,tirando risos de todos,Anthony comeu um pouco,ele estava muito ansioso para a chegada do Edward.

Enquanto almoçávamos,escutamos o barulho da posta,e logo em seguida a imagem perfeita do Edward.

–Oi família!-Ele disse.

–Papai!-Marie e Thony correram para os seus braços.

–Que saudade que eu tava de vocês.-Ele disse,abraçando os filhos.

–Nós também sentimos a sua falta.-Kristen também foi abraçá-lo.

Me levantei e ele soltou as crianças.

Sorri.

–Como foi o jogo?-Perguntei.

Ele sorriu.

–Nós ganhamos.-Ele respondeu.

Me aproximei dele e o abracei.

–Senti sua falta.-Sussurrei.

Ele se afastou,sorrindo.

–Também senti,vida.-Ele envolveu minha cintura e me beijou.

Nos afastamos,ao lembrarmos que estávamos em publico.

–Quando chegou?-Esme perguntou,o abraçando.

–A umas 2 horas.-Ele respondeu.

–Veio direto do aeroporto?

–Não,eu passei em casa,vi que ninguém estava em casa,aí eu lembrei que hoje era o dia do almoço,então deixei as malas em casa e vim pra cá.-Ele respondeu.

–Deve estar com fome,vamos comer.-Esme disse.

–Nós íamos comer,até alguém ,até que alguém chegou e atrasou o almoço.-Kristen disse,cruzando os braços e olhou para o Edward.

Edward bagunçou seus cabelos.

–Também te amo,pirralha.-Ele disse.

–Vamos logo almoçar.-Esme disse.

Nos sentamos e começamos a almoçar.

–Como tem sido as coisas por aqui?-Edward perguntou.

–Por aqui,tudo bem.-Esme respondeu.

–Já comigo…

Olhei para Kristen.

–O que houve?-Edward perguntou.

–Bom,deixa eu resumir: Perdi minha melhor amiga,por que eu descobri que ela é uma vadia,fui com a mamãe na agencia,e fui chamada pra fazer um book,mamãe te falou,pai?

Carlisle assentiu.

–Já,e eu já autorizei.-Ele respondeu.

Kristen deu pulinhos.

–Ótimo. Continuando: mamãe fez um ótimo ensaio fotográfico e a sua ex me atormentou.-Kristen disse.

Edward a olhou,confuso.

–O que? Que ex?-Ele perguntou.

–A unia que nos inferniza a anos.-Disse.

–Tanya?!-Todos responderam ao mesmo tempo.

–A própria.-Kristen disse.

–O que Tanya tava fazendo na agencia?-Edward perguntou.

–Ela foi com a Kate.-Rose respondeu.

–Ela falou mal de mim pra Kris,dizendo que as crianças não eram seus filhos.-Disse.

–O que?-Edward perguntou.

–Eu não acredito que aquela garota vai nos infernizar de novo!-Esme disse.

–Não é só isso,diga o que você fez,Kristen.-Rose disse.

Kris respirou fundo.

–O que houve,Kristen?-Carlisle perguntou.

–Kristen.-Edward a chamou.

–Eu não agüentei ouvi-la falar mal da minha mãe,e…dei um soco na cara dela.-Kristen disse.

–Você o que?-Carlisle perguntou.

–Quebrou o nariz dela.-Rose disse.

–Wow,você é bem forte Kiki,não nega que é uma Cullen.-Emmett disse.

–E o que aconteceu?-Edward perguntou.

–Mandei Kate levá-la para o hospital e depois disso,não falei mais com Kate.-Rose disse.

–Não devia ter feito isso.-Carlisle disse.

–Quem não devia voltar a nos infernizar é Tanya,será que ela nunca vai aprender a lição?-Alice disse.

–Tanya sabe que não vai conseguir nada,mas vai continuar fazendo de tudo pra nos infernizar.-Rose disse.

–Mas nós conseguiremos domá-la,como sempre.-Disse.

–Agora vamos esquecer que Tanya existe,e vamos almoçar.-Esme disse.

E foi o que fizemos,esquecemos dos nossos antigos inimigos,e tivemos nossos almoço de família.





Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Confronto 2ªtemporada" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.