Entre Ervas E Poções escrita por Potterhead Narniana


Capítulo 18
Capítulo 18 - Tentando corrigir os erros


Notas iniciais do capítulo

Esse capítulo saiu bem rapidinho, né?
Bom, antes de começar a leitura gostaria de perguntar uma coisa a vcs: vocês REALMENTE estão gostando da fic? Porque eu tenho notado que o número de leitores diminuiu bastante ultimamente. Leitores assíduos, que sempre liam e comentavam estão meio que abandonando a fic. Se tiver alguma coisa q não estão gostando é só me avisar que eu mudo. Críticas são tão bem vindas quanto elogios. Ou se tiverem sugestões, ideias e queiram mandar fiquem à vontade. Estou aqui para isso.
Bom, espero que gostem do capítulo
Boa leitura :)



No dia seguinte Lara acordou com uma dor de cabeça muito forte, era como se lhe tivessem dado uma paulada. Olhou para o seu relógio e assustou-se com o horário: meio dia. Havia perdido o café da manhã, mas não tinha importância, ela não estava com fome. Ainda sonolenta, pegou os óculos sobre a cômoda e os colocou, sentando-se na cama. Só então percebeu que ainda estava com a mesma roupa que usara na noite anterior e não com seu pijama habitual. Sequer retirara os sapatos. Ela não se lembrava de como foi parar em seu quarto. Na verdade, não se lembrava de nada do que havia acontecido. Levantando-se lentamente foi até o guarda roupa e separou um vestido leve, enquanto se dirigia ao banheiro para tomar um banho demorado. Deixou que a água simplesmente caísse sobre si, enquanto tentava se lembrar de algo. E quando conseguiu, desejou realmente que lhe tivessem dado uma paulada na cabeça, pelo menos assim ela não iria se lembrar do terrível erro que cometera.

- Oh, meu Deus! O que eu fui fazer? - dizia ela levando as mãos à cabeça.

E então a cena foi ficando cada vez mais clara em sua mente: o beijo, o rosto furioso de Snape e a coisa mais terrível de todas: ela humilhou Severo na frente de todos. Estava se sentindo péssima por isso. Terminando seu banho se trocou e sentou-se em sua cama, pensando no que fazer. Estava muito envergonhada pelo que fizera, sua vontade era de nunca mais sair do quarto. Porém ela não podia deixar as coisas como estavam. Ela devia um pedido de desculpas a Snape, mesmo sabendo que ele nunca a perdoaria. Ela ainda ficou um bom tempo ali, refletindo sobre o ocorrido, até que decidiu que não poderia ficar ali para sempre.

Eram mais ou menos umas duas horas da tarde quando finalmente saiu de seu quarto. Estava andando pelos corredores e coincidentemente encontrou Snape mais à frente.

- Severo!

Assim que Snape ouviu a voz que o chamava, tratou de andar mais rápido. Não queria ouvir nenhuma palavra dela.

- Severo, espera! Eu preciso falar com você!

Mas Snape não deu atenção. Lara começou a correr para alcançá-lo e continuou chamando. Até que ele, cansado de tudo aquilo, parou e se virou.

- O que você quer? - perguntou ríspido.

- Severo me perdoe, eu não tive a intenção...

- Perdoar você? Depois de tudo o que fez? - disse ele a interrompendo - Sinceramente, eu não esperava que depois de tudo o que você fez ainda tenha coragem de vir falar comigo.

- Eu não sei o que deu em mim, quando vi tudo aquilo já tinha acontecido.

- Ah, você não sabe? Coitadinha, é tão inocente! - dizia com sarcasmo - Pare de ser cínica!! Você sabia muito bem o que estava fazendo!! - vociferou.

- Me deixe explicar, eu...

- Ah, francamente! Já estou cansado do seu teatro e acho que o seu príncipe encantado não gostaria nada de ver você aqui conversando comigo.

- Ele não é meu príncipe encantado! É você que eu amo! - dizia ela levando sua mão ao ombro dele.

- Não me toque. - disse ele friamente - Você não tem mais esse direito.

- Severo, eu...

- Não se refira a mim intimamente. Para a senhorita é professor Snape! - e dizendo isso se virou, indo embora.

Nesse momento Lockhart apareceu no corredor, e foi direto ao encontro de Lara.

- Como vai, meu amor? Sentiu minha falta? - perguntou ele se aproximando.

- O que está dizendo?

- Ora, você não se lembra da declaração que me fez ontem? Dizendo que me amava...

- O quê?! Eu nunca amei você!

- Ah, eu não diria isso depois do beijo que me deu... mas talvez eu possa ajudá-la a lembrar. - disse passando o braço pela cintura dela.

Mas nesse momento Lara juntou todas as forças que tinha dando um enorme soco na cara de Lockhart, que foi parar longe.

- Como se atreve?! Tire suas mãos nojentas de cima de  mim!! - disse ela e em seguida correu na esperança de alcançar Snape, mas este já estava bem longe.

- Snape... - sussurou ela caindo de joelhos no chão, com lágrimas nos olhos. Ficou um bom tempo naquela posição até que Dumbledore, passando por ali, a viu naquele estado.

- Minha filha, o que aconteceu? - perguntou ele docemente, se aproximando.

- Ele não quis me ouvir... mas eu juro que não tive a intenção! - disse ela entre muitos soluços.

- Se acalme, venha, eu a ajudo a levantar. Vamos até a minha sala, você se acalma e depois me explica melhor, certo?

Lara assentiu. Chegando à sala de Dumbledore, este lhe ofereceu um copo de água e lhe indicou uma cadeira. Quando ela já estava mais calma, ele lhe perguntou:

- E então? O que houve para deixá-la assim?

- Fui tentar me explicar para o Severo, ele não quis me ouvir. Mas não o culpo, sei o que ele está sentindo.

- Mas você não disse que amava o professor Lockhart?

- Disse, mas não é verdade. Eu não sei o que me deu, quando me dei conta tudo já tinha acontecido. Eu não entendo porque agi assim, estava tudo bem entre mim e o Snape. Você sabe que eu nunca faria isso em sã consciência, não é?

- Claro, eu acredito em você. Você é uma boa moça, de uma educação exemplar, sei que não seria capaz disso.

- Como ele está?

- Bem, não vou negar que está bastante deprimido. E irritado, principalmente.

- Imagino. Ele tem razão em não me perdoar. Eu não me perdoaria se fosse ele.

- Se acalme, tudo isso vai passar. Apenas dê tempo ao tempo e logo tudo se acerta...

- Me ajude... - disse ela caindo no choro outra vez.

Alvo a abraçou, confortando-a até que ela se sentisse melhor.

Depois de um tempo, Lara resolveu que era hora de ir. Quando McGonagall estava entrando na sala de Dumbledore e viu Lara sair com os olhos inchados, perguntou:

- O que houve?

- Estamos vivendo tempos difíceis, Minerva. Estamos vivendo tempos difíceis...



Notas finais do capítulo

Espero que tenham gostado
comentem :)