Nosso Amor escrita por lininhaaa


Capítulo 17
Capítulo XVII




No capítulo anterior...

Sas.: Desculpe o papai, Saya-chan.. não queria assustar nem você, nem a mamãe. – ele se inclinou e beijou a testa da filha, que fechou os olhos e adormeceu.

Sasuke ficou mais um tempo olhando a menina, e depois pegou Sakura no colo e a levou para o quarto de casal. Ele deitou-a e se deitou ao lado, a abraçando. Ela se aconchegou no peito de Sasuke e os dois acabaram dormindo abraçados.

.......

Mais 2 meses se passaram. Apesar de algumas brigas, Sakura e Sasuke estavam felizes. Saya já estava grandinha e era mimada pelos dois. Naruto e,principalmente Hinata, visitavam sua afilhada pelo menos duas vezes por semana

 

Era uma quinta-feira de chuvosa, quando Hinata e Tenshi foram visitar Sakura e Saya. Hinata tinha avisado Naruto sobre a visita, e logo após o trabalho, ele e Sasuke voltariam juntos, afinal, Naruto estragava Saya de todas as maneiras.

Naquele dia, Sasuke e Naruto descobriram um furo enorme na conta da empresa, passando os 30 mil dólares. Os dois estavam uma pilha de nervos.

Sakura estava com  Saya no colo, juntamente com Hinata e seu filho ao seu lado. Já estava quase na hora de Sasuke e Naruto chegar e a campainha toca. Sakura vai atender ainda com a menina nos braços, pensando que era  o marido. Ela abre a porta e se depara com Sai. Ela arregala os olhos, afinal, o que ele queria na sua própria casa.

Sak.: Sai, err – estava chovendo e ela não iria deixar ele ali fora. Então com muito receio, disse.- entre.

Sai deu um sorriso e entrou.

Sai: Obrigada, Sakura-chan. – ele olhou em direção a Hinata. – Boa tarde Hinata.

Hinata apenas fez um gesto. Sakura não sabia como agir, afinal, se Sasuke visse Sai, não ia sair coisa boa.

Sak.: O que veio fazer aqui, Sai? – disse ela dando um sorriso amarelo.

Sai: Soube que sua filha nasceu, vim apenas ver se está tudo bem e lhe desejar parabéns.

Sak.: Ahh.. obrigada Sai... – Sakura percebeu que Sai não tirava os  olhos da menina. – Quer pegá-la?

Sai: Nossa.. ela é linda Sakura. Parabéns.

Nesse momento, a porta se abre e Sasuke entra, seguido de Naruto.

Sas.: O que está acontecendo aqui? – Sasuke viu Sai com sua filha no colo e uma raiva tomou conta dele. – TIRE AS SUAS PATAS IMUNDAS DA MINHA FILHA!

Sai na mesma hora devolveu a menina para Sakura.

Sak.: Sasuke, calma. Ele só veio ver a Saya e nos dar os parabéns. Só isso.

Sasuke ficou ainda mais irado por Sakura estar defendendo ele.

Sas.: Já viu não é?! AGORA SAIA! – Sasuke abriu a porta com tanta violência que assustou a menina, que começou a chorar.

Naruto se aproximou de Sai e o conduzio até a porta.

Nar.: É melhor você ir, Sai. – Sai apenas assentiu e foi embora.

Naruto fechou a porta atrás de si e foi para perto de Sasuke, que olhava Sakura com raiva.

Sak.: Que atitude é essa Sasuke? Para que tudo isso? – disse enquanto tentava acalmar Saya.- Calma Saya-chan.... não chora meu amor.

Sas.: Por que deixou aquele verme entrar na minha casa? – o tom de voz de Sasuke era ameaçador. – Você sabe que eu não gosto dele Sakura...

Sak.: Queria que eu fizesse o que Sasuke?!  Conversasse com ele fora de casa? É isso? – a pequena ainda estava no colo de Sakura. Enterrada no peito da mãe, tinha uma expressão de medo.

Hinata foi até Sakura e sem dizer nada, pegou a menina e subiu para o quarto.  Naruto ficou na sala, tentando acalmar Sasuke, que cada vez estava mais nervoso. Odiava discutir com Sakura, mas não compreendia como ela permitiu que aquele verme entrasse na sua casa.

Sakura chegou bem perto de Sasuke e o encarou.

Sak.: NÃO VENHA DESCONTAR SEUS PROBLEMAS EM CIMA DE MIM, SASUKE UCHIHA!  - Sakura deu as costas ao marido, mas permaneceu no mesmo lugar.

Sas.: Eu não te reconheço mais, Sakura. – aquilo revoltou a Haruno. Era ele que havia mudado. Estava grosso, estúpido e ignorante. – As vezes me arrependo de ter construído uma família com você!

Sakura não acreditava no que acabara de ouvir. Era como uma facada no peito ouvir aquelas palavras da pessoa que mais amava nessa vida. Aquilo era doloroso e ao mesmo tempo revoltante. Hinata que já havia descido, foi ao lado da amiga, que estava com os olhos arregalados.

Hin.: Sasuke.. por favor, não...

Sak.: Pare Hinata!- ela se virou novamente para encarar Sasuke.- Já que está tão arrependido, por que não vai embora?! Aproveite e leve essa maldita medalha com você! – Sakura arrancou a corrente de coração que ele havia dado de aniversário de casamento e a jogou em cima dele. – Dê isso a quem, aos seus olhos, valha a pena! Saya e eu não precisamos de você! AGORA SAIA DAQUI! – Após falar isso, Sakura cai de joelhos e é amparada por Hinata.

Naruto que estava ao lado do amigo disse:

Nar.: Vamos Sasuke! Depois vocês se resolvem com mais calma. A Sakura-chan está nervosa.

Sasuke pegou a medalha do chão e saiu batendo a porta atrás de si. Pegou o carro e saiu em disparada. Naruto que estava ao seu lado estava preocupado com ele.

Nar.: Teme, onde você vai?

Continua.......



Notas finais do capítulo

Oláá gente! Postei mais um capítulo para vocês! Espero que gostemm!
Continuem mandando reviews... e obrigada pelo carinho! ^^