Merchandising escrita por Anne L, Aldolfo


Capítulo 8
Modelo: Matsumoto Rangiku


Notas iniciais do capítulo

- A marca aqui citada não nos pertence e não ganhamos nada por ela ser mencionada no capítulo.




Lupo




Um grito aterrorizante ecoa pela Soul Society...




... vindo do banheiro feminino próximo à sala em que a Associação Feminina de Shinigamis se encontrava.


– AHHHHHHHHH! – Inoue faz Matsumoto se sobressaltar ao seu lado. Ela aperta os olhos molhados em sofrimento antes de continuar: – Matsumoto-san, a alça do meu sutiã acabou de arrebentar! – a ruiva segura a parte arruinada da peça e encara a outra, que também estava com o sutiã à mostra na frente do espelho comprido.

– Oh, Orihime! – ela ri. – Esse tipo de coisa nunca acontece comigo! – Inoue a observa chorosa e curiosa ao mesmo tempo. – É que eu uso os sutiãs da Lupo, que têm uma alça reforçada e versões sem costura que se adaptam ao meu corpo sem deixar marcas! – Rangiku sorri toda orgulhosa, empinando-se para trás para mostrar os seios protegidos.

– Eles parecem ser mesmo bons, Matsumoto-san! – Orihime, admirada, confere com as próprias mãos as maravilhas do sutiã de Matsumoto, apalpando-a. Um som metálico de uma porta se abrindo enche o banheiro.

– E não é só isso. Para as garotas menos bem dotadas que você e eu, a Lupo ainda tem uma linha especial com enchimento e em vários tamanhos! – ela sinaliza um reservado com a mão, do qual sai uma Rukia mal-humorada com os braços cruzados de saia. – Olha só a diferença! – Rangiku afasta os braços de Kuchiki, mostrando à câmera o sutiã de coelhinhos que dava a aparência de a pequena ter três vezes mais peito que o normal.

O som metálico se repete e ouvem-se passos macios.

– NEE-SAAAAAAAAN! MINHA DEUSA DOS SEIOS FALSOS! – Kon pula nos braços de Rukia.

Rodando os olhos, Kuchiki dá um soco no meio de sua cara, jogando-o no chão, e pisa em sua cabeça, olhando para a gaiola fora do banheiro em que a produção o tinha prendido antes das gravações. Ela chuta Kon para perto das outras antes de voltar para o reservado.

A câmera volta para as duas. Matsumoto sorri de maneira sexy num fundo brilhante enquanto joga uma mecha do cabelo para trás.

– Lupo. Para aqueles q-

– ÓÓ DEUSA DOS GRANDES VALES! – já de pé e babando, Kon salta na direção do meio dos seios dela com o carimbo de aprovação do Sindicato Kon. Com uma expressão radiante, Rangiku se vira para o outro lado e levanta o punho, acertando Kon antes de ele encostar nela.

Inoue, erguendo uma sobrancelha, se afasta quando ele cai no chão.

Matsumoto gira a cabeça, fazendo os fios loiros esvoaçarem. Com o fundo brilhante já de volta, ela faz um biquinho e pisca antes de dizer:

– Lupo. Para aqueles que não se contentam com pouco.



 





Notas finais do capítulo

Extra: Senhoras e senhores... apresento-lhes o Onionchika!
*Kon levanta-se com o rosto cheio de curativos depois de todas deixarem o banheiro* Este produto possui o selo de aprovação do 'Sindicato Kon, para uma vida mais feliz'. dT_Tb
Era para o Onionchika ser colocado mais cedo, mas sempre esquecíamos A Luna que fez, como está explícito no nome aparecendo no canto da imagem. Até o próximo!