The Girl Of Cutting escrita por Fafa Moraes


Capítulo 43
Anger and Fire


Notas iniciais do capítulo

Olá, mortos-vivos! Cadê meus reviews?! Passei de 3 a 1 por capítulo..Isso me desanima =(
Boa Leitura!
Link do blog oficial: http://thegirlofcutting.blogspot.com




Nas aulas, a Belly ficou me olhando com uma expressão de total nojo, nem preciso dizer que isso me deu raiva, não é?! Não estava com raiva da Belly, nem um pouco, ela não tinha culpa de me culpar, talvez até eu no lugar dela me culparia...A raiva em sí era do filho da puta do assassino misterioso, que estava brincando com a morte...A cada segundo eu ficava mais determinada a acabar com aquele idiota, custando o que custar...

Ah, lindo intervalo...A hora mais aguardada do dia pelos adolescentes que são torturados no inferno da escola...Belly e Jess ficaram em mesas bem distantes de mim e do Mike dessa vez, pelo menos a Ashley não tinha deixado se levar pela historinha idiota que elas tinham inventado, que, mesmo eu odiando admitir, de idiota não tinha nada...

- Então, o que rolou com vocês? A belly quase falou naquela hora no pátio... - Ashley disse, me fazendo parar de prestar atenção na Belly e na Jess, que olhavam pra mim e depois cochichavam algo uma com a outra... -

- Nada de mais...Uma garota aí que era super amiguinha da Belly foi assassinada, e, agora ela acha que fui eu só porque a garota foi morta com um X no pescoço...E, por Lúcifer, eu nunca faria um corte tão mal feito quanto aquele...

- Com certeza não foi a vadia, Ashley...O cara que fez isso quase degolou a garota só pra fazer um corte no pescoço...Sem falar que se ele não usou luvas vai ser pego hoje mesmo...Amadores... - Mike estava aprendendo a falar com um tom tão profissional quanto o meu quando se trata de assassinatos...Esse é o meu cafetão.. -

- Eu já mais duvidaria de um crime que a Ali diz que é inocente...Ela sempre assume pra a gente o que faz...Mas, bom, quem vocês acham que foi que fez isso? - A Ashley já tinha o mesmo palpite que a gente, eu notei isso pela forma segura e nada curiosa com que ela falou a ultima parte da frase...O jeito que você diz uma coisa e o modo como você está quando diz ela denunciam muita coisa... -

- Assassino Misterioso... - Eu e o meu cafetão falamos, em uníssono -

- Desconfiei que vocês iriam falar isso... - Ashley parecia tão animada quanto a gente... -

- Com certeza foi esse idiota...Depois de tentar me matar o joguinho dele deve ser brincar comigo já que não conseguiu...Ele não sabe o erro que comete brincando com fogo, não mesmo...

- Já armando um plano contra o infeliz que ousou brincar com a minha namorada, vadia? - Mike sorria tão maliciosamente quanto eu, já sabia que eu saberia como cuidar daquele idiota quando o achasse -

- Sempre, Mike...Sempre, o assassino x sempre está a um passo a frente...

X X X

O sinal do fim das aulas finalmente tocou, eu e o Mike como sempre saímos juntos...Já a Belly e a Jess nos encaravam fixamente....Até que - eu vi mesmo aquilo acontecendo? - a Belly mostrou o dedo do meio pra mim, what the fuck?! Mike ficou tão chocado quanto eu, e me olhando fixamente vendo que reação eu teria...Antes que alguém pense que eu surtei, não, eu não fiz nada...Apenas levantei um pouco a lateral da minha blusa, mostrando meu canivete, e depois lancei um olhar provocativo para ela...Como se eu dissesse "Você decide, ruiva, vai mesmo querer me enfrentar?" a Belly, entendendo perfeitamente meu recado recuou e puxou a Belly para longe...Mike apenas deu um meio sorriso e disse:

- Se ela viesse pra cá, o que você iria fazer, vadia?

- Depende de como ela agisse, Mike...Mas, se necessário é claro que eu  a mataria...Seria uma pena, mas, ela que começou, não foi? - sorri maliciosa para ele e dei uma piscada -

- É claro que foi, vadia...Culpada até que se prove o contrário, certo?

- Sem dúvidas...Então, que tal mais um pouquinho de sangue derramado hoje, cafetão?!

- É sempre bom cometer crimes, Ali...Algum plano grandioso?!

 - Não, apenas um pouco de provocação, um pequeno "ei, ainda estou aqui" não que isso diminua a diversão...

- Com certeza, Ali...Que tal irmos para a minha casa?!

- Ok, Mike...

O resto do dia foi bem divertido...Ficamos bebendo, fumando e conversando sobre coisas que provavelmente nunca vão acontecer..Ou, ok, podem acontecer sim... O que exatamente foi? Hahaha, o que se espera de dois criminosos? Conversamos sobre quem mataríamos primeiro se pudéssemos escolher 5 famosos idiotas e metidos a besta para fazermos sangrar até a morte...É divertido conversar sobre sangue e coisas obscenas e macabras, pelo menos pra mim é...

Mesmo nos divertindo, o ponto alto do dia foi, como sempre a noite...Que, por favor, é mil vezes melhor que o dia...É na noite onde todos se revelam...É na noite que as coisas mais sangrentas, perversas e para mim totalmente divertidas acontecem...A noite é o ponto alto da insanidade, onde até o maior mocinho se revela o pior vilão...A noite é quando todos revelam quem realmente são...

Boate, bebidas, drogas, cigarros e criminosos agindo como se fossem apenas mais dois loucos na noite...Tinha tudo para dar certo, até um idiota que já estava pra lá de fora de sí vir me perturbar...

- E ae gata, o que acha dddzda gente zzzzsair um pouco daqui? Algo maissx intimo, zzsszacou? - Por Lúcifer, eu odeio bêbados...Minha paciência com eles é nula, principalmente quando eles me tocam e seguram meus pulsos como se eu fosse um brinquedinho para eles?! O que eu fiz? Simples...Chutei suas partes intimas e depois dopei ele...Foi me provocar?! Agora agüente...Eu só faria 8 vítimas, mas, ninguém manda mexer comigo...Agora são 9, levei o filho da puta para onde Mike estava, cuidando dos últimos detalhes sangrentos nos corpos até que eu resolvesse que recadinho daria para os policiais...

- Mais um, Ali?

- É, cafetão...O bêbado aí estava dando em cima de mim... - Pois é, eu fiz o Mike mudar de idéia rapidinho sobre mais uma vítima -

- Ele o que?

- Foi o que eu disse, meu cleptomaníaco...

- Posso ter as honras de acabar com esse aí? Claro que no estilo do assassino x...

- Obviamente, cafetão, obviamente... - entreguei meu canivete para o Mike, que fez o típico X no pescoço do homem... - E então, me saí bem, vadia?

- Hmm..Nada mal, Mike, nada mal...

- Aprendi com a melhor... - ele sorriu e jogou o canivete para mim... - Já decidiu qual vai ser o recadinho fofo da noite?!

- Claro que sim..."Vamos brincar de esconde-esconde, queridos policiais?! Eu me escondo e vocês me procuram...Quando me acharem já será tarde de mais...Opa, eu disse algo muito errado! Vocês não vão me achar... Beijos sangrentos,

Assassino X"

- Beijos sangrentos, Ali?

- É, cafetão...Eu achei fofo, mas, agora que tal alguns beijos, sangrentos ou não, eu quero te dar muitos, muitos beijos.... - fui andando sensualmente até ele... Começamos com os beijos alí, e acabamos na cama, na casa dele, pegando fogo....

XXX

  Dia seguinte, satisfação ao extremo,  como uma criancinha depois de ganhar o brinquedo que queria...Uma criancinha malvada e perigosa, acho  que a comparação mais certa seria: Como uma cobra depois de conquistar e devorar sua presa...Cobras são sorrateiras, ardilosas, misteriosas e encantadoras, não acham?! Especialmente as venenosas...Acho que se eu não fosse um ser humano, seria uma cobra, ou talvez um gato, ou um felino maior...Qualquer ser capaz de matar, porque, eu particularmente considero isso um dom, matar é um dom perfeito quando usado com sabedoria, mas, quando esse dom é dado a um idiota, ele é uma ótima forma de acabar preso...

Mas, como minha felicidade sempre dura pouco...Na escola, mais uma reclamação contra mim, dessa vez era a Jess...

- Porque você fez isso? - ela falava fria, quase tanto quanto eu sou o tempo todo - Vamos direto ao ponto, Alicia...Meus pais descobriram o que eu, ou melhor o que nós aprontamos contra a Zoey naquele dia, e, a criatura que contou isso para eles disse que fui eu que inventei tudo isso, quando, na verdade foi V-O-C-Ê!

- Olha, que interessante, Jess...E, porque você simplesmente acha que fui eu?! Porque é sempre mais fácil culpar a garota má e assassina, não é? Ah, claro, se uma usina nuclear explodir em outra galáxia a culpa vai ser minha...

- Não tente se fingir de inocente, Alicia...Alguém, ou, digo melhor, você mandou esse bilhete para os meus pais... - ela me entregou um papel onde estava escrito " Jess, a filha santinha?! Nunca! Zoey foi manipulada...A garota santinha Jessica drogou a irmã e montou toda uma situação para que a irmã parecesse culpada...Não acreditam em mim? Vejam as fotos... - abaixo daquilo tinham várias fotos daquela noite onde a Jess drogava a  irmã -

Informações de uma amiga"

- Ok, Jess...Mas, como você pode provar que fui justamente euzinha aqui que mandou essa droga de bilhete para os seus pais?!Não fui eu!

- Olhe no verso da folha, Alicia... - Eu virei o papel, e tinha as iniciais A.M. muito suspeito... - Viu, Alicia? A. M. =  Alicia Montgomery...Suas iniciais, querida amiga assassina...

A. M. isso lembra alguma coisa a vocês?! Minhas iniciais, ok, mas, também as iniciais de Assassino Misterioso...Usando letras contra mim...Ele deu muita sorte de meu nome ter exatamente essas iniciais, ou, eu tenho muito azar..Uma bela forma da Jess me culpar e de eu saber que fui ele...

- Essas iniciais não significam Alicia Montgomery, Jess... - a voz do Mike surgiu atrás de mim, me deixando um pouco mais calma... - A. M. = Assassino Misterioso, Jess...Esse filho da mãe vem perturbando a Alicia a bastante tempo! É claro que ele fez isso pra culpar a Ali!

- Ah, que lindo...Mais uma vez o casalzinho unido...Eu não acredito que você se deixou se levar de maneira tão fácil por essa aí, Mike...Um pouco de sensualidade e você já se entrega por completo...Você é mesmo um fraco que se deixa se levar por qualquer coisa, incluindo uma puta como essa aí...Eu pensei que você fosse amiga minha e da Belly, Alicia...Eu pensei que você fosse alguém em que eu pudesse confiar, eu pensei mesmo que você prestasse, mas, não, você é simplesmente mais uma idiota, uma idiota inútil que acha super divertidinho brincar com o perigo...Uma vadia puta inútil perdida no mundo que não tem mais nada o que fazer a não ser estragar a felicidade dos outros! Eu te odeio Alicia, eu te odeio! E o que você pode fazer?! Na luz do dia, nada, simplesmente nada...Porque você é uma fraca e uma inútil que usa o medo das pessoas contra elas mesmas e que não consegue encarar ninguém...Você é uma fraca, Alicia, e sempre vai ser... - Ela saiu, simplesmente me deixando com o Mike e com toda a minha fúria...Eu estava fervendo, literalmente...Acharia super normal se entrasse exatamente naquele momento em combustão espontânea, o que ela tinha dito tinha me deixado com muita, muita, mais muita raiva...Não só da Jess, mas, também e mais ainda do assassino misterioso, aquele filho da puta iria me pagar, muito, muito, muito caro...Eu tinha vontade de gritar, de matar, de cortar, de torturar, precisava ver sangue, muito sangue, precisava ouvir gritos macabros de dor e ver olhos assustados implorando por vida...Eu nunca tinha ficado tão furiosa quanto naquele dia....

- Ei, Ali...Você está bem?! - Mike me olhava, parecia meio assustado, não com medo de mim, mas, assustado com toda aquela ceninha da Belly -

- Não, Mike, eu não estou nada bem... - agarrei minha mochila, que eu tinha deixado cair no chão e saí andando -

- Ei, Ali, espera, pra onde você vai?! Quer que eu vá junto, sei lá... - Mike parecia estar mesmo preocupado comigo -

- Não, Mike, eu preciso ficar sozinha...

Simplesmente saí correndo, e entrei no meu carro, saindo em velocidade máxima, foda-se se eu causaria um acidente, foda-se se eu morresse, eu precisava fazer algo que me libertasse de toda aquela raiva..



Notas finais do capítulo

Reviews ou, eu vou trancar vocês em uma usina termo nuclear que está prestes a explodir?! Vocês decidem...Eu posso não estar apenas brincando dessa vez...
♥ Lady Suicide ♥