Uma Viagem Pelo Tempo escrita por Lily Evans Potter


Capítulo 10
Conversando


Notas iniciais do capítulo

Oiie povo lindo,agora vou postar uma vez por semana só...então espero que num fiquem bravos comigo :Pe agradeço aos comentários!!olha o capitulo fresquinho!!Boa leitura!!



Conversando

O jantar passou rápido que logo todos seguiam para as salas comunais que pertenciam. Naquela noite depois do jantar Alice foi para a sala comunal dela o que Albus rapidamente estranhou e a gangue Potter/Weasley começou a suspeitar que houvesse algo errado com a Longbottom.

A ruiva com mechas negras ia com a gangue Potter/Weasley para a sala comunal, conversando com o moreno de cabelos arrepiados e olhos castanhos. Qualquer um no castelo sabia que se aproximar muito perto dela era arrumar problema com James Sirius Potter, a última coisa no mundo que alguém em Hogwarts iria querer. Mas ele estava disposto á tê-la só para ele. Só que não estava pronto para namorar ainda e nem ela, por enquanto. Só que queria sair com ela novamente só que sem apostas ou jogos, igual às duas vezes que saíram.

Na primeira vez tentou convidar sem que houvesse truques no meio o que se tornou impossível já que a própria quis uma aposta, ele se lembrava perfeitamente disseo.

– Molina, está tão Bella hoje. – disse o Potter naquela manhã de outono.

– O que quer James? – a ruiva perguntou irritada

– Calma Bella só estava lhe fazendo um elogio

– Okay, e depois do elogio o que vai querer? – questionou.

– Convida-la para ir ao próximo passeio da Hogsmeade comigo. – o moreno disse calmamente.

– Acha mesmo que vou aceitar? Para você sou só a carne nova do pedaço – comentou ela;

– Não é verdade. – indignou-se ele

– Ah não? – questionou curiosa – ótimo, então que tal uma aposta?

– Que tipo de aposta? - perguntou o moreno.

– Eu soube que você adora explodir coisas!

– E?

– E que eu também adoro explodir coisas.

– Interessante! – exclamou o Potter

– Muito né, agora a aposta. Quando cheguei há dois meses percebi que McGonagall é muito rigorosa.

– E como!

– Excelente! A aposta é: quem conseguir produzir a maior explosão e levar a menor detenção vai ter que acatar um pedido do ganhador!

– Caso você ganhe o que você vai querer? – James perguntou curioso

– Ainda não pensei. Mas uma coisa não sai da minha cabeça! A minha explosão vitoriosa! – exclamou a ruiva indo ao encontro de sua irmã.

E foi naquele momento que James Sirius Potter se encontrou apaixonado, uma coisa que nunca tinha acontecido antes e que uma ruiva que chegou a menos de dois meses em Hogwarts conseguiu fazer, sem o menor esforço.

– James, acorda! – Albus gritou perto do ouvido dele.

– Não grite Albus Potter – sua irmã o reprendeu.

– O que houve? – o moreno perguntou confuso.

– Você tava no automático. – Frank informou ao amigo.

– Pois é James, eu o Albus e até o Ethan tentamos te acordar, mas parece que o pensamento era forte. – Isabella articulou enciumada – Afinal no que você estava pensando?

– Em nada Bella! – James desconversou

– Parecia importante. – a ruiva contou ainda enciumada.

– Olha já estamos quase na frente do quadro da Mulher Gorda. – Rhys tentou ajudar o neto do melhor amigo e fez sinal para Scorpius dizer a senha.

Chegando dentro da Sala Comunal todos se acomodaram nas poltronas aconchegantes para jogar conversa fora. Quando bateu nove e vinte da noite, Ted apareceu com o cabelo azul desarrumado e um sorriso sem graça no rosto.

– James e Albus Potter, Longbottom e Weasley venham comigo para os dormitórios, Foster, Young e Lewis vocês também! – exclamou o metaformago – ah Dominique espere aqui junto com a Collins, por favor!

Enquanto todos subiam os marotos os seguiam, quando chegaram ao último quarto do corredor notaram a placa na porta onde dizia em letras bem chamativas “Potter/Weasley”. Coisa que não tinham notado antes e pensando bem eles não notaram nada estavam tão apressados com a jantar que se esqueceram de notar a porta e o quarto. Quando entraram começaram a notar. A bagunça, as paredes do banheiro que nem tinha cor mais de tanta coisa que eles colaram nela. As camas desarrumadas, as roupas jogadas pelo chão e pela cama. Na parede do lado de cada cama havia um tipo de mural dos garotos. Antes dos marotos observarem um a um Teddy chegou à porta.

– Ótimos todos aqui, James – os dois James olharam para ele – James Sirius você é ótimo em transfiguração transforme sua cama em um beliche. Albus o mesmo com a cama de Fred e você também Frank. – ordenou o professor autoritário.

– E então Teddy, quando vai nos dizer por que está irritado? – Albus perguntou calmo depois de pegar a varinha.

– É cara, não somos a Lily que gosta de adivinhar as coisas! – James Sirius comentou tranquilamente.

– Vocês dois estão parecendo o padrinho! Antigamente só ele conseguia me decifrar só me observando! – o jovem Lupin proferiu – é a Victorie estou preocupado com ela!

– Não se preocupe, ela tá com a Fleur e se sua preocupação é tão grande mando uma carta para o papai, vou ao corujal amanha e mando Almofadas ir bem rápido! – James Sirius sugeriu

– Não é necessário Jay, mas valeu pela intenção! – o Lupin mais novo agradeceu

– Almofadas? – Sirius indagou depois de terminar de ajudar Albus com o beliche.

– É a coruja do James, todos os animais do Potter têm a ver com os marotos, a coruja do Al se chama Maroto, o gato da Lils se chama Pontas, e não adianta dizer ao contrario se não ela honra o sangue Potter e Weasley e isso é uma das ultimas coisas que vocês vão querer!

– Fala da gente né Teddy, mas como é o nome da sua coruja? – perguntou James Sirius irônico

– É Aluado Jay – Albus respondeu sarcasticamente a pergunta

– E como é o nome do cachorro de vocês? Aquele que vocês três tentaram ‘transportar’ para Hogwarts sem ninguém saber? – o metaformago revidou – como vai o Almofadinhas?

– Esta bem chega! Já terminamos vamos descer? – Scorpius questionou

– Pode ir Scorp, acho que a Rosie já chegou... – Teddy o liberou

– Chegou de onde? – Remus indagou

– Ela é monitora, demora mais pra chegar a Sala Comunal. Já que fica ensinando o caminho para os primeiranistas nas duas primeiras semanas... – Teddy explicou – eu também vou indo, tenho que explicar para a Nikki e para a Rosie o que elas devem fazer para Lily se acomodar...

Enquanto isso as meninas tentavam fazer Lily se abrir com elas, conhece-la melhor.

– E então diga-nos sobre você Collins – Isabella tentou puxar assunto depois de um longo silencio.

– O que quer saber? – a viajante perguntou.

– Ah, o que você quiser contar. – respondeu à ruiva.

– É – concordou a loira Weasley Teddy! – Dominique se interrompeu.

– Nikki cadê a Rosie? – o metaformago perguntou curioso.

– Onde mais? Com o namorado dela!

– Ótimo você vai ter que acomodar a Li... Ah sozinha. – ele informou.

– Posso ajudar? – Isabella disse se intrometendo

– Você é uma excelente aluna, mas...

– Mas como o quarto que ela vai ficar é nosso e como a Rosie tá ocupada, você tem que me ajudar! – Dominique interrompeu o professor

– Ótimo, tem alguma cama livre no quarto de vocês? – Ted perguntou sem graça

– Tem, a Jones trocou de quarto por que éramos muito barulhentas... – Dominique respondeu – tirando a Bella ninguém mais aguentou ficar no quarto com uma de nós... Por isso nos juntamos em um quarto só e bom depois que a Jones trocou de quarto sobrou à cama dela no quarto...

– Excelente Leah você fica com a cama, você vai adorar o nosso quarto – Roxanne avisou se intrometendo – Vamos subir? A Rosie vai demorar um pouquinho

– Já que as coisas dela chegam só amanha...

– Já entendemos Teddy, até amanha! – exclamou a ruiva Potter

– Pelo menos agora eu sei por que a Leah tá usando suas coisas Nikki. – Isabella comentou enquanto subiam as escadas para o dormitório delas.



Notas finais do capítulo

Comentem e me deixem feliz!!bjjs *--*