Meus Dias Com Jellal ! escrita por Carolina Santossu


Capítulo 3
Cap. 3 : Uma missão com Jellal.


Notas iniciais do capítulo

Este capítulo foi bem louco , estilo a lá Monstros S.A. , mas espero que gostem , mais diversão vem por aí :D



Os seis se arrumam e partem para a guilda e se encontram com todos em sua mini-base.

Kana , Mirajane , Gajeel e Elfman perguntam se Jellal quer um trabalho e ambos parecem se disputar por ele.

Jellal : Calma pessoal , eu prefiro ficar ao lado da Erza e das missões dela.

Gajeel : Seu idiota , se você for para as missões assustadoras daquela maluca , você será eliminado antes que se dê conta.

Jellal engole seco.

Mirajane : Jellal-kun boa sorte nas missões da Erza ,...você vai precisar de toda sorte do mundo! – Mirajane diz isso em um tom ameaçador.

Natsu abraça Jellal : Então seremos parceiros de missão , estou ficando empolgado !!!

Erza : Certo vamos nessa Gray , Lucy , Natsu , Happy e Jellal , dessa vez é um pedido de um cliente complicado , porém ele paga bem pela missão.

Eles partem e ao chegar ao local o cliente diz o seu pedido:

_Quero que vocês me tragam meu bebê Ruandino que sumiu quando minha esposa estava subindo ao pé da montanha ao Leste , mandei vários seguranças e investigadores e ninguém conseguiu encontrá-lo .

Natsu : Ah pode deixar que o encontraremos ! Né Happy , estou ficando empolgado !!!

Eles partem e caminham até a montanha , chegando lá eles avistam mães aflitas que também se encontram na mesma situação , seus bebês desapareceram. Assim eles se dividem em três grupos , Natsu e Happy vão à esquerda , Erza e Jellal vão ao centro e Lucy e Gray vão a direta , assim eles partem.

Jellal: Então vocês também pegam missões desse tipo?

Erza : Sim , porém esse sequestro em massa , me preucupa ...

Ao longo do caminho, pequenos esquilos perseguem Jellal e ele anda apressadamente e os pequeninos continuam a perseguí-lo ,ele começa a sair correndo desesperado e Erza vai trás.

Erza : Porquê está correndo Jellal ?

Jellal : Ah , esses esquilos estão me perseguindo !

Ele põe a mão em seu cabelo e encontra um esquilo se enrrolando ali , ele o tira deseperadamente e corre mais rápido .

Erza : Espere Jellal , esses esquilos farejam comida .

Antes que ela pudesse terminar , eles caem em um fundo falso do chão e vão parar em um local subterrâneo.

Jellal : Erza você está bem ?

Erza: Sim , mas seu jaleco , os esquilos o pegaram?

Jellal : Sim , eu acabei de lembrar que estava com uns doces no meu bolso , acho que isso os atraiu , mas pensando bem , onde será que estamos?

Eles caminham quando avistam um local com um quarto todo decorado, eles entram curiosos e ao abrir a porta se surpriendem com um berçário cheio de bebês. Eles caminham lentamente e falam baixinho para não acordar os pequenos.

Jellal : Qual deles deve ser o bebê do cliente , o Ruandino-chan ?

Erza : Não sei mas esses devem ser os bebês daquelas mães desesperadas , temos que dar um jeito de descobrir quem os sequestrou e levá-los de volta.

Enquanto eles caminham lentamente , suas vozes sussurram na sala.

Jellal : Quem sequestraria bebês ?

Erza pára : Jellal !?

Jellal : Sim Erza !

Ela o atenta para um bebê que está aos seu lado e prestes a chorar.

Jellal : Ah o que eu faço ?

Erza : Acho que você tem que segurá-lo e fazè-lo dormir senão ele acordará os outros bebês.

Jellal todo desajeitado segura o bebê e desesperadamente o tenta fazê-lo dormir , e quando o bebê está prestes a abrir o berreiro , Erza aparece ao lado de Jellal e abraça ele e o bebê , Jellal não entende o ocorrido e sussurra.

Jellal: Erza ...porque está me abraçando?

Erza : Para manter contato , os bebês precisam sentir o amor de um abraço caloroso , assim eles sabem que estão seguros e não choram mais.

Assim o bebê desiste do choro e dorme no colo de Erza , Jellal fica bobo e admirado vendo sua amada ser tão delicada e sensível. Erza põe o bebê no berço e eles seguem adiante atrás do culpado.

Natsu ,Happy ,Gray e Lucy também são atacados por esquilose caem no subterrâneo.

Erza e Jellal encontram o vilão , ou melho a vilã....

Jellal : Ah desculpa Erza mas eu não consigo bater em uma velhinha. Ei está me ouvindo senhora ?

Velhinha : Ei não me chame de senhora moleque , eu estou na flor da idade , a além do mais como descobriram meu plano ?

Erza : Ora vejo que você é mais esperta do que aparenta...

Velhinha : É ,  e eu teria conseguido mais energia se você não descobrissem .

Erza : Energia ?!

Alguns capangas aparecem e Jellal e Erza lutam. Em seguida , Lucy , Gray , Natsu e Happy chegam para ajudar.

Natsu : Demoramos ?

Erza : Nem um pouco!

Gray : Descobrimos o plano , estavam usando o choro dos bebês para converter em energia elétrica e assim suponho que na ilegalidade não pagariam suas contas de luz.

Erza : Então era isso , e os esquilos eram apenas criaturas da região que se viram deslocados de seu habitat , mas isso não explicao fato de ninguém não ouvir  o choro intenso dos bebês lá de fora.

Lucy: Isso , esses esquilos tiveram suas nozes tiradas e eles alimentam os bichinhos que em troca , espantavam as pessoas da região para ninguém ouvir o choro dos bebês.

Jellal : Mas porquê uma velhinha iria tão longe para conseguir energia pirateada ?

Velhinha : A um tempo atrás eu tive um sonho , queria ser moderna e que ninguém me dissesse que sou velha demais pra tudo , então eu quis fazer algo jovem e inovador , montar uma Lan House ,e manter os jovens perto de mim , mas como eu não tinha dinheiro para tantos gastos com luz , fiz esse plano , porém eu ia devolver os bebês , eu acho ! Ah, minha memória...

Erza : Ficará perto dos jovens , cumprindo sua pena na cadeia.

E assim o caso é encerrado e os bebês são devolvidos às suas mães e famílias e todos os aldeões agradecem aos membros da Fairy Tail por terem ajudado.

Jellal : Então assim são as missões da Fairy Tail ?

Erza : Sim , o que achou ?

Jellal : Me diverti muito apesar de tudo...eu não sabia que você partilhava de tantas coisas boas aqui com seus amigos.

Erza : E agora você faz parte disso também e graças a você resolvemos o caso.

Jellal sorri feito bobo. O cliente chega com seu bebê no colo.

Cliente : Mais uma vez obrigado por trazer Ruandino para nós.

Jellal : Espera , este é Ruandino-chan ? É o bebê daquela hora !

Jellal fica corado.

Natsu : Ah eu quero pegar ele no colo!

Happy : Natsu já esqueceu de mim ?!

Lucy : Nem pensar, imagina ,um idiota como você ia deixar ele cair no chão!

Gray : Concordo com ela.

Natsu : Quer brigar Gray ?!

A conversa é interrompida quando Jellal segura Ruandino e o abraça todo sorridente .

Jellal : Hoje eu descobri que o segredo pra não deixar eles chorarem é demonstrar que há alguém próximo à eles que se importem com eles.

Erza sorri.

Natsu : Jellal , me ensina como se faz isso ?

Gray : Ei eu também quero saber !

Lucy : O quê deu naqueles dois ?

Erza ri e a missão se encerra com um final feliz e a velhinha foi presa com um fiança de poucos anos ,porém ela exigiu que fosse encarcerada na presença de seu notebook , seus tablets e PSPs , e assim, nunca os guardas da prisão haviam visto uma velhinha tão feliz.



Notas finais do capítulo

Não me perguntem como tive a imaginação mirabolante para inventar este capítulo , só sei que curti o momento cute cute do Jellal com o bebê :D