My Sweet Naughty escrita por Hiromi


Capítulo 1
Cap um: O pestinha gosta do perigo.


Notas iniciais do capítulo

O primeiro capitulo demorou mas saiu.
;P



Acordei aquele dia com um mal pressentimento, não dou muita bola pra isso, mas naquele dia em particular eu estava sentindo que algo iria acontecer.

Já estava acordada a uns 15 minutos, mas me recusava a levantar da cama, não tinha planos de sair, e nem nada pra fazer então apenas fiquei deitada olhando para o teto.

Ouvi uma batida na porta do quarto e logo uma pessoas boiolamente cor de rosa entrou no quarto correndo.

– Alice quantas vezes tenho que falar pra não entrar no meu quarto ate que eu diga que pode entrar? - Ralhei só por costume.

– Humm, me diga mas umas 3 mil vezes quem sabe eu entenda. - Ela respondeu mostrando a linguá e indo se sentar ao meu lado na cama. - Eu acordei já faz 30 minutos e estava mortalmente entendiada então decidi vim aqui te perturbar um pouquinho.

Bufei e revirei os olhos.

– Cade o Jasper pra tirar você desse tédio. - Perguntei com malicia

– Ele se recusa a levantar antes das 8 da manhã.

"Isso só provava que ele tinha algum juízo".

– E Emmett esta jogando xbox, e não me da um pingo de atenção. - Ela fez biquinho.

– Alice pelo amor de deus você e uma vampira de 200 anos quando vai aprender a parar de fazer biquinho.

Empurrei ela pro lado e me levante.

– Você e má Bella Salvatore eu sou sua irmã mais nova, posso fazer bico até quando eu quiser - Ele se defendeu. - Você esta sempre de mal humor.

– Ta, ta agora sai do meu quarto eu quero me arrumar.

Fui empurrando ela ate a porta e a fechei rapidamente.

Pude ouvir ela batendo o pé demostrando que estava irritada antes de ir.

Alice não era realmente minha irmã, eu tinha a encontrado a 150 anos atrás, ou foi ela que me encontrou?!

Ela e Jasper apareceram e resolveram entrar na minha vida permanentemente, nunca fui capais de convencer alice a desistir de alguma coisa, mesmo quando eu ameacei a mata-la se ela não parasse de me seguir ela simplesmente disse: Agora somos uma família maninha, não vamos nos separar.

Emmett já era outros 500, ele era meio que meu sobrinho ou algo do tipo, ele era filho, do filho, do filho do meu irmão humano.

Alice teve uma visão com ele sendo transformando em vampiro e foi atras dele, e minha bela casa que um dia foi tranquila e sedutoramente silenciosa, se transformou em uma baderna.

Fui ate o banheiro e tirei o pijama entrando debaixo da água extra quente do chuveiro.

Ouvi um grito do andar de baixo, era Alice.

Revirei os olhos e continuei meu banho provavelmente ela havia visto alguma roupa bonita na TV.

Escutei a voz de Emmett empolgada, desliguei o chuveiro para ouvir melhor.

" Deixa eu pegar vai, só um pouquinho Alice."

Estreitei os olhos, não estava gostando daquilo.

Terminei o banho muito rápido coloquei uma roupa e desci para o andar de baixo.

A família toda estava aglomerada no sofá, olhando pra alguma coisa no colo de Alice, parecia uma trouxa de roupa.

"Epa, mas trouxa de roupa não se mexe, nem faz esse barulhinho"

Cheguei mais perto.

– Alice me diz que isso e um guaxinim que entrou dentro de casa. - Disse com a voz cortante, não podia ser o que eu estava pensando que era.

Ela se virou pra mim com um sorriso tão grade que se eu a visse de costa poderia jurar que ela estava sorrindo.

– Olha Bella que bonitinho deixaram na porta, fui abrir para dar uma volta na cidade e o encontrei abandonado em nossa porta. - Ela virou na minha direção uma coisa branca e babona e banguela. Recuei um passo como se aquilo fosse contagioso.

– Isso e um... Um... como e o nome mesmo daquelas coisas... Bebê? - Rosnei. - Deve ter um bom motivo pra terem abandonado, anda corre se agente ir rápido ainda da tempo de entregarmos as autoridades sem termos de dar muita explicação.

Alice levanto com a expressão espantada.

– Não vamos entregar ele para as autoridade, e só um bebe, deve ter no máximo 4 meses, se ele apareceu na nossa porta deve ser destino.

– Que destino?! Isso e mal sinal, alguém queria colocar a discórdia na nossa casa.

– Bellinha!! - Emmett protestou. - Vamos ficar com ele vai, eu sempre quis um desses.

Olhei para Emmett com meu melhor olhar mortal, ele recuou um passo, mas não saiu de perto da coisinha.

– Bella seja flexível, que mal pode acontecer. - Jasper também entrou na conversa.

Eu não acreditava no que estava acontecendo, como isso foi acontecer tão rápido, em uma hora eu estava na minha cama tranquila e na outra, minha casa foi invadida por um Mini-Alen.

– Não vamos ficar com isso.

– Vamos sim, e não chame ele de isso, ele tem nome. - Alice disse seria. "Seria demais pro meu gosto"

– E mesmo e qual e o nome? - A provoquei.

Ela olhou pra coisinha um estante e depois disse sorrindo.

– Damon!

Ótimo fodeu o monstrinho já tem até nome.

– Vamos ficar com ele Bella! - Eu sabia que não tinha mais jeito, mas me recusava a aceitar o intruso. - Agora ele é um de nos.

Revirei os olhos e falei em voz baixa.

– Ele é um humano, apenas uma mini refeição.

A baixinha perdeu a linha, deu um passo pra frente ameaçadoramente.

– Se você se atrever a dizer isso de novo Bella Salvatore, eu faço questão de arrancar suas presas pessoalmente.

Não tenho medo da Alice, mas sabia que ela era capaz de fazer aquilo se eu não fizesse o que ela queria.

Rosnei entre os dentes, e joguei os braços para o alto relaxando os ombros.

– Ok querem ficar com o monstrinho fiquem, mas depois não venham reclamar comigo.

Me virei e fui para a cozinha.

Ouvi a família toda dar um suspiro de alivio e Emmett cochichando: Achei que ela ia nos matar.

Alice deu sua habitual risada de sinos.

– Temos um novo entregante na família. - Cantarolou.

Abri a geladeira e peguei o presunto e mussarela de la de dentro, e a fechei com força.

Inferno!

E foi então que começou, a coisinha soltou um grito estrambólico e começou a chorar exageradamente.

Olhei para a sala de rabo de olho pra ver se eu estava com sorte e ele tinha caído, mas pelo que parecia ele só queria chorar.

– O que você fez Emmett? - Alice perguntou assustada.

– Nada, porque sempre eu?!

A pestinha chorava cada vez mais alto.

– Ele deve estar com fome, eu vou até a cidade comprar algumas coisas volto em 15 minutos. - Jasper disse.

Assim se passaram 3 horas, deram leite, trocaram frauda pularam de um pé só e nada da criança cala a merda da boca.

Coloquei meus fones de ouvido e uma musica do Slipknot no ultimo volume, mas nem isso conseguiu abafar o som do garoto.

Eu estava sentada da escada com as mãos nos ouvidos, vendo enquanto o resto de minha família passava o garoto de uma braço pra outro tentando fazer ele ficar queto.

Alice estava quase tendo um Avc.

Quando deu três horas e meia que o garoto estava chorando não aguentei mais e corri para Alice em velocidade sobrenatural e peguei o garoto dela.

Minha intenção era leva-lo para o mais longe e joga-lo fora, mas quando peguei o menino ele surpreendentemente calou a boca.

Todos arregalarão os olhos em minha direção.

Alice abriu um sorriso gigantesco, deu pulinhos na minha frente.

Eu sabia o que ela estava pensando.

– Não, não - Disse chocada. - Epa, toma a coisa de volta.

Joguei a criança pra ela de volta.

O bostinha olhou pra Alice e olhou para mim e fez um bico e começou a chorar de novo.

– Bella, ele e todo seu, parece que ele já escolheu quem ele quer. -Ela disse sorrindo.

Olhei pra ela chocada enquanto ela passava o menino pra mim de novo e ele parou de chorar.

– Não! - Exclamei. - Vocês queriam ele, ele e responsabilidade de vocês não minha.

– Você prefere ouvir ele chorando mais 4 horas maninha? - Emmett desse dando um sorriso vitorioso.

Olhei pra bolinha branca no meu colo,

Não estou brincando, ele tinha as maires bochechas que eu já vi na vida.

O garoto agarrou um mexa de meus cabelos e mostrou a banguela sem graça dele como se aquilo fosse me fazer sorrir.

– Isso e ridículo, eu não sei cuidar nem de porquinho da índia, ele vai morrer em menos de 1 dia comigo.

– Nos cofiamos em você pra isso Bella, se precisar de ajuda e só chamar.

Assim todos saíram me deixando com o pestinha sem dentes.

"Damon Bebê"



Notas finais do capítulo

Esse capitulo e só um teste, se vcs gostarem comentem.
Se não tiver comentários vou considerar que a historia não esta boa ai eu paro



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "My Sweet Naughty" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.