New Legends - Cavaleiros do Zodíaco escrita por Phoenix Matt Marques W MWU 27


Capítulo 55
O grande mestre Shion


Notas iniciais do capítulo

Digam olá ao novo, ou melhor, ao ANTIGO Grande Mestre!! Não se preocupem, vou explicar como e porque ele está vivo no decorrer do capítulo. Boa leitura!!

Ao fim de sua jornada para atravessar as 12 Casas, os Cavaleiros de Bronze se deparam com o longevo Grande Mestre do Santuário - uma figura que já voltou dos mortos algumas vezes.


Olá pessoal, agradeço por me acompanharem até este momento. Para quem após tiver lido sobre os novos cavaleiros de Ouro - Josafá, Liège, Javier, Koji e Gildson - se interessou em saber mais sobre eles, comunico que em breve estarei retomando um projeto antigo, a fanfic spin-off New Legends Gaiden, que focará na geração desses cavaleiros de Ouro, em como se tornaram cavaleiros e quais aventuras eles viveram antes de chegarmos a este ponto atual da história deles. Mais pra frente eu dou mais informações sobre esse spin-off.



Este capítulo também está disponível no +Fiction: plusfiction.com/book/264005/chapter/55

Os cinco se apressaram a correr, sem nem olhar para trás; a chama do relógio esgotava-se rapidamente – faltavam 50 metros para a Sala do Mestre – algumas rosas remanescentes exalavam seus últimos aromas – faltavam 30 metros – o vento parecia querer soprar longe a última chama – faltavam 10 metros...

Eles entraram derrapando pela porta, no instante em que a chama se apagou. Esperando algum sinal de que estavam banidos das atribuições de cavaleiros a qualquer momento, todos se entreolharam. Matt olhou para Betinho e para Thiago. Ambos estavam aterrorizados. Os cinco olhavam para o alto, para o céu estrelado, como se esperassem um raio ou algum outro sinal celestial que indicasse que haviam fracassado no teste.

Esquecendo por um instante o pânico, Matt olhou ao redor. A sala do Mestre era maior do que qualquer uma das 12 Casas anteriores, e havia uma porta enorme no fim do salão. Se ainda estavam vivos, pensou Matt, então deviam atravessar logo a porta.

— Vamos – disse ele; os outros reagiram.

— Como espera que a gente ande, se corremos risco de perder o título de cavaleiros? Ou mesmo de vida? – disse Gustavo.

— Ainda estamos vivos, né? – disse Matt. – E nossa missão é chegar até o mestre. Se ele estiver atrás daquela porta, estamos salvos. Além do mais, depois das 12 casas, o mestre deve ser moleza.

Ainda assustados, porém, eles seguiram Matt. Nenhum pareceu concordar com a fala do cavaleiro de Fênix. Timidamente, ele bateu na porta, que se abriu lentamente.

Um homem loiro, com aparência severa, vestindo uma bata enorme, os observava sentado em um trono no fundo do salão que a porta revelou. De cada lado dele, estavam Marin e Shaina.

— Marin! Shaina! – disse Thiago.

— Parabéns, garotos – disse Shaina. – Vocês conseguiram passar pelas 12 casas com sucesso.

— Agora, o mestre quer falar com vocês – completou Marin.

O mestre, que estivera quieto e parado até então, levantou-se e encarou os cavaleiros de Bronze.

— Bem-vindos, jovens cavaleiros, à sala do Mestre – entoou ele. – Eu sou Shion de Áries, Grande Mestre do Santuário, um dos sobreviventes da guerra santa de duzentos e sessenta anos atrás. Parabenizo vocês por chegarem até aqui atravessando as 12 Casas. Vocês estão salvos da punição de banimento, porém...

Shion fez uma longa pausa. O suspense pairava no ar. Se já estavam livres do castigo, o que poderia esperar por eles agora?

— Tenho que lhes dizer... Não havia punição nenhuma.

As palavras de Shion foram recebidas com alívio, surpresa e incompreensão.

— Como assim, não tem punição? – perguntou Thiago.

— Tudo aquilo que Marin e Shaina disseram a vocês – continuou Shion -, não passou de blefe. Era um motivo para vocês atravessarem as 12 casas. Eu estava testando vocês.

— Nos testando? – disse Betinho.

— Sim. Aquela luta entre vocês, Marin e Shaina, era só o começo do teste. Sinceramente, vocês acham que seus mestres iriam aceitar que vocês fossem banidos do Santuário logo de cara, só por falharem em passar pelas 12 Casas, ainda mais depois de terem passado por anos de treinamento e de terem enfrentado os cavaleiros mais poderosos da nossa hierarquia, incluindo seus próprios mestres?

Os cinco cavaleiros se entreolharam. Não havia como Shion estar errado.

— Grande Mestre, Vossa Eminência não havia falecido antes da antiga Batalha das Doze Casas da qual nossos mestres participaram? – indagou Thiago.

Shion assentiu soturnamente.

— É verdade, cavaleiro de Cisne. Contudo, nossa patrona, a deusa Atena, obteve dos deuses a realização de um pedido após apoia-los em... outra guerra santa. Ela sentia que precisava de um líder. E o único cavaleiro que os deuses estavam dispostos a trazer de volta à vida era eu, por já ter sido o Mestre do Santuário e ter sido o Mestre mais recente. Fui trazido de volta com este aspecto jovem, mas já tenho uma longa rodagem...

— Ainda não entendo uma coisa – perguntou Rina. – Por que o senhor estava nos testando?

Shion fitou-a com aquele olhar severo, mas que não fazia seu rosto ficar menos belo. Ficou em silêncio por alguns instantes.


Não quer ver anúncios?

Com uma contribuição de R$29,90 você deixa de ver anúncios no Nyah e em seu sucessor, o +Fiction, durante 1 ano!

Seu apoio é fundamental. Torne-se um herói!


Notas finais do capítulo

Revisão concluída em 03.05.2020



Hey! Que tal deixar um comentário na história?
Por não receberem novos comentários em suas histórias, muitos autores desanimam e param de postar. Não deixe a história "New Legends - Cavaleiros do Zodíaco" morrer!
Para comentar e incentivar o autor, cadastre-se ou entre em sua conta.