Confronto 2ªtemporada escrita por Gabszinha FerCosta


Capítulo 19
Capítulo 18-A volta/ Desconfianças/ Mais problemas




Isabella Marie Swan Cullen

Continuação…

Eu não conseguia parar de chorar.

–Hei,o que houve?-Edward perguntou.

–Eu quase cometi uma besteira,Edward.-Disse,chorando.

–Calma,vem cá,vamos conversar.-Ele disse.

Nos sentamos no sofá,um de frente para o outro.

–Acalme-se,e me conte o que aconteceu.-Ele pediu.

Respirei fundo e o olhei.

–Carlisle veio aqui.-Disse.

Ele assentiu.

–E?

O olhei.

–Vocês…

–Não! Ele veio aqui,disse que ele e a sua mãe estavam em um relacionamento aberto e ele queria…

–Queria ficar com você.-Ele completou a minha frase.

Assenti.

–Eu até pensei em aceitar,por que você estava com outras mulheres…

–Eu estava drogado,assim que ficava sóbrio,as expulsei do meu quarto.-Ele disse.

–Eu fui até seu carro,não queria fazer nada com ele,aqui,dentro da nossa casa,mas não consegui,eu desisti,antes mesmo de entrar no carro dele.-Disse.

Ele assentiu.

–E por que desistiu? Eu disse a você,que se quisesse ficar com outros homens,você podia ficar.-Ele disse.

–Mas esse homem é o seu pai,Edward.-Disse.

–E daí? Vocês já tem uma filha.-Ele disse.

–Mas eu não consigo mais,confesso que eu fui apaixonada por ele,e desse amor que eu sentia,veio a Kristen,mas eu não sinto mais nada por ele,desde que eu te conheci,Edward,é você o homem que eu amo,eu não quero outro homem na minha vida,além de você.-Disse.

–E o Thony?-Ele perguntou.

Sorri.

–Thony é meu homenzinho.-Disse.

Ele riu.

–Bella,não se preocupe,eu não estou com raiva de você,sei que você me ama,e você não fez nada,recusou meu pai,por que me ama,mostrou que é fiel a mim,mesmo estando com raiva de mim,sou eu que sou um monstro,eu que sou o infiel.-Ele disse,abaixando o olhar.

Peguei em sua mão.

–Você disse que estava drogado,eu sei que a nossa separação foi demais pra você.-Disse.

–Você…me perdoa? Por ter te batido,agido como um idiota com a Kris,ter me drogado e ficado com outras mulheres?-Ele pediu.

Respirei fundo.

–Confesso que fiquei muito magoada com você,quando agiu daquele jeito com a minha filha,você e o Emmett praticamente disseram que eu sou uma péssima mãe,mas eu sei que não sou,eu batalhei demais desde que saí da casa dos meus pais e você sabe muito bem disso. Fiquei muito mal quando saiu de casa,e mais ainda quando Alice me disse que estava mal e se drogando,e saindo com prostitutas,mas eu sei que se não estivesse drogado,não faria isso.-Disse.

Ele me olhou,as lágrimas caindo pelo seu rosto.

–Bella…eu te amo,me perdoa.-Ele se ajoelhou.-Eu não devia ter feito essas coisas,eu quero você de volta.

Edward soluçava.

Acariciei seu rosto.

–Edward,eu te chamei aqui,por que eu te quero de volta,quero que volte pra casa,que volte a ser meu marido.-Disse.

Ele me olhou.

–Então você me perdoa?-Ele perguntou.

Sorri.

–Quem ama perdoa.-Disse.-E eu estou te perdoando,mas terá que fazer uma coisa por mim.

–Qualquer coisa.-Ele disse.

Respirei fundo e o olhei.

–Se descobrirem que você estava se drogando,vão te tirar do time.-Disse.

–E o que você quer que eu faça?-Ele perguntou.

Respirei fundo.

–Peça uma licença ao seu treinador,e vá para uma clinica,pelo menos fique algum tempo lá,eu sinto que você não vai conseguir ficar sem as drogas,você usou demais.-Disse.

Ele assentiu.

–Faço tudo o que você quiser.-Ele disse.

Sorriu,e acariciei seu rosto.

–Nós vamos conseguir passar por cima de tudo isso,e seremos uma família feliz de novo.-Disse.

Ele sorriu.

–Eu senti a sua falta.-Ele disse.

Sorri e me levantei.

–Vem.-Estendi a mão pra ele.

–Aonde vamos?

–Matar a saudade.-Disse.

O levei para o nosso quarto.

(…)

Eu não sabia a quanto tempo Edward e eu estávamos naquela cama,mas era bom tê-lo de volta.

–Senti tanto a sua falta nessa cama.-Disse.

Ele sorriu,e beijou a minha testa.

–Eu também senti muito a sua falta.-Ele disse.

Lhe dei um selinho.

–Ta com fome?-Perguntei.

–Um pouco.-Ele respondeu.

–Ok,vou preparar alguma coisa pra gente comer.-Lhe beijei.-Não saí daqui.

Ele riu.

–Eu não irei a lugar nenhum.-Ele disse.

Me levantei,vesti sua camisa e desci.

Fui pra cozinha,onde Kristen estava estudando.

Ela me olhou.

–Eu não acredito nisso,Isabella Cullen!-Ela disse.

–O que foi?-Perguntei.

–Isso. Você trouxe um homem pra cá e está transando com ele,na cama que dividi com o Edward!-Ela disse.

–Primeiro,abaixe o tom de voz Kristen Swan Cullen! Segundo,não reconheceu a camisa? É do Edward,é ele que está lá em cima.-Disse.

Ela me olhou.

–Tá falando sério?-Ela perguntou.

Sorri.

–Sim.-Respondi.

Ela respirou fundo.

–Ainda bem,eu não iria aceitar você com outro homem que não fosse o Edward.-Ela disse.

Sorri.

–É,nós nos entendemos.-Disse e fui fazer um lanche pra gente.

–Mãe.-Kris veio atrás de mim.-Agora que já solucionou o seu problema com o meu irmão,eu preciso de ajuda.

A olhei.

–Ta,o que foi?-Perguntou.

Ela respirou fundo.

–Eu to atrasada.-Ela disse.

A olhei.

–O que? Pelo amor de Deus Kristen,não brinca com uma coisa dessas,seu pai vai me matar!-Disse.

–Eu não to brincando.-Ela disse.

–Você não tomou os anticoncepcionais que eu te dei?-Perguntei.

–Sim,eu tomei,e mesmo assim ela atrasou.-Kristen estava apavorada.

Assenti.

–Tudo bem,Edward vai voltar para o hotel pra pegar as suas coisas,e enquanto isso,eu compro um teste de farmácia,e espero mesmo que você não esteja grávida,Emmett não ta muito amores comigo e seu pai vai me matar,e eu to muito nova pra ser avó!-Disse.

–Aí mamãe,não me deixa nervosa.-Ela disse.

Era o que eu esperava.

Se Kristen estivesse grávida,eu estava morta.

Logo agora que eu voltei com o Edward.

***********

Edward voltou para o hotel pra pegar suas coisas,ele iria voltar pra casa,enquanto ele estava fora,comprei um teste de gravidez,e quando voltei pra casa,fui direto para o quarto da Kristen.

–Tudo bem,vamos acabar com isso,nós temos pouco tempo.-Disse.

–Comprou o teste?-Ela perguntou.

–Sim,dois,eu farei um com você.-Disse.

Ela assentiu.

–Ok.

Entramos no banheiro e nós duas fizemos o teste.

Tivemos que esperar três minutos,e quando deu a hora,pegamos o teste da Kris.

–Mãe…

–Que cor ficou?-Perguntei.

–Azul.-Ela respondeu.

Olhei a caixinha.

Sorri.

–Ah,azul é negativo. Graças a Deus.-Disse.

Ela suspirou.

–É mesmo.-Ela disse.

Estávamos aliviadas.

A campainha tocou.

Me levantei.

–Será que é o Edward?-Perguntei.

–Aí mãe,essa casa também é dele,por que ele tocaria a campainha? Ele tem a chave!-Kristen disse.

–Tudo bem,jogue esses testes fora,eu vou atender a porta.-Disse e saí do quarto.

Desci e abri a porta.

Era a Rose.

–Rose,que bom que está aqui,preciso te contar uma coisa.-Disse.

–É,eu também.

Nos sentamos.

–Bom,Carlisle veio aqui e disse que está em um relacionamento aberto com a Esme,ele queria ficar comigo.-Disse.

Ela me olhou.

–E VOCÊ FICOU?

–Não! Eu até pensei mas não tive coragem,o mandei embora e chamei o Edward.-Disse.

–Contou pra ele?-Ela perguntou.

Assenti.

–Sim,ele não ficou com raiva de mim,e eu o perdoei,nós voltamos,ele vai voltar pra casa e ele vai pra uma clinica pra se desintoxicar.-Disse.

Ela assentiu.

–Fico feliz por vocês.-Ela disse.

–Por que não faz o mesmo Rose? Vai atrás do Emmett.-Disse.

–Não sei se ele vai querer voltar comigo,depois do que eu fiz.-Ela disse.

A olhei.

–E o que você fez?-Perguntei.

Ela me olhou.

–Eu o traí.-Ela disse.

–Bom,ele também estava saindo com outras mulheres,então vocês estão quites.-Disse.

Ela negou.

–Não,não até ele saber com quem foi.-Ela disse.

–E com quem foi?-Perguntei.

Ela não respondeu.

–Rosalie,com quem você ficou?

Ela começou a chorar.

E eu conhecia esse choro,ela havia aprontado uma das grandes,e com certeza seria algo imperdoável.

Aí meu Deus,o que vem dessa vez? Parece que as coisas estão ficando cada vez piores.

Continua…





Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Confronto 2ªtemporada" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.