Because You Loved Me escrita por Machyri


Capítulo 5
Beijada




Pela manhã estava na minha cama, apesar de não lembrar de ter subido as escadas e deitado na cama, a última coisa que me lembrava era de estar junto ao Naruto-kun, envolvida em seus quentes braços aconchegantes e... e só. EU ADORMECI! Eu não acredito, eu dormi, e ele deve ter me trazido até aqui. Corei tão rápido que me encolhi de baixo dos lençóis e pedi para morrer.

 

- Hinata-chan? – A porta do meu quarto estava escancarada e Rin emergia pela porta – Você está bem? – puxou meu lençol – Esta vermelha, parece febre.

 

- Eu estou...

 

- Então se arrume e desça, todos estão te esperando para tomar café. – Confirmei silenciosamente e vesti um shortinho azul escuro e branco para combinar com as rosas azuis da minha baby-look. Eu ainda estava envergonhada por ontem. Quando desci, raparei que realmente todos já estavam na mesa, percebi que Sasuke havia se levantado puxando a minha cadeira, estranhei, porém me sentei.

 

- Gomenasai – saiu e sentou em sua cadeira.

 

- Não foi nada, não precisa se desculpar. – sorri e todos a mesa me encaravam querendo saber o porquê disso tudo.

 

- É o fim do mundo! – disse Sai – Uchiha Sasuke, um jovem egoísta e arrogante, dono de uma multinacional pedindo desculpas? Realmente as pessoas mudam!

 

- Eu não acho que ele seja uma pessoa ruim, Sai. – falei ainda sorrindo.

 

- Ih Naruto... Perdeu a namorada- Falou Gaara sério.

 

- Ele não perdeu, porque nunca teve – Disse Neji, seca e rispidamente, o que fez ele parecer com meu pai, agora além de corada estava arrepiada – a Hinata tem bom gosto

 

- A Hinata não faz meu tipo, não se preocupe Naruto  - Sasuke falou fazendo todos se calarem – ela é muito tímida – quase desmaiei, todos olharam para mim, para Sasuke e depois para o Naruto, que já estava vermelho de raiva.

 

- Eles formam um casal bonito não é meu amor? – falava Rin enquanto passeava as mãos pelo liso e prata, cabelo de Kakashi.

 

- Que caralho! Eu não sou o namorado dela! – o grito de Naruto me deixou atônita.

 

- Ih Hinata, perdeu o namorado, mas ainda tem o Sasuke! – Falou Gaara agora rindo.

 

Soltei a cadeira com a maior força que pude, fazendo o chão vibrar, levantei-me e sai em silêncio, todos me olhavam, porém eu não me importava pois, incrivelmente, eu não sentia vergonha, mas algo diferente, algo novo que eu não conseguia explicar. Subi para meu quarto e me enfiei embaixo das cobertas, o silêncio fazia-me entender o que passava dentro de mim, e graças a Deus ninguém foi me incomodar.

 

Acabei adormecendo em sono tranqüilo e leve, a janela estava aberta e uma leve brisa assanhava meus cabelos, uma mão grande, quente e macia massageava minha cabeça.

 

Abri os olhos devagar e a luz fria e clara do Sol ofuscou a minha vista, mas em poucos momentos já conseguia distinguir um lindo menino loiro que era o dono da mão que me acarinhavam dei um pulo quando o vi.

 

- Na-Na-Naruto-kun! O que está fazendo aqui?

 

- Desculpe Hinata, eu não queria dizer aquilo, não queria gritar e muito memos te magoar. Gomenasai.

 

- Não se preocupe Naruto-kun, você não me magoou. – mas as lágrimas rolavam pelo meu rosto por um motivo que até eu desconhecia.

 

- É mentira Hinata. – Ele afirmou sério – eu te magoei sim, você está chorando! Se não é por mim, porque é? Eu não gosto de te ver chorar, eu não gosto de nada que te faz mal por isso me conte. Pode me falar, sou todo ouvidos, se for eu que estou te fazendo mal...

 

- Nem eu sei porque estou chorando – uma grande mentira, pois a essa altura eu já sabia porque chorava. Era a rejeição, por mais que não fosse namorada de nenhum deles, mas ouvir deles que eu não sirvo para nenhum deles era doloroso de mais, a vida toda ouvi que não servia e isso já se tornara insuportável.

 

- Hinata é serio, eu não fiz por mal, nem o Sasuke – ele me abraçou, alinhando-me em seus braços – não leve a mal, você é linda e qualquer um ficaria feliz em ser o seu namorado, um dia você vai achar alguém que te mereça.

 

Não sei se por loucura ou por angústia eu agarrei Naruto, selando meus lábios nos lábios dele, que apenas retribuíram a carícia, o gosto das minhas lágrimas se misturava ao gosto dele em minha boca. Sua língua passeava toda minha, o que me deixou excitada. Só nos separamos porque estávamos sem ar, sem que eu percebe-se, eu já estava deitada e Naruto estava sobre mim. Corei Imediatamente.

 

- Hinata – Naruto ofegava – o que foi isso?

 

- É-é-é-é. Eu mão sei bem, gomenasai, gomenasai!

 

- Porque você está se desculpando?

 

-Eu não devia ter feito isso....

 

Naruto me atirou contra a cama me beijando, aquilo me impressionou pois Naruto não só me beijava como acariciava minha nuca e meu cabelo, isso me tirava do sério, pois em meu estado normal eu evitaria assim como fiz com Sasuke, porém era diferente, eu o queria, por mais que isso me envergonhasse meu corpo não obedecia, eu gritava para largá-lo, apesar de estar gostando era errado. Mas meu corpo o desejava e por isso eu correspondia ardentemente.





Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "Because You Loved Me" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.