Diário Dos Sonhos escrita por vickiemd


Capítulo 5
Capítulo 5


Notas iniciais do capítulo

Reviewwwsss ♥



Suspirei quando vi Sienna entrando no banheiro. Ela estava comendo uma barra de cereal. Aposto que eram aquelas que apareciam nas propagandas com modelos bonitas, e me faziam refletir sobre minha própria aparência. Ela me olhou curiosa.

–E aí, tudo bem?

De repente, veio a tona. Lágrimas e mais lágrimas. Sentei na tampa do vaso sanitário de uma das cabines, e Sienna, perguntava desesperadamente o que houve.

Quando finalmente consegui controlar minha crise (era raro as pessoas me verem chorando. Na verdade, quase nunca choro), ela me abraçou e disse que estava tudo bem. Pela primeira vez no dia, me senti acalentada.

–Eu... eu -Falei entre soluços- Me desculpe. Não sei o que houve. -Peguei um pedaço de papel higiênico e enxuguei minhas lágrimas. Ótimo. Acabo de conhecer a garota e ela me vê chorando. Devia estar pensando: uau, essa gosta de atenção.

–Ou, ou... não tem problema nenhum -Ela deu um sorriso amarelo- Quer me contar o que houve? -Ajoelhou-se na minha frente, ficando rente aos meus olhos.

Sienna era tão...legal. Tão gentil, e generosa, e educada... simplesmente tudo começou a sair, as palavras saíam e saíam.

–Eu não sei o que aconteceu. Só estou me sentindo sozinha, e estúpida -Recomeçei a chorar- Minha melhor amiga ficou na outra sala, e parece que já encontrou novos amigos... e eu não quero que ela me abandone!

Sienna brincava com meus cabelos.

–Sei...eu sei que isso é bem infantil. Quer dizer, ela anda com quem quiser -Dei um riso sarcástico- Mas esperava que ficassemos juntas. Sabe? Não quero perder a Ally, mas parece que nunca sou boa o suficiente.

Lá estava eu, contando uma biografia para a garota que conheci há menos de 2 horas. E o máximo que sei dela é que se chama Sienna e que adoro Beyoncé e Pussycat Dolls.

–E as garota, a de undercut, não lembro o nome dela -Escondi meu rosto com as mãos- ela parece tão mais legal que eu. E olha, nunca vou conseguir amigos! Passei a maior vergonha na frente da escola inteira, e meu uniforme está todo sujo...e nojento, e Deus! Esse é o pior dia de todos.

O rímel que passei hoje de amanhã saiu correndo dos meus cílios para minhas bochechas cheias de sardas. Calei.

–Ei, Vivian... -Ela soltou meu cabelo e colocou as mãos no colo-Eu não te conheço há muito tempo... mas você parece ser uma garota super legal. Tenho certeza que sua amiga nunca iria te abandonar, ok? E quanto a isso -Apontou para a macha nojenta que estava na minha camisa- unm... venha cá.

Ela me levantou. Abriu a torneira no quente, e molhou o papel-toalha. Em dois minutos, a macha tornou-se somente uma sombra. Agradeci e olhei no espelho. Esfreguei meu rosto e tirei meu rímel. Estava parecendo um panda, mas dane-se.

Ela tirou o suéter cinza.

–Pode colocar. Estou com calor mesmo -Deu de ombros.

Coloquei o suéter e me senti feliz. Sienna era amável. Dei um sorriso e a abracei. De qualquer jeito, pensava em porque ela era tão legal comigo. Quer dizer... não fiz nada demais, fiz?

–Muito, muito, muito obrigada. De verdade, Sienna. -Dei um sorriso tímido.

Uma garota entrou no banheiro e começou a passar um gloss.

Saímos, e sentamos em um banco.

–Então... até agora não sei nada sobre você.

Ela riu.

–Sabe, minha vida nem é interessante.

–Hahaha, mas quero saber! -Implorei

–Sobre o que?

Sarah passou com suas amigas. A menina não se desgrudava a do iPhone. Não via Sally em lugar nenhum. Nem Matthew. Como odiava aquele garoto. Ele simplesmente estragou meu primeiro dia de aula!

Nem sei se é culpa dele... mas preciso culpar alguém.

Nada era minha culpa. Respirei. Nada era minha culpa.

–Acho melhor irmos. Estudos sociais, agora. E só faltam cinco minutos.

Levantei-me. O suéter estava folgado, mas pelo menos a mancha não aparecia.

Andamos até os armários, e agarrei meu caderno com a foto bem grande da Carrie Underwood. Peguei minha mochila.

–E aí, Ruiva? Controlou o desastre? -Ouvi a voz irritante de Matthew atrás de mim. Passava rindo com os amigos idiotas.

Respirei fundo e uni toda minha coragem.

–Pode parar de me chamar assim? Está me irritando. -Fiz meu melhor olhar Alisson DiLaurentis. Mas ele simplesmente sorriu e os meninos saíram apressados atrás de "Sah-Rah".

–Nããão acredito que fez isso! -Sienna sussurou.

Rimos e fomos para a sala.

Vi uma pequena mancha de rímel na palma da minha mão. Não queria que ela saísse tão cedo.

~




Notas finais do capítulo

Já disse o quanto AMO escrever essa história?
Deixem sua opinião ♥



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Diário Dos Sonhos" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.