My Sweet Naughty escrita por Hiromi


Capítulo 3
Capitulo 3: Oque e Sequilo?


Notas iniciais do capítulo

E ai pessoal demorei para postar porque adimito, tinha parado com essa historia, mas resolvi dar mais uma chance para ela... Porque? porque? porque?
Por que eu a reli e ela e engraçada pra caralho (desculpa o palavrão) mas eu realmente me diirto muito imaginando ela...
E quero dizer que eu estou procurando uma coautora!
Quem tiver boas ideias por favor me mandem um trechinho de algo que imaginarem oque eu mais sentir que tem haver com a minha vaipe sobre a historia sera minha incrivel Coautora....
Fogoosss!!! kkkkk
bjus e espero que gostem!



4 Anos 25 dias e 8 horas depois.

Damon atualmente:

Eu estava em um parque em um lindo dia de sol, deitada na grama havia um lindo moreno ao meu lado que bondosamente me dava seu pulso enquanto eu sugava seu sangue quente.

Ah aquilo devia ser um sonho tenho quase certeza, isso devia ser o paraíso( Sem alice, sem Emmert, sem família e principalmente sem Guaxinins irritantes) me virei para o lado para segurar mais firme o braço do moreno ao meu lado, quando de repente do nada apareceu um enorme Guaxinim peludo e começou a lamber minha bochecha.

– Oque não para senhor Guaxinim. – Me virei novamente, e em um impulso pulei assustada acordado – Oque guaxinim? –

Olhei para o lado confusa é lá estava o guaxinim mais irritante do mundo, Damon ele estava lambendo minha bochecha enquanto imitava um cachorro.

– “Acoda” bellz – Ele disse ainda com a língua pra fora.

– Oque sai daqui moleque que nojo. – sentei na cama em um pulo, passando a mãe em minha bochecha. – Quantas vezes tenho que falar pra não ficar lambendo os outros, você pelo menos escovou os dentes?

Ele deu uma risadinha do mal que sempre me irritava.

– Não – Ele tentou me lamber de novo. – Mais a titia Lice me mandou te acordar.

Semicerrei os olhos desconfiada e segurei a cabeça dele enquanto ele fazia força pra chegar ate mim com a língua pra fora.

– Damon se você encostar essa língua em mim mais uma vez eu vou arranca-la. – Disse levantando ele pela perna o virando de cabeça para baixo, seus cabelos estavam precisando cortar e ficava balançando no ar.

Ele deu uma gargalhada.

– Para Bellz, me coloca no chão.

Levantei da cama levando e carregando ele pelo pé desci as escadas para encontrar Alice no andar de baixo.

– Belzinha acordou. – Ela virou a cabeça de um ângulo que Damon a pudesse vela de cabeça pra baixo e deu uma piscatela pra ele – Bom trabalho baixinho da minha vida.

Damon deu risada

– Ti Lice to ficando tonto.

– Bella coloca ele no chão. – Alice deu risada também, quando eles vão perceber que eu não estou brincando revirei os olhos colocando o Guaxinim no chão.

– Cadê o Emmett Alice? – Perguntei estranhando por ele não estar na sala assistindo Bob esponja.

–Ele foi visitar os Cullens, você sabe ele esta de olho naquela loira a um tempão, e eu tive uma visão dos ‘doisss’ – Ela cantarolou a ultima parte de forma significativa.

Dei risada com o jeito dela.

– Ótimo isso significa que agora eu sou a única sem uma vida sexual ativa. – Alice arregalou os olhos virando-se para Damon que estava pulando perto da mesa tentando roubar uma fatia de presunto.

– Bella! – Ela me reprendeu.

– Ah qual e o moleque nem sabe oque e sexo

– Eu sei oque ‘sequilo’! – Ele disse triunfante com o presunto na boca.

– SABE ?! – Eu e alice perguntamos ao mesmo tempo.

– ‘Claru’, tio Emmett já me explicou tudo que um homem precisa saber. – Ele terminou de engolir o presunto e terminou – ‘Sequilo’ é quando a tia Lice tenta bater no tio Jasper!

Ele nos olhou como se fosse o maior gênio de todos.

Cheguei até ele me abaixando para ficar na sua altura.

– Querido Guaxinim escuta uma coisa, vou te explicar tudo que precisa saber sobre isso, Se... – Fui interrompida por Alice pulando em cima de mim tentando me morder como uma vampira fada purpurina louca.

– E isso e isso, isso que e Sequilo – Damon ria e apontava para nos duas. – Tia Lice e a Bellz ta fazendo ‘Sequilo’, tia ‘Lice’ e a ‘bellz’ ta fazendo ‘Sequilo’.

O moleque cantava pulando a nossa volta enquanto eu tentava jogar uma Fada louca no chão, fala serio oque eu fiz para merecer isso.

– Vai fadinha eu desisto dessa das minhas costas. – Disse enquanto parava de tentar lutar.

– Ok - Ela cantarolou – Bellinha querida vai colocar o Damon para tomar banho por favor, eu preciso ir fazer meu ritual da beleza.

Uma coisa que eu havia aprendido desses 4 anos, eu nunca ganhava dela, não importa oque eu falava ela acabava tento oque queria então apenas chamei o Damon que me seguiu sorridente.

– Maldita hora que não te matei quando você começou me seguir Alice Salvatore. – Gritei para ela enquanto ia ate o Jardim

Ai vocês se perguntam, eu não ia dar banho no Damon?! Claro, Claro.

Pequei a mangueira de jardinagem.

– Damon que tal tomar banho aqui fora hoje – Sorri malignamente.

– Ta certo, banho no quintallll – Ele gritou tirando a calça correndo.

Mano fala serio esse muleque tinha sérios problemas em distingui quando alguém esta tentando sacanear ele.

– Ele tirou toda sua roupa e foi correndo pegar seu sabonete no banheiro, voltou correndo novamente com aquela bunda branca refletindo o sol de forma horrorosa.

– Fala serio menino para de pular, assim você não vai conseguir nenhuma mulher sabia. – disse enquanto jogava água com a mangueira em sua cabeça e ele passava sabão.

– Não ‘quelo’ saber de ‘Galotas’, elas são nojentas. – Arregalei os olhos, o meu deus nos estávamos criando uma criança Gay.

– Do que você esta falando, você e um Salvatore moleque. – Ele esfregava seu corpinho desnutrido enquanto falava.

– Uma menina na minha escolinha me ‘pedio’ em ‘namolo’, mais ela me ‘tlaiu’ com o Miguelito da sala ao lado, ela dividiu o lanche dela com ele. – Ele se queixava enquanto esfregava seu pé com a esponja.

Franzi minhas sobrancelhas com o namoro juvenil e a definição de traição dele.

– Ela te traiu porque e uma vaca. – eu disse enquanto ligava a mangueira novamente. – Damon vou te ensinar tudo sobre as mulheres. – Disse com um brilho diabólico nos olhos. – Você vai me fazer se orgulha de não ter te jogado pra fora ainda, agora segura ai na grade que la vai força total – Disse enquanto ligava a mangueira no máximo.

– Ahhhhhh, isso não e jutoo - Ele gritava enquanto a preção da agua o fazia ir para trás.

– Primeiro passo para se conquistar uma garota, nunca demostre que esta muito afim! – Disse gritando enquanto ele saia correndo pra fora do alcance da água.



Notas finais do capítulo

E ai povos e povos, oque acharam, deixem seu comentário por favor, sem comentários sem capitulo novo...
E isso ai sou ruim mesmo kkkkk
Zueira:P
Não, não e não ^^