Entre Ervas E Poções escrita por Potterhead Narniana


Capítulo 4
Capítulo 4 - Um longo passeio


Notas iniciais do capítulo

Oii gente, cá estou eu com um novo capítulo pra vcs. Espero que gostem...



No dia seguinte, Lara acordou bem cedo e se dirigiu para o refeitório. Depois do café começou a andar pelo castelo, descobrindo uma saída que dava para um jardim.

Começou a andar por ali, admirando todas aquelas flores. Parou onde havia alguns lírios, sentou- se na grama, abriu o livro que trazia consigo e começou a ler. Ficou ali por algumas horas, afinal como Dumbledore tinha dito, os alunos só chegariam mais tarde. Assim, ela teria bastante tempo para aproveitar aquele momento.

Depois de uma longa leitura, fechou o livro e ficou ali, olhando os lírios.

- Você gosta?

Se virando, viu que Severo estava atrás dela.

- Ah, bom dia professor Snape. - disse corando ligeiramente. " Há quanto tempo será que ele estava ali? " pensava ela.

- Você gosta dos lírios? - ele repetiu a pergunta.

- Sim, gosto muito. E você? - disse se levantando.

- Aprecio. Tem mais deles ali na frente.

E começaram a andar em direção aos outros lírios. Ela ia observando tudo à sua volta.

- Nossa, como é lindo aqui! - dizia ela com um enorme sorriso no rosto.

- Venho aqui sempre que preciso pensar. - falava Snape - Esse lugar, de alguma forma, me acalma.

- É, eu estou percebendo... tudo aqui é exatamente como meu pai me contava...

- Seu pai lhe falou sobre Hogwarts?

- Sim, quando eu era criança, ele sempre me contava sobre este colégio. Ele descrevia cada lugar, cada detalhe daqui. Eu adorava ouvi- lo contar sobre a sua infância...

- Em que casa seu pai ficou?

- Corvinal. É uma pena que eu não tenha tido a oportunidade de estudar aqui.

- E onde você estudou?

- Na Academia de Magia de Beauxbatons. Minha mãe achava que seria mais adequado. Mas eu nunca gostei muito de lá. Todas aquelas bruxas eram tão... esnobes. Bom, mas você ainda não me falou muito sobre si mesmo.

- Não tenho muito o que contar. Sempre estudei aqui em Hogwarts desde os meus 11 anos. Fiquei na Sonserina, gostava muito de poções.

- Eu também sempre gostei muito de poções, mas não levava muito jeito no preparo das mais complicadas. Uma vez tentei fazer a poção da sorte, mas me atrapalhei na ordem dos ingredientes. A poção começou a espumar e derramar- se pelo chão. Inundei meu quarto inteiro - falava, rindo das próprias lembranças.

E assim, passaram a manhã inteira. Alvo e Minerva os observava de longe.

- Parece que eles têm muita afinidade, não? - comentou Alvo.

- Sim. - disse Minerva sorrindo - Nunca vi o Severo conversando com alguém assim durante tanto tempo.

- Será bom que ele faça amigos agora. - dizia Dumbledore. Afinal, ele sabia que Severo ainda sofria um pouco com a morte de Lílian.

Lara e Severo chegaram na hora do almoço.

- Parece que alguém já lhe mostrou o jardim, não é professora? - disse Dumbledore sorrindo.

- Sim, o professor Snape teve a bondade de apresentá- lo.

Depois do almoço, Lara seguiu para o seu quarto. Deitou- se em sua cama e ficou ali, pensando por alguns instantes. De fato, ela havia gostado da companhia de Severo. Apesar daquele jeito austero e sombrio, ela via que aquilo era só uma máscara que ele usava para manter as pessoas afastadas dele. No fundo, era gentil...

Snape ficou mais algum tempo ali no refeitório, sozinho. Só então percebeu que ela havia esquecido o livro ali. Abriu- o e na primeira página estava escrito: " Este livro pertence a Lara Marie Haleythorn ". Começou a folheá-lo e notou que se tratava de Herbologia. Do lado das páginas havia algumas anotações e observações feitas por Lara, sobre cada planta. De fato, ela parecia ser muito inteligente. Ficou ali, lendo algumas páginas, quando foi interrompido por Dumbledore.

- Parece que gostou da companhia da professora...

Snape corou um pouco. Respondeu meio sem graça:

- Bom, ela me parece bem inteligente...

- Sim de fato, ela é. - disse Dumbledore se retirando.

Snape ficou ali mais algumas horas, lendo. Depois, decidiu ir devolvê- lo.

Saiu caminhando por ali, a fim de procurá- la, quando a avistou em um corredor, segurando uma pilha de livros. Seguiu por ali e, se aproximando, a tocou no ombro.

- Professora Haleythorn...

- Ai que susto! - disse deixando cair tudo no chão. Em seguida, se virando - Oh, professor Snape. Me desculpe, eu não percebi que você se aproximava...

- Não se preocupe, sou eu quem lhe devo desculpas. - em seguida se abaixou ajudando- a a recolher os livros. - Deixa eu levar alguns para você.

- Ah, obrigada - disse ela se levantando.

- Bom, você esqueceu o seu livro no refeitório. Se não se importa, eu tomei a liberdade de ler algumas páginas.

- Ah, sim. - disse pegando o livro - E o que achou?

- É bem interessante, algumas ervas eu não conhecia...

- Sim - disse ela abrindo o livro - são bem interessantes. Esta, por exemplo - apontou uma foto - é usada para limpar e cicatrizar ferimentos.

- E esta? - Severo apontou outra foto.

- Esta tem propriedades afrodisíacas. Mas pode ser letal se usada em grande quantidade.

- E quanto tempo dura o efeito?

- Bem, depende da quantidade que for ingerida. Algumas podem durar três dias, outras, uma semana.

Eles foram até a sala dela, onde ela prepararia as aulas. Em seguida, Severo foi para a sala dele, preparar as suas aulas.

Aquela tarde passou rapidamente, Lara nem se deu conta. Quando viu, já era hora de ir se preparar para o jantar. Chegou em seu quarto, tomou um banho relaxante e foi escolher a sua roupa. Pegou um vestido lilás, bem clarinho, de mangas compridas, afinal estava um pouco frio. Depois de se preparar, desceu para o refeitório. Se sentou ao lado de Dumbledore.

Logo o refeitório já estava cheio de alunos e professores. Minerva chegava com os novos alunos, para passarem pelo Chapéu Seletor e se acomodarem nas mesas de suas casas.

As crianças observavam tudo vislumbradas. Após passarem pelo Chapéu Seletor, se acomodarem, Minerva bateu levemente com a colher em sua taça.

- Atenção, atenção. O diretor Dumbledore vai falar agora.

- Sejam todos bem vindos a Hogwarts. É um grande prazer para nós recebê- los aqui novamente e também receber os alunos novatos. Este ano teremos algumas mudanças no corpo docente da escola. Por questões pessoais, a professora Pomona Sprout não poderá lecionar Herbologia este ano. Então, o cargo será ocupado pela professora Lara Haleythorn.

Lara se levantou timidamente, recebendo os aplausos dos alunos.

- Teremos também a presença do professor Gilderoy Lockhart, que lecionará Defesa Contra Arte das Trevas.

Lockhart se levantou de modo orgulhoso, com um sorriso incrivelmente soberbo, para receber os aplausos dos alunos. Em seguida, olhando para Lara, piscou o olho, exibindo um sorriso galanteador.

Lara se encolheu em sua cadeira, com as bochechas rubras de vergonha.

O jantar prosseguiu normalmente, até que deu a hora de todos se recolherem aos seus aposentos para dormir.

Snape, chegando ao seu quarto, vestiu o seu pijama e sentou- se na cama, pensando sobre o dia que teve. Ele também havia gostado da companhia de Lara. Ela era doce, inteligente, divertida... deixando esses pensamentos, deitou- se em sua cama, não demorando para cair na inconsciência.



Notas finais do capítulo

E ,aí o que acharam?
Comentem, bjss e até a próxima :)