They Don´t Know About Us escrita por Nicole Hudson


Capítulo 28
I will love you for thousand


Notas iniciais do capítulo

Esse é o último capítulo da fic, mas relaxem: Vai haver segunda temporada! Muito obrigada pelos 61 comentários, pelos 8 favoritos e por haver 18 pessoas dispostas a acompanhar essa fic. E muitíssimo obrigada á Saah Horan, por ter sido a primeira a comentar, sem você, talvez eu não chegasse á onde estou. Um bilhão de obrigadas á todos que comentaram, leram e até mesmo aos fantasminhas.


American Eagle




                     Narrador

Anúbis e Sadie Kane se casaram e agora moravam em uma casa de campo, comprada pelo pai da moça. Os dois haviam adotado um pequeno cãozinho, Toby, que não podia os deixar mais felizes. Sadie estava sentada na varanda, segurando Toby em uma das mãos e um papel na outra mão. Mal podia acreditar que aquilo estava acontecendo. Tocou levemente na barriga, sufocando algumas lágrimas. O marido estava no trabalho. Tentou ligar para o seu celular mas ele não atendia. Teria de esperar mais algumas horas até que o marido voltasse do trabalho. Foi até a cozinha e pegou um grande pote de sorvete. Sim, talvez ela estivesse comendo demais nos últimos dias, como o marido bem reparara, mas pelo menos havia uma razão. Enquanto saboreava o doce, pensava nas palavras que haviam mudado sua vida. Acabou o doce, mas não se sentia satisfeita. Sim, o marido estaria rindo ás suas custas nesse exato instante. Pegou um pacote de biscoitos e as comeu rapidamente. De repente se sentia muito sonolenta. Lentamente subiu a escada até seu quarto e de seu marido e deitou-se na cama. Envolta em pensamentos, nem percebeu que o sono chegava. Abafou um bocejo e adormeceu.

Anúbis estava no Salão do Julgamento, contando os minutos para voltar para casa e reencontrar sua doce esposa.  Mas não podia ir embora, mesmo que se coração implorasse por isso, tinha deveres e não podia deixa-lós de lado. Nem por sua doce esposa. Por que os minutos tardavam tanto a passar? Por que não podia estar com a sua esposa envolta em seus braços? Por que tinha que estar julgando os mortos? Ele suspirou. Mas aquele era o seu trabalho. Por mais que quisesse, não podia abandonar seus deveres. Olhou para seu relógio impaciente, não se haviam passado nem 5 segundos desde a última vez que olhara. Lorde Osíris continuava a discursar sobre algo que não o interessava, ele só queria poder estar com sua esposa. Depois do que pareceram milênios, seu turno acabou. Saiu correndo de lá, até sua casa, parando apenas em uma floricultura. Comprou lírios, a flor preferida de sua esposa. Chegou em casa e estranhou ver a casa tão vazia, essa hora, sua esposa gostava de assistir novelas. Subiu, sem fazer nenhum ruído, até o seu quarto e da esposa. Ele a encontrou, deitada, na cama do casal. Se aproximou dela e a acordou com vários beijos e carícias. Ela o encarou com seus lindos olhos azuis. Ele sorriu. Ela parecia inquieta.

-O que foi, querida?-perguntou ele.

-N-nós v-vamos s-ser p-p-pais!- respondeu ela, gaguejando.

Aquele com certeza era o dia mais feliz da vida dele.

                               FIM



Notas finais do capítulo

*--------------------------------------------------*



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "They Don´t Know About Us" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.