Parque De Diversões escrita por thata_tenshi


Capítulo 1
Capítulo 1


Notas iniciais do capítulo

Tati finalmente ^^
Tá aqui Fabis



Parque de diversões
Depois de toda a confusão causada pela publicação do relacionamento de Tony e Steve ambos não tinham mais um momento para saírem sozinho, tinham sempre que se esconder ou ter encontros discretos, isso os deixava extremamente frustrados, Steve então achou que deveria falar com o namorado sobre isso, procurou por ele por toda a mansão, mas ele não estava em lugar nenhum, então pegou sua moto e foi até a torre Stark procurar por ele, logo o encontrou mexendo na tela do computador enquanto sua mesa estava cheia de papeis.
-Oi querido- Steve se anunciou e Tony o olhou surpreso.
-Steve? O que faz aqui?- perguntou curioso.
-Eu vim te ver, queria sair com você- falou sorridente e o moreno rolou os olhos.
-Steve eu estou muito ocupado pra sair com você agora- falou casando- Não pode ser amanhã?
-Não, não pode- falou serio- O parque só fica aberto até hoje e você tinha me prometido que iria comigo- fez um bico, Tony queria muito sair com o namorado o problema era que tinha tanta coisa pra resolver que agora estava extremamente mal humorado.
-Olha Steve- respirou fundo- Eu adoraria, mas agora eu tenho que resolver uns problemas, então eu não vou poder ir, chame o Thor eu tenho certeza de que ele vai amar o parque.
-Mas eu não queria ir com o Thor!- ficou chateado, mas viu que o namorado nem tirara o olho da tela do computador- Ah, não! Eu não aceito ser trocado por um computador!- pegou o namorado pelo braço e o arrastou para fora da sala.
-Steve! Steve me solta!!- brigou com ele- Eu não quero ir agora!! Preciso ficar aqui!!- Steve então bufou rolando os olhos, pegou o moreno e o jogou em seus ombros- Não!! Steve Rogers me solte agora mesmo!!- ordenou se debatendo.
-Não, nós vamos ao parque e você vai se divertir sem internet- ouviu Tony soltar um gemido de frustração e se soltar em seus braços.
-Eu te odeio...- soltou baixinho fazendo bico.
~.~.~.~.~.~.~.~.~.~.
O parque de diversões ficava no cais perto da praia, quando chegaram lá Steve ficou maravilhado o lugar era imenso com brinquedos e barracas para todos os lados, já Tony estava com a cara mais fechada do mundo zangado por ele tê-lo arrastado como queria para fora do escritório, antes do loiro aparecer ele já estava irritado, cheio de problemas com a empresa, um protótipo dando problemas e de repente ele entra como se não fosse nada de mais e o tira de lá a força.
-Vamos Tony!!- Steve pegou em sua mão o puxando para os brinquedos e Tony tinha que admitir que ele ficava muito fofo todo feliz por causa dos brinquedos- Eu quero ir na montanha russa!!
-Tá- falou bufando e seguiu ele, mesmo que achasse ele fofo e tudo de bom, ainda estava zangado e tinha de permanecer firme.
-Humm- Steve sabia que o namorado estava com raiva, mas queria tanto ir naquele parque com ele e não teria outro dia, só se esperasse mais um ano inteiro e não queria fazer isso, então pensou em um jeito de agrada-lo para ele também se empolgar com o passeio, logo viu uma barraca de prêmios e teve a ideia perfeita- Melhor, vamos jogar ali!!- arrastou ele para barraca e o moreno somente revirou os olhos.
-O que é agora?- perguntou desinteressado.
-Vamos ganhar um bicho pra você- sorriu docemente.
-Mas porque isso?- perguntou curioso.
-Porque quando se tem um encontro você dá um presente pra quem você ama- falou simplesmente desarmando o moreno.
-Então tudo bem...- concordou olhando para o lado sem jeito, mas sem dar o braço a torcer e Steve riu divertido, chegando lá foram atendidos por um cara barrigudo de bigode, Tony o achou bizarro.
-Olá meus amigos, querem tentar a sorte? Se derrubar todas as latas pode escolher um urso!- falou animado, mas Tony sabia que tinha alguma armação naquilo.
-Quantas chances?- Steve perguntou olhando os ursinhos, Tony revirou os olhos e começou a mexer no celular.
-Três chances cinco dólares!- sorriu sem reconhecer os dois, achando que eram só mais dois turistas bobos.
-Quero tentar!- Steve sorriu tirando cinco dólares do bolso da jaqueta- Aqui deu o dinheiro ao homem que lhe entregou as bolas de baseball, jogou a primeira com calma, mas viu ela bater e as latas nem se mexerem, estranhou.
-Ah que pena amigo, mas ainda tem duas chances- o loiro sorriu e Tony olhou com ainda mais raiva para o homem que estava tentando enganar seu namorado.
-Amor não tenha medo e jogue com força- falou tentando parecer indiferente.
-Mas você não acha que seria trapaça?- perguntou inseguro.
-Não é não- o homem disse achando que Steve era mais um cara normal.
-Então tudo bem- sorriu animado, então pegou a segunda bola e jogou com sua força moderada, mas aquilo tinha sido o suficiente para não só derrubar as latas, mas também amassa-las- Ganhei!!- pulou animado e Tony segurou um sorriso.
-Mas o que?!- ficou horrorizado ao ver aquilo, mas teria de dar o premio se não aquele loiro esquisito desconfiaria- Bem, são as regras, pode escolher um bicho!- se conformou.
-Humm- pensou no que escolheria, então olhou para o amante que ainda parecia chateado então viu um lindo e enorme dinossauro que tinha provavelmente um metro de altura sorriu- Olha Tony!!- chamou docemente e o moreno o olhou irônico, mas se surpreendeu ao ver um lindo T-rex na sua frente, quase se esqueceu da raiva.
-Humm, legal...- falou tentando parecer indiferente.
-Ahhh, não fiquei chateado comigo...- pediu fazendo uma cara fofa- Ele também gosta de você, olha pra ele e diz que ainda está zangado- apertou o dinossauro e ele soltou um Rawwnn bem fofo e o moreno não pode evitar um sorriso- Você sorriu!!- se animou.
-Esta bem eu me rendo- respirou fundo- Agora me passa o dinossauro- pegou o bichinho e sorriu pra Steve- Gostei muito dele.
-Que bom, não gosto de vê-lo chateado comigo- sorriu docemente- Então podemos continuar?- perguntou.
-Claro- sorriu mais disposto- Para onde vamos agora?- perguntou olhando em volta pelo parque.
-Que tal a montanha russa?- apontou para o brinquedo, viu as pessoas gritando e rindo, Tony se empolgou.
-Vamos!!- pegou o namorado pela mão e saiu correndo com ele- Depois vamos ao crazy dance, e nas xicaras, e no barco pirata, e naquele que fica de cabeça pra baixo...- Steve riu da disposição que o amante estava escondendo só para parecer zangado.
-Iremos a onde você quiser querido o abraçou na fila e ficou esperando pela vez deles.
-Bobo, assim não tem como ficar com raiva de você- ficaram ali juntos até chegar a vez deles.
Entraram no carrinho sentando nos dois primeiros assentos, logo o brinquedo começou a se mover subindo a rampa lentamente fazendo Tony ficar animado, Steve sorriu e segurou sua mão, então ao chegar ao pico ambos ergueram os braços e desceram pelo carrinho animadamente, quando o passeio acabou estavam rindo extasiados, depois do passeio resolveram ir na xicara, só que Steve acabou exagerando, rodou ela demais o que acabou deixando o moreno enjoado.
-Tem certeza que está bem querido?- Steve perguntou pela decima quinta vez desde que pararam para descansar.
-Estou sim mamãe...- ironizou Vou sobreviver, agora eu estou é com fome!- falou parecendo uma criança e Steve riu.
-E o que você comer?- perguntou sorrindo.
-Algodão doce!- pediu e Steve riu achando muito fofo.
-Vou comprar então, fique aqui- saiu sorridente e Tony acabou sorrindo.
Tony achou que odiaria ficar naquele lugar, nunca tinha ido a um parque de diversões antes, se lembrava que seu pai nunca tivera vontade de fazer alguma coisa como aquela com ele, mas agora estando ali com Steve, não poderia se sentir mais feliz, era como se fosse criança de novo, mas desta vez não estava sozinho tinha alguém para cuidar dele, alguém que valia a pena, abraçou com força o dinossauro que segurava e ele rosnou, riu.
-Tony?- Steve o chamou vendo que ele estava distraído.
-O que?- olhou para o loiro sem soltar o bichinho e o Capitão se segurou para não agarra-lo.
-Seu algodão doce- estendeu para o moreno que aceitou.
Ficaram ali por mais um tempo, conversando, Tony como sempre fazendo piadas e Steve rindo delas, depois voltaram aos brinquedos, foram no Kamikaze, na casa dos horrores, até mesmo no carrossel onde Tony tirou uma foto dos dois, porque queria para recordação, ao ver aquilo o maior então o pegou e o levou a uma câmara de fotos instantâneas.
Steve se sentou certinho com o moreno do lado e o dinossauro no colo, a primeira foto foi com os dois sorrindo, a segunda com Tony beijando sua bochecha, a terceira com Steve corado e Tony rindo a foi com Steve beijando Tony com intensidade e o dinossauro voando, quase derrubando o amante e a ultima com Tony sem graça e Steve rindo, o loiro saiu animado e pegou o filme de cinco fotos e mostrou para o amado que sorriu.
-Ficaram ótimas...- Tony disse sorrindo- Quero uma copia depois!- sorriu para o namorado que sorriu apaixonado.
-Vou colocar na minha carteira- olhava encantado para foto- Quero carregar isso comigo para sempre...- Tony corou com a sinceridade do amado, aquilo fez seu coração bater mais forte.
-Steve...- o chamou e ele o olhou curioso, queria beija-lo mas provavelmente aquilo traria mais problemas então mudou de assunto- O parque já está fechando, temos tempo para mais um brinquedo, aonde quer ir?- perguntou olhando em volta.
-Humm...- ficou pensativo até que viu vários casais entrando na roda gigante- Que tal a roda gigante, parece legal?
-Pode ser- o moreno concordou dando de ombros, correram até a roda gigante e conseguiram ficar na fila para o ultimo passeio, quando chegou na vez dele a moça que controlava o brinquedo os reconheceu.
-Ahh meu Deus!- ela estava mais do que encantada ao vê-los- Você são..
-Sim, nós somos...- Tony revirou os olhos querendo entrar logo no brinquedo, mas se ela fizesse escândalo eles teriam que deixar o brinquedo para atender os outros- Mas você poderia manter isso em segredo, nós gostaríamos de ter um dia só pra gente?
-Ahh... a moça corou ao ver que eles realmente eram tão íntimos quanto as revistas diziam- Desculpe eu não quero atrapalhar vocês, tenham um bom passeio- deu passagem a eles.
-Obrigado- agradeceu sorrindo e ambos entraram no carrinho.
O carrinho começou a se mover e Steve olhou encantado a cidade começar a se iluminar, então o carinho parou e eles se viram no pico roda gigante, o loiro adorou a vista logo ao longe conseguiu ver a torre Stark toda iluminada, sorriu, o namorado era tão inteligente, se sentia agraciado por tê-lo como amante, olhou para o amado que estava olhando para si.
-O que foi?- perguntou curioso ao vê-lo o encarando tão fixamente.
-Você é tão bonito sabia?- Tony disse aquilo com toda a cara de pau que tinha e Steve corou fortemente.
-E-eu...- não sabia como reagir, toda vez que Tony o elogiava ele ficava assim- V-você é bem mais do que eu...- falou sincero mas tímido- É inteligente, e tão sensual que as vezes eu nem sei o que fazer, fico sempre bobo quando te olho e torço pra que você não fique me achando um idiota...- antes que pudesse dizer mais alguma coisa Tony o beijou com intensidade.
O loiro primeiro ficou envergonhado, mas logo correspondeu segurou o rosto do amado e o beijava com carinho, quando se separaram ficaram se observando, e com um olhar Tony disse tudo o que Steve precisava saber, que o moreno se sentia exatamente como ele, um achava que não era bom o suficiente para o outro e aquilo era a prova viva de que eles se amavam, queriam sempre o melhor um para o outro.
-Eu te amo...- disseram ao mesmo tempo e acabaram rindo por aquilo.
-Parece que finalmente entramos em sintonia...- o moreno brincou abraçado ao brinquedo que ganhara.
-Está feliz?- Steve perguntou o abraçando pela cintura.
-Estou...- respondeu encostado a cabeça no ombro do amado que sorriu.
-Então está ótimo...- beijou a bochecha dele- É só isso que me importa...
Tony se calou após aquilo, é afinal de contas seu dia não tinha sido tão ruim assim, fora a um lugar que nunca tinha ido antes, se acalmou fora da loucura da empresa, ganhou um presente, comeu um doce que fazia anos que não comia, e principalmente fora mimado pela pessoa que mais o amava no mundo.
-Acho que deveríamos fazer isso todo o ano agora...- propôs ao vento e recebeu em resposta um beijo em seus cabelos.
-Pra sempre...- realmente estava começando a gostar daquela palavra.