The Girl Of Cutting escrita por Fafa Moraes


Capítulo 24
Between Pleasure Smiles


Notas iniciais do capítulo

Boa leitura, mortos-vivos!
Link do blog oficial: http://thegirlofcutting.blogspot.com




É, a noite de ontem foi muito boa...

Mike e eu dormimos no carro, como, estávamos meio bêbados e um de nós da delegacia não seria nada legal ele dirigiu até a casa dele, mesmo assim dormimos no carro, nenhum de nós estávamos em condição suficiente para dar um passo se quer depois da noite que tivemos, simplesmente fantástica...

Acordamos assim que o sou nasceu, eu estava apenas com roupas intimas e ele sem camisa, assim que nos vimos, começamos automaticamente a rir...

- Isso foi um sonho, vadia? A noite de ontem foi real? - A voz dele ainda estava meio embriagada -

- É claro que foi real...Eu só não imaginava que você fosse tão bom em certas coisas...

- Quer que eu mostre mais?

- Argh, Mike, agora não...Mas, a noite de ontem só perde para... - abaixei o tom de voz - O meu lindo massacre... Então, o que vamos fazer com os cigarros a bebida e o dinheiro?

- Ah, vadia, quem pensa nos planos é você, eu apenas executo e te admiro...

- Ou seja: Eu sou a dêmonia persuasiva e você o imprestável...

- Ei! Não é pra tanto!

- Ok, ok... vamos dividir, 250 mil pra você, e 250 pra mim...a mesma coisa com a vodka... - Haviamos pegado 30 garrafas de vodka na noite anterior, provavelmente mal durariam uma semana...Você não encontra pessoas que gostem mais de uma boa vodka do que eu e o Mike... -

- Feito...Alicia..

- Fala logo, Mike, sem rodeios, eu tô de ressaca, então não me enche...

- Você já pensou em ser diferente? Quer dizer...sem os crimes e os assassinatos...

- É claro que não, Mike, eu não sinto pena de ninguém, não me arrependo de nada, eu mato por prazer, mato porque gosto e porque me sinto bem fazendo isso...Você já pensou nisso?

- Bom, algumas vezes...A uns 6 anos atrás, eu não gostava dessa vida, meu pai sempre esteve no ramo do crime, eu o odiava por isso, e odiava essa vida, não gostava de beber, de fumar...Nem nada disso, mas, acho que eu passei a gostar, eu realmente mudei e... - eu o interrompi rapidamente, sem pensar:

- E agora você daria a própria vida por um copo de Vodka? - Ele riu, eu adorava aquele sorriso...Não era o sorriso semi-inocente do Fox, era um sorriso mais...Maléfico -

- Bom, é...Agora essa é minha vida, eu já pensei em mudar, mas, você me faz perceber que isso tudo vale a pena....Eu só quero algo diferente para a minha irmã, sabe?  Não quero que ela...

- Vire uma garota má, provocante e seduzente como eu embora me ache super gostosa, foda e também a melhor serial killer que já existiu?

- É..- ele parecia meio envergonhado...Câmeras, tirem as fotos! O mike, envergonhado..Extra, extra...evento raríssimo ocorre, cientistas tentam descobrir como isso aconteceu... - A-acho melhor agente entrar, Ali...daqui a pouco agente tem que ir para o inferno...Isso se você não preferir ir pra casa...

- Ah, ok...Casa? e desde quando eu tenho isso? Bebeu de mais, Mike? Ainda bem que eu trouxe uma roupa decente sem ser esse vestido...

- Pra que diabos você leva outra roupa para uma boate...?

- Mike, Mike, Mike...Você ainda tem muito a descobrir sobre o  mundo dos assassinatos... Eu seduzo e mato, para esconder os corpos o trabalho é mais delicado e ao mesmo tempo sujo..Não vou estragar meu lindo vestido com isso...Sempre levo uma roupa reserva, mas, como sou perfeitamente discreta, não a sujei nenhum pouquinho...E, se um dia sujar...Pra que existe fogo, não é mesmo?...

- Alicia, você pensa em tudo...Mas, o que você vai dizer para o seu padrasto..Qual é o nome do babaca mesmo, em?

- Jhon, e, ele acredita em tudo, Mike...Não será nada difícil inventar algo..Além do mais, se ele não acreditar, pra que me preocupar? Eu tenho meus canivetes e minhas facas, faço cortes como ninguém...

- Alicia sua vadia...Como o mundo não reconhece o seu talento?  Você é um ícone...deveria ter sua própria estátua e sua própria página na Wikipédia! Me de um autógrafo grande musa inspiradora dos criminosos e assassinos!!!

- Ah, Mike...eu prefiro te dar outra coisa... - Como posso dizer isso?  O Mike pode ser um babaca as vezes, mas, tem o corpo de um deus grego... comecei a beijá-lo pelo abdômen e fui subindo lentamente até chegar aos seus lábios, que foi onde pegamos fogo...Começamos a tirar novamente um a roupa do outro, era algo incontrolável... e finalmente ele penetrou em mim...Eu soltava gemidos em sussurros enquanto nos beijávamos enlouquecidamente... Pena que não durou muito, nos vestimos, tomamos café e fomos para a escola...No caminho esquecemos tudo que havia acontecido antes, a atuação tem que ser precisa....Mas, mesmo assim não deixamos de conversar...

- Ali, e se agente, sabe, entrasse junto na escola? Isso não tem nada de mais...

- Se quiser ser zuado pelo resto da vida pela Jess e pela Belly, por mim tudo bem...

- Éhh, eu tinha esquecido desse fator...

- Então prefere ficar calado, não é?

- Sim, ao menos por enquanto...

Entramos na escola separadamente, ninguém nos viu saindo do mesmo carro, e, se vissem azar o deles se começassem a me zuar....era a mesma coisa do que cometer suicídio...

A Jess e a Belly como sempre estavam conversando no corredor, eu cheguei primeiro, depois o Mike e começamos a conversar normalmente, indo em direção ao refeitório...Era um bom lugar para ficar nas aulas vagas...tinha até televisão...

Fomos lá, o assunto estava legal..conversávamos sobre bandas, até que uma notícia chamou a atenção de todos...

"Ontem a noite foram cometidos mais 7 assassinatos, 6 deles em uma boate na cidade, os policiais confirmam que o tão comentado ultimamente Assassino X possa ter a ver com os assassinatos, embora, um dos corpos encontrados não tenha nenhum tipo de corte evidente, alguns profissionais dizem que essa morte foi causada por asfixia, e mais, há testemunhas do crime...Uma mulher que não quis se identificar viu um homem vestido todo de preto deixar o local do assassinato, deixando para trás o corpo, ainda não há registro de impressões digitais"

Eu e Mike ficamos nos olhando sem entender, eu só havia matado 6 pessoas, o que totalizaria o total de 25 assassinatos cometidos até agora...

Há um outro assassino na cidade, eu só não descobri se isso é bom ou ruim...

Jess e Belly estavam boquiabertas, como qualquer pessoa normal faria, mas, isso não distraiu nem a mim nem a Mike, havia algo muito estranho nisso tudo...

- Alô-ou? Porque vocês dois estão se olhando com essa cara? Eu em! Parecem que  viram um fantasma! Alicia, sua Crazy Bitch, fala alguma coisa para a cabelo rosa aqui.... - Jess estava confusa, tentava entender os meus olhares para o Mike –

- Ah, não é nada não, Jess...E, então, balada hoje a noite? - mudar de assunto é um dos meus talentos -

- Foi mal, Ali...Mas, eu não vou poder ir...

- É hoje que o mundo acaba! Cuidado com o apocalipse zumbi! - Mike não perdia nenhuma oportunidade... - Jess, você negando ir em uma festa?!

- Você é que o bêbado aqui, Mike! Meu pai me proibiu de sair assim a noite por causa, de, vocês sabem...dos assassinatos que andam acontecendo ultimamente, todos a noite...

- Ah, a cabelo rosa respeitando o papai? Mike, não vai ser só um apocalipse zumbi! Os unicórnios-robôs também estarão contra nós! - Eu também gosto de zuar as pessoas, o que posso fazer? -

- Eu também tô com a Jess, gente... - A Belly também concordou, pobre Belly, convivendo com quem ela mais teme... -

- Tá vendo! Eu não sou a única! É mesmo meio perigoso, e eu odeio admitir que meu pai está certo, mas, gente! Esse assassino mata qualquer um! Homens, mulheres...Qualquer um de nós pode ser a vítima...- Mike e eu rimos baixinho pelo o que ela disse, mesmo assim, ela ouviu... - Vocês não tem medo dele?! Vocês são mesmo uns loucos...

- Olha, eu tenho certeza que esse tal de assassino X não vai fazer nada comigo...- Mike me olhava e sorria, maliciosamente, como se quisesse dizer "Você se corta, Alicia! Então nem você está salvo de sí mesma, pare de mentir, sua vadia, gostosa, sexy symbol, mentirosa!"

- É, eu também acho que o assassino x não faria nada comigo, ou...Será que faria? - Os olhos de Mike gritavam por prazer, a atração entre nós era algo irresistível agora, mas, eu o fiz parar ... -

- Como vocês podem ter tanta certeza disso?! - Belly parecia inconformada -

- Hoje, depois da aula, no bar de sempre, eu prometo que conto, ok?

- Ok...- disseram Jess e Belly, em coro -



Notas finais do capítulo

Reviews ou assassinatos?



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "The Girl Of Cutting" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.