Confronto 2ªtemporada escrita por Gabszinha FerCosta


Capítulo 101
Capítulo 100-Vitória Cullen/ Comemorando/ Acertando as contas


Notas iniciais do capítulo

Olá gente, eu tenho um aviso super importante nas notas finais, então não deixem de ler, por favor.
Tenham uma boa leitura.



  Isabella Marie Swan Cullen

 

Continuação…

  Benjamim olhava para todos nós.

 -Mas que porra é essa? –Benjamim perguntou.

  -Eu vou te explicar o que está acontecendo, Benny. –Disse. –Anna estava me ameaçando, ela disse que se eu não a pagasse, ela iria divulgar esses vídeos na internet. Isso poderia prejudicar tanto a mim quanto ao Carlisle, não podíamos deixar isso acontecer, e você fez um excelente trabalho.

  Ele me olhou.

  -Você me usou? –Ele perguntou.

  Sorri.

  -Não faça essa cara, você não é nenhum inocente, você queria ficar com uma mulher casada. –Disse.

  Ele me olhou.

  -Eu não acredito nisso, sua vadia!

  Comecei a rir.

  -Você achou mesmo que eu ficaria com você? –O olhei. –Benjamim, Edward pode ser três anos mais novo do que eu e você, mas ele continua sendo mais homem do que você.

  -Sua vadia! –Benjamim veio pra cima de mim, mas Edward me puxou e Emmett foi pra cima dele. 

  -Você não vai encostar nela, Benjamim. –Emmett disse.

  Benjamim olhou para o Emmett e sorriu.

  -Qual é Emmett, não conseguiu me enfrentar, quando tirei a Anna de você, mas quer me enfrentar para defender essa sua cunha puta!

  Emmett deu um soco nele, que ele caiu no chão.

  -Tudo bem, vamos voltar um pouco no tempo, amigo. Nós nos conhecemos com quantos anos? –Emmett perguntou.

  Benjamim não respondeu.

  -Responde! –Emmett gritou.

  -Tínhamos 10 anos! –Benjamim disse.

  Emmett sorriu.

  -Pois é. –Emmett o pegou pela gola da camisa e o levantou. –Eu ainda me lembro do que aprontávamos, do quanto éramos amigos, mas foi a gente entrar na adolescência para as coisas mudarem. Eu conheci a Anna, você sabia o quão apaixonado eu era por ela e você teve a ousadia de tirá-la de mim.

  -VOCÊ TINHA A MULHER QUE QUISESSE! –Benjamim gritou. –Haviam várias garotas na sua cola, a maioria delas eu queria, mas elas sempre preferiam você. Ai a Anna apareceu, e ela simplesmente caiu na minha e começou a botar chifres comigo. Você desapareceu daqui Emmett, e eu achei que tinha vencido por fim, que havia conseguido uma garota que era sua. Eu achei que você estava em algum lugar, muito ferrado, e de repente você está famoso, por ter virado a porra de um lutador famoso, e o pior de todos, eu fiz tanto sacrifício de tirar a Anna de você, e você consegue uma garota melhor que ela. –Ele disse e olhou para a Rosalie.

  -Cara, não me venha colocar nessa rixa de vocês, nessa época, eu estava ocupada demais ajudando minha amiga grávida. –Rosalie disse.

  -Então por que você não aceita que eu sou melhor que você? Você não passa de um vagabundo, enquanto eu tenho uma excelente carreira e sou conhecido por todo o mundo e tenho uma mulher melhor do que a sua, que tem uma excelente carreira e que também é conhecida por todo o mundo.

  -Você é um filho da puta desgraçado! Se acha melhor do que eu? Pelo menos o meu pai não é nenhum canalha que teve um caso com uma garota de 15 anos!

  Aquela palavras fizeram meu sangue ferver, fui em direção deles, mas Edward me segurou.

  -Calma, deixa que o Emmett resolva isso.

  -Acha que isso foi ruim? Meu pai cometeu um erro e poderia ter sido preso, tanto ele quanto a Bella enxergam isso hoje, mas teve um lado bom, que foi a minha linda irmã, nós já não ligamos para o que eles tiveram no passado, nós somos uma família, e estamos juntos. Mas você não sabe o que é isso. –Emmett sorriu. –Você diz do meu pai, mas o que você sabe sobre o seu? Ele foi embora quando você teve 12 anos.

  Benjamim conseguiu revidar e deu um soco na barriga do Emmett, que caiu de lado, ele foi pra cima do Emmett e deu dois socos nele.

  -Emmett! –Rosalie gritou.

  Edward e Jasper foram até eles e segurou o Benjamim.

  Emmett se levantou e se aproximou deles.

  -Podem soltá-lo. –Ele disse.

  -Tem certeza? –Edward perguntou.

  Emmett sorriu.

  -Não se preocupe, eu sei muito bem bater em alguém. –Ele disse.

  Edward e Jasper soltaram Benjamim.

  -Olha, eu poderia dizer que isso é uma vingança por você ter tirado a Anna de mim, mas pra falar a verdade, eu tenho que te agradecer, a minha vingança, é por você ter sido um péssimo amigo. –Emmett disse.

  -Vai se foder! Você não está fazendo isso por que eu traí a sua amizade, você está fazendo isso, pra defender essa puta que se casou com o seu irmão! –Benjamim disse.

  -Arrebenta ele, antes que eu faça isso. –Edward disse.

  -Pode deixar, Edward. Eu vou acabar com esse filho da puta! –Emmett disse e foi pra cima do Benjamim.

  Emmett lhe deu vários socos até que ele caiu no chão, Emmett montou em cima dele e deu mais socos, até ele ficar todo machucado, ele se levantou e deu vários chutes em sua barriga, até sua boca se encher de sangue.

  -Já chega, Emmett. –Esme disse.

  Emmett parou de bater nele.

  -Isso foi por tudo o que fez, seu verme! –Emmett disse. –Você mexeu com a família errada.

  -É melhor avisar a Anna, que o namoradinho dela precisa de ajuda. –Rosalie disse.

  -Tem razão. –Emmett disse e pegou o celular do Benjamim do seu bolso. –Eu vou ligar pra ela.

  Emmett ligou para Anna.

  -Olá Anna. –Ele disse, assim que ela atendeu. –Sim, estávamos batendo um papo, você vai ficar surpresa com as coisas que ele fez. –Emmett disse. –Eu vou te dizer, claro que eu vou. Venha aqui para o apartamento do meu pai, você vai encontrar com ele. –Emmett sorriu. –Ele vai adorar te ver. –Emmett desligou.

  Carlisle pegou as coisas que Benjamim tinha trago.

  -Vamos embora daqui, já conseguimos o que queríamos. –Carlisle disse.

  -Vamos.

  Saímos do apartamento e voltamos pra casa.

  -Ah, agora a gente pode destruir todo esse material. –Carlisle disse.

  -Calma Carlisle, nós temos que entregar primeiro para a polícia, para que prendam essa desgraçada. –Esme disse.

  -Esme tem razão, Carlisle.  Depois que ela for presa, nós poderemos destruir tudo e ir embora daqui. –Disse.

  -Você foi muito corajoso. –Rose disse, para o Emmett.

  -Aqueles dois cretinos mexeram com a minha família. –Ele disse.

  -Gente, agora vamos pra casa e vamos comemorar, por que merecemos. –Kristen disse.

  -Vamos.

  Fomos pra casa aliviados. Agora era só a Anna ser presa, para podermos voltar pra casa.

***

  A noite tinha sido de comemoração, nós estávamos muito felizes que recuperamos todo aquele material que estava com a Anna, agora eu só queria ter um pouco de paz.

  Saí do closet e Edward estava jogado na cama, e ele estava vendo os vídeos…

   O olhei.

  -Ai, por favor, não me diga que está vendo isso, pra ficar se comparando ao seu pai.

  Ele me olhou.

  -Não, é que eu queria saber como era. –Ele sorriu.

  -Você era mais nova, e pelo menos desde que eu perdi minha virgindade com você, e você já era mais experiente do que nesse vídeo. –Ele disse.

  Sorri.

  -Eu tive 3 anos de treinamento. –Disse.

  Ele sorriu.

  -Eu imagino. –Ele disse e me olhou. –Uau, você está maravilhosa.

   Sorri.

  -Pensei que nós podíamos fazer uma comemoração particular. –Disse. –E que você poderia tirar essa camisola. Ela é nova.

  Ele sorriu.

  -Venha aqui.

  -Desliga isso primeiro, é constrangedor. –Disse.

  Ele desligou e televisão.

  -Agora vem aqui. –Ele pediu.

  Fui até ele, subi na cama e me sentei em seu colo, ele segurou firme em minha cintura.

  -Meu pai tinha uma garotinha na cama dele. –Ele disse, beijando meu pescoço. –Mas eu sempre tive uma leoa indomável na minha.

  Sorri.

  -É isso ai, e eu te transformei em um homem. –Disse.

  Ele sorriu.

  -Você diz isso, por que tirou a minha virgindade. –Ele disse.

  -Sim, e sou uma mulher muito feliz em saber que fui a única na sua cama. –Disse.

  -Sim. –Ele beijou minha bochecha. –E sempre será.

  -É o que eu espero. –O olhei nos olhos. –Eu te amo.

  -Eu também te amo, vida. –Ele disse, subindo a minha camisola.

  Em poucos minutos ele tirou a minha camisola e minha lingerie, também tirei as roupas do Edward e tivemos o nosso momento, a nossa comemoração.

  No dia seguinte…

  Acordei e não vi Edward ao meu lado, mas o escutei no banheiro, me espreguicei e me levantei, fui até o banheiro e ele estava tomando banho.

  Abri o Box e o abracei por trás.

  Ele riu.

  -Bom dia, vida. –Ele disse.

  -Bom dia, bebê. –Disse.

  Ele se virou e me deu um selinho.

  -Está acordada a muito tempo? –Ele perguntou.

  Neguei.

  -Não, eu acordei agora e resolvi me juntar a você. –Disse.

  Ele sorriu.

  -Fez muito bem. –Ele disse e me beijou.

  Edward me prensou contra o azulejo frio e tivemos um maravilhoso banho.

(…)

  Depois de tomarmos um demorado banho, nós nos arrumamos e saímos do quarto.

  -Vamos ver se as crianças acordaram? –Edward perguntou.

  -Sim, vamos. –Disse e fomos para o quarto das crianças.

  Entramos no quarto e Robert estava no carrinho, e já estava acordado.

  -Bom dia, meu amor. –Disse e o peguei no colo.

  -Bom dia, filho. –Edward deu um beijo em sua bochecha. –Vai amamentá-lo?

  Assenti.

  -Sim, você me espera? –Perguntei.

  Ele assentiu.

  -Claro. –Ele respondeu.

  Sentei-me na cama e comecei a amamentar o Robert, quando eu terminei, saímos do quarto e descemos, fomos pra sala de jantar, onde Esme, Carlisle, Kristen e Seth tomavam café.

  -Bom dia. –Dissemos.

  -Bom dia. –Eles disseram.

  Sentamos-nos.

  -Onde estão meus dois anjinhos? –Perguntei.

  -Eles acordaram bem cedo e foram pra piscina. –Esme disse.

  -É, o dia está lindo, devíamos aproveitar. –Carlisle disse.

  -É, devíamos mesmo, não é comum fazer tempo bom aqui em Forks. –Disse.

  -Você definitivamente odeia Forks. –Edward disse.

  Sorri.

  -E então gente? Vamos passar o dia na piscina? –Kristen perguntou,

  -Vamos. –Concordamos.

  -Eu vou ligar para o Emmett e a Tia Rosie, depois eu ligo pro tio Jazz e a Allie. –Kristen disse.

  -Ok.

  Continuamos tomando nosso café.

  -Pai, quando vai à delegacia dar queixa contra a Anna? –Kristen perguntou.

  -Vamos curtir o dia, e amanhã mesmo eu faço isso. –Carlisle respondeu.

  -E espero que ela seja presa logo, para irmos embora. –Disse.

  -Eu acho que a Bella tem razão, nós temos que voltar pra casa, para voltarmos para o nosso trabalho. –Esme disse.

  -É, eu vou ver o que eu posso fazer, para irmos embora. –Carlisle disse.

  Assentimos.

  Terminei de tomar café.

  -Bom, eu vou arrumar o Rob pra gente ir pra piscina. –Disse.

  -Eu te ajudo, mãe. –Kristen disse, se levantando.

  -Ok.

  Kristen e eu subimos com o Robert para arrumarmos pra tomar banho de piscina.

***

  Nós estávamos curtindo o dia que estava lindo. Carlisle e Esme estavam na churrasqueira, preparando um delicioso churrasco, na piscina estavam Edward, Emmett, Jasper, Kristen, Seth e as crianças, eles estavam jogando vôlei, eu estava nas espreguiçadeiras junto com a Rosie e a Allie, Robert estava deitado no meu peito, bem aconchegado.

  -Ai, sua barriga está ficando linda, Alice. –Rosalie disse.

 Allie sorriu, passando a mão na barriga.

  -Ai, eu também acho. –Alice disse.

  -E como anda a gravidez, Alice? –Perguntei.

  -Tudo muito bem, com a gravidez, mas tem uma coisa que está me preocupando. –Ela disse.

  -O que? –Perguntamos.

  Ela olhou pra piscina, em direção às crianças.

  -Mellanie. –Alice disse.

  -O que houve com ela? –Perguntei.

  -Ela anda estranha ultimamente, quieta, mas quando está no celular, fica toda alegre. –Alice disse.

  Rosalie riu.

  -Ai Alice, isso é óbvio. –Rose disse.

  -Como assim?

  -Não ficava assim perto dos seus pais, quando ficava trocando mensagem com o Jasper? –Rose perguntou.

  -O que? Está querendo dizer que ela está um namorado? –Alice perguntou.

  -Claro, olha, eu era igual quando queria esconder meus namorados dos meus pais, Bella também fazia isso. Esse é o mundo das adolescentes. –Rosalie disse.

  -Eu pensei em ler o diário dela, para saber o que está acontecendo. –Ela disse.

  -Não faça isso, ela vai te odiar, você tem que deixá-la se abrir. Se você quiser, eu peço para a Kristen conversar com ela. –Disse.

  -Eu iria ficar muito agradecida, Bella. –Ela disse. –Ai, minha filha namorando, como o tempo passou rápido.

  -Bem vinda ao meu mundo. –Disse. –Você disse alguma coisa para o Jazz?

  Ela negou.

  -Não, acha que eu devo contar? –Ela perguntou.

  -Não! –Rosalie e eu dissemos.

  -Se você contar, sabe-se lá como ele vai reagir, vamos descobrir primeiro o que há com ela. –Rosalie disse.

  Alice assentiu.

  -Tem razão.

  -E você, Rosie? Não pensa em ter mais filhos? –Perguntei.

  -Emmett quer que eu engravide de novo, mas eu ainda estou pensando nisso. Tem o meu trabalho. –Ela disse.

 -Isso não vai atrapalhar, Rosalie. Gravidez nunca atrapalhou o meu trabalho. Mary é bem compreensiva, quando a série, você pode pegar uma licença, os diretores não se incomodam. –Disse.

  Rosie assentiu.

  -Eu vou pensar no assunto. –Ela disse,

  Assenti.

  -Ok, você que sabe. –Disse.

  -VOCÊS SÃO UM BANDO DE FILHOS DA PUTA! –Escutamos um grito e nos viramos para olhar.

  Era a Anna.

  -O que essa garota faz aqui? –Rosalie perguntou.

  -Como entrou aqui? –Esme perguntou.

  -Vocês me roubaram o que eu tinha de mais precioso. –Ela disse.

  -Você possuía nossa intimidade, não roubamos nada, foi você que errou, Anna. –Carlisle disse.

  -Vocês só conseguiram, por que a sua amante seduziu o meu namorado. –Ela olhou pra mim. –Eu vou te matar!

  Ela veio pra cima de mim e eu abracei Robert, o protegendo.

  Edward saiu da piscina e se colocou a minha frente.

  -Nem pense nisso!

  -Saí da minha frente, Edward!

  -Você não vai fazer mal pra Bella e muito menos para os meus filhos! –Edward disse.

  -Vão conversar com essa mulher em outro lugar, eu fico aqui com as crianças. –Kristen disse.

  -Venha, Anna. –Emmett arrastou Anna para dentro da casa.

   Entreguei Robert para Kristen e fui com eles.

  Chegamos à sala de estar e Emmett soltou Anna.

  -Eu quero as minhas coisas de volta. –Anna disse.  

  -Você não vai ter nada de volta, isso pertence à nós. –Carlisle disse.

  -Você agiram ilegalmente. –Anna disse.

  Comecei a rir.

  -Ilegalmente? Agora o seu namorado não resistir a mim é crime? –Perguntei.

  Anna me olhou.

  -Você é uma vadia desde os 15 anos, você seduziu ele! –Anna disse.

  -E ele caiu, eu não sou a culpada, é ele o homem infiel que te traiu. –Disse.

  -Você teve a ousadia de transar com ele? –Ela perguntou.

  -Claro que não! Ao contrario dele, eu sou fiel, e nem precisou. Bastou eu fazer uma promessa pra ele me entregar tudo. –Disse.

  -Sua vadia! –Ela tentou vir pra cima de mim mais uma vez, e dessa vez foi o Emmett que a impediu e a jogou no chão.

  -Já chega, Anna! O seu plano de merda não deu certo, você perdeu. -Emmett disse.

  Anna se levantou e ficou de frente para o Emmett.

  -Eu fiz tudo isso, por que você me abandonou. –Ela disse.

  -Eu te deixei por que você me traiu com o meu melhor amigo. –Emmett disse.

  Ela riu.

  -E acha que a sua esposa é melhor do que eu? –Ela perguntou.

  Rosalie deu um passo na direção de Anna.

  -Como é que é?

  Ela sorriu.

  -Acha que eu só pesquisei a vida de Isabella Swan, a vadia de 15 anos que trepava com o Dr. Carlisle Cullen? Eu também pesquisei sobre você. –Anna disse. –Rosalie Hale, a garota que tinha um caso com Elena Gilbert, que parou em uma clínica de reabilitação. Ela cuidava da doce Bella, e foi ela sair do caminho, pra você estragar com ela, Isabella se transformou uma vadia, por que ela aprendeu com você, que é a mestra.

  Rosalie desferiu um tapa na minha cara.

  -Acredite sua vagabunda, você não é a primeira ex namorada do Emmett que eu bato aqui em Forks. –Rosalie disse.

  Anna se levantou.

  -Ah querida, Emmett não é esse príncipe encantado que acha que ele é.

  -Não ouse difamá-lo, você não o conhece. –Rosalie disse.

  -Tudo bem, isso tudo começou com o Emmett, já que você coloca a sua mão no fogo por ele, então lute. –Ela disse, se aproximando dela.

  Rosalie riu.

  -Garota, não tente me desafiar. –Ela disse.

  -Rosalie, não caia na dela. –Emmett disse.

  -Deixa ela acabar com isso, Emmett. –Edward disse.

  -Rosalie já foi presa por agressão. –Emmett disse.

  -Se ela for presa, eu me responsabilizo em tirá-la de lá. –Jasper disse.

  -E eu pago a fiança. –Carlisle disse.

  Anna olhou pra o Jasper.

  -Você é familiar. –Ela disse.

  Jasper sorriu.

  -Sou Jasper Hale. –Ele disse.

  Ela assentiu.

  -Claro. –Ela olhou para o Emmett. –Ele foi um dos meus amantes.

  Emmett olhou para o Jasper.

  -O que?

  -Foi apenas uma vez, e eu não te conhecia, Emmett. –Jasper disse.

  Emmett assentiu.

  -É, tem razão. Você não tem culpa, quem tem culpa é essa vadia. –Emmett disse.

  -Quanto rancor Emm, esqueceu que fui eu que tirei sua virgindade?

  Emmett se virou para Rosalie e lhe deu um beijo.

  -Acaba com ela. –Ele disse e se afastou.

  Rose sorriu e Anna se aproximou dela.

  -Você jamais será mulher o suficiente para ele. –Ela disse.

  -Estive casada com ele por 10 anos e tive dois filhos com ele, você não tem capacidade de formar uma família com ele. –Rosalie disse.

  Anna deu um tapa na casa da Rosalie e ela caiu no chão.

  -Rose…

  Edward me segurou.

  -Não, deixa que ela resolve isso. –Ele disse.

  Respirei fundo.

  Anna foi pra cima dela e começou a dar tapas na cara dela.

  -Ela não vai conseguir. –Disse.

  -Bella, estamos falando da Rosalie, ela é esposa de um lutador, confie na sua amiga. –Ele disse.

  De repente Rosalie virou o jogo, ela deu uma joelhada na Anna, que ela caiu de lado, Rosalie foi pra cima dela e começou a lhe dar socos, ela se levantou e deu chutes.

  -Isso foi por você tentar foder com a nossa família e com o meu marido. –Rosalie disse e me olhou. –Venha amiga, você também merece puni-la.

  Aproximei-me e dei alguns chutes.

  -Isso é por você tentar ferrar a mim e ao Carlisle. –Disse.

  -Viu só? Você perdeu. –Rosalie disse.

  -Essa é a minha campeã. –Emmett disse e abraçou a Rosalie.

  -Eu vou chamar a polícia. –Carlisle disse.

  -Eu vou ver as crianças. –Disse e fui até a piscina.

  Anna seria presa, então quer dizer que os nossos dias aqui em Forks estavam contados.

(…)

  Os policiais já estavam ali para levar a Anna, eles já a tinham algemado e ela já estava na viatura, Carlisle estava falando com o delegado.

  -Aqui, isso é tudo. –Carlisle entregou os materiais que provavam que Anna nos gravou.

  -Ok, muito obrigado, Dr. Cullen.

  -Eu é que agradeço. –Carlisle disse.

  O delegado foi embora.

  -Então acabou? –Esme perguntou.

  Carlisle respirou fundo.

  -Sim, amanhã eu irei ver todos os detalhes da prisão da Anna e teremos uma data certa para irmos pra casa. –Carlisle respondeu.

  -É, já está na hora de voltarmos para a nossa vida normal. –Edward disse.

  -Olha, eu só quero esquecer dessa garota, será que a gente poderia voltar para aquela piscina e comemorar um pouco? –Rosalie perguntou.

  -Rosalie tem razão, vamos voltar pra piscina. –Esme disse.

  Edward me abraçou.

  -Fique feliz, logo nós estaremos em casa. –Ele disse.

  Sorri.

  -Eu estou. –Disse e lhe dei um selinho. –Vamos.

  Fomos pra piscina, eu sentia que logo voltaríamos pra casa.

  No dia seguinte…

  Estávamos no jardim, Edward estava jogando bola no jardim com o Anthony, e ele mostrava suas melhores jogadas.

  -Olha só, tem alguém interessado no jogo. –Rosalie disse.

  Olhei para o Robert, que olhava atentamente o pai e o irmão jogando.

  O coloquei na grama e ele tentava ir até eles.

  -Acho que alguém já vai começar a engatinhar. –Rosalie disse.

  -Não é cedo pra isso?

  -Ele já tem 5 meses, quase 6. –Alice disse.

  -Eu ainda acho cedo. –Disse.

  -Mas o importante é que ele tem saúde. –Rosalie disse.

  -É.

  -Família. –Carlisle apareceu.

  -Oi querido. –Esme lhe deu um selinho.

  -Tenho boas notícias. –Carlisle disse.

  -Fala ai. –Emmett disse.

  -Tanto a Karen, quanto a Anna, irão direto para o presídio, então o caso está encerrado. –Carlisle disse.

  -Ah, graças à Deus. –Dissemos.

  -E já que elas estão presas, resolvemos as coisas e poderemos voltar pra casa, arrumem as malas que voltaremos amanhã mesmo. –Carlisle disse.

  -Ah, que ótimo. Eu estava mesmo com saudade de casa. –Kristen disse.

  -Viu só? Nós iremos voltar. –Edward disse e me beijou.

  Logo eu sairia daqui e voltaria pra casa, depois de tanto tempo, nós voltaríamos para nossa vida normal.



Notas finais do capítulo

Oi gente....
Quero comunicar a vocês que Confronto 2ªTemporada, está chegando ao fim, e eu estou na dúvida se eu faço ou não uma 3ªTemporada. Por isso eu preciso da ajuda de vocês;
Se vocês quiserem uma 3ªTemporada, vão lá na minha página e comentem #Confronto3ªTemporada.
A votação valerá até o capítulo 120 da fic, e tem que passar dos 100 votos, vocês podem votar quantas vezes vocês quiserem.
Esse é o link da página:
https://www.facebook.com/GabszinhaFanfics/?fref=nf
Votem lá.
Beijos, até o próximo capítulo;



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Confronto 2ªtemporada" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.