É Isso Ai! escrita por Tahii


Capítulo 13
Capítulo 12: ...6, 5, 4...


Notas iniciais do capítulo

OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOI *-*
Vim rápido, I knoooow!
HAHAHAHAHAH' Beeeeeeem... É porque a fic já tá escrita até o fim... Não há motivos para demorar (muahahaha)
Espero que gosteeeeeeeeem *-*



No capítulo anterior...

— Fala sério, até de domingo! -Choraminguei indo para fora do salão comunal e vendo a figura loira de braços cruzados me esperando. 

— Não, na verdade só vim lhe comunicar em que posição vai jogar. -Senti uma coisa dentro de mim, com certeza isso aumentaria o meu pânico. — Depois de muito pensar, eu consegui que você seja, no próximo domingo, a goleira da Grifinória, como o seu pai. -Não sei se alguém falou para ele, ou ele que lembrou que meu pai jogava como goleiro. Mas isso estranhamente me tocou. 

Capítulo 12:

...6, 5, 4...

— Goleira? -Sorri causando um outro sorriso nele. Assentiu passando as mãos em seus cabelos loiros e pareceu suspirar ao perceber que eu tinha ficado feliz. — Algum motivo em especial?

— Eu acredito que o seu pai nunca viu você jogando quadribol, e seria bem interessante se você jogasse na antiga posição dele. Afinal, esse jogo vai reunir muita gente que me odeia. O que melhor do que fazer a jogada certa com a ruivinha dos Weasley? -Pareceu ser algo bem inteligente, mas não foi a coisa que mais me chamou atenção.

— Meu pai vai vir? -Perguntei sorrindo abertamente para ele, que fez que sim com a cabeça. — Acho que vou acabar tendo um colapso, é muita pressão para o meu gosto. 

— Você vai se sair bem... -Comentou meigamente e eu tentei me conter ao sentir seus dedos acariciando meu rosto. — Eu que sou o seu treinador, então é sua obrigação se sair bem. 

— Como é gentil. -Estávamos bem perto e consegui sentir o calor do seus lábios bem perto dos meus. E tudo continuaria muito bem se uma certa loira intrometida não tivesse nos interrompido.

— Ops, estou atrapalhando algo? -Dominique simplesmente apareceu do nada. Minha vontade era falar sim, mandar ela ir embora... Mas não. Eu sou educada, civilizada e acima de tudo... Uma Weasley. 

— Não, eu já estava indo. -Respondeu Scorpius por mim. Suspirei em desânimo e olhei para ele, que sorriu. — Amanhã quatro e meia, no campo. -Assenti e o vi descendo as escadas. Olhei mortalmente para Dominique, com vontade de matá-la, e ela apenas gargalhou da minha expressão raivosa. 

|| Segunda - 6 dias para o jogo ||

— ROSE, PRESTA ATENÇÃO! VOCÊ VAI VIR PARA ESSE LADO SE O JOGADOR OLHAR PARA O LADO QUE VOCÊ ESTÁ, PUTA QUE PARIU, EU JÁ REPETI ISSO MIL VEZES! -Gritou Scorpius e eu revirei os olhos.

— Não precisa ficar nervoso, eu só não entendo porque tenho que vir para a esquerda sendo que ele ta apontando para a direita, onde eu estou. -Murmurei fazendo cara de quem está falando algo óbvio. 

— ELES VÃO TENTAR TE ENGANAR, ROSE, EU ESTOU FALANDO DE UMA COISA QUE EU FAÇO TODA HORA COM O SEU IRMÃO! -Exclamou furioso. Suspirei e esperei que seus nervos se acalmassem. Ele sabe que eu sou meio lerda para entender essas imbecilidades que acontece no quadribol. Como, por exemplo, sua própria existência. 

— NÃO GRITA COMIGO! -Gritei e ele olhou para baixo e depois para mim. 

— Você me irrita. -Afirmou dando meia volta com a vassoura e vindo em minha direção para acertar a bola no arco. Mas eu, por sorte e milagre, consegui defender. 

No treino de hoje, Scorpius me ensinou a técnica infalível de como defender. Mas é claro que ele conseguir fazer pontos, porém ainda sim eu me sai muito bem — palavras dele antes dos gritos. 

As únicas coisinhas que não entram em minha cabeça é o porque de ter tantos 'truques' da parte da sonserina, o porque de Scorpius estar me falando e o porque dele estar me ajudando. Ainda não caiu a ficha, mesmo depois de tanto tempo convivendo com ele ainda não descobri o porque dele estar sendo tão legal e doce comigo — com exceção das crises de nervoso dele.

|| Terça - 5 dias para o jogo ||

— Já disse que você ficou muito gata nessa roupa? -Perguntou Scorpius me medindo. Revirei os olhos e suspirei tentando ignorar seu comentário, algo que não deu muito certo.

— Sim, desde o primeiro dia de treino que eu quase morri de tanto correr e fazer exercícios. -Relembrei os velhos tempos, causando risos no loiro em minha frente, que tomava água. — Desde aquele dia não sei o porque de você estar me ajudando.

— Já disse, eu quis te ajudar e ponto. Porque não acredita nisso? -Dei ombros e ele me jogou a vassoura. — Deveria fazer uma boa ação para alguém, afinal, eu não te odeio tanto assim. 

— Não? -Repeti não achando lógica na frase que ele acabou de dizer. 

— Não, você é legal. -Afirmou subindo novamente na vassoura e pegando a bola para me matar mais um pouco. Eu odeio quadribol. E depois desse episódio de treinos assassinos eu passo longe para o resto da minha vida. 

— Já que está dizendo. -Só deixou isso mais suspeito, porém eu ainda vou descobrir o porque de tudo isso. 

E então, começamos tudo de novo. Ele fazendo todos os lances possíveis — e na minha vista impossíveis — para me deixar afiada e pronta para jogar. As vezes acho que Scorpius é bipolar, pois em um dia está nervoso e no outro calmo. Nada faz sentido nesse mundo. 

|| Quarta - 4 dias para o jogo ||

— CHEGA, EU NÃO AGUENTO MAIS! VAMOS PARAR POR HOJE, PELO AMOR DE MERLIN! -Pedi indo em direção ao chão e me jogando lá em seguida. Scorpius veio até onde eu estava e deitou-se ao meu lado. 

— Está se saindo muito bem, viu? -Suspirei em alívio por ouvir isso dele. E instantes depois que eu consegui controlar minha respiração e a minha batida cardíaca. Scorpius teve a capacidade de acelerá-la novamente. Senti sua mão fria se entrelaçando a minha e seus braços fortes me puxando para cima de si. 

Ah, que droga de vida. Parece que as pessoas gostam de me fazer ter quase um ataque do coração. Mas isso não impediu que eu sentisse o gosto de menta de sua boca, a maciez de seus lábios e o calor de seu corpo. Não sei se isso me acalmava em relação ao jogo, ou só me deixava mais nervosa. É isso o que Scorpius sabe fazer de melhor: Me confundir. 



Notas finais do capítulo

Então, eu estava pensando em fazer uma segunda temporada, mas desistiiii, é... É =/
Enfim..... O que acharaaaaaaaaaaam? Eu quero muitoo saber então... Bora me contar oque acharam *-*
Beeijos,
Taahii ♥