Ações E Reações escrita por Rapha Sidle


Capítulo 7
Capítulo 7


Notas iniciais do capítulo

Hey voltei
Foram anos longe
Vamos improvisar um capítulo ok?



No laboratório...

— Cadê  o Brass? - pergunta Catherine furiosa - Grissom só pode estar de palhaçada comigo, soltar o laboratório em minhas mãos nesse tumulto todo... alguém viu O BRASS?

— Eu tô aqui - responde Brass - Onde é o incêndio?

— O incêndio meu querido é  onde quer que você tenha enfiado Grissom e Sara, ela pisou em uma abelha precisa de medicamentos e Grissom disse que pra hoje ainda ... você vai ter que voltar lá 

— Tá,  sem problemas Cath 

—Sem problemas ? Você tá de palhaçada comigo também ... hoje é  meu dia mesmo - Diz Catherine revoltada deixando Brass sozinho e rindo da cara da amiga.

Brass ligou para Grissom pra saber  o que realmente ele precisava, com as compras feitas ele retornou até o refúgio de Sara, só que dessa vez ele foi seguido.

— Cadê ela Grissom?

—Dormindo, mesmo não sendo alérgica melhor manter alguns medicamentos por aqui, ela tá febril e resmunga durante o sono, tentei achar o inseto pra ver se realmente era uma abelha mas não encontrei.

— Entendo, eu tenho uma notícia não muito agradável.

—Diga Brass.

—Fui seguido, McNee acha que não notei, ele parou a mais ou menos uns dois quilômetros  daqui e acredito que assim que ver meu carro retornando vai procura- la.

— E agora?

—Acorde Sara, certifique que o pé dela está bem, medique ela e vamos embora, se mantivermos ela deitada no banco de trás os vidros fechados ele nem vai nos ver passando.

—Ok, mas e o meu carro e Hank?

—Levamos Hank e amanhã alguém busca seu carro.

—Vou acorda-la.

No andar de cima da cabana Sara se revirava  na cama em um pesadelo.

— Grissom não... - ela despertou aos berros assustando Grissom e Brass que estavam no andar de baixo.

—Querida estou aqui, se acalma, foi só um pesadelo.

—Precisamos sair daqui, oi Sara - diz Brass na porta.

—E porque ? - questiona Sara.

—Pega o cachorro e  ela agora Grissom, tem luzes muito mais próximo do que eu deixei ele na estrada.

— Ele quem ? - Pergunta Sara ainda assustada.

— McNee querida, anda te ajudo a caminhar - Diz Grissom ao lado da cama.

—E nossas coisas como ficam ?

—Outra hora, outro dia ... o importante é sairmos daqui... Hank aqui garoto.

Com todos dentro do carro eles parte de volta pra Vegas, Brass havia informado aos seus policiais o paradeiro de Holt McNee, e no caminho passaram por um carro que sabiam que era do sujeito. Como Brass havia previsto, assim que seu carro passou por ele, McNee seguiu rumo a cabana e Sara estava mais uma vez sendo transportada pra outro lugar em segurança.

—Tem alguma ideia pra onde levaremos ela agora? - pergunta Grissom.

—Tenho, só preciso confirmar umas coisas ... Ela dormiu? -  Diz Brass.

— Sim, dormiu, ela e Hank também, pra onde Brass? Você sabe que não vou sair do lado dela por nada não é?

— Sei disso meu amigo, e fico feliz que tenha sido você a escolha dela, Sara é  como uma filha pra mim precisa de alguém como você, passar tudo o que ela passou na vida não foi fácil.

— Você conhece ela tanto assim?

— Conheço, tirei Sara de umas duas ou três confusões em bares alguns anos atrás, entre uma ressaca e outra ela me contava uma coisa ou outra... inclusive coisas sobre São Francisco e vocês. 

— Tudo isso que ela tá passando é  minha culpa, se eu não tivesse deixado ela lá naquela faculdade ...

— Não se culpe, o destino quis assim, vocês estão juntos agora é só o que importa.

— Sabe me dizer se McNee sabe que esse outro que ela se apaixonou sou eu?

— Ele não sabe... 

— Ela vai pra minha casa então.

Ao chegarem na casa de Grissom ele a carregou pra dentro sem que ela acordasse, seria seu protetor como deveria ter sido desde sempre. Se despediu de Brass, colocou Hank na casinha e deitou-se ao lado dela.

— Você está a salvo agora meu amor - ao dizer isso ele sentiu Sara se mexer na cama e se agarrar a ele ainda dormindo - Vai ficar tudo bem.

Grissom acabou dormindo também, sabendo que sua função era manter Sara em segurança e isso só poderia ser possível em seus braços.

 



Notas finais do capítulo

Retornei
Prometo um capítulo cada dois dias ok?
Tô retomando as fics antigas e postando uma nova ... acompanhem, comentem, indiquem
Até mais
Bjs
Volto aqui dia 08/03 prometo ...



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Ações E Reações" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.