Depois De Nove Anos escrita por Morgana Salvatore


Capítulo 5
Capítulo 5





Não temos nada para conversa


Pov|Bella

_Mãe levanta_ disse o Antony pulando na minha cama.

_Ainda estar cedo_ eu disse verificando o relógio que estava no criado mudo_ que tal você deitar ai comigo e voltar a dormi.

_Não mãe_ disse ele já sem fôlego de tanto pular_ daqui a pouco o Jake vem buscar a gente.

_Ontem antes dele ir embora ele disse que vinha as nove e ainda são cinco

_Então mãe nos só temos quatro hora para arrumar as malas, tomar banho e tomar café_ ele disse parando de pular e se jogando na cama

_Olha as malas estão arrumadas então não precisamos de tanto tempo assim_ eu perguntei me sentando na cama_ você já escovou os dentes?_ Perguntei eu estava totalmente desperta não conseguiria voltar a dormi.

_Não.

_Então vai lá no seu quarto e traz a sua escova para escovar aqui comigo_ eu disse indo para o banheiro.

_Eba_ gritou ele e foi correndo para o quarto dele.

Fui para o closet pegar uma roupa para viajar e acabei optando por um vestido rosa clarinho que ia ate o joelho e pequei também um conjunto de lingerie e pus no meu banheiro e comecei a escovar meus dentes.

_Por que você não me esperou?_ perguntou o Antony fazendo biquinho

_Você foi pega uma escova no seu quarto e se perdeu lá_ eu disse secando o rosto
Ele fez biquinho e se encostou no batente da porta.

_Eu escovo os dentes de novo se você quiser_ eu disse.

_Não quero_ ele disse indo escovar.

_Quer que eu escove seus dentes para você_ eu disse eu sentia saudades de quando era eu a fazer isso.

_Não eu já sou grande_ ele disse me olhando serio,

_Para mim você ainda e meu bebe_ eu disse passando a mão nos cabelos dele,

_Para mãe_ ele disse com a boca cheia de espuma

_Esta bom eu para_ eu disse e me afastei_ agora termina ai e vai pro seu quarto tomar um banho e vesti uma roupa para a viajem e me espera lá na sala para tomar café.

_ok_ disse ele enxugando o rosto e indo para o quarto dele fui ate o banheiro e pus a banheira para encher com água quente e tomei um banho, mas não fiquei muito tempo no banho pois eu ainda precisava ir na revista antes da viajem pois tinha uma pequena reunião.

Sai do banheiro só de roupa intima fui me maquiar e pentear meus cabelos quando estava terminando de desembaraça meus cabelos o Antony grita do andar de baixo

_Mãe vou lá na minha vó me despedir _ disse ele, era uma forma carinhosa que ele chamava a pilar, ele realmente não sabia que ela era a avó dele de verdade e eu preferia que continuasse assim_ na hora de sair vai me buscar.

_Você penteou os cabelos?_ eu não sei por que mas ele não gostava de pentear os cabelos

_Não sei para quer eles nunca ficam penteados_ disse ele_ Tchau

Voltei a minha concentração para me arrumar deixei meu cabelo solto coloquei um salto branco coloquei uns acessórios e pequei minha bolsa deixaria a mala para o Jake pega-la e desci para tomar café quando terminei subi de novo para escovar os dentes e quando terminei fui na casa da pilar buscar o Antony me surpreendi quando a empregada disse que a pilar queria falar comigo mas mesmo assim fui quando cheguei na cozinha tomei um susto mas mantive a posse olhei para a pilar.

_Bom dia para todos_ eu disse nas desejando que para o Edward fosse o pior da vida dele_ Pilar cadê o Antony?

_Esta lá em cima_ ela disse.

_Pode pedi por favo para alguém chamá-lo pois tenho uma reunião agora e não posso me atrasar_ eu disse irritada não queria meu filho perto dos cullens só deixei ele perto da pilar pois ele simplesmente a adora.

_claro_ disse a pilar fazendo sinal para que uma das empregadas ir chamá-lo.

_Bella precisamos conversa_ disse o Edward e naquele momento o único sentimento que eu ainda tinha por ele era raiva depois de tudo como ele ousa falar comigo tem que ser muito cara de pau mesmo.

_Não_ eu disse com muita raiva mais mantendo a calma e falando baixo_ não temos nada para conversa.

_Claro que temos_ disse ele _temos um filho.

_Eu tenho um filho já você pouco me importa_ eu disse a ponto de bater nele pois como ele pode depois de tudo que disse fala a palavra nosso filho.

_você sabe que ele e meu filho_ disse ele já falando alto.

_Fala baixo_ eu disse pois não queria que de maneira nenhuma meu filho soubesse que esse idiota tinha uma certa participação na produção dele_ e quando você foi pai dele.

Eu disse e ele ficou quieto pois também não tinha o que ele responder.

_Viu você não tem filho algum_ eu disse me virando e indo espera meu filho na base da escada pois eu queria tira meu filho de perto daquele traste o mais rápido possível.

_Bella_ disse a esme mãe do Edward_ nos precisamos conversa.

_olha esme não temos nada para conversa_ eu disse cortando o assunto eu não tinha nada contra a família cullen só contra o Edward.

Pouco segundos depois o Antony desceu de mão dada com uma baixinha que eu podia jura que era a Alice e que estava com um bebe no colo.

_mãe_ gritou o Antony.

_oi meu amor_ eu disse pegando ele no colo.

_Me coloca no chão_ disse ele fazendo bico ele odiava quando eu tratava ele como um bebe.

Eu coloquei ele não chão.

_Mãe você tinha que vê a Valentina tomando banho ela me tacou água mais foi legal_ disse ele feliz o sonho dele era ter irmão.

_Que bom agora vamos_ eu disse pois já estava em cima da hora e me atrasaria se não fossemos agora

_só vou me despedir dos meus novos amigos_ ele disse e eu não podia impedir.

Ele foi ate o Emmett:

_tchau cara_ ele disse dando um soco no Emmett.

_tchau pirralho_ disse o Emmett e minha vontade era de bater nele por chama meu filho assim.

Depois passou para a Rosalie:

_tchau titia_ ele disse e isso fez meu coração aperta pois querendo ou não ela realmente era a tia dele só ele não sabia, ele passou a mão na barriga dela sem nem pedi e disse_ tchau bebe espero ti conhecer quando você sai daí.

_ta bom meu anjo_ ela disse dando um beijo nele.

Depois passou para a pilar:

_vovó 1 quando eu chegar de viajem vou vim aqui ta bom_ ele disse eu só não entendi o porque do vovó um.

_por que vovó um?_ perguntou a pilar.

_ué por que ela e a vovó dois_ ele disse apontando para esme e eu quase tive um ataque

_Antony se despesa de todos, pois temos que ir_ eu disse para não dar tempo dele chegar perto do resto pois eu aturaria ele chamar a esme de vovó mas o Edward de pai eu não aceitaria.

_Ta bom mãe_ ele disse virando os olhos igual o Edward fazia quando a gente namorava_ tchau pessoal espero que vocês estejam aqui quando eu voltar.

_e você volta quando?_ o Edward disse.

_sei la_ ele disse para o Edward_ mãe quando a gente volta?

_eu também não sei_ eu disse para ele já arquitetando um plano para deixa-lo longe do Edward pois eu sabia que ele teria que voltar para nova York pois ele tinha assumido as empresas do pai_ que tal irmos vê a vovó René?

_Mãe mas e a escola?_ ele perguntou como se gostasse de ir.

_Nos daremos um jeito_ eu disse.

_Se você diz_ ele falou dando de ombros e veio para perto de mim_ Vamos mãe.

_tchau_ eu disse para todos.

_eu vou espera você voltar não importa quando tempo você demore nem que eu tenha que vir mora em Londres_ disse o Edward quando eu passei por ele.

_senta para não cansar_ eu disse debochadamente.

_Mãe por que você disse isso?_ perguntou o Antony,

_Por nada filho e que somos conhecidos e ele quer bota o papo em dia mas eu mal me lembro dele_ eu menti coisa que eu odiava fazer.

_você e cruel mãe_ ele disse virando os olhos.

_sera que o Jake já chegou?_ eu perguntei.

_Vou correndo ver_ ele disse e fez saiu correndo quando chegou na porta da nossa casa e o Jake estava parado na frente do carro dele provavelmente nos esperando _jakeeeeee

_Oi Antony_ disse o Jake pegando ele no colo e jogando para o alto_ e ai pronto para me ver ganha?

_como você não e nada convencido_ eu disse dando um selinho nele.

_você não acredita que eu irei vencer_ disse ele se fazendo de coitado.

_não disse isso_ eu disse me defendendo_ vamos.

_claro_ ele disse_ já peguei as malas.

O Jake abriu a porta do carro para mim e para o Antony depois sentou no banco do motorista.

_Bella quem era aqueles que estava te olhando lá na casa da pilar_ perguntou o Jake

_os Cullens_ eu disse e pela cara dele ele estava irritado, ele sabia da historia toda, então tinha motivo.

_Vou ter que passa em casa para deixar o caro e de lá pegamos um taxi esta bom_ ele perguntou para mudar de assunto

_ta tudo bem_ eu disse e olhei para a estrada.

[Cont...]





Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Depois De Nove Anos" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.